sexta-feira, 12 de maio de 2017

Vivo. Morto.

Os times brasileiros entraram nesta última rodada com a faca no pescoço: precisavam da vitória para se classificar às semifinais do Mundial. O Rexona se manteve vivo na competição; o Osasco não. 

Osasco perde e é eliminado do Mundial de clubes

Rexona-Sesc 3x1 Dinamo Moscou

Antes de tudo: que bela partida! Uma das melhores que assisti este ano. Bem jogada, emocionante e surpreendente. 

Surpreendente porque o Rexona foi bastante superior no ataque à equipe russa que, por sua vez, foi bastante comedida nos erros. O time carioca é que passou da conta nas falhas, normalmente cometidas nos ataques e na recepção.

O Dinamo também surpreendeu pelo ótimo volume de jogo que apresentou. Grande parte da qualidade e da emoção do confronto esteve no duelo das defensas dos dois times. A diferença foi que o Rexona teve mais fôlego e qualidade para definir e saiu vencedor na maioria destas trocas de bolas mais longas. 

****************************

No mais, tivemos um confronto dentro daquilo que se esperava. O Dinamo muito forte no bloqueio e no saque, e com problemas na recepção. Shcherban fez mais uma partida ruim no fundamento e não compensou em nada no ataque. Bom para o Rexona que o treinador somente foi sacá-la no quarto set.

Bom também para o Rexona que a levantadora Pankova ficou na sua limitada distribuição e não colocou muito a De La Cruz para jogar. A dominicana demorou, mas no segundo set deu sinais de que poderia ser uma arma importante no ataque russo. Mas a levantadora não deu muita moral para ela no restante da partida. 


****************************
 
Por parte do Rexona, também houve problemas na recepção, principalmente na passagem da De La Cruz no saque. Mas mesmo com um jogo não tão a sua maneira, sem muita velocidade, o time conseguiu se virar no ataque, muitas vezes pelos contra-ataques que armava.

As atacantes suaram para achar uma maneira de não parar no bloqueio. Gabi foi a que teve mais dificuldades, mas deu uma resposta importante no final da partida. Drussyla parece que pegou o jeito de enfrentar estas equipes mais altas e tem se saído bem nos momentos decisivos. O porém é que a jovem jogadora ainda busca sair com o saldo positivo na balança dos erros e acertos. Ela é capaz de salvar o time na hora do aperto e, depois, entregar uma série de pontos por falhas na recepção, por exemplo.

Mas Drussyla tem sido a grande figura do Rexona neste final de temporada, não se pode negar. O time caminha muito ao ritmo do desempenho da novata. E é de se admirar a forma como ela tem encarado toda esta responsabilidade. 


****************************
 Vôlei Nestlé 0x 3 Volero Zurich

Antes de começar o Mundial, achei que o Dinamo seria um adversário mais difícil para o Rexona enfrentar do que o Volero para o Osasco. O que eu tinha visto do time suíço sem a Fabíola não tinha me passado grande confiança. Era um jogo muito dependente da oposto Rykhliuk, uma Carcaces pouco participativa no ataque e uma linha de passe, em geral, precária.

Porém o Mundial me mostrou o contrário. O Volero está com um jogo redondinho, passe regular e, até o momento, mais equilibrado e preciso no ataque.

Então, obviamente, a missão do Osasco de vencer o Volero era difícil – mas não impossível. A equipe paulista poderia ter dado um aperto no time suíço e ter feito uma partida bem mais equilibrada .



****************************

Porém, mais uma vez, o Osasco não conseguiu ser agressivo no saque, o que acabou por dificultar e inibir o trabalho do seu bloqueio e da sua defesa. Novamente, assim como aconteceu com o Eczacibasi, perdeu muitas chances de contra-ataques por passes ruins e jogadas mal armadas.

E, para completar, travou em algumas viradas de bola, principalmente na rede de dois com a Gabi, que tiraram o time da disputa do placar e do controle do seu próprio jogo. O Osasco se perdeu no final do primeiro set, quando tinha a vantagem para fechar a parcial, e no início do segundo por causa da dificuldade na virada de bola. 


