Olha só quem apareceu na final!


Rexona-Sesc 3x1 Volero Zurich 

Rexona é finalista do Mundial de Clubes de vôlei
Duas partidas em uma só, não é mesmo? 

Os dois primeiros sets foram de provocar vergonha alheia pela forma como o Volero estava perdido em quadra. Mérito do Rexona que intimidou as atacantes adversárias com um volume de jogo absurdo e um forte bloqueio.

Mas no terceiro, a troca de boa parte do time pelo Terzic renovou a virada de bola do Volero. Carcaces se achou na partida e fez o Rexona relembrar a primeira semifinal da Superliga 15/16 quando o time carioca não conseguiu achar a cubana de forma alguma na marcação.

Mais equilibrado com a Mari PB no passe e Mamadova e Carcaces virando no ataque, o Volero evidenciou um problema que o Rexona apresentava desde o segundo set: a virada de bola. As brasileiras iam bem com a posse do saque, mas perdiam pontos quando recebiam.

Muito erros de ataque e recepção por parte da equipe carioca. Drussyla esteve abaixo do que apresentou até agora no ataque, o que deixou o Rexona um tanto inseguro na definição. Sorte que a Gabi, que não vinha aparecendo bem no fundamento, teve um dia especial e foi a bola de segurança.

Aliás, foi a partida para aquelas jogadoras que não tinham mostrado resultado brilharem. Além da Gabi, Carol apareceu decisiva no bloqueio, relembrando a sua melhor fase no fundamento.


******************************

Esta dificuldade na virada - que o Volero também apresentou, mas em menor grau – quase fez o quarto set escapar. O jogo, na minha percepção, se encaminhava para uma virada do Volero, principalmente pelo momento que o time e a Carcaces viviam.

Mas o Rexona é traiçoeiro e conta com a estrela do Bernardinho. Foi recuperar a posse de bola para matar a partida a seu favor. Camila Adão entrou para sacar e deu uma bola de xeque para Jucy definir. O time não precisou encontrar a Carcaces na marcação. A cubana deu de presente o ponto final em um ataque para fora. 


Dois erros decisivos entre os inúmeros cometidos pelo Volero na partida.

*****************************

 
Volero repete, de certa forma, o Mundial de 2016 quando fez a melhor campanha na fase classificatória batendo o bicho-papão turco do seu grupo e caiu nas semifinais para Casalmaggiore. 

E o Rexona, contra as probabilidades, é finalista do Mundial de Clubes 2017, repetindo a decisão de 2013. 


*****************************
 
O Rexona vai enfrentar o VakifBank que, no último clássico turco da temporada, bateu o Eczacibasi por 3x1.

Dificilmente aquele jogo da fase classificatória irá se repetir. O Rexona esteve muito mal, sem apresentar aquilo que tem de melhor em termos de volume de jogo e refinamento de jogadas. Mas há um favorito, sem dúvida.

O VakifBank é o candidato ao título, o Rexona apenas corre por fora. A equipe turca tem o equilíbrio entre conjunto e individualidade e, desde o Final Four da Champions, mostra-se em um momento especial. Talvez a surpreendente eliminação na semifinal da liga turca para Galatasaray tenha servido como um “clique” para o time limar as inconstâncias e partir para a consagração com os dois principais títulos da temporada.

Ao Rexona resta aproveitar a posição de franco atirador. Não digo nem em arriscar, o que pode causar um número elevado de erros que não caracterizam o jogo de paciência que o time gosta de impor ao adversário.

Falo na questão da postura. O Rexona entrou assustado e travado na primeira partida. Desta vez, pode se aproveitar da sensação de dever cumprido e entrar em quadra só para importunar o Vakif. Quem sabe o mais improvável de tudo acontece. Quem sabe...

Comentários

Thulyo Praxedes disse…
Olha, confesso que não sou um torcedor fanático do Rexona, até tenho uma certa "antipatia" com algumas pessoas do grupo, mas venho dar os parabéns as mesmas! Que partida, que superação! Estavam subestimadas nesse mundial e vieram pra por pressão mesmo. As meninas do Osasco devem olhar e se frustrar ainda mais. Parabens ao time e ao Bernardo, excelente técnico . É ainda voto em um jogo a 3x2 e torcendo pelo nosso País levar o título em nome do Rexona.
Anônimo disse…
Laura mudando totalmente de assunto, você viu a lista de inscritas para o Montrox? Uma lista com uma só oposta, a Paula. Se eu fosse o ze investiria em jogar com três pontas, com elas se alternando no passe, igual o time do fenerbahce, ou até mesmo uma linha de passe com quatro jogadoras. Dai daria para aproveitar a boa fase de algumas ponteiras, como Natalia, Drussyla, Tandara, Gabi, Rosamaria...
Pop On Air disse…
Bernadinho tem um Time extramente redondo, as jogadoras se completam, acho que o resultado foi além do esperado, pelo orçamento do Clube, ter ficado na frente do outro Time Turco, do Volero e do Moscow, já é uma grande vitória, o que vier agora é lucro. Gostei muito dessa outra levantadora Sérvia, que estava na reserva, acho que irá substituir muito bem a que se aposentou.

