As melhores da SL (até agora)


Aproveitando a pausa de final de ano na Superliga, vamos dar uma olhada nas jogadoras que têm se destacado até o momento no campeonato?

Antes, devo dizer que este novo modelo de estatísticas utilizado pela CBV não me agrada, pois dá um recorte muito pequeno. Nas temporadas anteriores, tinha-se os números de todas as jogadoras. Além disso, a relação das melhores nem sempre está atualizada corretamente. Mas, de qualquer forma, dá para a gente dar uma analisada no desempenho das atletas.

Feitas as ressalvas, vamos às melhores!

Maiores pontuadoras:

1- Tandara (Vôlei Nestlé) – 239 pontos 

2- Bruna Honório (Pinheiros) – 201 pontos

3- Edinara (Hinode Barueri) – 190 pontos

4- Yoana Palacio (Vôlei Bauru) – 187 pontos

5- Thaisinha (Fluminense) – 183 pontos


Nenhuma surpresa, pelo modo que o Osasco vem jogando, que a Tandara esteja liderando a pontuação. Levando-se em conta que ela é composta na sua maioria por pontos de ataque, dá para notar claramente a dependência que o time tem tido da sua ponteira-oposta. Fenômeno que se vê mais usualmente em equipes menores, com menos investimentos. É compreensível que Pinheiros, Fluminense, Bauru e Barueri tenham que concentrar o jogo em uma atacante. O Osasco tem, no papel, muito mais opções, mas na prática está seguindo o caminho das equipes com menos recursos.

Maiores bloqueadoras – em pontos

1- Bia (Vôlei Nestlé) - 51 pontos 
  
2- Letícia Hage (Fluminense) – 47 pontos

3- Andressa Picusa (Vôlei Barueri) – 40 pontos

4- Walewska (Dentil/Praia Clube) – 39 pontos

5- Mara (Camponesa/Minas) – 35 pontos 

Mais uma boa SL da Bia no bloqueio. Destaque para a Letícia Hage que puxou o fundamento que fez o Fluminense crescer na competição. Em aproveitamento (pontos por set), quem tem melhor desempenho é a veterana Wal. Uma bela temporada para a jogadora que também lidera a relação de aproveitamento de ataque da SL. Com um Praia mais redondo, o bom trabalho que ela vinha fazendo nos últimos anos finalmente começa ter maior relevância.
 
Melhor recepção

1- Tássia (Vôlei Nestlé) – 71% 
2- Leia (Camponesa/Minas) – 71%

3- Fabi (Sesc-RJ) – 70%

4- Ju Perdigão (Brasília) – 69%

5- Dani Terra (Hinode Barueri) – 69%


Estatística de recepção pode ser bem discutível, mas a Tássia merece destaque nesta temporada. Assim como na SL passada, ela está cercada por ponteiras que exigem da líbero um trabalho quase que dobrado. Desta vez, porém, tem sido quase que o único ponto de segurança da linha de passe do Osasco. Com a Mari PB, a responsabilidade na recepção ficou mais equilibrada, mas não menos trabalhosa. E Tássia tem respondido bem.

Maior sacadora – em pontos   
1- Thaisinha (Fluminense) – 17 pontos 
2- Tandara (Vôlei Nestlé) – 17 pontos

3- Monique (Sesc-RJ) – 16 pontos

4- Nadja Ninkovic (Vôlei Nestlé) – 15 pontos

5- Vivian (Sesc-RJ) – 13 pontos


Thaisinha tem sido a cara do Fluminense nesta SL. O time anda ao ritmo da sua ponteira, principalmente no ataque. Mas, assim como a Leticia no bloqueio, Thaisinha puxou, com seu bom desempenho no saque, outro fundamento que ajudou o tricolor a ser uma equipe mais completa e crescer no campeonato. Com um saque mais forçado - normalmente o viagem -, acaba errando bastante, o que não acontece tanto com as suas colegas de ranking. Destaque para a sérvia Ninkovic que encontrou no saque a melhor forma de colaborar com o Osasco já que no bloqueio e no ataque ainda está devendo.


*Quem mais vocês destacariam desta primeira parte da SL que não está contemplada nas estatísticas?

