Temporada da casa nova (parte 2)


No post anterior, falamos de algumas atacantes que estarão de casa nova na próxima temporada. Pois na Superliga 18/19 vai ter também muitas levantadoras de camisa nova. 
Dos oito primeiros classificados da Superliga, apenas três manterão suas levantadoras titulares: Sesc, Minas e Fluminense.

O atual campeão Praia Clube vai apostar na norte-americana Lloyd. A levantadora tem um estilo que combina com o brasileiro e tem tudo para dar certo com Garay e Fabiana. No entanto, o time mineiro vai precisar achar uma ponteira de preparação qualificada para poder aproveitar realmente toda a habilidade e velocidade da Lloyd. A Amanda, que cumpria esta função na temporada atual (e, o pior, não teve dos melhores desempenhos) irá para o Barueri. 

********************************************
Depois de três temporadas no time de Uberlândia, Claudinha vai para o Osasco. Que bom que a levantadora se manterá num clube grande, ainda que as ambições do time paulista na próxima Superliga estejam indefinidas por conta da falta da confirmação de um novo patrocinador.

Confesso que não sei bem o que esperar desta passagem da Claudinha pelo Osasco. Não há dúvidas que ela chega fortalecida ao novo clube. Fez uma boa fase final e, na decisão, foi merecidamente eleita a melhor jogadora da partida, mostrando-se segura e com comando da equipe. A experiência no Praia, de muitas cobranças, desafios e duas decisões de SL, certamente a amadureceu.

Mas será que ela irá encontrar um ambiente adequado no novo clube para que continue evoluindo e alcançando maior confiança em si e estabilidade? As equipes do Osasco nem sempre são bem planejadas e organizadas, questões que podem se agravar com este atraso nas contratações.

Além disso, Luizomar sempre teve no levantamento dos seus times jogadoras muito independentes. Claudinha agora é que tem mostrado maior lucidez e independência. Será que ela continuará assim ou será mais uma vítima do troca-troca do Luizomar?

********************************************

Bom, o Osasco trouxe a Claudinha para o lugar da Fabíola que, como já falamos, vai para o Sesi Bauru. O que não comentamos ainda é sobre quem será banco da veterana levantadora: Naiane.

Naiane começou muito cedo como titular de uma equipe grande, o Minas. Destacou-se nos primeiros anos, mas sentiu o peso da responsabilidade quando o time ambicionou passos maiores na SL. Esta temporada no Barueri, que poderia ser de recuperação, acabou sendo um passo atrás. Terminou a SL na reserva, entrando somente para sacar.

Nada impede que ela brigue pela titularidade e até desbanque a Fabíola – afinal, a veterana não fez uma boa temporada pelo Osasco. Seria um belo plot twist. Mas acho que o momento seria de recomeçar num time menor como titular. Meu receio é que Naiane se esconda de vez no banco de reservas como aconteceu com a Ana Tiemi que, também depois de se destacar no Minas, se conformou durante anos com a reserva do Osasco.

Outra jovem levantadora que vai para o banco na próxima temporada é a Juma. Ao contrário do que diziam, ela não vai para São Caetano e, sim, para Barueri. Como se sabe, o time do Zé terá como titular a Dani Lins. Ou seja, não deve ter muitas oportunidades para jogar.

Vai para aprender enquanto, acredito, seria melhor jogar...

********************************************
Depois da debandada de jogadoras, o Pinheiros começa a se reconstruir. Garantiu a permanência de Mari Cassemiro, Roberta e Letícia - as únicas remanescentes da atual temporada. O time trouxe para o levantamento a Lyara, do São Caetano. Para o meio, Aline, do Brasília, e Camila Paracatu, do Sanca. Para ponta, a Clarisse, do Flu. Por enquanto, é um elenco, com exceção da Lyara, bastante experiente.

Gosto da Aline e da Lyara, mas estas primeiras movimentações não empolgam em nada. O Pinheiros tem perdido combatitividade nas últimas temporadas e acho que não será diferente na próxima. Espero que, pelo menos, o clube mantenha a tradição de dar oportunidade a novos nomes na elite nacional.

O Osasco, segundo o Melhor do Vôlei, encaminha as renovações de Carol Albuquerque e Nati Martins, boas jogadoras para compor o grupo. Estariam na mira da equipe pauista ainda duas centrais do Praia: Wal e Natasha. Osasco garantiria, assim, o entrosamento com a Claudinha, o que já seria um passo para retomar o jogo pelo meio que esteve em falta na SL 17/18.