E depois destas duas ocasiões, foi só ladeira abaixo – numa situação muito semelhante à que aconteceu contra o Eczaciabasi. Tanto que o terceiro set, com quase todo time reserva, foi o mais fácil para o Volero vencer. 

****************************

Nem preciso dizer que tudo isso foi muito mal gerenciado pelo inerte Luizomar, que o máximo que fez foi colocar a Natália no lugar da Saraelen. Nada de orientar a Dani a mudar de jogada ou fazer a inversão no momento adequado e não depois que o adversário abriu vantagem.

Ele deve ter achado que o time reencontraria o caminho sozinho. Pois o Osasco até que encontrou um caminho: o de volta pra casa.


19 comentários:

L. Mesquita disse...

Laura e amigos do volei, tentarei ser sucinto e resumir a participacao VEXAMINOSA do NESTLE nesse MUNDIAL, antes nao tivesse COMPRADO O CONVITE, porque ficou feio: 1. Foi ridículo,pra nao dizer PATETICO, ver a MIRRADA GABIRU marcando as GIGANTES TIJANA BOSKOVIC e OLESIA RYKHLIUK no BLOQUEIO!!! 2. Foi patetico mais uma vez Dani Lins nao saber usar corretamente sua oposta de 1,90m Ana BJELICA, Dani faz BJELICA se adaptar a bola dela, em vez de ser ao contrario!!! 3. Foi patetico ver o LUIZOMAR manter a medalhista de PRATA olimpica no banco MALESEVIC, pra morrer abraçado a sua ANANZINHA GABIRU!!! 4. Sinceramente, fico com PENA dos peruanos por apostarem no LUIZOMAR pra dirigir sua selecao... A tendencia eh q o PERU se afunde mais ainda no voleibol mundial... Por outro lado, espero que SPENCER LEE assuma de vez o comando do NESTLE!!!

Jess disse...

Ri com o título.. hahahahaha

Nossa que raiva do Osasco, 1* set tava na mão, Volero fazendo corpo mole e conseguiram perder.. não vou comentar mais do Luizomar e sua insistência com algumas jogadoras, pq todo mundo já percebeu, espero que certas jogadoras vazem logo do time..

Sempre falei que era muito melhor pegar o Dinamo do que o Volero, achei mesmo que seria um jogo disputado e que se o Rio jogasse com inteligência nao subestimando o outro time ganharia, achei que poderiam ganhar com mais folga.. Rio demorou a perceber que era pra forçar o jogo na Yana.. e ficavam sacando na De La Cruz..O que é a Shcherban e a Pankova? Acabaram com o time, achei que técnico do Moscow demorou muito pra mudar..

P.S: alguém entende a Goncharova não querer jogar em outro lugar, tendo que atacar essas jacas da Pankova? desse jeito não chega nos 30 jogando

P.S: A Carol tá péssima, acho que no próximo jogo o Bernardo deve entrar com a Mayhara

P.S: Acho que Volero x Rio será um jogo disputado, recepção do Volero é bem frágil, mas levantadora é boa e elas não só dependem de uma atacante.. Rio vai ter que jogar mais que jogou contra o Dinamo