Comentários

Rodrigo André disse…
Interessante que o Praia, time mais equilibrado do primeiro turno, apareça menos. Em certo ponto é compreensível, já que jogou menos sets, e portanto precisou fazer menos pontos para ganhar seus jogos. Além disso, tem tido uma distribuição mais homogênea, com Wal, Garay, Amanda e Fawcet virando as bolas. Até a recepção que já foi o maior pesadelo do clube vem bem dividida entre libero e ponteiras. No saque, tem conseguido também abalar os adversários, apesar de não ter tantos pontos diretos. Até pelo fato, novamente, de ter jogado menos sets. Enfim, as estatísticas tem que ser olhafas com cautela. Não adianta ter uma tandara destruindo no ataque e uma linha de passe em que a libero tem que correr a quadra toda. E também não adianta essa mesma atacante estar marcada no final das partidas, já que só ela recebe. Como foi falado no texto, o Osasco tem estatísticas de time pequeno, dependente de talentos individuais. Ponto negativo para a comissão técnica... Outro dado que surpreende: cadê as atacantes do Minas? Hooker jogou pouco, e Rosa não vem se destacando tanto... Vamos ver quem cresce.
Unknown disse…
Laura, sobre os boatos que o Osasco estaria emprestando a Lorenne para o São Caetano no meio da temporada, sabe de algo?
Cesar Nascimento disse…
não é surpresa nenhuma as estatísticas só mencionarem o Osasco o Sesc foi o campeão da última temporada e os prêmios individuais foram todos pra Osasco nem na seleção do campeonato apareceram as atletas do Sesc portanto essas estatísticas pra mim são bairristas não se pode confiar
Kaike Lemos disse…
Lorenne no São Caetano, o time cresceria muito, pois a Sabrina é muito iregular. Gente a Rosa carrega o time nas costas né! Tandara muito sobrecarregada, dar um descanço pra ela seria bom tanto pro Osasco quanto pra seleção. Praia jogou menos sets, por isso poucos destaques.
Kamila Azevedo disse…
Se a Lorenne for pro São Caetano, ótimo! Acho que ela não fez a melhor escolha quando decidiu ir para Osasco. Ela tem sido muito mal aproveitada pelo Luizomar. Lorenne deveria ter se mantido em times medianos, em que ela pudesse se destacar e continuar crescendo como jogadora. Após um pouco mais de experiência, que ela deveria ter se transferido para times maiores... Agora, é a hora de ela ganhar rodagem.
L. Mesquita disse…
Bom Dia Laura e amigos!
Laura, faltou aí o ranking das melhores atacantes:
1. Walewska Dentil Praia Club - 60% de aproveitamento
2. Fabiana Claudino Dentil PRaia Club - 57% de aproveitamento
3. Carol Gattaz Camponesa Minas 56% de aproveitamento
4. Mayhara Sesc RJ - 56% de aproveitamento
5. Fésis Hinode Barueri - 54% de aproveitamento
Líderes natas e veteranas já aposentadas da seleção brasileira são as MELHORES ATACANTES da Superliga, Wal e Fabiana, estão como vinho, melhor com a idade, liderando o Praia na ponta da tabela.
Carol Gattaz que foi a MVP da conquista do Campeonato Mineiro é outra que tem um ótimo repertório de ataque.
Mayhara, que era reserva da Ana Carolina, aproveitou a ida da ex-companheira de clube para agarrar a oportunidade com todas as forças. Mayhara é mais atacante que Ana Carolina, que, por sua vez, tem se destacado mais no bloqueio.
Fésis teve um excelente início de primeiro turno pelo Barureir, mas caiu de rendimento em Dezembro, se partir de Janeiro não se recuperar, perderá o posto de quinta melhor atacante da Superliga.
Vale ressaltar também que, pelas estatísticas da CBV, Ananda é a melhor levantadora da Superliga. Eu particularmente prefiro Ananda à Claudinha, acho a Ananda bem mais segura que a Claudinha. Na temporada passada, Claudinha foi bem na fase de classificação, mas pipocou nos playoffs, o que comprometeu a campanha do Praia Club que tinha time para brigar pelo título. Resta saber se nos play-offs Claudinha vai pipocar ou não, porém de qualquer forma tem a Ananda, que é uma levantadora de mais segura, à disposição.
Faltou o ranking de defesa, o meu pessoal é o seguinte:
1. Suelen Dentil Praia Club
2. Fabi Sesc RJ
3. Leia Camponesa Minas
4. Tássia Nestlé Osasco
5. Sassá Fluminense
Suelen, mais magra, perdeu os quilos que tiravam sua agilidade e está defendendo muito. Difícil uma bola cair direto no chão do Praia Club, que tem um sistema defensivo espetacular com Suelen, Amanda e Garay.
Fabi é outra aposentada da seleção que assim como Walewska e Fabiana estão jogando em altíssimo nível.
Leia passou da má fase que a rondou na temporada passada e estava voltando À melhor forma.
Tássia que foi muito criticada quando jogava pelo Praia, veio para o Nestlé para substituir Brait grávida, no Mundial estava se entrosando ainda com o time, mas agora já estava bem à vontade no fundo de quadra do Nestlé.
Sassá, mais uma veterana, ex-seleção que está sendo uma das bases da boa campanha do Fluminense.
Anônimo disse…
Vocês estão sabendo que Hooker não continua no Minas, que essa nova ponteira contratada está vindo pra fazer dupla com a Pri e a Rosa vai ficar como oposta.
Hooker foi um péssimo negocio pro Minas, jogou poucos jogos.
Anônimo disse…
Anônimo não tem como a NOVA KOMBI fazer dupla com a DAROIT e a ROSAMARIA pois até ontem, pelo menos, dupla era de 2 e não de 3... No máximo a NOVA KOMBI pode fazer um TRIO com DAROIT e ROSAMARIA... Mas quem sabe né? Tá tudo tão mudado hoje em dia que até possa ser que as 3 façam uma DUPLA mesmo...
Kaike Lemos disse…
Newcombe? Sera que ela vai dar mais segurança no passe e no ataque. A Hooker ir embora, só se a mesma estiver louca e fazer como fez com aquele time chinês! As mais experientes estão se saindo bem, mas agora é hora das novas né gente! Mas algumas vem caindo muito como a Edinara! Vejo os 4 primeiros na semi.. O FLU pode ate tentar alguma coisa mas o resto.. nem vou comentar!
Laura disse…
Unknown, pelo q sei, o regulamento da SL não permitiria este empréstimo pq a Lorenne já jogou pelo Osasco. E na relação de atletas do São Caetano não está o nome da Lorenne, o prazo máximo para inscrição era dia 20/12.

