As últimas vagas #RoadtoRio



Nesta sexta (13) inicia em Tóquio o classificatório para a Olimpíada 2016. Será a derradeira chance de conquistar a vaga para oito seleções: Japão, Coreia do Sul, Cazaquistão, Tailândia, Itália, Holanda, República Dominicana e Peru. E no final de maio acontece o último pré-olímpico, que reserva uma vaga a uma destas seleções: Quênia, Porto Rico, Argélia e Colômbia.

Disputada em pontos corridos, a competição de Tóquio oferece três vagas e mais uma reservada à melhor seleção asiática classificada. Se uma asiática estiver no pódio, a outra melhor asiática se classifica.

Ou seja, a missão é dificílima para a República Dominicana. Acho que teremos Japão, Holanda e Itália – não necessariamente nesta ordem – ocupando as três primeiras colocações. Com esta composição, a quarta vaga deverá ser motivo de briga entre Coreia e Tailândia. 


*******************************

Apesar de achar que já tenham os passaportes carimbados, é possível que haja tropeços das seleções europeias e suas classificações para Rio 2016 sejam mais complicadas do que o esperado. O principal complicador para elas é o pouco tempo de preparação que tiveram em comparação às adversárias. Tá certo que boa parte da Holanda, graças ao Guidetti, já vem treinando e jogando junto durante toda a temporada no Vakifbank. Ainda assim, tem a questão do entrosamento com levantadora e o enfrentamento de seleções com características de jogo bastante diferente das suas.

O mesmo acontece com a Itália, que me parece ainda mais vulnerável do que a inexperiente equipe holandesa. Isso pelo falto de que, se conta com jogadoras experientes pelas pontas e pelo meio (Piccinini, Guiggi, Del Core, Centoni), tem no levantamento duas jovens com questionáveis qualidades técnicas: Orro e Malinov. Signorile, que era para formar a dupla com Orro e também não é das mais qualificadas, foi cortada por problemas físicos. É uma temeridade colocar logo no levantamento duas jogadoras tão verdes. Por mais que não tenha ido bem no pré-olímpico europeu em janeiro, não descartaria a Ferretti com fez o Bonitta. 



*******************************

O Japão, com seu misto de jogadoras experientes e novatas, mas ainda sem contar com o destaque Shinnabe, deve levar a vaga asiática com folga. Apesar de ter feito uma Copa do Mundo muito irregular, não vejo outra seleção que possa tirar sua vaga.

A Coreia, como sempre, dependerá do desempenho da Kim. Se ela estiver inspirada, bate Tailândia e Rep. Dominicana, seus adversários mais diretos.

A Tailândia consegue sempre melhores resultados contra suas colegas asiáticas do que com as demais seleções, é verdade. Ainda assim, o fato de ser um time baixo e de pouca força acaba por limitar as suas aspirações.

A Rep. Dominicana tem nomes bons, mas acho que, enquanto time, andou para trás. Tem feito campeonatos mundiais ruins, só conseguindo algum destaque no continente. Para piorar, a Bethania de la Cruz, principal atacante do time, não estará nas suas melhores condições por voltar de uma cirurgia no ombro. Fica difícil, neste pré-olímpico, conseguir uma das três primeiras colocações. A seleção foi prejudicada por este regulamento que a colocou, sendo vice-campeã da Norceca, no torneio classificatório mais complicado. A terceira colocada da Norceca, Porto Rico, estará num que a Rep. Dominicana, apesar das suas irregularidades, tiraria de letra.



*******************************

Sobre o mercado

- O Praia renovou com a Ramirez e, assim como o Rexona, mantém sua base para a próxima temporada. Neste tempo de vacas magras, isto é uma vantagem.

- O Brasília deu sinais de vida e renovou com Macris e Roberta. Paula e Vivian devem seguir o mesmo caminho. Ainda faltam muitos nomes para completar o elenco e o time chega atrasado nas negociações, mas só o fato de saber que o time permanecerá para a próxima temporada é um alívio.