P.S: Osasco vai perder pro Dinamo e ficar em 6*.. vergonha

L. Mesquita disse...

O SESC RJ teve mais preparo FISICO e PSICOLOGICO pra vencer essa dura BATALHA LONGUISSIMA,demorada mesmo!!!Quem acompanhou o aquecimento dos times,deveria estar esperando um verdadeiro MASSACRE das gigantes do DINAMO sobre as baixinhas brasileiras...Ledo engano,em quadra DAVI derrubou Golias e muito bem derrubado!MONIQUE, pra mim, foi a melhor em quadra, com 14 pontos de ataque e um de bloqueio,ela defendeu corajosamente os potentes ataques das gigantes e teve um desempenho superior a todas as liberos presentes em quadra,ANA MALOVA e FABI.MONIQUE fez incriveis 27 defesas, com apenas 2 errinhos nesse fundamento,um aproveitamento espetacular de defesas.Em segundo lugar veio FABI que fez 22 defesas e apenas 2 erros tambem,depois a NOVATA-VETERANA DRUSSYLA com 18 defesas e 3 erros,ROBERTA com 17 defesas e 5 erros,GABI com 12 defesas e 2 erros, JUCIELY com 9 defesas e 1 erro,CAROL com 7 defesas e 2 erros e REGIS com 2 defesas e nenhum erro.A DEFESA associada ao CONTRA-ATAQUE eficiente foram os melhores fundamentos do SESC RJ na partida,como no BLOQUEIO nao deu pra competir com o DINAMO,devido a diferenca de estatura,o SESC RJ compensou muito bem na sua excelente defesa...No contra-ataque,gostei muito da atuacao da ROBERTA,que fez uma distribuicao inteligente e usou e abusou de JUCIELY,a melhor CENTRAL em quadra,com 14 pontos de ataque e 3 de block. DRUSSYLA,perseguida no saque do DINAMO, foram incriveis 50 saques em cima da DRSSYLA, dos quais ela cedeu 4 pontos em erros de passe.Pela quantidade de 50 passes que Drussyla fez,ceder 4 pontos em erro,pra mim esta razoável,ate porque DRUSSYLA compensou com 18 pontos de ataque,3 de block e 1 de saque.Gabi recebeu 19 saques e Fabi 14,a pressao do saque ficou mesmo na Drussyla.CAROL se destacou mais no SAQUE com 3 ACES e teve uma atuacao mais discreta no ataque com 5 pontos e no bloqueio com 1 ponto. BERNADINHO, como sempre deu um BANHO DE COMPETENCIA no LUIZOMAR que com um time mais alto e mais caro, insistiu nos mesmos erros da SUPERLIGA e deu VEXAME no MUNDIAL...

Camilla Paiva disse...

Foi muito frustrante o jogo do Osasco, pois pelo primeiro set ficou perceptível que o time poderia ganhar, mas aí se desconcentrou, tomou a virada e ficou sempre atrás no placar. Acho muito complicado quando no decorrer do jogo a Gabiru se torna a bola de segurança do time, e foi o que aconteceu, especialmente no último set. Acho que gabiru é uma boa jogadora, mas a vejo como aquela que da volume ao fundo de quadra e que só deveria atacar eventualmente. Dani Lins fez mais uma vez um jogo com distribuição equivocada e deu várias bolas importantes à jogadora mais baixa da equipe. Não é possível que ninguém da comissão técnica não
tenha dado outra orientação pra ela. A Bia deixou muito a desejar, totalmente apagada, e a Tandara sempre muito na força, variando pouco os golpes. Osasco precisa urgente de uma reformulação, alguém que dê uma cara nova ao time. Falta liderança, alguém que mexa com essas jogadoras. Acho estranho até a postura delas, perdendo e achando graça, sorrindo. Luizomar parece que não as orienta em nada. Quanto ao Rexona, acho que tem muitas possibilidades de vencer o volero na semi se jogar da forma como jogou contra o dinamo. Time ofensivo, organizado, com a faca nos dentes disputando todas as bolas. Se por acaso o eczacibaci fosse pra final, era bem possível ganhar o mundial. Contra o vakif eu já acho muito difícil.

Chandler Bing disse...

Que tipo de técnico coloca Gabiru na rede de 2? Cara, que cagadas foi aquela, a menina não é jogadora de decisão e/ou desafogo no ataque, ela é de composição, daí colocam ela na rede de 2 pra se queimar e receber uma enxurrada de críticas, que deveriam ser destinadas à comissão técnica incompetente de Osasco. Dani Lins está nitidamente acomodada, não faz nada de novo, os mesmos erros bobos de sempre, a mesma insistência.
Mas vamos combinar, que time este do Volero é de uma qualidade absurda (pelo menos é o que tem demonstrado neste Mundial), muito me impressiona este time não ter conseguido nada no Europeu, até o banco é de excelente qualidade. Carcaces jogando o que nunca jogou por Osasco, acredito que muito em função do estilo de jogo (levantamento) brasileiro.

Rio fez um jogo muito bom. Mas ainda oscila em alguns momentos, comete erros bobos. Realmente, Monique reinou na defesa, pegou vários ataques da Goncharova e se virou até bem no ataque. Time do Rio quando tem passe e Roberta impõe velocidade, se torna um time muito bom no ataque, acredito que o caminho pra vencer o forte Volero é por aí, sacar e passar bem para que o jogo flua.


