Os 4 passos que levaram o Minas ao G4



Com a vitória por 3x1 sobre o Brasília, o Minas assumiu a quarta colocação da Superliga 16/17 desbancando justamente a equipe do DF. Mas o caminho rumo ao G4 não se resume a esta partida.

Vamos recapitular os passos que levaram o time mineiro da rabeira ao topo: 



1- Chegada da Hooker 
 
 Fotos Minas: Orlando Bento

O Minas tinha séries dificuldades em colocar a bola no chão no ataque, dependendo quase que exclusivamente da Rosamaria. A norte-americana chegou, pegou ritmo de jogo mais rápido do que se imaginava e já está na liderança da pontuação no ataque.


2- Adaptação da Rosamaria 
Um receio que havia com a chegada da Hooker era o deslocamento da Rosamaria para jogar como ponteira passadora. Afinal, corria-se o risco de se ter grandes prejuízos na recepção e ainda perder uma atacante importante para o time até o momento. Com uma estratégia que a esconde boa parte das vezes do passe, Rosamaria tem formado com Hooker um dupla poderosa de ataque - ao menos na SL.

3- Reforço da Jaqueline 
A Jaqueline só foi ser titular nestas duas últimas rodadas, mas o efeito que provocou sua chegada já vem desde o início do ano. Primeiro porque, provavelmente por se sentir ameaçada, a Pri Daroit cresceu bastante. Ficou ainda mais segura no passe e teve papel importante em diversas partidas no ataque. Segundo que, titular ou reserva, a Jaque dá mais opções de composição ao Paulo Coco.

4- A queda dos adversários 
Foto: Felipe Costa/Ponto MKT Esportivo

Enquanto o Minas tentava se encontrar, Brasília e Bauru aproveitaram a brecha para subir nas tabelas no primeiro turno e ocupar o espaço que poderia ser da equipe mineira. Porém, nenhuma das duas equipes conseguiu se sustentar no returno e muito menos deter o avanço do Minas na tabela.

O Brasília, depois de flertar com a terceira posição, se despede do top 4 da SL, num caminho que não deve ter mais volta. 


************************************
Rumo ao o top 3?

Apesar de ser importante se colocar entre os quatro primeiros, o ideal para o Minas seria mesmo alcançar a terceira colocação. Digo isso, claro, para evitar um possível confronto com o Rexona na semifinal.

Para alcançar o top 3, a disputa está mais distante, com Osasco e Praia 10 pontos à frente. Neste final de turno, a tabela fica complicada para todos e, mesmo que o Minas vença os confrontos diretos, a briga vai ficar equilibrada. Aí é que acredito que a demora da montagem do time e os pontos perdido no primeiro turno irão fazer falta. 

************************************

Demais resultados da 6ª rodada:

São Cristóvão Saúde/São Caetano 1x3 Genter Bauru

Vôlei Nestlé 3x2 Fluminense

Pinheiros 2x3 Renata Valinhos

Rio do Sul 0x3 Dentil/Praia Clubes (31/01)

Sesi 0x3 Rexona (24/01)

- E o Valinhos que conseguiu sua primeira vitória na SL 16/17? E logo contra o Pinheiros, que vinha fazendo um bom returno! Com este resultado e com o Fluminense mostrando poder de reação e conquistando bons resultados, será que o Pinheiros consegue roubar a sétima colocação do tricolor carioca?

