Puro equilíbrio


Semifinal Copa Brasil  - Camponesa/Minas 3x2 Vôlei Nestlé 

Foto: João Neto/Fotojump

O ano mal começou, mas acho que já podemos colocar esta semifinal na lista de melhores jogos de 2017, né?

Uma partida de quase 3 horas de duração na qual ambas as equipes tiveram que se reinventar várias vezes e explorar ao máximo os seus recursos.

O jogo esteve indefinido do primeiro ao último ponto. As duas equipes tiveram poder de reação incrível, volume de jogo e poder ofensivo afiadíssimo. Mas também pecaram pela ansiedade em algumas escolhas erradas das levantadoras ou precipitações na defesa e ataque.

Ou seja, um confronto equilibrado como imaginávamos que seria pela qualidade das duas equipes e também por suas inconstâncias. O importante é que tivemos uma disputa jogada ao máximo pelos dois times, o que não aconteceu na outra semifinal. 


********************************* 

E olha que o espetáculo poderia ter sido comprometido pelo desfalque de última hora da Tandara. Certamente com sua melhor atacante na temporada, o Osasco teria tido mais fôlego ofensivo pelas pontas até o final. Como as jogadas com as centrais só foram aparecer com maior frequência nos dois últimos sets, Malesevic e, principalmente, Gabiru e Bjelica foram usadas até o final de suas forças.

Não se pode dizer que Gabiru e Malesevic não se esforçaram para compensar a falta da colega, assim como a Bjelica, que começou a partida no lugar da Paula e se destacou. Mas as três perderam um pouco da explosão ao final da partida.

Também não foi fácil superar a atuação brilhante do bloqueio do Minas. O bloqueio salvou o time mineiro em diversas ocasiões e compensou os problemas de virada de bola que começaram a aparecer no terceiro set.

A Karine entrou bem no lugar da Naiane no segundo set, mas concentrou demais o jogo na Hooker. A norte-americana comandou a vitória mineira no segundo set, mas começou a ser melhor marcada quando começou a ser constantemente acionada.

Com esta limitação, Karina tirou a Rosamaria do jogo - literalmente. Ainda bem que a atacante não se abalou e voltou com tudo para a decisão do quinto set.

Pri Daroit e Carol Gattaz também foram decisivas no quarto e quinto sets, respectivamente. Foi a melhor partida da ponteira que assisti nesta temporada. Foi consistente no fundo de quadra e cresceu no ataque e bloqueio quando o time precisava de quase um milagre para se recuperar. O mesmo pode se dizer da Gattaz que, por causa da sua leitura perfeita do jogo da Dani Lins, recolocou o Minas na disputa do tie-break. 



********************************* 

E quem será que leva a Copa Brasil? O Minas tem recursos para bater o Rexona. Tem mais ataque e está com um bloqueio matador, o que vai fazer as baixinhas cariocas suarem. Mas ainda falta maior tranquilidade para o time não perder as vantagens que constrói e não presentear o adversário com erros bobos. O Rexona é mais jogueiro e pode explorar muito bem esta imaturidade mineira.

Fico na torcida para que a final da Copa Brasil também entre na lista das melhores partidas do ano. 

