Nem sempre a Tandara salva

Pinheiros 3x2 Vôlei Nestlé/Osasco
 
Foto: João Neto


A partida com transmissão da TV desta sexta-feira foi a do São Caetano com o Minas, mas é impossível não dar destaque para a vitória do Pinheiros sobre o Osasco.

No encontro das duas equipes no primeiro turno, comentei sobre as oscilações que continuavam a atormentar as atuações do Osasco. Dois meses e um turno depois, parece que permanece impossível colocar a mão no fogo pelo time do Luizomar.

É verdade que a Tandara não começou a partida, mas também é verdade que o Osasco tem mais time do que o Pinheiros para não precisar da jogadora para vencer. Mas não foi o que aconteceu. Depois de um primeiro set perfeito, o Osasco caiu muito de rendimento, principalmente na recepção, e teve que acionar a sua principal atleta.

O problema no passe amenizou da temporada passada para esta, porém continua a ser o ponto frágil da equipe. Não há nenhuma ponteira especialista no fundamento. Malesevic quebra o galho na maior parte das vezes, mas quando o problema aparece o grande remédio acaba por ser a Tandara, virando as bolas mais quadradas.

E foi o que aconteceu contra o Pinheiros. Jogando apenas três sets, Tandara acabou por ser a maior pontuadora da partida. Tudo o que o Osasco não precisaria, com os recursos ofensivos que tem, era criar uma “Tandara dependência”. Só que, pelo jeito, já criou. 
***********************************

Belo começo de returno do Pinheiros. Não esperava que o time conseguisse evitar a repetição do roteiro da primeira parte do campeonato. Vamos esperar que todo este esforço para conquistar pontos importantes contra Brasília e Osasco, no entanto, não tenha sido em vão. Estes pontos só farão diferença se contra os seus iguais ele não bobear.

Certamente este resultado criou uma expectativa diferente para o encontro das duas equipes na terça-feira pela Copa Banco do Brasil. Tomara que haja o mesmo equilíbrio da SL.


***********************************
São Cristóvão Saúde/São Caetano 0x3 Camponesa/Minas

Vitória tranquila do Minas, baseada muito na qualidade da virada de bola. Está difícil ver um time com facilidade de colocar no chão a primeira bola. Claro que a fragilidade do Sanca, que não conseguiu desestabilizar a recepção do Minas, colaborou para que o ataque mineiro fosse eficiente no side out.

E  contrariando os meus receios, a Rosamaria tem se saído muito bem como ponteira passadora. Manteve o ritmo de aproveitamento no ataque e, bem protegida na linha de passe, não tem comprometido na recepção. Pelo menos quando está na rede, ela praticamente não fica exposta ao saque adversário, com a quadra tomada por Leia e Pri Daroit. Quando está no fundo, acaba por ser inevitável ter que enfrentar o passe e, nestes momentos, alguns problemas aparecem.

Por isso seria bom que a Naiane ganhasse mais confiança e trabalhasse melhor a bola da Hooker. Como a bola com a Rosa está funcionando perfeitamente, ela se esquece da oposto e também das centrais. E contra o Sanca teria sido uma ótima oportunidade para fazer o contrário: esquecer a Rosa e explorar as outras jogadas.

Comentários

L. Mesquita disse…
O FLUMINENSE e o PINHEIROS acabam de FRUSTRAR as esperanças do RIO DO SUL de chegar aos play-offs, pois enquanto as 2 equipes adversárias sobrm de produção o RIO DO SUL não consegue vencer,NEM DENTRO DE CASA,seus rivais diretos!!! Devido ao equilíbrio nunca jamais visto numa edição de SUPERLIGA FEMININA, a COPA BRASIL encontra-se praticamente indefinida, com exceção de Rexona x Flu, que eu duvido de um tropeço do Rexona, as demais partidas estão em aberto PINHEIROS X NESTLE, BAURU X PRAIA, BRASILIA X MINAS são jogos que podem dar qualquer resultado... Será que o PINHEIROS vai se inspirar em 2015 quando foi CAMPEÃO? Ou será que o REXONA confirma o favoritismo? Ou será que o PRAIA, agora com elenco completo, consiga superar o REXONA? Só duvido que o Nestle do Luizomar seja campeão, não levo fé!
Joffre Neves disse…
Acompanhei o jogo entre são caetano-são cristóvão e camponesa-minas e achei bem interessante certos pontos :

1.A Hooker jogou bem e as pipes estão mais agressivas,tá bom que muitas vezes ela ficou no simples mas mesmo assim ela está mais em forma e atacando mais alto e forte.