Comentários

Welmer Sales disse…
A minha torcida nesse pré-olímpico vai para a classificação do Japão, da Coreia, da Tailândia e da Holanda. Não quero ver as italianas na cidade maravilhosa, vai ser um pouco difícil a classificação das três seleções asiáticas, mas acredito que seja possível. Acho que vai ser bem equilibrado esse torneio, tomando como base a copa do mundo, acho que vai haver muito perde e ganha entre as principais candidatas às vagas olímpicas.
George disse…
Acho que a Itália não é tão favorita assim. Conta com jogadoras extremamente irregulares e que não tem a garra e experiência necessárias. O time da Holanda é bem mais completo e deve tirar de letra esse pré-olimpico.
Apesar de tudo, considero apenas 2 times sem chances: Cazaquistão e Peru. Os outros seguem com chances de classificação. Tailândia mesmo baixa, é eficiente. Diferente do time da Coréia, que se a Kim estiver bem marcada, não corresponde.
Josenei Silva disse…
Torcerei para Japão, Itália e Dominicana. E torcerei muito contra a Holanda. Não quero o Guidetti e a Sloetjs aqui.
Josenei Silva disse…
Algum canal vai transmitir?
Cas disse…
Ainda não sei se torço contra ou a favor da Holanda. Seria ótimo saber que a Holanda nem vem pro Rio e que a Sloetjes iria assistir a Sheilla pela televisão...
Mas também me agrada a ideia de ter um embate bem dramático entre Sheilla e Sloetjes assim como foi Sheilla e Gamova em Londres, principalmente pq são nesses momentos que a Sheilla costuma crescer. Seria um ótima oportunidade pra mostrar pra ela que aqui não é bagunça não, tem que respeitar. hahaha
Josenei Silva disse…
É, Cas, olhando por esse lado é verdade. Seria legal se acontecesse isso. Mas a dor de não se classificar é pior do que a de perder. Então prefiro que elas não venham. Bem maligno.
Mantronix Inc disse…
Final da Qualificação Olímpica do Europeu

Rússia X Holanda
https://www.youtube.com/watch?v=dimVzc3K_Q8
George disse…
Dificilmente o time holandês não irá se classificar. Assim como o Japão.
Coréia tem que torcer a favor do Japão, pra poder ficar entre os 3 e ficar com a vaga asiática.
A lI disse…
WELMER concordo inteiramente contigo!!!
Também não quero ver as italianas nas Olimpíadas Rio-2016 por causa do MARCO BONITTA que IGNOROU várias craques italianas e no qualificatório europeu foi aos trancos em barrancos e quase ficou fora do qualificatório mundial,a HOLANDA é um time muito forte,fez 2 finais EUROPEIAS seguidas contra a RUSSIA(CAMPEONATO EUROPEU e PRÉ-OLÍMPICO EUROPEU) e considero a HOLANDA uma das favoritas ao contrário da ITÁLIA.
A ITÁLIA,no PRÉ-OLÍMPICO EUROPEU foi ridícula:levou uma SURRA da HOLANDA por 3x0, perdeu para a RUSSIA por 3x1 e as vitórias italianas foram TODAS NO SUFOCO por 3x2 contra BELGICA,POLONIA e TURQUIA.
MARCO BONITTA resolveu fazer uma REFORMULAÇÃO na ITÁLIA em 2016,justamente no ANO OLÍMPICO,isso é ridículo,NENHUM TÉCNICO DECENTE FAZ ISSO em ano OLÍMPICO.
PAOLA EGONU tem potencial mas ainda é MUITO VERDE para encarar uma OLIMPÍADA COMO TITULAR.EGONU é muito forte,mas ainda ERRA MUITO,É MUITO INCONSTANTE.
A EQUIPE TITULAR IDEAL para a ITALIA disputar esse PRÉ-OLÍMPICO MUNDIAL seria:
LEVANTADORA:ELEONORA LO BIANCO, OPOSTA:NADIA CENTONI, PONTEIRAS:CAROLINA COSTAGRANDE,ANTONELLA DEL CORE, CENTRAIS:VALENTINA ARRIGHETTI,CRISTINA CHIRICHELLA, LÍBEROS: PAOLA CARDULLO e MONICA DE GENNARO
Dessas aí não disputarão o PRÉ-OLÍMPICO: ELEONORA LO BIANCO,CAROLINA COSTAGRANDE,VALENTINA ARRIGHETTI e PAOLA CARDULLO, além da levantadora FRANCESCA FERRETTI,que pra mim seria a reserva direta da LO BIANCO.
KOREA e JAPÃO foram SEMIFINALISTAS OLÍMPICOS em 2012,não vejo esses 2 times fora das olimpíadas,junto à HOLANDA,considero esses times favoritos aos 3 primeiros lugares.
Engana-se quem acha que a KOREA é só a MVP OLÍMPICA KIM YEON KOUNG,em LONDRES-2012 a KOREA venceu o BRASIL por 3x0,venceu a ITALIA por 3x1 e venceu a SERVIA também por 3x1.A KOREA não encontra dificuldade em jogar com quipes europeias e sempre teve excelentes líberos e levantadoras,que faz com que seu jogo seja de muita velocidade.A KOREA não dá nenhuma importância ao GRAND PRIX,seu foco sempre são os JOGOS OLÍMPICOS.
IMPOSSÍVEL o JAPÃO,BRONZE em LONDRES,ficar fora das olimpíadas.
O grande problema da REP.DOMINICANA está na COMISSÃO TÉCNICA,as dominicanas são muito altas e fortes fisicamente,muitos talentos individuais se destacam mundo afora jogando por clubes,mas não jogam como um time pela REP.DOMINICANA,parece um amontoado de jogadoras batendo cabeça,sem organização tática e sem controle psicológico,acho que um técnico como BERNARDINHO esse time dominicana já teria ganho alguma coisa importante.
Ver a TAILÂNDIA jogar é muito bonito,são extremamente técnicas,dominam todos os fundamentos com maestria,mas não tem muita altura,jogam um voleibol clássico de muita defesa e muita velocidade no ataque,a levantadora TONKOM NOOTSARA é uma das melhores do mundo,SITIRAK ONUMA é uma atacante muito eficiente e líbero WANA BURAKEW é outro destaque do time,além da central e capitã do time PLEJMIT THINKAO.
Ao contrário de JAPÃO,TAILÂNDIA e KOREA que defendem muito e jogam com muita velocidade,o KAZAQUISTÃO é um time de russas OVAS e EVAS muito altas,com bastante alcance de bola,mas muito lentas,passe horroroso e defesa inexpressiva.
PERU é o candidato a saco de pancadas do torneio.
Junior Agostinho disse…
É BOM TER BASTANTE TIME FORTE MESMO, QUE VENÇA O MELHOR, BRASIL FIRME E FORTE TREINANDO PARA GANHAR MAIS UMA MEDALHA, POREM AS OUTRAS SELEÇÕES BUSCANDO SEUS MELHORES TBM. O BOM SERIA QUE TODAS PARTICIPASSE.
Rafael Grapper disse…
O grande problema da Itália estará na inexperiência das levantadoras.
Paola Egonu mostrou-se uma jogadora, apesar de jovem e inconstante, muito decisiva, vide o jogo dramático contra a Turquia. Minha crítica fica por conta do corte da Diouf, lenta sim, mas eficiente. Ortolani não é jogadora de seleção.
Acredito na classificação do Japão, Holanda e Itália. Korea e Thailandia vão brigar pela última vaga. Rep Dominicana tem pouquíssimas chances. Todos sabemos que o regulamento favorece os times asiáticos, neste caso a dominicanas teriam que disputar a vaga contra as europeias para terem alguma chance.
Vicente Maia disse…
Hoje tem Coréia x Itália às 21:00. Quem quiser acompanhar o link é o que segue
https://www.youtube.com/watch?v=yBhecmtLqqM&list=PLbVCx4hq5E0m3E001Wz4yRtYFGQQ4JvQY
Vicente Maia disse…
Uma andorinha só não faz verão. Kim, muito marcada, não fez chover. aliás, levou toco que não acabava mais. A desacreditada Itália dominou o jogo inteiro mesmo perdendo um set e com essa vitória, e pelo que está jogando, praticamente carimbou o passaporte para as Olimpíadas.
Próximo jogo República Dominicana x Tailândia às 00:45hrs
Josenei Silva disse…
vicente, muitíssimo obrigado pelo link. Não vi o jogo da itália, mas estou vendo agora o da república dominicana. Obrigadão mesmo.
Vicente Maia disse…
Josenei Silva,
não há o que.

