segunda-feira, 24 de abril de 2017

Seleção Papo de Vôlei 16/17


Macris - Bia - Tandara;
Gabi - Jucy - Hooker;
Brenda Castillo; Bernardinho 


Eis a Seleção Papo de Vôlei 16/17!

Macris chega pela primeira vez à nossa seleção. Com 28 votos, a levantadora do Brasília venceu com folga a segunda colocada, Dani Lins (10).

Na diagonal oposta, a rainha Hooker, única representante do Minas. Ela esteve na primeira seleção feita pelo PV, em 2012 e, no seu retorno ao Brasil, reaparece como destaque do campeonato. Entrando somente ao final do primeiro turno, a oposto foi a segunda maior pontuadora da Superliga.Recebeu 33 votos, seguida, muito atrás, por Monique com 14.

Outra jogadora que reaparece na seleção é a Tandara, com 41 votos. Sua parceira de posição foi a Gabi, que recebeu 33 votos.

No meio, Bia foi quase uma unanimidade com 43 votos. Como segunda opção, os torcedores se dividiram entre as experientes Jucy (30 votos) e Wal (15). Talvez depois da final, a ordem teria se invertido e a Jucy conquistaria a preferência dos eleitores.

No fundo de quadra, mais uma estrangeira: Brenda Castillo. Eleita a melhor por 36 pessoas, superou com larga vantagem a experiente Fabi (9).

Para o comando do time, Luizomar, Paulo Coco e Anderson foram lembrados. Mas quem foi eleito o melhor da SL foi o multicampeão Bernardinho, com 35 votos.





 

7 comentários:

Yano o Chato disse...

Realmente deu um time bem equilibrado e competitivo. Uma ponteira pesada e outra rápida, viradoras de bola. Uma central pesada e outra rápida, a segunda completa e ambas excelentes bloqueadoras. Oposta clássica, de nível internacional, que pega alto e bate por cima do bloqueio tanto bolas lentas como rápidas. Levantadora super precisa, que levanta bem para todas as posições com a mesma qualidade. Só precisa melhorar a distribuição, embora tenha evoluído muito neste ano. Por fim, uma líbero que não joga vôlei, mas sim dá um show, faz arte. Certeza de muito volume e defesas espetaculares, além do passe consistente.

Enfim, um superfície, rs.

l.mesquita disse...

Laura, é um belo time! Mas fiquei triste por MONIQUE não estar nessa seleção, infelizmente o torcedor brasileiro não consegue enxergar a técnica de uma oposta que executa todos os fundamentos muito bem e com uma técnica apurada, inclusive segurando o passe, se for preciso. Pra mim, a oposta desse time seria a MONIQUE. Enfim, excetuando a ressalva de a MONIQUE não estar presente, a seleção PAPO DE VÔLEI dá pra aplaudir de pé, jogadoras talentosas e que fizeram dessa Superliga uma das melhores edições dos últimos tempos. Menção honrosa para a BRENDA CASTILLO, essa mulher é um GÊNIO DO VOLEIBOL!!!

Sergio disse...

Mesquita, bom dia!

Concordo com você a MONIQUE, hoje, é tudo de uma oposta, digamos, MODERNA, oposta que só sabe virar bolas altas e muitas vezes com bolas baixa não sabe trabalhar o bloqueio e não consegue fazer uma linha de passe, como fez MONIQUE nessa temporada, nem defende com a mesma desenvoltura que a MONIQUE. Dessa maneira, acho que a MONIQUE seria eleita a melhor desse torneio. Mas com a americana, também não está ruim. É um excelente time.

Rodolpho Francis disse...

