Liga 2018 - Brasil 3x0 Polônia



Estava curiosa em ver este confronto da Polônia com o Brasil. Apesar de estar na rabeira da tabela de classificação, a seleção polonesa tinha feito bons jogos contra Estados Unidos, Sérvia e Holanda, além de ter duas jogadoras que chamam bastante atenção nesta nova geração do vôlei europeu, a oposta Smarzek e a meio de rede Kakolewska.

O problema é que a Polônia se resume quase a estas duas jogadoras, o que a deixa bastante limitada. As duas ponteiras contribuem muito pouco ofensivamente, a outras central é bastante discreta ( apesar dos seus 1,97 cm) e o time um tanto pesado para as ações defensivas.

O bloqueio, que poderia ser um difícil obstáculo para o Brasil, foi superado com inteligência e habilidade pelas atacantes. Destaque para a Carol, bastante utilizada pela Roberta, que enfrentou as gigantes colegas de posição e, com um belo entrosamento com a levantadora, usou da velocidade para escapar dos paredões de quase 2 metros de altura.

Ainda acho que a Roberta esquece da opção com as centrais, principalmente a bola de primeiro tempo, ao longo das partidas, mesmo quando o passe se mantém funcionando. O repertório dela vai se estreitando muitas vezes sem necessidade. E as chinas com a Bia ainda estão longe de ter um padrão. Como um participante do Papo comentou, a Bia se vira em muitas bolas, tendo que usar bastante as largadas. Por enquanto, estão caindo. Mas até quando?

Este é um aspecto em que acho que a Roberta pode melhorar, mas ela tem feito boas partidas. Acertou a bola da Tandara e está trabalhando muito bem com velocidade com a Amanda. O bom funcionamento do contra-ataque passa muito por suas mãos.

No mais, o Brasil teve momentos em que penou na recepção, mas, sinceramente, pensei que seria um problema maior. Desde aquela fatídica estreia, a seleção não tem tido panes no fundamento. E a Drussyla tem se mostrado mais segura no passe, vale destacar.

Comentários

Oi Laura, vc não vai comentar o anúncio do novo Osasco-Audax?
Paulo Roberto disse…
Oi Laura, vc não vai comentar sobre
o novo Osasco-Audax???? Senti falta de
seu comentário.
Laura cade seu post sobre o Osasco-Audax?????
augusto disse…
nossas maravilhosas atletas do volei feminino!
Nao tem pra ninguem com a direção de multicampeão ZRG.
fico com pena da Amanda, rosamaria e outras quando chegarem de volta ''apenas'' Thaisa,
Dani lins, FE Garay..
Bis abis 80 o Brasil jogava so no entusiasmo , e da torcida. Mas perdia de Cuba e Peru.
Depois a geraçao de Ana moser e Marcia Fu mudou as coisas significativamente.
A terceira geraçao, a da super Sheilla começou a ganhar de todo o mundo e um monte de GranPrix. E foi nesta que o Brasil aprendeu de vez como se faz Bloqueio forte, defesa e contra ataque.
Estamos na quarta, a de Jaque, Fe Garay thaisa ... mas é uma quinta que esta jogando esta Nations League que ja esta formando a 5ª...
As meninas são o orgulho do esporte do Brasil.
Kaike Lemos disse…
Laura e o MERCADO? FIQUEI SABENDO DE DIOUF NO BAURU.
gilbert angerami disse…
Diouf no Bauru? É isso mesmo produção?
Anônimo disse…
Eu gostei do jogo porque a Polônia se mostrou um time organizado e até que jogou bem, dando algum trabalho para o Brasil.

Me parece que falta mesmo é comando nestes times, um bom técnico. Acho o time bom e com potencial, as ponteiras são boas, mas falta incentivo, treino e alguém que ensine. As centrais são altas, mas muito lentas, não tem cacoete de centrais, quase nem saltam para atacar.

A líbero é muito boa. A oposta parece ser boa, mas jogou abaixo hoje.

Gostei do time do Brasil, queria ver menos a Tandara atacando. Carol jogou bem. Noto que a Bia não tem um bom ataque pela frente e, como já foi dito, a china não tá funcionando. Tô achando ela meio pesada, fora do peso, saltando pouco e chegando lentamente nas bolas, por isso também não consegue se ajustar ao tempo da Roberta (sabendo que a Roberta que tem que deixá-la confortável, é claro. Queria ter visto a Rosamaria ter uma oportunidade hoje (lembro que por mim ela nem seria convocada). Seria um bom jogo para testá-la.

E o que aconteceu com o post do jogo da Coreia? Fui procurar os comentários, mas o post sumiu.

Laura, você não vai comentar a convocação para a copa pan-americana, não?
L. Mesquita disse…
Laura e amigos, bom dia!
Não entendo que justifique a Argentina fazer CORPO MOLE e não ter garra, não dar o sangue pra vencer sequer um joguinho!!! A CHINA eu entendo que pode fazer corpo mole à vontade, poupar jogadoras, revezar o time, pois já está classificada para as finais, mas a Argentina? Meu Deus do Céu! Que se seleção mais sem ânimo! Assisti a alguns vídeos da Argentina e constatei que se trata de má vontade mesmo, a Argentina tem jogadoras mais altas que as brasileiras e que sabem jogar nos clubes, mas na seleção baixam a guarda fácil... Enfim ZERO vitórias em NOVE partidas é osso! Pelo menos as brasileiras demonstram muita GARRA e DETERMINAÇÃO para compensar a falta de altura na técnica.

L. Mesquita disse…
Laura, pergunta de prova:
Como a POLÔNIA tem as 2 melhores levantadoras do CAMPEONATO ITALIANO, WOLOZ e SKORUPA, e nenhuma delas está na seleção???