Favoritos nas semifinais da Copa Brasil

Copa Brasil - Quartas de final
 
Foto: Erbs Jr/Sesc-RJ
 
Dentil/Praia Clube 3x0 São Cristóvão Saúde/São Caetano  
(25/16, 25/16 e 25/14)

Sesc-RJ 3x2 Pinheiros  
(23/25, 24/26, 25/19, 25/22 e 15/12)

Vôlei Nestlé 3x0 Hinode Barueri 
(25/15, 25/20 e 25/15)

Nenhuma surpresa entre os classificados para as semifinais da Copa Brasil 2017. Praia Clube, Sesc e Vôlei Nestlé garantiram suas vagas nesta sexta-feira e se juntam ao Minas na disputa da fase final do torneio em janeiro.

Os favoritos se confirmaram, mas não quer dizer que a zebra não tenha ensaiado aparecer nestas quartas de final. O Sesc sofreu para ganhar do Pinheiros. Teve que recuperar um placar em desvantagem de 2x0 e disputou ponto a ponto o quarto e quinto sets.

E mais uma vez a Kasiely acabou fazendo diferença para a equipe carioca, com uma sequência de saques no tie-break que encaminhou o time à vitória. Ela não começou como titular, mas entrou logo no primeiro set no lugar da Peña para tentar amenizar os erros cometidos pelo Sesc.

Não está sendo fácil este final de ano para o Sesc, descaracterizado no seu estilo de jogo e fazendo atuações ruins. Mas, de um jeito ou de outro, o time sempre acaba fazendo valer o seu DNA vencedor. Por isso, mesmo imaginando que daqui um mês, quando acontecem as finais da Copa Brasil, o time ainda deva estar sofrendo com suas limitações de elenco (ainda à espera da recuperação total da Gabi), é impossível descartar a sua força na busca do quarto título. 
 
***********************************

O jogo que poderia ter sido o mais equilibrado destas quartas acabou por ser um dos mais fáceis. O Osasco venceu com sobra o Barueri e, pelo menos, “se deu” uma folga nas cobranças depois da derrota no clássico pro Sesc pela Superliga. Mas a desconfiança sobre o time não deve desaparecer tão rápido e deve acompanha-lo nas semifinais da Copa Brasil.

Para completar o elenco de semifinalistas, o Praia Clube, mesmo sem a Wal, contundida, não se complicou contra o São Caetano. Por enquanto, nada abala a superioridade mineira no cenário nacional. Daqui um mês, a Copa Brasil será um bom teste para saber se o Praia está preparado para, finalmente, se tornar um equipe vencedora. 
 
**********************************

As semifinais da Copa Brasil

18/01 – Dentil/Praia Clube (MG) x Camponesa/Minas

18/01 – Sesc RJ x Vôlei Nestlé (SP)

Comentários

L.MESQUITA disse…
Não sei qual foi o motivo que levou alguns a acharem que o Barueri faria jogo duro com o NESTLé e que seria a partida mais equilibrado das quartas... No final das contas eu estava certo, o NESTLÉ surrou o BARUERI sem dó nem piedade! No final das contas, os confrontos mais equilibrados foram SESC 3X2 PINHEIROS e MINAS 3X1 FLUMINENSE.
PRAIA X MINAS não tem favorito, é clássico MINEIRO, e tudo pode acontecer. Assim como NESLTÉ x SESC também não tem favorito, NESLTÉ tem o melhor elenco enquanto o SESC tem o melhor técnico e ultimamente o melhor técnico tem levado vantagem sobre o melhor elenco.
Cesar Nascimento disse…
o campeonato vai se resolver entre os 4 grandes mesmo sem chance de entrar zebra com uma leve vantagem para o praia pelo que jogou até agora mais não garante nada Osasco e sesc tem muita tradição , força e estão bem acostumados em jogar final , irei na contramão de todos ainda acho que um dois dois estará na final com grande chance de ser os dois nunca confie no praia sempre amarela na hora H , sobre os outro eles fazem um campeonato paralelo
Rodrigo costa disse…
Tirando a Nicole Fawcett o Praia clube é uma seleção brasileira é bem difícil que algum time consiga vence-las o time está redondinho e confiante e regular em todos os fundamentos e isso faz uma diferença grande em relação aos seus adversários.
Sergio disse…
Ontem vi o jogo SESC x Pinheiro, pelo youtube, e para quem não viu o jogo, sinceramente os árbitros estão péssimos, no primeiro set, houve duas bolas claramente ponto do SESC que o árbitro inverteu o ponto, no segundo ele inverteu uma bola do Pinheiro e 3 do SESC, no quarto uma bola que claramente bateu no bloqueio e o arbitro n~ao viu. Sinceramente a CBV tem que tomar alguma atitude referente a esses erros, estão sendo demais. Continuo achando que o SESC é a quarta força nas duas competições, se ganhar PARABÉNS, força do conjunto, se não, PARABÉNS também, pois chegou onde se espera dele. Pois vamos ao elenco: Carol Leite (Rio do SUL), Casiele (Rio do Sul), Natiele (Rio do Sul), Linda Jessica (SESI), GABIRU (OSASCO, a meu ver a pior contratação do SESC, se fosse para ser libero, ainda aceitava, mas ponteira,nunca) e . Vamos agora para as titulares: Gabi (cirurgia, voltando e sem pré-temporada), Jucy (voltando e sem pré-temporada), Monique, Roberta, Fabi, Drussyla, Mayhara (voltando de contusão), Ainda tem a Peña (péssima no passe e sem ritimo com o grupo), Agora pergunto a todos: Se fosse outro time que estivesse nessa situação estaria em segundo na superliga e perdendo apenas um jogo?
L. Mesquita disse…
Concordo contigo SERGO, se BERNARDINHO não fosse o técnico, o SESC não estaria nunca em SEGUNDO lugar na tabela da SUPERLIGA e também não teria passado pelo PINHEIROS nessas QUARTAS DE FINAL da COPA BRASIL... Dos semifinalistas da COPA BRASIL, o SESC é a quarta força, PRAIA, MINAS e NESTLE estão na frente.
Anônimo disse…
Alguem sabe se os jogos de hoje serão televisionados???
Mantronix Inc disse…
Fã da Kasiely, boa em todos os fundamentos. Por mim ja ta na Seleção.
Anônimo disse…
Kasiely seleção? é o fim dos tempos mesmo. Ah, chama a Natyvely e a Jucyvely também! E vamu de Ely!
Ana disse…
Basta fazer um bom jogo pela superliga que as pessoas já vem falando que é jogadora de seleção, tem gente que não pode ver a vergonha passar, que sai correndo atrás.
Anônimo disse…
É por isso que mesmo pagando menos,toda jogadora quer jogar com Bernardinho, depois que passa pelas mãos dele, se transformam. Por exemplo, não percebem a excelente temporada que Amanda fez no Brasília e está fazendo agora no Praia, e a Regiane que está sendo a melhor ponteira da Liga Polonesa. Quem falava em Kasiely antes de jogar com o Bernardinho???