Comentários

del rocio disse…
Oi laura!a aline estava no brasilia.
Laura disse…
Verdade! Confundi as bolas... Obrigada, correção feita! ;)
Kamila Azevedo disse…
Estou triste e preocupada com o meu Pinheiros. Acho que a permanência de Paulo de Tarso na comissão técnica influenciou na decisão da maioria das jogadoras em sair do time. Não acho Sergio Negrão a melhor escolha para técnico, mas ele é experiente e pode ser a pessoa certa para o momento de reconstrução do Pinheiros. Entretanto, pelas movimentações do time, acho que o Pinheiros não fará uma campanha de destaque nessa Superliga.

Sobre o Osasco: acho que o time está demorando a anunciar renovações e novas contratações. Entretanto, esse silêncio, ao mesmo tempo, pode ser bom, já que jogadoras de destaque do time, como Tandara, Bia, Mari Paraíba, Nati Martins, Lorenne e Ninkovic ainda não anunciaram seus próximos passos.

A contratação de Claudinha é boa, pela Superliga que ela fez. Só espero que, com o Luizomar, ela não regrida.
Anônimo disse…
Paulo de Tarso é um desequilibrado, vamos combinar.
antonio disse…
Ué, a Bia não foi para o SESC???
Kaike Lemos disse…
Laura, se o Pinheiros contratar a Renatinha acho que o time muda de status e passa a ficar no mesmo nível de São Caetano. Jaque ao que tudo indica n renovará com Barueri! Acho que ela vai pro SESI/BAURU pois: - Ja contrataram Amanda, 2 ponteiras de preparação não da certo. - Em clubes ela continuara ponteira, - Ficaria mais perto do Murilo entrando no SESI/BAURU e ao contrario de outras n tem preconceito em relação a Tiffany!

Osasco estar muito silencioso, deve ser sinal que o time esta se planejando bem para a proxima temporada! Acho que devem contratar ESTRANGEIRAS, caso a Tandara n renove e va para o Vakifbank!
Josenei Silva disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Kaike Lemos disse…
Ela falou tbm que tinha lenha ainda pra queimar como atacante! Ela só vai de libero pra SELEÇÃO, pois ela que vai ter de liderar o grupo e fortalecer o Brasil no passe, que é o fundamento mais sofrivel no momento atual de nossa seleção. É uma grande jogadora e dá a volta por cima SEMPRE!

Gente a Mari parou?
Anônimo disse…
Hooker foi dispensada? Para onde vai? Acho ótima ideia se renovarem com Newcombe já q Natália e Gabi não são tão confiáveis no passe. O Minas precisa também de um meio de responsa na reserva caso Gattaz e Mara sofram lesoes.
Luiz Alberto disse…
Tanto a Juma quanto a Nayane fizeram uma grande besteira, a Juma poderia ter ido para o São Caetano onde jogaria ao lado de boas jogadoras, Fernanda Tomé, Sonaly Fê Isis Etc. No Hinode Baruerí jamais terá oportunidade com a Dany Lins de titular e com o Zé Roberto no Comando precisando apresentar resultado imediato para o patrocinador, vejam o exemplo da Nayane, após a contusão contrataram a LLoyd e ela nunca mais teve chance e não terá tambem no Sesc Baurú, a Fabíola não vai dar mais um mole como fez no Osasco deixando outra levantadora ameaçar sua posição.
Lulu disse…
Acabei de ler sobre a gravidez da Sheilla. Acho que já podemos trata-la como ex-jogadora.
Kamila Azevedo disse…
Newcombe não terá seu contrato renovado e já foi embora até do Brasil.

Não entendo também a insistência do povo com Mari e Sheilla. Ambas estão APOSENTADAS do vôlei. Voltar após temporadas paradas é muito difícil. As duas já contribuíram demais com o vôlei e está na hora de tocarem a vida.
Anônimo disse…
A ponteira de preparação do Praia foi a Garay. Amanda estava na rede forte como ponteira de definição durante toda a temporada. Tanto que fica escondida na recepção.
Kaike Lemos disse…
Laura, Pinheiros ANUNCIOU de todo tamanho, que vai contratar uma estrangeira! Se a Clarisse mais essa estrangeira conseguir dar um padrão bom pra este time, fica interessante.

No Minas ja é oficial a chegada de Natalia e em breve Gabi. Acho o banco bem fraco com exceção da Bruninha,Mayani e Lana.

Edinara e Saraelen no Bauru! E deve jogar de ponteira! Pois se tiver ela,Tiffany e Palacio o time fica competitivo. Saraelen espero que ela faça uma boa temporada!

Voloch MENTIROSO, afirmou a tal da CONTRATAÇÃO do Rio e ate hj a CONTRATAÇÃO não quer mostrar o rosto.

