Reforços internacionais para a SL 18/19

Sesi Bauru Sesc Rio de Janeiro vôlei feminino
As últimas semanas foram de protagonismo da seleção brasileira, mas as movimentações do mercado nacional não pararam. Pelo contrário, tivemos anúncios de grandes reforços internacionais.

O primeiro veio por parte do Sesc-RJ. A russa Kosheleva jogará pela primeira vez num clube brasileiro. A ponteira fez uma temporada de recuperação no Galatasaray, depois de um ano ruim no Eczacibasi. Voltou a se tornar uma referência importante e segura no ataque, ainda que, na recepção, tenha apresentado as mesmas fragilidades. 

Apesar da boa fase que viveu, a Kosheleva é uma contratação arriscada da equipe carioca. Afinal, ela se recupera do rompimento dos ligamentos do joelho, lesão grave que requer mais de um ano para que a jogadora volte ao seu melhor nível – isso quando não compromete seriamente o restante da carreira da atleta.

Além disso, a meu ver, a russa não tem o perfil que combina com o estilo de jogo do Sesc, exatamente por não ser uma jogadora de um fundo de quadra primoroso. Podem dizer que Mihajlovic também não tinha e que o Bernardinho a fez  se encaixar na equipe carioca, o que é verdade. Só tenho minhas dúvidas o quanto o Bernardinho conseguirá moldar a Kosheleva por conta das suas limitações físicas.

Pelo menos, se ela conseguir contribuir com o que tem de melhor, o ataque, será um reforço interessante para o Sesc. O time ganhará em poder ofensivo, o que faltou nesta última temporada, e, de quebra, mais opções de composição em quadra, com a Peña mais flexível para jogar como ponteira ou oposta.

Porém, a linha de passe permanece bastante exposta. Não duvido se, ao final da temporada, tivermos uma nova versão do caso Logan Tom–Gabi, desta vez protagonizado pela Kosheleva e pela Kasiely. 


**************************************

Nesta semana foi a vez do Sesi/Bauru anunciar a contratação da italiana Valentina Diouf. A atacante também estreará na Superliga na próxima temporada.

Diouf tem tido uma relação conturbada com a seleção italiana depois do Mundial de 2014, quando, mesmo reserva, teve momentos de destaque. Desde então, a ausência do seu nome na lista de convocadas se tornou comum. Mas, nos clubes, Diouf tem feito boas temporadas. Foi assim na última, pelo Busto Arsizio, onde foi uma das melhores atacantes da liga italiana.

Não sou muito fã da atacante em nível internacional, mas acho que ela funciona muito bem em clubes. O Bauru ganha, obviamente, em altura e um ataque com alcance maior do que estamos acostumados a ver na Superliga. A equipe ainda terá um arsenal, na teoria, bastante forte e diversificado em opções em quadra e no banco, com Tiffany (se ela permanecer), Palacios e Edinara.

O que o Bauru e o Anderson terão que resolver é a composição em quadra com as peças que têm à disposição. Se a Tiffany não enveredar para a carreira política, Diouf jogará como ponteira passadora? Não gosto do desempenho da italiana neste papel, ela não recepciona bem. Também não acho que, com esta composição, Edinara e Palacios segurariam a onda no passe o suficiente para dar equilíbrio ao time. O Anderson teria que usar a Vanessa como titular. 



**************************************
 
Outra jogadora estrangeira que deve participar da Superliga 18/19 é a Hooker, desta vez, no Osasco. A jogadora já confirmou seu retorno pelas redes sociais, mas a contratação não foi oficializada, é bom alertar. Como a Hooker é a Hooker, um pouco de cautela não faz mal...

Se confirmada, é uma ótima solução encontrada para suprir a saída da Tandara. Claro que levo em consideração o que a Hooker pode render, não o que ela rendeu na última temporada. A norte-americana não é muito de se virar com qualquer bola que recebe, então o entrosamento com a Claudinha vai ser importante para o sucesso do seu retorno ao Osasco. E a identificação com o clube deve recuperar o entusiasmo e aquele espírito lutador em quadra que a Hooker apresentou em 2012, no Osasco, e no primeiro ano do Minas. 