2.Rosa joga tão escondida no passe que é melhor conscidera-la como uma oposta que é coberta na recepção pela léia e pri e por ventura pode recepcionar algumas vezes...A mesma coisa que a sarah pavan na italia,ebata no japão e oszoy(não sei escrever o nome dela)na turquia.

Devido a isso algumas recepções da rosa não foram boas,vacilo do sanca mesmo.

3.Mara pontou em muitas vezes em que foi acionada na bola de tempo e fez bloqueios,fiquei surpreso.

4.Repórter no final de jogo já perguntando de título,meio sem lógica essa pergunta pelo fato que jaque(vai assumir a titularidade da pri com toda a certeza)não está apta ainda pra tal.

5.Jaque só entrou pra sacar e mesmo assim entrou bem porque a recepção do sanca deu mole em saques que não eram lá tudo isso e ainda levaram um ponto da jaque numa bola largada no meio fundo,desatenção.
Paulo Roberto disse…
Por isso que não acho a Naiane essa coca toda. Quando despontou duas ou três temporadas atrás, era claro que era um diamante a ser lapidado, mas com o passar do tempo ficou muito mecânica. Só enxerga uma saída e raramente coloca todas as atacantes pra rodar. Não sei se ela tem sido mal orientada, ou se não era isso tudo que a maioria de nós achávamos.
L. Mesquita disse…
Laura,os rankings da CBV estão malucos.BRENDA CASTILLO liderou durante o TURNO inteiro o ranking de PASSE,e agora,no RETURNO,ela sequer aparece rankeada,o mesmo aconteceu com ROSAMARIA que liderou o ranking de BLOQUEIO durante todo o TURNO e,no RETURNO,sequer está rankeada.
RANKING DE PASSE:o cálculo correto é % EFICÊNCIA=(total de positivos-total de erros)X100/total de ações.No caso de BRENDA seria (132-6)x100/202=62.38%.Ou seja,BRENDA está com 62.38% de aproveitamento no passe,10 pontos percentuais acima de LEIA que tem 52.23%.
RANKING DE SAQUE:ANA CAROLINA tem 14 ACES e 14 ERROS e aparece liderando o ranking da CBV,quando quem deveria estar liderando é a MONIQUE que tem 15 ACES e apenas 10 ERROS. % EFICÊNCIA=(total de positivos-total de erros)X100/total de ações de MONIQUE é (15-10)x100/137=2,59% já o da ANA CAROL está zerado pois ela errou a mesma quantidade de saques que fez ace (14-14)x100/134=0%
RANKING DE ATAQUE:esse ranking tem excluído as centrais que em alguns casos tem pontuado mais até que as ponteiras.Se as centrais fossem incluídas no ranking a VIVIAN do BRASÍLIA que tem VÔLEI (103-5)x100/189=51.85% estaria liderando o ranking,seguida de BIA do NESTLÉ que tem (92-7)x100/170=50.00%,FABIANA do PRAIA com (105-19)x100/180=47.78%,JUCIELY do REXONA (92-13)x100/182=43.41%,e ROBERTA DO BRASÍLIA com (79-14)x100/151=43.05%.É fato que as seguintes centrais VIVIAN,BIA,FABIANA,JUCIELY e ROBERTA tem pontuado muito,principalmente no BRASÍLIA onde as centrais tem pontuado mais que a OPOSTA ANDREIA.
O RANKING da CBV está com defeitos,não reflete,às vezes,o que vemos em quadra...