Tchau, querida Gamova



Ekaterina Gamova anunciou nesta quarta-feira sua aposentadoria. Não joga sequer a Olimpíada no Rio.

O título do post foi somente uma brincadeira mesmo porque, apesar de ter sido o carrasco do Brasil nos mundiais, não comemoro a sua saída das quadras. Gamova foi uma grande personagem do vôlei feminino e uma das atacantes mais impressionantes que vi jogar. Era do estilo de jogadora que ganhava uma partida sozinha, como bem sabemos.

Assim como a Sokolova, que oficialmente deu adeus à seleção e deve ter a mesma decisão em relação à sua carreira, Gamova é o símbolo de uma geração russa que foi o pesadelo brasileiro. Um monstro que tanto nos apavorou e que, por isso mesmo, nos fez regozijar com suas lágrimas quando, finalmente, a superamos em 2012.
 
É triste quando um nome como o dela se despede sem títulos e sem conseguir ter um papel importante na sua equipe. É triste quando o “tchau” foge ao controle da atleta e acontece por limitações físicas e de idade e não por escolha própria. E quando se constata que nem ela nem Sokolova farão realmente falta à seleção russa nestes Jogos.

Nos últimos dois anos, os nomes de Gamova e Sokolova eram cercados de expectativas a cada competição que a Rússia entrava. Nunca se sabia se elas teriam condições de jogar e o quanto poderiam contribuir à seleção. No fim, acho que, sem querer, a Rússia dá um passo importante para olhar definitivamente para o futuro, sem se amarrar ao joga-não-joga destes dois gênios do voleibol que foram tão importantes na sua história, mas que, ultimamente, pouco acrescentavam à equipe. 


A seleção russa tem nomes que as substituem à altura, para nosso azar. Por isso, como torcedora do Brasil, não fico aliviada com estas aposentadorias porque não eram Gamova nem Sokolova nossas reais preocupações. Goncharova e Kosheleva é que, ainda que menos assustadores, podem virar nossos novos pesadelos. 



**********************************

Novas do mercado
 
Não é oficial ainda, mas as notícias dão conta de que a Natália vai mesmo para a Turquia, mais especificamente para o Fernebahce. 

Será uma prova e tanto para quem somente nesta última Superliga voltou a jogar no seu melhor nível. Gostaria que ela ficasse mais uma temporada aqui, como já comentei, para consolidar este bom momento. Porém, acredito que ela tenha condições de brigar pela titularidade no time, se este for o caso, e se destacar na Europa.

Aliás, acho que este ano deve marcar o início de uma nova etapa na carreira da Natália, que surgiu como uma grande promessa - o “diamante bruto a ser lapidado” - e quando estava prestes a brilhar, enfrentou o problema no tumor na tíbia que atrasou e enrolou o seu desenvolvimento. Agora é a vez da Natália se apresentar na sua plenitude, conjugando sua melhor condição técnica e física com a maturidade. Os primeiros sinais deste novo momento foram vistos na SL e acredito que se confirme durante a Olimpíada e na sua primeira experiência no exterior. 

**********************************
 
O Praia Clube anunciou nesta terça-feira (17) dois reforços: Ellen, ex-Sesi, e Carla, ex-Minas. Mais uma vez o time tem um banco de reservas de qualidade e com variadas opções para o Picinin. Fora que as jogadoras serão uma pedra no sapato das titulares, o que é sempre positivo - basta o treinador não se embananar com isso, como alguns colegas dele nas últimas temporadas.