**************************************
Osasco-Audax
 
A contratação da Hooker viria para fechar de vez as feridas abertas do Osasco depois da saída do patrocinador e da sua principal jogadora, a Tandara.

A primeira parte da cicatrização começou esta semana com o anúncio da parceria com o Audax, clube de futebol da cidade do empresário milionário Mário Teixeira. Uma parceria senão inusitada, inesperada.

Minha preocupação é se o Osasco não será somente um capricho aventureiro do empresário no mundo do vôlei. Há quem diga que Teixeira esteve por trás da permanência do time após a saída do patrocínio Finasa. Ou seja, há uma história com o vôlei osasquense, o que é ótimo. Então vamos torcer para que o Osasco tenha, novamente, um projeto de longo prazo e que o vôlei ganhe cada vez mais atenção do seu mais novo parceiro.

Além do Audax e da tradicional parceria com a prefeitura, outras empresas da região também estão encampando o projeto. O fato de bancarem a Hooker já demonstra que o poderio financeiro continua forte - talvez não capaz de superar o da Nestlé, mas suficiente para manter Osasco num bom padrão.

O clube garantiu a permanência de Mari PB, Camila Brait, Nati Martins e Carol Albuquerque permanecem no time. Hooker, Claudinha, Wal, Natasha e Domingas são os reforços. A diretoria promete novas contratações, o que viria bem para não só trazer mais uma ponteira titular como para completar o banco, bastante desfalcado de boas opções para as pontas.

Com a Hooker, o time ganha um status maior do que tinha até então e pode entrar em pé de igualdade na briga com os seus colegas de top 4 da Superliga. O problema, como sempre, é que o Osasco tem as peças, mas não tem comando. Entra e sai patrocínio, o Luizomar permanece como treinador fazendo um trabalho, quase sempre, mediano. Depois de tantos anos, já imprimiu o seu DNA no clube - o que não é exatamente positivo.

Comentários

L. Mesquita disse…
Fabíola foi Campeã e MVP da Copa da Russia jogando sem passe, então Fabiola está acostumada a não ter passe A.
Eu escalaria o SESI-BAURU com TIFANY-PALACIO-DIOUF-ANDRESSA-VALQUIRIA e FABIOLA: o time mais alto de todos os tempos da Superliga!
Kaike Lemos disse…
Laura, estou preocupado com o Londrina! Time tem técnico mas não tem jogadoras, se a Elisângela quer um time competitivo eu sondaria: Lorenne,Arianne(Bauru),Vivian(Valinhos),Vivian(Rio),PP4,contrataria a Kika,Diana,Nayara Félix,Paquiardi,Fernanda(Flu) e renovaria com Ana Maria,Adriani traria a Fernanda do Flu e traria também uma ponta estrangeira.

OS TIMES MAIS BEM MONTADOS:
Praia: vem com a proposta de conseguir ter várias opções na ponta e saída, seu jogo de meio continua bem e agora no rápido estilo de jogo da Lloyd!

Minas: vem com tudo! Traz a regularidade de Gabi e Natália e o jogo agressivo de Bruna, sua característica de jogo rapido com centrais continua com o entrosamento de Macris e Gattaz.

Osasco/Audax:CLAUDINHA a contestada e elogiada no final da SL comanda esse time do Osasco, o meio está EXCELENTE e Hooker pretende ser aquela de 2011,2012!

Bauru:O time de Anderson assim como o Praia tem várias opções que conseguem ir tanto pra ponta quanto pra saída, Fabíola experiente levantadora terá a missão de colocar esse time lá em cima.

SESC/Rio:Bernardo ousa muito pra essa temporada e traz a MULHER DE GELO Kosheleva! Jogadora que não se encaixa com o padrão das outras comandadas do mesmo! A jogadora pode dar opções pro técnico, fazendo MONIQUE bancar pra Penha e Drussylla pra Kasiely, o que seria o equilíbrio.Juciely no banco de reserva essa temporada.

Os demais times como Flu e Barueri estão excelentes, com bastantes opções o time de ZRG aposta na DEBANDADA do Pinheiros e Flu ousa e tem em seu time EXCELENTES opções na ponta e saída, a selecionável Giovanna continua no time tricolor.

