terça-feira, 9 de maio de 2017

Estreia em alta velocidade

Vôlei Nestlé 3x0 NEC Red Rockets

 


O Osasco mandou para os ares logo nos primeiros pontos qualquer receio de que a equipe pudesse sentir o volume e o ritmo de jogo veloz das japonesas.

Na verdade, o Red Rockets foi quem
sofreu com a alta rotação do Osasco. A equipe paulista começou a partida ligadíssimo. Atropelou o adversário com um ótimo volume e um jogo acelerado.

Muito deste ritmo veio das mãos da Dani Lins, que abusou da velocidade com as centrais e fez uma ótima distribuição.

O Osasco ainda encurralou o Red Rockets no saque, aproveitando-se da surpreendente fragilidade japonesa no fundamento, e no bloqueio, fazendo valer a sua maior estatura.


*********************************

Além da Tássia, o Osasco teve como novidade a Saraelen e a Gabiru como titulares. Todas estiveram bem. Foi um bom jogo para que elas entrem no clima da competição e peguem confiança, principalmente a líbero e a jovem central.

Bela estreia do Osasco. Baixou a pressão um pouco no terceiro set, mas não se complicou ou estendeu o jogo para além do necessário para sair vitorioso por 3x0 e partir com um bom resultado para os principais desafios do grupo. 



*********************************

Volero Zürich 3x0 Eczacibasi

Confesso que achei que o Volero não conseguiria segurar o bom desempenho do primeiro set no restante da partida. Os jogos recentes na Champions, quando o time caía muito de rendimento no ataque, me levaram a este prognóstico furado.

A verdade é que as atacantes do Volero mantiveram durante toda a partida o bom aproveitamento de ataque e foi este fundamento que fez a diferença a favor do time suíço.

O time foi muito equilibrado e preciso ofensivamente, graças a bela partida e distribuição da levantadora Zivkovic. A reserva da seleção sérvia não inventou. Acionou sua principal saída, a oposto Rykhliuk, nos momentos decisivos e dosou bem as bolas para Carcaces e Akirandewo.

Do outro lado, o Eczacibasi apresentou aquele velho problema na recepção e não criou tantas oportunidades qualificadas de contra-ataque como o Volero. Para completar, não teve sequências boas de saque, o que deixou o adversário mais à vontade.



*********************************

Às 22h10 tem Osasco contra Eczacibasi, a primeira decisão do Mundial. Com a derrota na estreia, o time turco vai para o tudo ou nada
contra a equipe brasileira para manter as chances de classificação às semifinais.

5 comentários:

Jess disse...

Agora o Vitra vai vim com tudo 😢

Camilla Paiva disse...

Nunca pensei que fosse dizer isso, mas a Tássia esteve muito bem. Me pareceu bem adaptada, solta. Acho que o ambiente do praia talvez estivesse prejudicando ela de alguma forma. Claro que tem tb a questão emocional, dava pra reparar que ela sentia a pressão no praia, o que não quer dizer que ela não irá cometer os mesmos erros no Osasco caso se sinta pressionada...mas vamos torcer para que seja o primeiro de muitos bons jogos dela.

Chandler Bing disse...

Tássia foi muito bem sim. Bem segura na defesa e na recepção. Quero ver a atuação dela agora contra os mais fortes.

Sobre Eczacibaşi × Volero, caramba, Volero deu um banho no Ecza. Sacou muito bem, destruiu no ataque... Akinradewo faz um diferença absurda quando está na rede.

E eu estava todo feliz achando que iria ver o trio Carrillo + Mihajlović + Antonijevic jogar.

Cesinha disse...

ela não é uma Castilho mais na minha visão ela não é esse caos todo ,os medalhões do praia fizeram uma superliga pífia para o nome que elas tem mais nome não ganha jogo isso é para outra hora ! voltar na Tássia muitos culparam ela pelos resultados sendo que foi um conjunto de lnoperancia e incompetência , mais ela não é medalhão né alguém tem que pagar o pato mais enfim torço que ela se recupere e boa jogadora precisa só ser menos sisuda !

Joffre Neves disse...

Esse é de fato o pior time japonês que eu vi jogar.