Comentários

A lI disse…
Praia Club está com o elenco mais forte até agora,renovou com a base e ainda fortaleceu mais o banco de reservas... Muito bom!!!
É realmente uma pena não poder ver GAMOVA e SOKOLOVA no Rio, é uma relação de AMOR e ÓDIO entre a torcida brasileira e elas...
Que jogaço JAPÃO 20-25,25-23,23-25,25-23,15-13 TAILÂNDIA!!! Observem as parciais apertadas: Recomendo assistir à batalha!!! Quem não conseguiu vê-lo hoje de manhã, assista ao vídeo no “YOUTUBE”, vale a pena!!! P/quem ama um voleibol clássico de muito volume de jogo, defesas incríveis e contra-ataques rápidos não percam esse clássico JAPÃO x TAILÂNDIA. São mais de 3 horas de jogo de puro talento, dedicação, sangue, suor e lágrimas. Uma incrível rivalidade asiática que dá para sentir os nervos à flor da pele. Jogo equilibradíssimo, decidido nos mínimos detalhes, onde uma pontinha de sorte e o fator casa também contou a favor do JAPÃO. Qualquer uma das 2 equipes poderia ter vencido o jogo, essa foi uma daquelas batalhas intermináveis em que nenhum dos 2 times merecia perder. Ainda bem que pelo menos inventaram essa regra de dar pelo menos um ponto para quem leva o jogo para o tie break, pois depois de tanta raça dentro de quadra seria injusto uma das equipes sair de mão abanando.
A lI disse…
Por falar em mãos abanando foi uma pena o que aconteceu no tie break, que acabou atrapalhando um pouco o espetáculo. O técnico da Tailândia SUPER-TENSO depois de 3 horas de jogo,acabou se embanando com as NOVAS TECNOLOGIAS e acabou levando 2 cartões vermelhos que deram 2 pontos de graça para as japonesas no tie break.
1. Primeiro cartão vermelho: o técnico tailandês se atrasou pedido do desafio, alegando invasão por baixo do JAPÃO e levou um cartão VERMELHO DO JUIZ que virou o OITAVO PONTO DO JAPÃO.
2. O Juiz alegou que o téc.tailandês não clicou no TABLET para fazer a substituição e deu outro CARTÃO VERMELHO que se tornou o DÉCIMO QUARTO PONTO DO JAPÃO.
3. Numa partida que durou mais de 3h e em que o TIE BREAK terminou em 15x13, ganhar 2 pontos de CARTÃO VERMELHO faz muita diferença!!!
4. Novas tecnologias devem ser testadas em fases classificatórias de torneios de clubes e não em um PRÉ-OLÍMPICO!!!
5. Novas tecnologias que mais BUROCRATIZAM O VÔLEI do que ajudam não devem ser adotadas!!!
6. A Tailândia vencia o TIE BREAK por 12x6, depois do PRIMEIRO CARTÃO VERMELHO, as tailandesas ficaram atordoadas e o JAPÃO encostou... O segundo CARTÃO VERMELHO foi a pá de cal!!!
Vale ressaltar no PRÉ-OLÍMPICO para as OLIMPÍADAS de 2012, o JAPÃO fez questão de desclassificar a TAILÂNDIA entregando o quarto e o quinto set para a SÉRVIA, na última partida, do último dia de competição,sabendo que o ÚNICO RESULTADO QUE DESCLASSIFICARIA A TAILÂNDIA ERA JAPÃO 2x3 SÉRVIA, todos os outros placares classificariam a TAILÂNDIA (JAPÃO 3X0 SERVIA,JAPAO 3X1 SERVIA,JAPAO 3X2 SERVIA,SERVIA 3X1 JAPAO E SERVIA 3X0 JAPAO).Logo, dos 6 resultados POSSÍVEIS, o JAPÃO forçou para dar o único que desclassificaria a ARQUI-RIVAL TAILÂNDIA...
O fato é que agora, 4 anos depois, a rivalidade aumentou mais ainda a ponto de os nervos estarem À FLOR DA PELE e a TIALâNDIA toma uma virada IMPRESSIONANTE DE 12x6 para 15x13 com a AJUDA DE 2 CARTÕES VERMELHOS!!! Incrível!!!
Após a partida CHORADEIRA PARA OS 2 LADOS, JAPONESAS CHORANDO, TAILANDESAS CHORANDO, a capitã japonesa SAORI KIMURA parecia ser a mais CONSTRANGIDA com situação, estava muito emocionada vertendo lágrimas dos olhos. Em sinal de respeito,as japonesas nem chegaram a comemorar muito a vitória.
O técnico tailandês Radchatagriengkai disse:"Gostaria de agradecer à minhas minhas jogadoras que deram tudo de si esta noite.Vamos dar o nosso melhor de no resto dos combates.Estas jogadores são minhas heroínas"..."Perguntei à arbitragem por que não foram visualizadas as substituições nos painéis de toque, pedi um esclarecimento e foi-me dado um cartão vermelho.Então perguntei novamente por não foram exibindo os membros nos tablets e obtive o segundo cartão vermelho. Foi muito injusto para a equipe Thai. Jogo com espírito desportivo. Este julgamento não estava certo. O jogo acabou agora e nós temos que aceitar o resultado.O sistema deve ser reconsiderado.Não foi possível fazer substituições,embora minhas jogadoras estivessem na área de troca
A capitã Pleumjit Thinkaow protestou:"Acho que esta partida será memorável. Ambas as equipes apresentaram excelentes performances. Penso que foi injusto. Ainda há partidas restantes. Eu queria que o novo sistema fosse reconsiderado. As equipes não estão preparadas para usá-lo. Este sistema tem causado erros durante o jogo."
Enfim,as tailandesas prometeram dar o sangue contra os próximos adversários(KAZAKSTÃO,KOREA e PERU) e mantiveram a esperança olímpica acesa.
Porém,para isso,dependem que as JAPONESAS ganhem da HOLANDA na última rodada... Será que novamente a classificação TAILANDESA ficaria nas mãos das japonesas como em 2012???
A lI disse…
Por falar em russas... O KAZAKSTÃO é uma RÚSSIA COVER,ou melhor,um time de russas pioradas e lerdíssimas, têm um ótimo alcance de bloqueio e ataque,mas são lerdas no fundo de quadra, a defesa praticamente é colegial e o passe extremamente ridículo.
Da mesma forma,as dominicanas só tem altura.Dois times de jogadoras altas até agora não conseguiram marcar nenhum pontinho no campeonato e já levaram suas surras das nanicas japonesas e tailandesas...
Josenei Silva disse…
Que tristeza alegria pela saída da Gamova. Amo e odeio esta jogadora. Sentirei muita falta de vê-la do outro lado da quadra com sua cara de mal virando bola atrás de bola e passando por cima do bloqueio. Mas creio que deve ser difícil, especialmente para uma mulher, manter 2.02 m de altura jogando vôlei, um esporte que exige demais do corpo, em alto nível. E realmente ela não estava mais ajudando a seleção nos últimos jogos que eu assisti. Devaneei e pensei que ela também não quis dar o gostinho aos brasileiros de vermos ela aqui no Rio. Ela sabe que o público queria muito vê-la. Sei lá, loucura minha.
Outra tristeza a Sokolova também, pra mim uma craque demais. Adorava vê-la jogar, atacando china, tirando o ataque do bloqueio. Completa essa, uma das últimas. O vôlei toma um baque muito grande, em meio à tanta falta de técnica atual na modalidade, tantas jogadoras altas descoordenadas que mal sabem atacar.
Josenei Silva disse…
Foi muito chato o jogo Japão x Tailândia ter terminado daquela forma. Não foi injusto porque estava no regulamento, mas não era para acontecer. O técnico se embananou com a tecnologia, tomou o cartão e o time se desequilibrou e botou tudo a perder. Pra mim a Tailândia ganharia. Foi muito feio para o campeonato. Não ganhou quem jogou melhor. Esse negócio do tablet tá causando muita confusão com as substituições. O árbitro deveria ter sido mais cauteloso e não ter dado o cartão vermelho. Ele também se passou, ou favoreceu ao Japão, não sei. Uma pena, porque estava um jogão mesmo.
Josenei Silva disse…
Classificação do pré-olímpico:

1 - Itália 12 pts 4v 0d classificada para o Rio 2016
2 - Coreia 09 pts 3v 1d
3 - Holanda 09 pts 3v 1d
4 - Japão 08 pts 3v 1d
5 - Peru 06 pts 2v 2d
6 - Tailândia 04 pts 1v 3d
7 - Cazaquistão 00 pts 0v 3d
8 - Dominicana 00 pts 0v 3d

Algumas considerações:
1 - Eu disse que a Itália se classificaria. Nestas horas a camisa pesa.
2 - Vergonha da República Dominicana. Nenhuma vitória até agora. Hora da mudança de comando.
3 - Viram que o jogo da Tailândia, mesmo lindo, não é eficiente.
4 - Girafas sem técnica no vôlei não adianta. O Cazaquistão que o diga.
5 - Coreia evoluiu muito. Pra mim a seleção mais venenosa e perigosa de todas. Além da Kim.
6 - O Peru é uma grata surpresa. Fiquei feliz com esse time. Recepção bem arrumada e defesa também. Ângela Leyva é excelente. Têm chances teóricas de classificação, mas devem cair porque ainda vão pegar Coreia de Kim e Holanda de Sloetjs. Têm chance contra a Tailândia, mas creio que não consiga superar Coreia ou Holanda nos pontos.

