terça-feira, 4 de abril de 2017

Está nas mãos do Osasco

Semifinal – 2º jogo

Dentil/Praia Clube 0x3 Vôlei Nestlé 
(19-25; 22-25; 22-25)
 
 Foto: João Neto/Fotojump
 

Apesar de ter apostado minhas fichas na classificação do Osasco, não imaginava que o Praia Clube ia oferecer tão pouca resistência como tem oferecido nestas semifinais.

Os placares até dão a impressão de um jogo mais equilibrado do que aquele que se viu nos três últimos sets do primeiro confronto. Mas o Osasco, até mesmo no terceiro set, esteve sempre no comando da partida. O esforço que o Praia teve que fazer para chegar nesses placares foi enorme, sem nunca conseguir tomar conta do seu jogo e, muito menos, da partida. 
 
******************************

É como se o time de Uberlândia estivesse estruturado numa base móvel. Tudo o que consegue construir minimamente bem está sempre a perigo de desabar em dois segundos.

Tudo começa com uma linha de recepção muito frágil que, se não faz uma atuação toda ridícula, como foi o caso da partida passada, compromete nos momentos decisivos, como aconteceu no terceiro set do jogo de hoje.

Depois, o Praia não tem ninguém de confiança pelas pontas. Álix e Ramirez não definem. As bolas de segurança são as centrais (Wal e Fabiana, não a Natasha que vai para o ataque com a convicção de uma amadora). Ou seja, bolas especiais, nem sempre acionáveis, muito menos nas condições que o passe do Praia tem andado nestas semifinais. 

******************************
 
Tudo é tão instável no Praia que ele nem conseguiu aproveitar os inúmeros desperdícios do Osasco nesta partida. O time até cresceu no terceiro set muito por conta dos erros paulistas em contra-ataques e recepção, mas pôs tudo a perder logo depois com falhas próprias.

Aliás, mais um jogo de muitos erros técnicos e bobeadas de ambas equipes. Só que o Osasco, na hora da decisão, fez o que tinha que fazer bem feito.

Vale a pena destacar o belo trabalho que o Osasco está fazendo defensivamente. Está sendo um elemento importante para o time se impor e desgastar o adversário. Ou seja, mais um fator para acabar com a já abalada confiança mineira. 

******************************
 
Acho que o destino desta semifinal está totalmente nas mãos do Osasco. Somente se ele der uma bobeada histórica é que a sua classificação para a final fica ameaçada. Os recursos do Praia esgotaram-se todos. Não vejo no que o Praia possa se agarrar para se reerguer a não ser numa mancada do Osasco.

17 comentários:

Jess disse...

Pensei q essa serie seria disputada em 5 jogos.. mas será só em 3.. claro que tudo pode acontecer.. mas muito difícil o Praia reverter, além de não ta jogando bem..ainda tem que jogar duas vezes no Liberatti..

Joffre Neves disse...

Minas meteu um 3 x 1 no Rexona.

Joao Ismar disse...

Achei o jogo do Osasco muito ruim ofensivamente, a quantidade de erros de ataque, especialmente com a Tandara, foram um ponto fora da curva, a diferença foi que a defesa não deixou o Praia pontuar. Malesevic vinha fazendo uma das suas melhores partidas até que um sequência de duas recepções erradas e um ataque pra fora a sacaram da quadra. Pelo lado do Praia, a Cláudia não teve muitas opções, ninguém conseguiu se estabelecer no jogo e não havia passe p jogar com a Wal. Esperava muito mais da equipe mineira na série.

Jess disse...

Malesevic não pode errar uma bola que já é sacada do time..����

Anônimo disse...

Osasco ta com um jogo muito redondo. Ta mostrando, nessa fase final, o que não mostrou no campeonato inteiro. Mas eu ainda tenho dúvidas, se é mérito do Osasco, ou fragilidade do time Mineiro.

Chandler Bing disse...