A Hoocker foi eleita porque alguns brasileiros tem a mania de aplaudir apenas as finalizações. Na final deste ano a Monique deu um show(diferente do que alguns sites estão dizendo), ela brilhou nos dois primeiros sets e defendeu muito, estava em todas as coberturas. Caiu de rendimento assim como todo o time, mas fez uma partida muito boa. as Unicas que eu acho que jogaram um pouco abaixo foram Gabi e Tandara, mas seria muito normal ja que são as referências dos seus times. Tandara ainda conseguiu se virar no ataque, mas foi muito irregular no passe, no saque e não me lembro de nenhum ponto de bloqueio. Gabi não conseguiu ser aquela atacante viradora de bolas, mas bloqueou, sacou e defendeu bem. Enfim... Da gosto de ver o Rexona jogar, as atletas se revesam quando uma companheira não está bem. Isso é um time.

George disse...

Laura, já li em algum lugar que tu não gosta de comentar sobre os rumores de renovações e possíveis contratações, mas algumas (até em nível mundial) estão dando o que falar e eu estou querendo muito falar sobre haha.
Então... Boatos que a Kosheleva esteja de malas prontas para o Conegliano. Se a Robinson seguir no time, em uma linha de recepção com a De Gennaro, acho uma boa contratação, senão não. A não que a Ortolani assuma de vez o passe.
Vi que a Rahimova está na mira do Sesc. Se for, é uma ótima contratação. Espero que a Roberta saiba trabalhar com a bola bem alta pra ela e não seja um cosplay de Dani Lins que mata as atacantes européias.
Tandara recebeu proposta do Galata para substituir a Centoni. Acho que está envolvido uma grande quantia de dinheiro. Se a Alikaya seguir no time, acho que seria um bom destino. Ainda mais que o time voltará a competir na Champions.
Macris parece que está com as malas prontas para o Nestlé. Talvez seja uma das melhores - e mais sábias - contratações do time nos últimos tempos. Se contratarem uma boa ponteira no passe (Jaque, Mari Paraiba, Amanda) e uma ponteira forte (no caso de Tandara sair, pode vir uma estrangeira), ficará um time forte. Ao que tudo indica, Bia já renovou.
E Edinara pode estar de malas prontas para o Barueri, em vez de ir para o Bernardo. Será que vai como ponteira ou oposta?

Anônimo disse...

George, vi também sobre esses rumores. Tandara saindo, o Osasco perde muito no ataque, mas acho que vem contratação boa por aí. Sobre a Edinara, mesmo eu torcendo pelo Sesc, não queria vê-la no banco pois é uma jogadora de muito potencial. Um dia ainda quero ter a oportunidade de ver a Kosheleva jogando na nossa liga, independente do time. A Macris é uma das melhores levantadoras do País, achei uma ótima contratação para o Osasco, e se encaixa no novo perfil da equipe. Vi sobre essa possível contratação da Polina Rahimova. Não vou negar, achei um tanto estranho, não sei se ela tem o perfil das jogadoras contratadas pelo Bernardo, mas se isso se confirmar será uma baita contratação. Ela tem muita força e ataca por cima do bloco. Já pensou: Gabi, Drussyla e Polina? Mas a Monique iria sair da equipe ou iriam disputar titularidade? Enfim, aguardo ansioso o inicio da próxima superliga.

Sergio disse...

Pessoal, boa tarde!

Não sei, mas se a Polina for realmente contratada, creio que Bernardo tem intenção de mudar a Monique de posição e fazê-la ponteira passadora. Acho que o Bernardo não vai querer tirar Monique do time, ele gosta muito dela. Quanto a Edinara, ela já estava contratada pelo Rexona desde o último jogo que fez em Manaus. Alguém lembra que Gabi entregou o trofeu para ela? Lembra das palavras dela quando foi abordada pelo reporter?
Acho muito difícil ela não vir para o SESC. Mas certo mesmo estão:
Roberta, Jucy,Fabi, Gabi, Vitoria, Regi (essa virou patrimônio), Drussyla. Mas ainda estão conversando para saber o que Carol quer da vida. O Bernardo e o assistente gostam muito de Carol. Sendo assim, creio que se ela não quiser ficar no SESC deve ir para fora do país.