Pra mim as 4 vagas vão para Itália, Coreia, Holanda e Japão, que só vai por causa dessa regra do melhor asiático.
Welmer Sales disse…
Até hoje me vejo lamentando aquela final do mundial de 2010. Gamova é uma atleta excepcional e que vai deixas saudades assim como a Sokolova. Mas acho que as aposentadorias vieram no momento certo para a seleção russa, acredito que já passou da hora dos russos acreditarem de verdade nas jogadoras que tem em mão e dar uma identidade ao time que por muito tempo ficou presa às imagens de Gamova e Sokolova.
George disse…
Gostava muito de ver os jogos contra a Russia, assim como Cuba. Sentirei falta. Não vejo essa rivalidade com Goncha e Koshe.
Segundo o Bortoletto, Tandara confirmada em Osasco. A principio, time titular definido, a não ser que contratem uma outra ponteira de preparação. Caso não aconteça, Gabi deve ser titular novamente. Dani já jogou com a Tands e se deram muito bem no Sesi, o que é uma coisa boa.
Pra mim, favorito ano que vem é o Praia, tem tudo pra ser campeão de tudo. Veremos como irá durante a temporada.
L. Mesquita disse…
Italia, FREGUESA da HOLANDA, SURRADA novamnte como no pre-olimpico europeu. DavixGolias:Russas do Kazakstsan SURRADAS pelas abelhinhas tailandesas.Mais um DavixGolias: as girafas dominicanas surradas pelas nanicas japonesas.
Mantronix Inc disse…
Galera eu q tinha uma antipatia pelo time do Peru, gostei e torci tanto por elas, uma pena elas terem perdido p/ Korea, a Kim realmente faz a diferença na hora da decisão. O Peru ta jogando redondinho, só falta um pouco mais de bloqueio, raçudas, destaque espetacular pra Leyvan, os times aqui do Brasil deviam contratá-la.
George disse…
Não consegui assistir Holanda x Italia. Depois assisto e comento por aqui.
O jogo Coréia x Peru teve um nível bem bom de vôlei nos 2 primeiros sets (unicos que assisti), estava torcendo pelas sulamericanas, mesmo sabendo que era uma missão dificílima. Peru teve um ponto bem interessante melhor que nos outros jogos: a defesa. Antes as bolas caíam facilmente, agora vários contra-ataques foram gerados pelo fundo de quadra.
Josenei Silva disse…
Para o Peru se classificar, além da Leyva, as pontas deveriam ser mais efetivas e o meio teria que jogar. Sem meio fica difícil. E elas têm passe pra isso.
Josenei Silva disse…
Ao vivo agora Porto Rico x Argélia qualificatório para a Olimpíada.

