Um Pouco de Cá, Um Pouco de Lá


Apesar dos 3x0, parece ter sido muito bom o jogo de sábado entre Finasa e Rexona. Mas imagino que quem conhece um pouco do 'Finasa by Luizomar', não está exatamente confiante para a final do 3º turno.

Vamos ver qual vai ser a história do próximo sábado. Não é nem por uma questão de pontos, mas a vitória do Finasa daria moral pro time e tiraria a sensação - pelo menos que eu estou tendo - de que a história desta Superliga já está contada.

******************************



O Edson escreveu no seu comentário do último post sobre as argentinas que jogam na Europa. Eu já tinha reparado que na Liga Italiana são 9 jogadoras nas duas séries (A1 e A2), sendo 4 só no Pesaro. Algumas são naturalizadas como é o caso da Carolina Costagrande (que como já falei aqui, deve aparecer como "reforço" da seleção italiana, mais cedo ou mais tarde).

Fico imaginando o desperdício da seleção argentina. Pelo que vi – haja falta do que fazer! – nenhum delas faz parte da seleção atual.

Não sei qual é o nível técnico da maioria dessas jogadoras, mas elas estão num mercado forte, o que me leva a crer que algum talento elas têm. Tá certo que nem a equipe masculina consegue mais estar entre os tops, mas poderia ser uma geração que começasse a ajudar o desenvolvimento do vôlei feminino argentino.

Comentários

Doll disse…
Se o Rexona ganhar mais esta final, eu juro que eu suicido! Su-i-ci-do!!!! Aaaaaaaaaah!
Anônimo disse…
O Rexona tem q perder esse final de torneio...Precisa trabalhar muito ainda pra vencer o Osasco na grande final
gabriel de Jesus Pinho disse…
As argentinas (Costagrande eBrussa) são muito guerreiras dentro de quadra, Natalia Brussa jogou na A2 num determinado ano aí e mostrou muita garra e confiança, mesmo com o time perdendo ela dá aquele toque "a mais" na equuipe, por isso sou fã dela!!!!
Gabriel de Jesus Pinho disse…
Que horário de jogo é esse? adivinha quem colocou neste horario? naum precisa nem falar ne? Segundo a Sportv é pq eles naum tinham nada na grade de sabado para as 22h , então jogaram o jogo para noite (Porém o jogo deveria ser a tarde/ ou de manhã, daí a sportv gravava e depois transmitia durante a noite o compact, VAI SABER!!!)
http://www.youtube.com/watch?v=YUe8j1QUhGY&NR=1 Os apelidos da seleção de 1999 (close nos apelidos de Fofão, Carol, Virna, Elisangela, Walewska, Leila, ANa mOse, Karin, Tatiana, Janina e Raquel ) é mto engraçado!!!
Pedro disse…
Acredito em um 3 x 2 Finasa.

Há, Mari e Sheilla estiveram no Por dentro da Bola do BandSports, pena que, como sempre, só falaram de futebol no programa. Detalhe para a Mari. Tava linda como sempre! Nem pra perguntar do time delas eles serviram.
Anônimo disse…
Nem to empolgado mais com essa SL.Antes uma grande expectativa de ser a melhor superliga de todos os tempos.Agora, o mais do mesmo! To nem aí se rexona ou osasco ganharem... To nem aí se Paula Pequeno se esconder na final ou nem aí se ela e Thaisa arrebentarem... Nem me imporo se o Bernardo ganhar mais uma vez ou ser tombado...
Anônimo disse…
muito engraçado o vídeo do Gabriel...Kilão kkkkkkkkkkkk
e todas zuando a Virna...Walewska e Ana Moser tão engraçadinhas hahaha
Faltou a ventu-há kkkkkkkkkk
carol disse…
oq é o inglês da Virna e as meninas rindo no começo do video??? ahahahahha q comédia!!!
Gabriel de Jesus Pinho disse…
Quer dizer que a wal tinha um mel?
hahahaha
Max disse…
Por mais falta de patriotismo que possa parecer para nós, brasileiros. As argentinas jogam nos clubes europeus, ganham sua grana e pronto. Mesmo se elas defendessem a seleção de seu país, elas seriam no máximo uma seleção forte no continente, abaixo ainda de Brasil, Cuba, EUA e Dominicana. Ou seja, elas poderiam ajudar a desenvolver o esporte em seu país, mas disputar alguma coisa concreta a curto prazo seria difícil, mesmo com a excepcional Costagrande. E, ao que parece, elas não estão dispostas a isso.

Acretido em Finasa 3 x 0 Rexona.
La Cauda disse…
Pois é Max, mas seria algum começo. Também não imagino que elas se tornariam - a curto ou médio prazo - uma grande força a ponto de disputar de igual com o Brasil.

Gabriel, me lembro direitinho dessa reportagem. Acho que na época até cheguei a gravar, mas vai saber onde está a fita... Valeu pela dica!