Em busca da recuperação - e da reconciliação




O Hinode Barueri apresenta nesta quinta-feira, antes do jogo contra Renata Valinhos, as suas mais novas contratações: a oposta Skowronska e a meio de rede Thaisa.

Apesar de ser a novidade do anúncio, a contratação de Thaisa já era esperada. A jogadora, assim como a Skowronska, teve as portas do clube abertas pelo Zé Roberto para se recuperar da cirurgia no joelho. Segundo a jogadora brasileira, o treinador deu total apoio desde o momento em que ela se lesionou no início do ano na Turquia e se esforçou para tê-la no seu time.

Mas quem levasse em consideração apenas as declarações da Thaisa em algumas entrevistas neste ano, queixando-se que se sentiu desacolhida na seleção em 2016, quando também se recuperava de cirurgias nos dois joelhos, imaginava que esta parceria com o Zé Roberto dificilmente aconteceria. Afinal, se ela não reclamou diretamente do treinador, reclamou da sua comissão como um todo. “Estava tentando de todas as formas voltar ao meu melhor e, muitas vezes, pedia ajuda na seleção. (...) Foi um momento que precisei de muitas ajuda e não foi bem isso que aconteceu”, disse ela numa entrevista para o site Olimpíada Todo Dia.

Thaisa ficou tão sentida que colocou em dúvida o seu retorno para a seleção. Pelo caminho seguido nesta temporada, em que volta a treinar com o Zé Roberto e recebe dele todo o suporte necessário, é bem provável que esta relação “seleção- Thaisa” caminhe para uma reconciliação. 
**************************************

Falando do Barueri, a contração acaba por ser uma aposta, apesar de toda qualidade e experiência que a Thaisa tem. Não é questão de duvidar da capacidade de recuperação e de superação da jogadora, mas as coisas têm seu tempo. Ela mesma diz não querer repetir o que aconteceu em 2016, quando, segundo afirmou, não tinha condições de treinar, só jogar. Ou seja, não estava 100% fisicamente – e isso teve reflexos na qualidade do seu jogo.

Como comentei há algumas semanas, acho que a Thaisa ganha mais com esta contratação, ao ter um clube aqui no Brasil para fazer a sua readaptação às quadras, do que o Barueri. Tenho dificuldades em imaginar que ela consiga alcançar um nível de jogo que possa fazer a diferença para o time.

Tomara que eu esteja enganada porque, com ela, o Barueri aumentaria sua competitiviadae na Superliga. Teria uma força de ataque pelo meio que não tem no momento, além de aumentar a sua rede que não é muito alta. E teria um ponto forte no saque também. Neste quesito, aliás, ela pode ajudar mesmo não estando 100%.

Comentários

Pop On Air disse…
Hinode esta com um bom elenco, mas peca nas Levantadora, um time com as Peças que tem, deveria ter opções melhores que a Naiane e a ANa Cristina
Alysson Barros disse…
Como não tenho time, já que minaram o projeto do SESI (apesar de manterem o investimento no masculino, o que é inexplicável pra mim), torço sempre para aqueles mais "fracos" e pela quebra de hegemonias, mesmices. Então torcerei fervorosamente para o Dentil, o Hinode e o Camponesa Minas. E que o Pinheiros, o Bauro e o Fluminense deem trabalho ao Volei Nestlé e SESC-RJ e tirem pontos dos dois ou mesmo ganhem partidas (sonhar não custa nada).

Agora, ter egos do tamanho dos de Jaqueline e Thaísa em um mesmo time não deve ser fácil para a equipe - e nesse sentido fico aliviado que o técnico seja o da seleção. A Suelle discutiu com ZR no tie-break no jogo contra o SESC-RJ e foi substituída imediatamente. Espero que o tratamento seja igual e, a coerência, mantida.

Por fim, não sei por que pegam tanto no pé da Naiane. Ela não tem apenas 22 anos ainda? Por que vocês não esperam até ela fazer uns 25? Por que não esperam ela jogar, literalmente, pelo Hinode antes de começarem com as críticas? A bola que a Ana Cristina joga também não é (ou era) do meu agrado, mas porque tenho ela fresca com o Vôlei Futuro em mente - e ainda mais especificamente com aquela cena dela falando pra PP4 que não ia levantar bola pra ela. Mas ela se mostrou segura contra o time do Bernardo, até. Talvez tenha evoluído.

Vamos torcer para uma Superliga verdadeiramente equilibrada, todos saem ganhando com isso.
Mantronix Inc disse…
Thaísa não vem jogando 100% bem antes do Rio-2016, namoro, silicone, cirurgias estéticas ou corretivas devido a lesoes, o fato é q a rainha dos selfies esta com seu FOCO no vôleibol hj longe de ser da Thaísa do extinto Rexona, sem expectativas.
Kamila Azevedo disse…
Me surpreendi com a escolha da Thaísa pelo Hinode Barueri não por causa das recentes declarações dela sobre o ZRG e as Olimpíadas de 2016. Me surpreendi porque ela enchia a boca pra dizer que viria para um time campeão, que fosse brigar por títulos. Apesar dos bons nomes que conseguiu reunir, não acho que esse seja o caso do time de Barueri. Acredito que o máximo que o time chegará será na semifinal, sendo bem otimista!

No mais, acho que, devido ao ranking, a Thaísa não tinha um leque muito amplo de escolhas. A maioria dos times já tem jogadoras rankeadas. Então, ela foi pro time que tinha menos jogadoras assim.