https://www.youtube.com/watch?v=YeBhu9Glfwc
Josenei Silva disse…
E agora clássico asiático: Coreia x Tailândia.
Josenei Silva disse…
A jogadora Onuma Sitirac poderia jogar aqui no Brasil.
Josenei Silva disse…
Ah, gente, a Tailândia também treme na base em momentos de pressão, na hora de fechar e virar o jogo. No segundo set tinha tudo pra ganhar da Coreia, mas tomou dois aces seguidos e depois Tomkom faz um levantamento óbvio para Sitirac em cima do bloqueio de Kim: toco. Perdeu o set, Coreia 2 a 0. Vamos para o terceiro.
Alguém assistindo?
Josenei Silva disse…
Tailândia ganhou no tie break. Jogo longo e chato. Kim não foi suficiente desta vez. A Tailândia segue com chances matemáticas de classificação, muito difícil.
Alguém sabe dizer porque a Tom Kom não está jogando como titluar? Já é o segundo jogo que ela é reserva.
Josenei Silva disse…
Agora o jogo mais esperado: dominicanas x cazaks, show de horrores! Em 2 minutos
Rafael silva disse…
Japao vai pegar Italia e Holanda nas ultimas rodadas, ta correndo riaco de perder a vaga depois dessa vitoria da Thailandia sobre a coreia.Pois fatalmemte os 3 1° colocados serao Holanda,Italia e Coreia,essa vaga de melhor asiatico vai ser muito disputada.
A lI disse…
Nei,a classificacao da Tailandia agora esta nas maos da Holanda:Se a Holanda vencer por 3x0 ou 3x1,a Tailandia vai ao Rio,qualquer outro placar da Japao no Rio.
Nei,nao achei KOREA2x3TAILANDIA um jogo chato nao,achei sim um jogo muito disputado.A rivalidade entre as asiaticas eh enorme,todos os jogos entre elas terminaram no quinto set c/media de 3 horas de duracao,p/quem esta c/sono assistir 3h de jogo de madrugada eh dureza,mas a tecnica e a classe do volei asiatico vale a pena.
Nao considero o Kazaquistao uma equipe asiatica,o pais,assim como a Russia,tem parte do territorio na Europa e parte na Asia,mas o voleibol eh TOTALMENTE EUROPEU,nao tem nada a ver com o volei asiatico,o Kazaquistao eh uma equipe de russas ALTAS,LENTAS,SEM PASSE,SEM DEFESA E SEM TECNICA,totalmente ao contrario do volei asiatico. Parece que soh eu fui louca p/assistir o SHOW DE ERROS q foi Kazaquistao x Rep.Dominicana,de longe,A PIOR PARTIDA DO TORNEIO,NAO MERECE NEM COMENTARIOS!!! Esse s foi um jogo CHATO de se ver, pois da raiva de ver tantos erros seguidos de ambos os lados.
O PERU eh time SEM BLOQUEIO,ate quando jogou com Japao e Korea,as baixinhas do torneio,o Peru tomou mais pontos de bloqueios delas do que fez,parece q o Peru NAO TREINA BLOQUEIO!!! A formacao do duplo eh lenta e o ataque adversario pega sempre o block quebrado,as centrais NAO TEM TEMPO DE BLOQUEIO.
ASSISTAM HOJE A COLOMBIA!!!
A OPOSTA MADELEYNNE MONTANO eh uma MONSTRA JOGANDO,o ataque dela eh UM COICE DE GIRAFA. A ponteira Kenny Moreno eh outra cavala atacando,a outra ponteira Amanda Coneo tbem eh muito boa e vale a pena observar a central de 1,93m Melissa Rangel que marcou 10 pontos na estreia do Pre-Olimpico.
A COLOMBIA,hoje, esta melhor que o PERU,pois twm BLOQUEIO e o Peru nao. Alem disso tem e MELHOR OPOSTA DO MUNDO na atualidade:Madeleynne Montano.
Josenei Silva disse…
Tô torcendo pela Tailândia. Eu comecei a assistir dominicanas x cazaks mas desisti porque tava horrível mesmo e começou muito tarde, vi só o primeiro set que acho que ganharam.
Eu também acho que o Cazaquistão é europeu, tá claro no porte físico das jogadoras, no estilo de jogo, na forma de jogar, não tem nada a ver com as asiáticas.
As centrais e o bloqueio do Peru são inexistentes mesmo. Fica difícil jogar assim.

Vi que Porto Rico ganhou ontem. Não sei se verei a Colômbia jogar.
A lI disse…
Infelizmente acabei de saber que com o placar Itália 3x2 Japão, mesmo que a Tailândia ganhe do PEru, não atingirá o saldo de sets necessário. Logo HOLANDA,KOREA,JAPÃO e ITÁLIA já estão garantidos no Rio com uma rodada de antecedência. Essa última rodada NÃO VALE NADA!!! APOSTO QUE MUITAS RESERVAS ENTRARÃO EM QUADRA PARA GANHAR RODAGEM INTERNACIONAL!!!
A KOREA foi o time que mais me impressionou nesse PRÉ-OLÍMPICO, mostrou que ooutras jogadoras estão ajudando a KIM YEON KOUNG, mas mesmo assim ela continua soberana. A MVP OLÍIMPICA KIM se daria muito bem no VÔLEI DE PRAIA, ela é completíssima, domina muito todos os fundamentos do voleibol!!!
O Kazaquistão tinha que disputar torneios na Europa e não na Ásia, assim como o time de futebol que disputa os torneios da UEFA. O Kazaquistão não tem nada a ver com o vôlei asiático, o time parece um estranho no ninho. O time do Kazaquistão é time de russas, baseado em jogadoras altas que priorizam o ataque e o bloqueio, e são lentas no fundo de quadra, deixando muito mais a desejar na defesa e no passe. Talvez jogando torneios da CEV, KAZAQUISTÃO evoluisse mais que jogando na Ásia, pois suas jogadoras tem mais características europeias e seu jogo evoluiria mais jogando contra equipes como Rússia,Polônia,Holanda,Alemanha etc... O tipo físico e a filosofia de jogo não tem nada a ver com as asiáticas.
Concordo com a maioria, é uma pena o belo voleibol Tailandês ficar de fora das olimpíadas...
Em compensação estou empolgado com a seleção da COLÔMBIA: AS DIVAS MADELEYNNE MONTANO E KENNY MORENO estão jogando muito.
Fico impressionada vendo MONTAÑO jogar, com todo o respeito do mundo, MONTAÑO não parece um MULHER jogando, ela ATACA COMO HOMEM. Observem só para vocês verem...