Comentários

Lip disse…
Jogão.Fazia tempo que dois clubes brasileiros não jogavam assim.Daroit resolveu que a noite era dela e chamou o jogo .As duas levantadoras mineiras cheia das suas inconstâncias .O Osasco parece que cada vez tá se tornando mais time é menos dependente de uma só jogadora
LAURA, esperei o post sobre a humilhante derrota DO praia para o Rio... tanta coisa errada que nem da pra enumerar... E ainda dizem que é a equipe mais forte no papel nunca achei isso... O Praia n passa das semis na superliga, o time se complica muito fácil e o técnico assiste apático n muda nada então pq Carla e Helen foram contratadas?
L. Mesquita disse…
Antes de mais nada parabéns ao MINAS,principalmente às centrais CAROL,MARA e FRAN que fizeram uma festa no BLOQUEIO,claro que com a ENORME AJUDA DA DANI LINS,o trabalho das CENTRAIS DO MINAS foi muito facilitado!Acho que o sonho de toda central é ter uma levantadora como DANI LINS no outro lado.Com DANI LINS,jogando como jogou ontem,qualquer central faz seu nome.PAULO COCO inclusive FOI DEMOCRÁTICO,deixou tanto CENTRAL TITULAR quanto RESERVA fazerem seus nomes em cima da atuação pífia de DANI LINS.CAROL,MARA e FRAN agradecem!!!
LUIZOMAR conseguiu se superar,simplesmente recusou-se a ganhar do Camponesa/Minas.LUIZOMAR teve o jogo nas mãos várias vezes,porém,fez de tudo para perder,e claro,conseguiu!!!Dani Lins achar que Gabiru iria resolver o jogo,já era sinal de que havia algo MUITO errado no NESTLÉ.Mesmo com todos esses erros de escolha tanto do LUIZOMAR quanto de DANI LINS,o NESTLÉ,com elenco superior,abriu 10×5,18×14,no quarto set e não fechou o jogo!!!No tie-break,então,muito pior:NESTLÉ abre 7×3,toma a virada do MINAS para 10×7,que fecha o jogo em 15×10,com DANI LINS insistindo com GABIRU até o último momento.
Mas o AUGE DA INCOMPETÊNCIA foi o VEXAME ocorrido no inicio do QUARTO SET,LUIZOMAR não conferiu a PAPELETA,na qual estava escalada a número 13 NATÁLIA MARTINS e pôs a número 9 SARAELEN em quadra,cujo número NÃO CONSTAVA NA PAPELETA!!!Na PAPELETA,deve coonstar,OBRIGATORIAMENTE,a ASSINATURA DO TÉCNICO REFERENDANDO O QUE ESTÁ ESCRITO.Logo,se VOCÊ É TÉCNICO E ASSINA ALGUMA COISA,A SUA OBRIGAÇÃO É CONFERIR O QUE VC ASSINOU,não é minha gente???
A regra 7.3.5.3 da FIVB é bem clara,a responsabilidade de conferir e ASSINAR a PAPELETA é TODA DO TÉCNICO,que tem DEVE assumir qualquer erro por isso!!!
Segundo a regra 7.3.5.3:Se a divergência entre a posição dos jogadores e a papeleta de formação inicial é verificada após o início do set,o posicionamento da equipe faltosa deve ser retificado.Os pontos obtidos pela equipe adversária serão mantidos,além de receber um ponto e o direito ao próximo saque.Todos os pontos,marcados ou recebidos,pela equipe faltosa desde o momento em que houve a troca de posições serão cancelados.
O JUIZ principal da partida aplicou o que determinava a REGRA:O NESTLÉ abriu 2×0 com o time em quadra diferente do que estava na PAPELETA,quando a MESA acusou o erro de escalação,o JUIZ determinou como PUNIÇÃO que o NESLTÉ perdesse TODOS OS PONTOS MARCADOS ATÉ O MOMENTO,deu UM PONTO PARA O MINAS E AINDA A POSSE DE BOLA,exatamente como MANDA A REGRA punir os técnicos INCOMPETENTES!
L. Mesquita disse…
Mas não foi só isso,a incompetência passou também pela insistência em determinadas jogadoras em detrimento de outras:
1.DANI LINS em vez de CAROL ALUBQUERQUE:Gente,será que tem que por a ANA BJELICA do lado da GABIRU p/a DANI LINS perceber a ENORME DIFERENÇA DE ALTURA entre as duas?BJELICA bate bolas ALTAS,MUITO ALTAS,é a característica da OPOSTA SÉRVIA!!! DANI LINS,por várias vezes,espetou ou espremeu a SÉRVIA na REDE OU NO BLOQUEIO com bolinhas baixas e encurtadas.Acho que,até por isso,DANI LINS estava insistindo em GABIRU como a matadora do jogo,porque ela levanta bolas muito baixas para as SÉRVIAS que são mais altas,desperediçando o alcance e o potencial de ataque delas.Não dá pra ter 2 SÉRVIAS NO TIME e insistir em GABIRU,principalmente no final do quarto set e no tie break!!!MESMO assim LUIZOMAR insiste em manter DANI LINS como titular,com uma levantadora como CAROL ALBUQUERQUE no banco.