Sobre o Jogo República Dominicana 1 x 3 Tailândia, foi exatamente como a Aline previu. Uma República Dominicana com jogadoras altas e fortes, mas completamente perdida em quadra. Nada funcionou pro time do Marcos Kwiek, nem mesmo o passe onde a Brenda Castillo ficou devendo. A Tailândia defendeu esplendidamente bem e mereceu a vitória.
Próximo jogo Kazakistão e Holanda às 03:30hrs.
Josenei Silva disse…
Acabou de acabar Tailândia 3 x 1 República Dominicana. A Tailândia fez seu jogo tradicional de jogadas rápidas e muitos cruzamentos na rede. Foi muito eficiente. Elas trocaram a segunda ponteira passadora, o que deu mais peso e consistência no ataque de entrada de rede.

A República Dominicana também fez seu tradicional e ineficiente jogo. Não tiveram padrão algum. Como a recepção não é boa, fica aquele jogo de bolas altas nas pontas. Elas acham que são cubanas ou russas, mas são um meio termo piorado das duas. Têm certa altura e certa força, mas a técnica é 0. De La Cruz parece não estar inteira (para variar, pois poucas vezes vi essa mulher jogar inteira pela seleção) e saiu no meio do jogo. As centrais não jogam e a Martinez até segurou um pouco. Achei que deveriam ter usado mais a Peña Izabel que tá mais rodada e experiente agora. Vi um jogo dela, não lembro em qual campeonato, no qual ela teve uma boa atuação no ataque e leve evolução no passe.