P.S - Adorei a inversão com Regiane e Camila Adão. Régis defendeu muito bem, ajudando o time a vencer o set.

L. Mesquita disse...

Quem foi CAMPEAO MUNDIAL em 2012 foi a SELECAO BRASILEIRA vestindo a camisa do NESTLE, pq se dependesse do LUIZOMAR fazer o q BERNARDINHO faz,nao viria titulo nenhum!!! Outra coisa importantissima: a levantadora CAMPEA MUNDIAL em 2012 foi FABIOLA!!! Fabiola sabe levantar a bola da BJELICA, ao contrario de DANI-se Lins, se FABIOLA tivesse no NESTLE em 2017, BJELICA seria a melhor atacante do NESTLE... Fabiola sabe se adaptar a suas atacantes bem melhor q a Dani-se Lins!

Jess disse...

Vontade de esfregar a cara do Luizomar no asfalto.. BURRO tb espero q o Spencer assuma de vez e faça o Osasco voltar a ganhar coisas importantes

Anônimo disse...

Gente do céu! Essa Kosianenko é medonha. Fico me perguntando como pode uma levantadora da seleção russa, onde inclusive é capitã e já tendo jogado olimpiada pode errar tanto na precisão do levantamento pra Goncharova, jogadora que ela está acostumada a levantar pelo menos 50 bolas por jogo. Elas jogam juntas em clube desde 2014. Era pra Kosianenko ter um entrosamento excelente com a Goncharova, tipo Dani Lins - Fabiana e Fabiola - Garay.

Unknown disse...

Dani Lins e Luziomar juntos nunca vão dar certo. As características dos dois não combinam. Dani precisa de um técnico que diga a cada jogada o que ela tem que fazer, com Zé Roberto e Bernardinho, fique sempre
em cima. Ela não é com Fofão e Venturini, que se viravam em quadra. Não é característica do jogo dela. Ela foi pra Osasco por isso, mas não deu certo. Está na hora de se reconhecer isso. Ela tem muita qualidade, vimos isso em Londres, mas precisa de um técnico linha dura pra guiá-la. Já Luziomar, pelo contrário, precisa de uma líder em quadra. Resumindo, os dois nunca vão ganhar nada juntos, isso é certo. Seria muito interessante ver uma Macris no Osasco.

Laura disse...

Chandler, tb não entendo como o Luizomar pode expor a Gabi desta forma - e a Dani insistir com ela naquela situação.

Jess, compartilho um pouco desta indignação com o Luizomar. Não sou torcedora, mas, caramba, é irritante ver o Osasco fazendo um Mundial muito abaixo do que poderia jogar e, o pior, não ter sido combativo o suficiente, ter sido atropelado do jeito q foi nos últimos sets contra o Eczacibasi e o Volero.

A falta de comando e de visão do Luizomar ficou ainda mais evidente na noite de ontem pois veio depois de uma administração perfeita do Bernardinho no Rexona. Todas as substituição surtiram resultado: a inversão no 1º set, a entrada da Buijs no 4º, o retorno da Carol no saque tb no 4º set. Fora q se viu, como sempre, o time seguindo a risca as estratégias e orientações da CT. O Osasco virou um salve-se quem puder a partir do segundo set.

Unknown, tens razão. Mas eu não sei se seria uma boa a Macris "sob o comando" do Luizomar. Não falta à ela esta independência, sem dúvida, mas falta uma distribuição mais inteligente, na minha visão. Aí o time ficaria meio que na mesma.

Eduardo Cesar disse...

Oi gente podem falar que eu não gosto da Dani Lins, mas não é a primeira e nem vai ser a última que falo que a mesma tem que vazar do Osasco, é uma jogadora de 7 pontos que fez 2 bons jogos nas olimpíadas e mais nada, levantadora que em 10 jogos faz 1 bom jogo o resto é duro de assistir.
No jogo de ontem o Volero entrou em quadra sem grande interesse, sem a Fabíola que é a levantadora titular e mais uma outra reserva já que a titular está machucada... e no 3 set colocaram as reservas para jogar e mesmo assim o Osasco não fez nada... porra colocar time reserva nessa competição é uma ofensa é humilhante... vergonha.