Comentários

MINEIRIM disse…
Excelente post Laura, adoro seu blog. Infelizmente o Minas tem demorado a montar sua equipe e tem pagado um alto preço por isso. Acredito que se essa equipe tivesse sido montada desde o início seria a única capaz de desbancar o Rexona, mesmo porque não vejo outro técnico melhor do que Paulo Coco na superliga feminina, depois de Bernadinho claro. Quem sabe na próxima superliga com todas as jogadoras permanecendo. Hoje o Rexona ainda ganha do Minas(seria um sonho ser surpreendido).
L. Mesquita disse…
Nessa logica eh mais interessante ficar na SEXTA colocacao do que na QUARTA OU NA QUINTA posicao, pois o vencedor do confronto entre o QUARTO E O QUINTO colocados nas QUARTAS DE FINAL enfretara o REXONA na SEMIFINAL. Ja o SEXTO colocado enfretaria o REXONA somente se fosse na FINAL. Logo, ficar em SEXTO eh mais vantagem que ficar em QUARTO OU QUINTO...
George disse…
Agora na sexta tem um confronto decisivo pro Minas q é o Nestlé. Deve ser um jogo tenso e igual, vamos ver como os times se comportam. Se o Minas perder, acho difícil que consiga chegar na 3ª posição.
O Brasilia vem numa descendente impressionante, parece que o time só era encaixado pq ninguém conhecia o esquema. Agora q ele ficou marcado, parece q é muito frágil.
Rodrigo André disse…
O Minas fez como há 2 anos, um primeiro turno ruim e um returno bom com a chegada de jogadoras. Sempre a mesma história de tentar gastar menos e esperar as jogadoras ficarem sem opção pra montar o time. Dessa vez, sinceramente torço para que acabe em quarto, pois acho que é o único time capaz de tirar o Rexona da final. O Praia treme contra o Rio e o Osasco é instável. Seriam 2 semifinais ótimas Minas xRio e Praiax Nestlé. Sem favoritos. Seria melhor ainda Praia e Minas na final, pois daria uma oxigenada na Superliga, tão dominada por Rio e Osasco nas últimas décadas.
Joffre Neves disse…
Minas melhorou muito o seu jogo,Hooker fazendo diferença,Rosa pontuou bem,Jaque ajudou no fundo de quadra...A mim esse time pode bater o Rexona,basta errar menos e contar com uma rosa eficiente e uma hooker agressiva como sempre.Hooker é do tipo de jogadora que pode sumir por um tempo mas todos sentem falta devido o seu alto nível de jogo,de cara a melhor oposta norte americana que já tiveram.
Anônimo disse…
Não, não...Elas vão ficar em 4º SIM e vai derrubar o soberbo time do Bernardinho. Ninguém aguenta mais esse time de NANICAS ganhar. Monique, que não quer mais servir a seleção é um retrocesso no futuro de nossas jogadoras de saída de rede! GO MINAS!!
L. Mesquita disse…
Se ficar em quarto, vai passar vergonha DE NOVO, que nem na final da COPA BRASIL!
Rodolpho Francis disse…
Anônimo, quanta inveja voce esta destilando no seu comentário. 1º Bernardinho é soberbo? Voce o conhece pessoalmente, ele extravasa no momento do jogo mas nas entrevistas sempre parece ser um cara tranquilo e equilibrado. Fala muito bem, por sinal. 2º só por que a Monique não quer mais servir a seleção significa que é um retrocesso no futuro das jogadoras? Tbm não acredito na vitória do Minas sobre o Rexona, primeiro porque é o time a ser batido dessa superliga e segundo porque o mins teria que ganhar em casa(Pois sabemos que o Bernardo sempre começa jogando fora) e depois ganhar na casa do adversário. Quando o Rio teve duas derrotas consecutivas na competição para o mesmo adversário? Obs: Sem contar a época do "Finado" Osasco
Chandler Bing disse…
Não vejo nada de soberbo no time do Bernardo, acho as jogadoras até simpáticas. Mas isto é questão de opinião. Com exceção desta temporada, eu sempre achei o time de Osasco soberbo, e tinha quem me dizia que era somente impressão, então tá valendo.

E ao contrário de você, eu acho o máximo ver um time de nanicas ganhando (independente de pra quem eu torça, um bom jogo de voleibol vai ser sempre prioridade). Isto mostra que o vôlei não é só altura, e que um time, se bem montado e organizado taticamente, pode conseguir bons resultados. Quem reclama do Rio está sempre ganhando é porque tem raiva do time ser competente dentro de suas limitações.
L. Mesquita disse…
Algumas jogadoras disseram que nao jogariam mais pela selecao brasileira devido aos CORTES POLEMICOS do ZE, caso de MARI e BRAIT. MONIQUE pediu dispensa, provavelmente antecipando o corte, ja que o ZE tem sua panela de protegidas. O proprio marido da BRAIT ficou indignado com tamanha dedicacao da CAMILA e em troca ela recebeu DOIS CORTES OLIMPICOS CONSECUTIVOS... Uma jogadora nao pode deixar sua vida particular de lado por causa de uma selecao com CARTAS MARCADAS. Acho q seria saudavel pro feminino, a MUDANCA DE TECNICO, ZE ja venceu o prazo de validade...
Jess Bonfim disse…
Anônimo que ódio é esse?

Sou Osasco, e esse ano o time ta bem mais humilde, pq nas temporadas passadas tinha jogadora que se achava maior que o clube..

L. Mesquita CONCORDO
Rodolpho Francis disse…
Realmente, esse ano o time do Osasco esta bem simpatico. Gosto da Bia, da Nati, das Servias, da Dani e da Brait. Tenho um pé atras com a Tandara(mas isso é só um impressão pessoal). Torço muito pelo Speencer e espero que ele seja efetivado como treinador principal. Contudo, sou torcedor do RJ, mas reconheço os pontos fortes dos adversários. E Ver um jogo tecnico, como é o jogo do Rexona, é algo delicioso
Jess disse…
Também me simpatizo mais com essas :)..

ô diferença de comando tecnico do Rio para o Osasco, chega dá vontade de chorar..kkkkkkk