2.SARAELEN em vez de NATÁLIA MARTINS:inclusive isso foi motivo da lambança do quarto set,pois os PONTOS PERDIDOS PELA PUNIÇÃO fizeram MUITA FALTA NO FINAL DO SET,quando o NESTLÉ poderia ter fechado o jogo.NATÁLIA terminou o jogo dentro de quadra,mas aí a maiones já tinha DESANDADO!!!
3.GABIRU em vez de CALRISSE PEIXOTO:CLARISSE veio do banco,entrou muito bem no PRIMEIRO SET,sendo a principal responsável pela vitória do NESTLÉ nesse set… Poderiam pensar:CLARISSE vai continuar no jogo,mas não,a OBSESSÃO do LUIZOMAR por GABIRU impede que CLARISSE seja titular…
Os peruanos,fanáticos por vôlei,devem ter acompanhado como uma EQUIPE DE MAIOR INVESTIMENTO como o NESTLÉ consegue perder por uma EQUIPE SUPER-GUERREIRA como MINAS,principalmente devido a FALHAS DO TÉCNICO e DA LEVANTADORA DO NESTLÉ.LUIZOMAR,CÉREBRO DA EQUIPE FORA DE QUADRA,e DANI LINS,CÉREBRO DA EQUIPE DENTRO DE QUADRA,foram os principais responsáveis pela derrota do NESTLÉ na SEMIFINAL da COPA BRASIL-2017!!!
Laura disse…
Rodrigo, o post sobre o jogo do Praia está logo abaixo deste. Fiz um para cada partida. O Picinin realmente não tem qq capacidade de motivar o time ou mudar a história do jogo.
L. Mesquita disse…
Bom Dia Rodrigo!No "PAPEL",o PRAIA CLUB tem um investimento maior,sim,que o REXONA,porém o MAIOR INVESTIMENTO do REXONA não está no elenco e,sim,no BANCO:é o ténico BERNARDINHO.Esse cara é um excelente profissional e mesmo com times com investimentos inferiores,Bernardinho já conquistou muito mais coisa que NESTLÉ ou PRAIA CLUB com investimentos maiores!
L. Mesquita... trocaria a Carla e Helen por uma ponteira de nível estrangeira p entrar no lugar da.Michele que n resolve nada so pontua na sorte... infelizmente...
Chandler Bing disse…
Antes de mais nada, não sou fã da Gabi de Osasco, mas não acho que ela mereça ser culpada de alguma coisa. E entre ela e Clarisse, na boa, prefiro a Gabi, pois acho ela bem mais atacante que a segunda. Clarisse veio do Pinheiros onde não fez uma boa temporada. Ela é sim uma boa jogadora de fundo, mas na rede não é grande coisa. Gabi com seus 1,74 metros consegue ainda um certo destaque no ataque e fazer seus pontos, cabe à levantadora deixá-la em boas condições de ataque (o que Dani Lins não faz) e não sobrecarregá-la, ou seja, não ficae esperando que ela resolva o jogo no ataque sendo o desafogo do time. Mas no jogo de ontem Gabi tinha sim que ir pro sacrifício, tanto quanto Malesevic, que também não é lá grande coisa no ataque mesmo tendo 1,85 metros. O time perde muito sem a Tandara, e com as centrais não tão inspiradas, como no jogo de ontem, é bola nas pontas mesmo.
Paulo Roberto disse…
Gente alguém me explica como pode uma levantadora campeã olímpica ser tão inconstante? E Luizomar é aquilo, não tenho mais o que falar.
Joffre Neves disse…
As vezes eu queria saber o que passa na cabeça das jogadoras brasileiras quando enfrentam o Rexona.O que faz todas desaprendem a jogar ???? Por que os times estrangeiros vencem tão bem e aqui não ??? O Rexona é um time baixo demais,tem uma ponteira holandesa que não passa nada,tem jogos que some no ataque e enfim...Perdem !Se tiver uma anã com um dedo quebrado e cadeira de rodas no time titular ainda assim vencem.
L. Mesquita disse…
Alguém ANOTOU A PLACA do TRATOR REXONA que ATROPELOU O MINAS??? Roberta distribuiu muito bem o jogo: MONIQUE,ANNE,GABI,JUCY e CAROL atacantes ARRASADORAS!!!
concordo com o joffre neves. Parece q os times q vao enfrentar o Rexona ja entram em quadra resignados com o que esta por vir: a derrota. Esses times de minas principalmente, parece q ficam paralisados, falta coragem, nem sei o q pensar. O time q enfrentou o Rexona nao e o mesmo q enfrentou o Osasco algumas horas antes. Esperava um jogo equilibrado. Decepçao!