Pinheiros e Brasília na mesma, a diretoria escolhe algumas certas e as erradas também! Brasília bom com Mimi Sosa,Angelica,Dani Terra e Renatinha, aí vem Neneca,Mari Barreto e Natália, aí é pra piorar o time. Pinheiros vem com Lyara pra dar um JEITO no time e aposta na Clarisse e Kelsy Payne(Hooker)!

São Caetano ousa e traz a excelente MARIA MARIN, renova com Tomé e Sonaly, contrata Fê Isis e manda aquela Sabrina pro espaço!

Pra finalizar Curitibano praticamente rebaixado! Aquilo não é elenco tirando Ana Cristina e Valeskinha o resto é só jogadora do nível Andreia/Ivna!
Kamila Azevedo disse…
A contratação da Kosheleva pelo SESC foi uma grande surpresa, na minha opinião. Concordo que foi uma decisão arriscada do SESC, afinal Kosheleva vem de uma cirurgia séria, mas acho que foi uma oportunidade irrecusável para um time que carecia de grandes reforços, especialmente nos últimos dois anos. Caso ela consiga se recuperar, acho que Kosheleva tem a ganhar muito vindo para a Superliga e jogando sob o comando de Bernardinho. Ela tem tudo para crescer e evoluir, ainda mais, como jogadora.

Sobre as contratações do SESI Bauru, o time tem me surpreendido, mas acho que a contratação da Diouf foi um exagero. O time precisa de boas ponteiras passadoras - quem sabe contratar Paula Pequeno, que ainda está disponível no mercado. Algo me diz que Edinara e Palacios serão deslocadas para essas funções, e Tiffany (ela já disse que não sai do time) será a titular como oposta. A confirmação da contratação da Fabíola dá ainda mais credibilidade a esse time. Ansiosa para ver o que Anderson pode fazer com esse arsenal de boas jogadoras - que pode crescer ainda mais caso se confirme a contratação de Thaísa pelo time, como disse Bruno Voloch.

Temos tudo para ter uma Superliga extremamente equilibrada! Ansiosa para essa temporada!
gilbert angerami disse…
Estrangeiras?
E vc não falou da Lloyd?
Kaike Lemos disse…
Kamila, vejo Rio,Praia,Minas,Osasco,Bauru,Fluminense,Barueri e Sanca se classificando na SL. Pinheiros AMEAÇA se Kelsy Payne vingar e Clarisse e o meio ajudar. O time do Brasília pouca chances, Renatinha teria de carregar o time nas costas, se fossem espertos, teriam pegado reservas de times INTERMEDIÁRIOS.Curitiba rebaixado pois aquilo não é elenco, aquela Sabrina não ATACA, e a única que se vira ali é a Pri Souza!Londrina se pegar as peças que eu citei, pode surpreender na SL.
Rodolpho Francis disse…
BErnardo sabe que o forte da Kosheleva é o ataque. Quanto ao tempo de recuperação isso não me preocupa, ja que ele conseguiu recuperar Gabi, Jucy e Natalia. Caso o passe se complique temos a Monique(que passou o saque da Fawcet melhor que as ponteiras do time) e a Kasy que tem um controle no passe excelente. Acredito que a Kosheleva vá fazer a rede de 3 com a Bia e quando ela for pro fundo de quadra a Monique estrá ajudando no passe
Laura disse…
Gilbert, sobre a Lloyd já tinha falado em um post anterior: http://www.papodevolei.com.br/2018/04/temporada-da-casa-nova-parte-2.html?m=1

Apesar de ter sido anunciada há poucos dias, já se sabia da sua contratação. O post de agora foi sobre as novidades das últimas semanas.
Pop On Air disse…
Falam de Monique passando como se ela passasse o jogo todo e vários jogos, ela faz isso uma vez perdida, pra mim o time mais bem montado foi o Minas... O Praia não sei como ficará a linha de passe, Michele terá que ser titular, talvez com a Loyd e suas bolas rapidas, a Michele ataque melhor, Rosamaria pela pouca bola que vem apresentando seria banco para a Fawcet, pq de Ponteira Passadora só da prejuizo..
Anônimo disse…
Gente, não me perguntem a fonte, pois não sei, mas estão circulando por aí, a Tiffany, a pedido do Zé Roberto, vai jogar como ponteira passadora, se ela quiser jogar na seleção. Ele está resolvido a convocá-la assim que a FIVB e CBV liberarem. Mas teria que ser como ponteira, pois as opostas são definitivas Tandara e Rosamaria. Não sei se é verdade, mas tá rolando na net este boato. Assim, a Diouf seria oposta titular.