Rodrigo, boa observação sobre o Praia. E a Rosamaria realmente não tem se destacado tanto, não está entre as maiores pontuadoras nesta temporada como esteve nas duas últimas.

Mesquita, esta estatística da CBV em que aparece a Ananda acho q leva em conta só a última rodada. E sobre as melhores atacantes, não coloquei de propósito pq acho q deveria ter uma separação entre centrais e pontas/opostas. É meio que óbvio q as centrais terão melhor aproveitamento de ataque. De qq forma, destaquei ali no bloqueio q a Wal,além de estar entre as melhores bloqueadoras, é a melhor atacante entre as centrais.
L. Mesquita disse…
Olha galera, tá explicado pq o Kiraly não quer a HOOKER nem PINTADA DE OURO na seleção dos EUA. HOOKER é preguiçosa, faz corpo mole, é problemática e pouco confiável...
Rodrigo André disse…
Por falar em melhores, fiquei pensando em melhores opostas (uma posição que temos carência depois de Scheilla). Tandara se destaca, Monique tem outro estilo mas também compõe muito bem seu time, além de Fawcett, que me parece muito mais focada do que na sua passagem pelo Minas. Aliás, outra coisa: alguém sabe onde anda Barbara (Babi?). Ela mudou de posição quando a Monique se machucou, no SESI, e deixou de ser uma central razoável para ser uma oposta muito boa, chegando a ter convocação para seleção. Mas não soube pra onde ela foi esse ano. Está jogando??? Espero que não tenha o mesmo destino da Andreia, que agora não é central nem oposta mais ...
Anônimo disse…
Pro anonimo que me corrigiu quando falei que a nova ponteira do Minas ia fazer dupla com a Pri e a Rosamaria de oposta, posso ter me expressado errado, só que pra você tá faltando um pouco de interpretação de texto, quando falei dupla, não inclui a Rosa na dupla, já que Rosa iria jogar como oposta, a dupla seria de ponteiras, não falei dupla de ataque, sim de ponteiras.
Alysson Barros disse…
Hooker deveria ter vergonha na cara, trinta anos nas costas e sempre com comportamento juvenil. Espero que o Minas consiga se arrumar.