Lucas Gadelha disse...

Já viram a lista final de jogadoras inscritas para disputar o Montreux Volley Masters? Eis as felizardas:
Levantadoras:

Juma
Roberta
Naiane



Líberos:

Léia
Suelen



Centrais:

Bia
Adenízia
Carol
Mara
Valquíria



Ponteiras:

Fernanda Tomé
Amanda
Tandara
Drussyla
Rosamaria
Gabi
Gabriella Guimarães
Natália
Edinara



Oposto

Paula Borgo

Parece que a comissão técnica não foi com a cara da Macris mesmo. E faltou a Lorenne.

L. Mesquita disse...

Olha que GABIRU ta na lista da MONTREAUX... Eh minha gente, enquanto temos BOSKOVIC, SLOETJS, BJELICAS, ZHU etc... nas demais selecoes, na nossa SELECAO BRASILEIRA temos GABIRU!!! Que beleza! E eu que acreditei q Luizomar iria convoca-la no PERU... Lista de 20 jogadoras da Montreaux: Levantadoras:Juma,Roberta,Naiane,Líbero:Léia,Suélen,Centrais: Bia,Adenízia,Carol,Mara,Valquíria,Ponteiras:GABIRU,Fernanda Tomé,Amanda,Tandara,Drussyla,Rosamaria,Gabi Guimarães,Natália,Edinara,Oposto:Paula Borgo.

L. Mesquita disse...

A GABIRU pediu pro ZE convocar tambem as suas amigas das PEQUENAS GRANDES MULHERES ATLANTA, pra que ela, GABIRU, se sinta mais a vontade na selecao, com gente a sua altura... A que ponto chegamos, hein???

Jess disse...

Implicância com a Gabiru colega, ela não é das melhores, mas não chega a ser a pior.. poderia ser libero..

Acho que já era pra Macris na seleção.. senti falta da Milka, Lorenne

Yano o Chato disse...

Gente, eu fiquei tão frustrado com o jogo do Osasco, que perdi a energia. Depois daquele jogo excelente do Rio, com as meninas dando tudo, o Bernardo cirúrgico em suas intervenções, vem o Luizomar e o Osasco e promovem aquele fiasco.

Aí, que derrota!! Dani Lins tá o erro, e há um tempo. Concordo que ela com o Luizomar não formam uma dupla vencedora. E com a Gabi, piorou. Não creio na Malesevic no banco. Quando ela entrava ficava até constrangida com um risinho de cano de boca. Osasco é isso aí mesmo. Os tempos de glória se foram e não voltarão tão cedo.

Já estou aqui acordado esperando as semi finais.

Sim, duas coisas: Aquela Hykliuk é muito gata, que mulherão. E eu nem me lembrava mais da Antonievics. Me lembro que gostava do jogo dela. Sumiu um tempo, acho que teve filho, mas voltou ainda melhor.

Fernanda Oliveira disse...

Mesmo com idade avançada a Jucy dá de mil em tdas as centrais. Acho q a Monique tb poderia ser aproveitada.

Lucas Gadelha disse...

Yano, a Antonijevic saiu de cena por conta de sucessivas lesões no calcanhar de aquiles, mas já foi convocada esse ano pelo Terzic para jogar o campeonato europeu.

Lucas Gadelha disse...

Rexona fez uma partida praticamente perfeita contra o Volero nessa madrugada. Show no bloqueio, show na defesa, agressividade no saque, regularidade no passe, distribuição impecável da Roberta e inteligência no ataque. De cara, neutralizaram a grande atacante do time, Rikhliuk. Em seguida, Rabadhzieva. Bernardinho, para variar, bolou uma tática genial para burlar o poderio físico do Volero e superou as próprias expectativas do time que era chegar pelo menos na semifinal. Acho pouco provável que supere o Vakif na final, mas o time das baixinhas, medianas e sem jogadoras "ALL STARS", já fez muito bonito chegando na final de um campeonato que comtempla times que são verdadeiras seleções mundiais.