Kaike, a mulher de gelo é e eternamente será Mari Steinbrecher. Não tire este título de uma de nossas maiores divas. A Koshe é até bem simpática e sorridente e expressa bastante garra e emoção nos jogos.
Lulu disse…
Aposto umas fichas que a Jucy continuará com alto rendimento e o meio de rede do Sesc virá forte com 3 opções excelentes.
Anônimo disse…
Laura, e sobre a Copa Panamericana valia um post kkkkkkk
Achei super forte com as atletas convocadas. Sobre a Joycinha no Flu é verídico?
NicollasM disse…
O time do Bauru bem forte, mas prefiro Tiffany de ponteira ao lado da Vanessa e a Diouf de oposta.
Em relação ao time do Osasco, só saberemos o que esperar quando as competições começarem, pq a Hooker, apesar de craque, é sempre uma incógnita por causa da sua personalidade. E claudinha adora acelerar as bolas na saída, vamos ver como vai ser isso com a Hooker.
O time do Minas está ótimo do papel, mas Gabi e Natalia ja não estavam jogando tanto antes da cirurgia, vamos ver se jogarão o que realmente sabem. Bruna Honório é ótima, Macris também, Gattaz nem se fala. Agora Mara... difícil defender né?
O praia tem um baita elenco. Um meio de rede fortíssimo com Carol e Fabiana, Lloyd incrível no levantamento e as pontas com Garay, Rosa/Michelli e Fawcett são ótimas também. Suellen tá “bem” e compõe bem o time.
Agora o Rio é aquilo: conta com o maior gênio já visto em termos técnicos no voleibol, o Bernardo. Roberta faz o arroz com feijão (é estranho pensar que o Rio que já teve fofão e a melhor de todos os tempos - Venturinni, agora se contenta com Roberta). Drussyla é difícil de entender, pq faz uma fase de classificação morna, mas nas finais incorpora a Zhu kkk Kosheleva é exímia atacante e com o Bernardo irá crescer, talvez não no passe, mas irá virar bola até na posição do saque. Peña não é boa e prefiro Monique de oposta, muito mais habilidosa. Agora o meio é o grande “problema”: quem irá bancar? Bia não vem pra ser banco, Mayhara fez uma boa temporada e Jucy, em forma, é a melhor do Brasil. (Vocês acham que Jucy ainda volta pra seleção futuramente?). Na posição de libero sou muito mais a Vitoria. Gabiru não me convencia nem como ponteira de “composição” quanto mais de Líbero.

Será uma boa temporada. É aguardar pra ver
Rah Silva disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Kaike Lemos disse…
Não acho que Mari foi aquilo TUDO, quando jogava, pra mim ela fazia aquele feijãozinho com arroz e salada! Tanto que em 2008 vez ou outra Jaqueline entrava no lugar dela pois dava prejuízo no passe! Kosheleva é MARAVILHOSA, só é péssima no passe.

BOATOS: PATROCÍNIO DO MINAS É NESTLÉ ou BMG!
MINAS é o mais bem montado!Tem Gabi e Natália que são mais constantes que Rosa e Daroit. Bruna é Bruna,Macris é Macris,Gattaz é dona da rede,Léia é boa, mas a Mara? Eu chamaria qualquer uma das Vivians ou traria a italiana Sara Bonifácio que tomaria a titularidade da Mara rapidinho! LAVARINI não esteve muito satisfeito com o desempenho dela em quadra,ainda mais na semifinal contra o Rio de Janeiro.
Espero brigas FORTES em cima e embaixo, se Londrina fizer um time bom pode brigar com Pinheiros, "penetra" Brasília dessa vez deve ser rebaixado.
Anônimo disse…
PP4 e Nikolle pontas passadoras ainda disponiveis no mercado, boas de bola e experientes.
Mantronix Inc disse…
Um absurdo de erros a estatística da FIVB com várías atletas em diferentes fundamentos, deixar a Suelen em 30º lugar na recepção atrás da russa Voronkova e da Peña eh um exemplo da bagunça.
Kamila Azevedo disse…
Anônimo, estranho a sua fonte, uma vez que, nesse período em que Rosamaria esteve na seleção, a mesma nunca jogou de oposta... Pelo menos, não na seleção principal. Se o ZRG está decidido a ter ela e Tandara como opostas, Rosamaria já viria jogando nessa posição atualmente. Não entendo essa do ZRG.