Tandara é a maior pontuadora mas a que erra em quantidade igual à de sua pontuação. Inclusive em momentos cruciais na partida, além de ter poucos golpes. Seu ataque é baseado na força bruta, não é inteligente como o da Monique, por exemplo, que raramente faz partidas irregulares.

Acho que estamos ruins de líbero, nenhuma além da Fabizinha passa confiança atualmente. Esperava que a Suelen fosse arrebentar a bagaça toda agora que está emagrecendo, mas não é bem isso o que acontece.

Espero que a Amanda possa jogar mais e, quem sabe, assumir a titularidade.

E que o Praia vença finalmente a Superliga.
Unknown disse…
Onde que aparece a relação de atletas inscritas pro equipe?
No sit da CBV não localizei.
Anônimo disse…
O fato é que PEÑA ISABEL do SESC RJ e TIFANY do BAURU só estrearam na Superliga recentemente, se não, elas estariam figurando também entre as maiores pontuadoras.
Quanto à Hooker, é uma falta de respeito com torcedores, clube, patrocinadores, comissão técnica e companheiras de equipe essa irresponsabilidade dela e falta de profissionalismo.
acho que as portas se fecharão pra ela no mercado brasileiro, que time vai investir numa jogadora sem compromisso como ela?
Anônimo disse…
Hooker saiu mesmo do Minas?
Kaike Lemos disse…
Alguem ja viu a Newcomb jogando? Tomara que pelo menos seja boa no passe. Gente a Hooker é PROBLEMÁTICA nunca cumpre e sempre rescinde contrato. Gente quem dera Babi no Minas.
Alysson Barros disse…
Por que meus comentários não são mais publicados neste blog?
Anônimo disse…
O time do Minas voltou a treinar ontem, quarta-feira, Hooker ainda está nos EUA, fez uma live no IG falando que volta dia 02/01, espero que ela crie vergonha na cara e comece a jogar, esse papo de lesão que ela inventa já não cola.
Rafael Grapper disse…
Olá pessoal, pra mim as jogadoras que se destacaram no 1ºturno foram:
levantadora: Giovanna (Flu);
líbero: Fabi (Rio);
oposta: Monique (incrível como essa jogadora não faz partida ruim);
1ª central: Wal (Praia);
2ª central: Carol Gattaz (Minas);
1ª ponteira: Fernanda Garay (Praia);
2ª ponteira: Amanda (Praia);

revelação: Mayani (Minas) - faltou opção aqui
acima da expectativa: Pri Daroit (Minas) / Bruna Oposta (Pinheiros);
decepção: Hooker (Minas) / Leiva (Osasco)

bem, o que acharam de lista? a Superliga tem revelado talentos esse ano?
Jess disse…
É sério mesmo que a Hooker saiu do Minas? Seria ela o Ngapeth do feminino?
Jess disse…
A Sindel tirou o ano pra estudar.. senão me engano;
Laura disse…
Alysson, tem um comentário seu publicado logo acima. Fui conferir, mas não recebi mais nenhum outro...

Unknown, acho q é uma parte de acesso restrito, mas é possível achar através do google, pesquisando por relação nominal.
Joao viana disse…
A Sonali do São caetano também se destacando bastante.
Mantronix Inc disse…
Pra mim revelação eh Kasiely do Sesc-Rio, ela tem ótima regularidade em todos fundamentos,uma craque, por mim ja dava uma chance p ela na Seleção junto coma Bruna Honório q não eh de hj q me chama atenção. No lugar da instável Ednara.