Ps: Como a Mari Paraiba é uma Ponteira que dá um ENORME Prejuizo quando ta na rede, sempre fica no bloqueio, impressionante.
Jess disse…
Todo mundo sabe qual time torço, mas dou meus parabéns ao Rio jogaram MUITO ontem.. tá aí a diferença de um time que tem técnico..

Juciely joga muito, Monique importantíssima, otécnico..6erta foi muito bem distribuindo o Jogo, Gabi apareceu e Carol "ressuscitou", realmente estão de parabéns..

Depois que o técnico do Volero mudou praticamente todo time, começaram a jogar.. tem técnico que morre abraçado com a jogadora e nao tira
.

Amanhã aposto na vitoria do Vakif, pelos motivos obvios, mas do jeito que o Bernardo é não ficarei surpresa se o Rio vencer..


Chandler Bing disse…
Adorei a atuação do Rexona, fez uma partida que há muito não apresentava. Como você bem destacou, Laura, Gabi e Carol resolveram jogar, logo hoje que Drussyla não estava a mais decisiva. Rio se arrumou bem, boas defesas, excelentes bloqueios e bons saques, como destacamos aqui na postagem anterior, que este seria o caminho para uma vitória. E eu acredito neste mesmo estilo de jogo para a final, acredito que dê certo, basta elas concentrarem e acreditarem, VakifBank não é de outro mundo, é sim superior, mas é ganhável*.


Ponto negativo da partida pra mim foi que eu achei que as jogadoras do Rio passaram muito tempo sacando na Mari Paraíba... beleza que ela levou uns aces em bolas que morreram na frente dela, mas no geral ela foi bem no que se espera dela, mas mesmo assim o saque continuava nela, sendo que Carcaces e Popovic não são grandes coisas na recepção.


Sistema defensivo do Rio tá muito bem, destaque pra Monique, como ela faz diferença na equipe carioca.
Jess disse…
Corrigindo essa parte..

"otécnico..6erta foi" seria "Roberta foi".. kkkkkk
Joffre Neves disse…
Em momentos ela deu prejuízo no passe também,sacou bem e deu uma melhorada no passe no 4 set.Dizem que ela volta pra Osasco.
Laura disse…
Anonimo, vi sim. Quero esperar a convocação final na terça, mas acho q será isso mesmo. Acho uma boa ideia a sua, até pq não preparamos nenhuma oposto para o lugar da Sheilla.
Joffre Neves disse…
Se o rexona forçar bem o saque e bloquear como fez contra o volero,pq n acreditar ?

Obs : Carol se redimiu com 10 blocks em um time muito alto.Quero que ela tire a moral toda da Zhu.
Leonardo Lucas disse…
Laura, qual das jogadoras do sesi em 2016/7 tem futuro, Natalia fernandes, amabilie, libero natalia, ju melo, lorenne,giovana, isabela, Gabi candido?
Cesar Castro disse…
Que time competente esse Rexona.
Fiquei abismado. Um time sem estrelas, operário, jogar uma final de Campeonato Mundial.
Amanhã, ganhando ou perdendo, estará sacramentado o Bernardo como uma lenda viva do esporte.
Rexona, o time que vc respeita!
Cesar Castro disse…
Laura, discordo em dizer que nao.preparamos uma oposto.
Oposto tem aí às pampas, mas quem tem futuro na posição (Natália e Tandara) nunca conseguiram uma afirmação na seleção. As outras (Ivna, Monique, Rosa, Paula) sao aquilo que a gente conhece.
Simplesmente nao tem ninguém mesmo.
A oposto dessa geração desde a base é a natalia. A tandara bancava pra ela a vida toda. Não sei pq mudaram de posição. Era pra Sheila passar pra Natalia esse posto.
Laura disse…
Oi, Leonardo! Deste grupo me agradam Lorenne, Giovana e Gabriela, além da Linda Jessica que vc não mencionou.
cleyton nayos disse…
Na base a Natália era ponteira.
Mas realmente acho que ela deve atuar na saída. Acho que ela é muito melhor como oposto do que como ponteira.
Kaike Lemos disse…
Pra a Tandara ser titular na seleção , tem que ter alguem pra segurar o passe. Natalia na seleção só se for pra rir dela mesma de novo? Precisamos investir em jogadoras altas e voltar a sacar mais viagem. Camila B. da de 10 a 0 na Leia. Tem defesa boa e não precisa dar um passo pra tras pra receber Bola. Parabéns ao Rexona e que venca o melhor.
Leonardo Lucas disse…
Obrigado. a jaque e a sheilla vao pra aonde, com a hooker no minas, fica dificil pra sheilla no mercado nacional,
Antes da lesão ela era oposta e eu acho que ele compromete a recepção, apesar de ter melhorado muuuuito. Se não me engano ela era oposta nos sub 21 e 23.
Anônimo disse…
Tandara sempre foi titular como ponteira e Natália com oposta nas categorias de base e depois foram invertidas, ninguém bancou ninguém.
Fernanda Ribeiro disse…
Sheill a pode ir pro praia...
Fernanda Ribeiro disse…
Sheilla*
cleyton nayos disse…
Gente de onde tiram essas informações?
A Natália sempre foi ponteira na base.
Leonardo Lucas disse…
Com o ranking nao