No mais, acho que Edinara ou Palacios vão ser deslocadas para a função de ponta no Bauru... Tiffany e Diouf devem revezar como opostas - até porque a Tiffany ainda oscila bastante durante as partidas.
Camilla Paiva disse…
Acho que o time mais bem montado até o momento é o praia, que manteve a base e tende a melhorar com a chegada da Carol e da loyd. O Minas também fez um bom investimento, só não entendo de jeito nenhum eles manterem a Mara, que considero uma jogadora muito mediana. O Osasco vem também com um time forte, mas como você ressaltou em seu texto, a permanência do luizomar no comando deixa as expectativas bem abaixo. Compreendo que ele tem um papel muito importante na manutenção do time na busca pelos patrocínios, mas acho que seria interessante que ele ficasse mais nos bastidores, talvez, dando condições para que o time tivesse um novo comando, uma mudança de fato, já que há anos ele tem obtido resultados muito aquém do investimento. Pelo Barueri vi que contrataram a Amanda, o que pra mim foi a confirmação que ela vai pro mundial, já que é sabido que o Zé adora uma panela. E a não convocação da Mari Paraíba nem pra copa panamericana, o que você achou, Laura?
L. Mesquita disse…
Concordo com o Kaike, acho o time do Minas o mais bem montado e equilibrado em todas as posições.
O que mais me agrada no MINAS é a dupla de levantadoras, adoro ver MACRIS e BRUNINHA jogarem, as 2 são muito craques de bola!
Achei a maior burrice do patrocinador deixar o clube logo agora que voltou a disputar um MUNDIAL, quer melhor exposição da marca que disputar um MUNDIAL?
A vantagem do MINAS é que não deve faltar patrocinador querendo expor sua marca num MUNDIAL DE CLUBES. O MINAS tá guardando segredo, porém mais pra frente vai anunciar um patrocinador fortíssimo para a nova temporada.
Alysson Barros disse…
Nossa, Kaike. Não cometa injustiças.

Se você falasse isso em qualquer período pós-2010 (após a segunda corrigirá dela) eu nem comentaria nada, mas foi citar logo 2008? Seriamente?

Jaqueline bancou GOSTOSO nesse ano, PP4 e, principalmente, a Mari, reinaram absolutas. A primeira foi MVP olímpica e a segunda foi MVP do GP daquele ano.

O título de melhor jogadora das olimpíadas estava entre Fofão, PP4 e a própria Mari. A Mari só fez um jogo um pouco abaixo na final contra os EUA, mas mesmo assim nada muito comprometedor - o que provavelmente lhe custou o MVP.

É a mesma coisa quando falam do passe dela, que era excelente perto do da Garay e da Natália especialmente, e não vejo ninguém pegando no pé das duas por isso - mesmo ambas com 30 anos nas costas.