Boa sorte e boa recuperação pra ela!
Carina disse…
Alysson Barros, sábias palavras sobre a implicância das pessoas contra a Naiane e os egos de Jaqueline e Thaísa.
Achei que foi uma demonstração de deselegância as falas da Thaísa sobre o Zé e sua comissão técnica no ano de 2016, em relação as Olimpíadas.
O Zé é muito profissional em recepcioná-la em seu time, afinal, como Laura apontou nos comentários, é bem provável que a pessoa que ganhe mais com essa contratação seja a Thaísa, pois ela está em recuperação e, talvez, esse tempo de permanência dela aqui não seja o suficiente para que essa jogadora retome toda a sua qualidade técnica como jogadora.
Jess disse…
Também não sei pq pegam tanto no pé da Naiane; Ela fez uma temporada ruim ano passado? SIM, mas é nova e tem muito a evoluir..

Acho que as pessoas exageram nas criticas de algumas jogadoras, teve gente que até veio comparar o 1º com o 2º jogo da final do paulista, dizendo que a Ana Cristina é muito melhor, bastava ver a diferença das duas finais; Mas a Naiane NÃO jogou nenhum dos dois jogos..


Como o Alysson falou, vamos esperar a menina começar a jogar pra poder falar alguma coisa..

Jess disse…
Esse time do Barueri ta interessante, se der liga pode desbancar um dos favoritos e ficar entre os 4 primeiros, Vamos ver como a Thaisa e a Skow voltam de lesão e como o Zé vai trabalhar o emocional e o ego de algumas jogadoras..

P.S¹: Faz tempo que a Thaisa tá devendo um bom voleibol, falando muito e fazendo pouco, torço para que volte a jogar em alto nivel, a seleção agradece;

P.S²: Ao contrario de muitos, ainda espero a Jaque pro mundial em 2018, se ela jogar em alto nivel essa temporada, sera imprescindível no mundial, o Brasil precisa demais do fundo de quadra dela;

P.S³: Alguem sabe por onde anda uma menina que comentava por aqui e era fã da Thaisa? Lembrei dela agora.. rsrsrs
Lulu disse…
Tomo a liberdade de fazer um paralelo entre sua contratação e a do jogador de futebol Conca pelo Flamengo. Esportes distintos, porém com a mesma estratégia de marketing já que ambos não produzirão por sua atividade principal. Torço pelo seu recomeço mas sou realista . Vai demorar.
Em geral acho que as pessoas nao criticam a Naiane, mas sim o ZRG convocar ela pra seleção tendo outras opções melhores. Ela ser do time dele pesou? Sabemos como funciona o Zé né? Complicado!
Eternal Sushine disse…
Sobre a Naiane também acho que pegam muito no pé dela. Todavia, acredito que as defesas para a jogadora também não estão de todas corretas. Naiane tem só 22 anos e muito evoluir. Por tanto, as criticas residem no fato de terem dado mais responsabilidade que ela pode assumir na atual fase da carreira dela. Ao meu ver, ela nao tem bola - ainda - para a seleção. Logo, ela ter assumido o posto de segunda levantadora da seleção este ano não foi só inadequado como também uma opção bizarra. Naiane não é atualmente sequer a 5 ª melhor levantadora do Brasil.A oposta dela no Barueri eu concordo. Mas Seleção não!!! Pareceu forçado demais! Prematuro demais! Isso sem contar que ela é uma armadora com as mesmas características da Dani Lins. Logo, pelo lado tático. a opção se faz ainda mais incompreensível
.
Jess disse…
Concordo em relação a convocação dela pra seleção; Mas em relação a clube, sendo que a menina nem tá jogando, Acho pesado e desnecessário
Mantronix Inc disse…
nao publicou meu comentário Laura? O Blog já foi mais democrático.
Laura disse…
Mantronix, desculpa. Havia aprovado o seu comentário, acho que deu algum problema no carregamento na hora de publicá-lo. E às vezes acontece também de receber muitas notificações ao mesmo tempo e algum comentário me escapar para aprovação.

Enfim, errei em não conferir se havia sido publicado o comentário, mas foi só isso, uma falha, nenhuma perseguição às suas opiniões. Desnecessária a provocação. Qd isso acontecer, é só mandar um novo comentário me alertando que eu conserto.

Anônimo disse…
TENHO PRA MIM QUE NÃO VEJO ESSA "DESELEGÂNCIA" POR PARTE DA THAISA, UMA VEZ QUE TRATAMOS NESSE NIVEL DO ESPORTE COM EGOS DE AMBAS AS PARTES, OU SEJA DE COMISSÃO E JOGADORAS, TODAS ELAS.ONDE PINTA MUITA GRANA ENVOLVIDA NINGUÉM QUER PERDER A SUA FATIA.E NÓS MEROS MORTAIS E TORCEDORES FAZEMOS CONJECTURAS QUE NEM SE QUER DEVEM PASSAR PERTO DO REALMENTE, ACONTECE.NO MASCULINO ENTÃO, DEVE SER UM HORRORBASEADO EM TANTO DISSE ME DISSE NO CASO DAQUELE LEVANTADOR(indisciplinado?) RECONVOCADO PELA REDE GLOBO PARA AS OLIMPIADAS DE 2012.ACREDITO SIM, NO MUNDIAL 2018 COM GDE PARTE DA LEVA DAS RIO 2016. ( EGO DO TREINADOR QUE QUER SER CAMPEÃO MUNDIAL) PERGUNTA: TANTO TESTE PRA QUEM? E POR AO VAI.
THAISA, DANI LINS, GARAY,NATALIA,FABIOLA, TANDARA E JAQUELINE COM CERTEZA ESTARÃO NO MUNDIAL 2018. O ZR NÃO VIA ARRISCAR. NAS SEI NAS OLIMPIADASMAS RRISCO JAQUELINE LIBERO 2020.PASSE E FUNDO DE QUADRA IGUAL, AINDA NÃO APARECEU. VAMOS VER AO FINAL DA SUPERLIGA O MUNO VERÁ.BJ ELAINE