Praia não passa confiança alguma.
Pelo que o time de Uberlândia tinha demonstrado ao longo do campeonato, já era de se esperar esta fragilidade nas semis. Se a tarefa de vencer 3 jogos da equipe de Osasco já era difícil, agora ela ficou ainda mais complicada, pois terão que ser 3 jogos seguidos, o que na minha opinião não vai acontecer. E se acontecer, eu não terei problema nenhum em "queimar minha língua".

Como eu disse, a semifinal que estava em aberto era Rexona vs Camponesa, e pelo jogo de hoje pudemos ver o motivo.
Se tiver que apostar, continuo apostando no Rexona, assim como aposto em Osasco, mas que tá equilibrado, isso tá.

Yano o Chato disse...

Eu disse aqui que seria 3 a 0 ou 3 a 1 para o Osasco. O Praia não tem jeito não. Como é que pode um time onde a melhor passadora é a oposta? Fica difícil pois a melhor atacante é a central Waleswka, mas o passe não chega. A Ramirez não é mais aquela oposta de definição de outros tempos. A reação, se houve, pra mim passa pela Ellen e pela Álix. Elas tem que virar bola. O time tem que trabalhar em função delas e da Waleswka. Esse passe tem que chegar, nem que tenha que usar a outra líbero no fundo de quadra como ponteira. Se não, adeus ao Praia.

Jess disse...

Fragilidade do Praia.. mas Osasco tá fazendo a parte dele..
Muito difícil bater o Osasco quando a parte defensiva dele funciona, pq o poderio de ataque do time é muito grande..

Alysson Barros disse...

O time que vencer a outra semi será campeão.

George disse...

Esses jogos entre Volei Nestlé e Praia Clube estão sendo pautados pelos erros. Como pode tantos erros de saque? Não tinha sequência alguma. Os erros de ataque também deram uma tônica a essa disputa que foi nivelada por baixo, infelizmente.
De qualquer forma, Nestlé se utilizou da premissa de forçar o saque na Ramirez que espirrou a maioria dos passes. A Claudinha teve poucas bolas na mão o jogo inteiro. A Michelle já teve dias melhores, mas não acho que ela comprometa tanto assim, acontece que a Ellen, curiosamente, dá muito mais estabilidade ao time, tanto no passe quanto no ataque - que, aliás, ela era uma das poucas que estava virando na noite de ontem.
O Nestlé agrediu na medida que possível, mesmo com um passe longe do ideal. A defesa compensou muito e incomodou demais o ataque (desorientado) praiano. Bia muito bem no bloqueio, está voando agora mais magra, deve ser presença certa neste time na próxima temporada.

p.s.: gostei da reação da Bjelica ontem quando foi substituida, não querendo sair.

MINEIRIM disse...

Fico muito triste pelo Praia Clube, mas já previa sua eliminação já que suas principais jogadoras são as centrais: Fabiana não esta jogando e o time anda sem passe. Quanto ao Osasco eu me sensibilizo com a Malesevic, não entendo porque o time investe em contratar ponteira, já coloca a pupila do Ruinzomar Gabi logo de titular. Será que ela é mesmo melhor que a Malesevic? AFF

Anônimo disse...

Concordo! Tbm gostei da reação da bjelica kkkk

Anônimo disse...

Eu não acho que o osasco esteja a baixo dos outros dois, tô achando o time bem confiante nessa reta final, acredito que será uma final bem equilibrada e td pode acontecer.

Anônimo disse...

Laura alguma noticia sobre a thaisa??

Laura disse...

Rompeu ligamentos, mas, por enquanto, não veem necessidade de cirurgia.
http://globoesporte.globo.com/volei/noticia/exame-aponta-lesao-no-ligamento-de-thaisa-mas-cirurgia-e-descartada.ghtml

Anônimo disse...

Isso que eu não entendo! Já q na primeira quinada da malesevic ele tira e coloca a gabi nem precisava ter contratado, economizariam dinheiro.

Anônimo disse...

Obg.