Gostaria que você me sugerisse partidas em que a Jaque pôs a Mari no banco em 2008.
Dentre as opções disponíveis a contratação da Hooker pelo Osasco é excelente. Se forem confirmadas a Claudinha e a Walewska, o time fica bem interessante. Falei disso em um outro post, talvez o patrocínio não seja maior e melhor por causa do Luizomar. Temos que admitir que ele é muito empenhado em não deixar o vôlei de Osasco acabar. Nisso ele tem todos os méritos. Mas é aquilo: Será que um investimento mais forte colocaria a não permanência dele na comissão técnica como uma condição? Como tirá-lo do time, se ele teve participação atia nesse processo de busca de patrocínio? Parece que o Luizomar é melhor buscando patrocínio do que sendo técnico de vôlei.
Kaike Lemos disse…
Se Mara sair do Minas, ela sai da elite da SL. Osasco,Praia e Rio sabem do jogo dela! Vive de bloquear e quando não bloqueia atrapalha o time todo.Se ela sair vai ir pros times intermediários da SL! Voloch diz que Thaísa vai para o Bauru, que se confirmado o boato, o time sobe pra outro patamar, ficando melhor que Osasco e Rio de Janeiro!
O campeonato paulista vai pegar fogo com Osasco,Barueri,Bauru,São Caetano brigando pelo título.
No carioca temos um Rio ameaçado pelo Flu, com direito a Pri Daroit,Carla,Joycinha e Thaisinha nas pontas.Hylmer ESPERTO, observou a Vivian Lima(Macris da vida) e trouxe para seu time.
O time pior vai ser o Curitiba! Sabrina não ATACA, coisa que oposta tem que fazer,Pri Souza não é uma BRASTEMP, Elis sumida do Brasil e vai saber como anda seu voleibol.
Jaque tomara que vá para um time da parte de cima, time pequeno pra ela não cai bem!
Praia,MINAS,RIO,OSASCO,BAURU,FLU,BARUERI E SAO CAETANO prometem dar "ROCK" nessa SL.
Brasília e Pinheiros IGUAIS!
LONDRINA Incógnita!
Anônimo disse…
Amanda eh a melhor passadora brasileira segundo site da FIVB.
Kaike Lemos disse…
Mari? Não sou muito fã dela! Ainda mais depois daquelas olimpíadas de Atenas 2004 e o vexame pra virar a bola da semifinal! Como se a mulher não pensasse em só explorar o bloqueio e acabar com aquilo! 2008? Mari no 2° set da final bancou pra Jaqueline por que não sabia passar um viagem! 2010 MARI CORTADA DO MUNDIAL! Jaqueline e Natália voaram! Mari acabou em 2011 na seleção e Jaqueline continuou pois é COMPLETA! Mari só tem ataque e altura. MULHER DE GELO é só pra Kosheleva que tem margem ainda pra crescer em outros fundamentos.
Rodolpho Francis disse…
Kaike, onde que Bauru seria melhor que o Sesc caso a Thaisa volte? O time só tem uma ponteira passadora(com um bom passe) e contra times como Praia e Sesc que sacam muito bem, o esquema tático será inexistente. Minas tbm está prometendo dar liga nessa temporada. O melhor elenco ja montado até o momento, vamos ver até onde elas vão. só chegam a final se se classificarem em primeiro ou segundo.
Anônimo disse…
Alyson, concordo com você. A Mari foi tão boa quanto qualquer outra jogadora do Brasil em 2008. E foi uma das melhores recepções com certeza. E nem precisava de recepção boa pois era só empinar a bola que ela fazia ponto.

E antes disso ela também era um fenômeno. Uma oposta como poucas.

Kamila, não sei se é verdade, não tenho fontes. Pode ser tudo mentira, só li na net.

Eu desanimo muito também quando leio sobre o Osasco e no final lembro do Luizomar no comando. Pode contratar quem for, com ele no comando, o Osasco perde na hora H.
Kaike Lemos disse…
Se o Anderson fizer um: Vanessa,Edinara e Tiffany, da pra Thaísa jogar tranquilamente e dar volume de jogo e ficaria melhor que o Rio. Rio essa temporada vai ser a INDECISÃO de quem vai ser a titular! Bernardo pode fazer um Peña,Gabiru e Kasiely e Kosheleva escondida. O povo fala de Monique passando, como se ela fosse uma BRASTEMP no passe! Drussylla pode perder as esperanças, com Kosheleva em quadra ela amarga o banco de reservas!
Rodolpho, Bauru tem 2 passadoras boas a Gabi Cândido e a Vanessa Janke! Edinara e Palácio ponteiras de definição, Tiffany e Diouf de opostas, só sei de uma coisa, se confirmado Thaísa, Andressa vai ir pro banco com certeza! Valquíria é ÓTIMA!