Peças boas e disponiveis:
Angélica,Lorenne,Paula Pequeno,Ju Melo,Natiely,Kasiely,Vivian,Vivian Lima,Paquiardi,Malu,Gleici,Jordanne,Ju Paes,Félix (Nayara :-P),Renatinha,Julia Moura,Ana Maria,Ju Odilon,Neneca.

- Eu aposto que a Lorenne vai pro São Caetano, que está montando um bom time! Angelica tambem deve ir tbm.
- Vivian,Natiely e Kasiely acho que vão para Londrina montar time que se juntar Ju Melo,PP4,Pri Heldes fica um time bom.
-Brasilia e Curitiba praticamente rebaixados! Cartas na mesa! Londrina se salva pelo patrocinio da Positivo e do excelente trabalho da Elisângela que vai contratar o assistente tecnico do Marco Aurelio Motta no Eczacibasi o Mauricio Thomas.
- O time que tiver a Renatinha ta feito! Provavelmente ela vai pro Barueri! Sara é muito nova ainda!
-SL 2018/2019 promete!
Mantronix Inc disse…
Dou um doce pra quem descobrir primeiro p onde vai a Tandara.
Leozir Goncalves disse…
Kasiely já renovou com o SESC Rio
Mantronix Inc disse…
Edinara fechou com Bauru.
Bauru com uma rede alta: Edinara Andressa/Valquíria,Tiffany.
Anônimo disse…
Oi, e a primeira vez que entro nesse blog e já cumprimento pela iniciativa.Só tenho respeitosos senões.Primeiro acho meio que preconceituoso chamar a Fabíola de veterana sabendo que no esporte profissional esse termo e meio que desqualificatório e ela tem um ano e meio a mais de idade que a Dani Lins e ninguém reconhece a Dani dessa forma.Segundo ela não fez uma temporada abaixo da média.Não foi brilhante.Mas suficiente e na média.Basta rever que o Osasco ganhou dois dos 3 títulos do ano que disputou.Na primeira partida das semis da Copa do Brasil ela foi a melhor em quadra.Neste torneio a Leiva foi a melhor jogadora do certame e o Osasco atropelou a Praia e o Sesc.Coisa que a Dani jamais conseguiu na mesma temporada.Fabíola foi a levantadora de maior premiação individual nos últimos 5 anos no voleibol brasileiro.Ganhou vaga de titular no Volero desbancando um jogadora da própria seleção do treinador do clube.Fora MVP da Copa Russa e duas vezes melhor levantadora da seleção do mundial de clubes.Liderou a unica vitória oficial da história do Volero contra o Vakifbank com a Ting Shu em quadra contra o melhor time do planeta na formação completa e podendo usar todas suas estrangeiras.Ela veio de uma recuperação de uma artroscopia da Suiça e demorou para entrar no rimto do Osasco.No entanto, os levantamentos mais espetaculares da Superliga foram de sua autoria:os tempos atrás de extremidade oposta para a Tandara.Falam da Loyd mas ela não fez a diferença no Hinode para desclassificar o Osasco.Não duvido que ela é uma excelente levantadora.Quanto a Naiane da para entender como a torcida do Minas comemorou sua saida .Na ultima fase perdia mais metade do tempo em quadra para a Karine que sempre foi uma jogadora prática, instruída (uma das únicas jogadoras de vôlei profissional brasileiro poliglota) mas essencialmente básica.No seu próprio reconhecimento. Naiane veio ao Barueri e se lesionou no joelho na metade do paulista.Depois abriu espaço para ser a reserva da Ana Cristina e acabou no final da temporada como terceira levantadora do time.Fabíola tem defeitos.Claro que sim.Ás vezes é passiva demais.Quando vai no banco se isola nos tempo técnicos quando a levantadora deve ouvir e assimilar as orientações estratégicas mesmo quando não esta na quadra.Não faz estudo prévio do jogo por conta própria porque na sua concepção o tempo fora de quadra e dos treinos deve ser totalmente dedicada as filhas.Sacrificadas da sua convivência nas viagens e tempo dedicado na disputa dos campeonatos.Além de demonstrar muito caratér. Segundo rumores do mercado ela era a primeira opção do Praia.Não fechou porque a direção queria que ela rompesse comercialmente com o marido da Karine que é o seu advogado por ele representar a Tandara e a Karine contra o Praia pelo encurtamento dos pagamentos perante a situação de gravidez quando serviam ao clube.Negou de pronto isso sabendo que iria para a equipe favorita a ser bi da superliga.Por uma simples razão.Foi esse advogado que conseguiu coloca-lá no Volero após o calote do Krasnodar e lá lhe deram 3 anos de contrato mesmo ficando grávida dois meses após a sua contratação Pelas filhas simplesmente abdicou da sua continuidade na seleção para o Mundial e uma nova Olimpiada.Parabéns pelo trabalho.Edu.