Acho que já deu para o Kiwiek nesse time. Ele não tem mais o que fazer por elas. O comando tem que ser mudado, não por que ele seja ruim ou não tenha contribuído para melhorar o nível do vôlei naquele país, mas é porque a seleção está estagnada há algum tempo. Acho que deveria haver mudanças.

Agora irei assistir Cazaquistão x Holanda (para a qual irei torcer contra (e sei que será em vão)).

Nei, da madrugada, com as últimas notícias do vôlei.
Josenei Silva disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Josenei Silva disse…
Jogo um pouco sem graça graça, pior que Dominicana e Tailândia. O Cazaquistão é muito ingênuo, inexperiente e fraco. Não tem padrão de jogo também e erra muito na recepção forçando bolas altas na ponta sem boas atacantes para virar. A Holanda deitou e rolou no bloqueio. Não sei como este time está ali disputando o pré-olímpico.

O primeiro set foi um atropelo da Holanda em 25 x 12. A Holanda jogou soltinha, virando todas as bolas. Todas jogaram bem, inclusive a Sloetjs, que converteu praticamente 100% dos ataques, passando inclusive por cima do bloqueio várias vezes. Ela tem o golpe final de ataque muito forte.

No segundo set a Holanda relaxou e errou muito e tomou 8 a 2 logo no começo. Essa diferença foi reduzida para 4 pontos em 19 a 15 e depois em 1 ponto no 21 a 20. Mas a Holanda continuou errando e perdeu por 25 a 21. Demérito total da Holanda pois a derrota neste set foi baseada em seus erros e não no bom jogo do adversário. O Cazaquistão até que melhorou, mas a Holanda errou muito. Muitos erros de recepção e trocas de ponteiras, mas não adiantou.

O terceiro set foi um pouco mais equilibrado no início, mas a partir do 11º ponto a Holanda começou a abrir e fechou e 25 a 14, quase igual ao primeiro set. Às vezes a Holanda vacila na recepção. A recepção do Cazaquistão foi uma tragédia.

No 4º set o atropelo foi ainda maior em 25 a 8!!!! Sloetjs destruiu no ataque marcando 27 pontos no total do jogo. Plak também atacou muito mas oscilou demais no ataque. A outra ponteira, a Bujs jogou muito bem tanto no ataque quanto no passe. Como eu tava animado, fiz a marcha da contagem deste set:

Holanda -1-2-3-4-5-6-7-8-9-10-11-12-13-14-15-16-17-18-19-20---21-22-23-24-25
Cazaqui 1----------2----3--------------4--------5----6-----------7-8

Parciais de Holanda 3 x 1 Cazaquistão : 25 x 12
21 x 25
25 x 14
25 x 8


Em tempo: a quantidade de replays foi reduzida pelo menos à metade. Eu achei péssimo. Senti falta das repetições e de ver melhor como os pontos aconteceram. Passam-se vários rallies para vim um replay. Aparentemente não vi impacto nenhum no andamento do jogo. O Ary Graça, junto com as emissoras, está conseguindo o que quer. Demônio.
Josenei Silva disse…
Desisti, a marcha da contagem desformata. Mas foi mais ou menos isso.
Josenei Silva disse…
O Japão acabou de fazer um treino de luxo contra o Peru. Só no primeiro set que o Peru deu sangue e jogou equilibrado perdendo com 23. Depois o Japão dominou e ficou brincando em quadra.

O Peru é quase amador. Uma seleção amadora. Só tem a Ângela Leyva jogando mais ou menos em alto nível (com muita boa vontade). O time tem volume, defende muito, mas a levantadora é ruim, não têm ritmo, padrão, são muito ingênuas. Serão saco de pancadas como diz A II.

Parciais: 25 x 23, 25 x 10, 25 x 14
A lI disse…
EGONU joga MEIO SET e,mais uma vez,salva a Italia.Korea comecou arrasadora o quarto set abrindo 4x1,liderou o placar ate os 12 pontos.Egonu entrou no lugar de Ortolani,faz 2 Aces seguidos,Italia marca 4 pontos diretos,empata e vira o set,evitando o tie break.EGONU:arma secreta no banco decide o jogo.Destaque p/o DUELO KIMxChirichela,Chirichela marcou muito bem a Kim e saiu com 5 pontos de bloqueio da partida.
Vicente Maia disse…
Eu assisti todos os jogo, exceto o da Holanda, pois tinha de dormir um pouco. A Itália foi o time que surpreendeu. O Japão jogou um voleibol muito consistente não apenas na defesa, mas também no ataque e bloqueio, mas o adversário não ajudou.
Estou torcendo pela República Dominicana e Peru pelos técnicos, mas nenhum dos dois chegará nem perto das Olimpíadas.

Próximo jogo, hoje às 22:00 Itália x Tailândia
Rafael Grapper disse…
Se a Itália se classificar, vejo a Picci com grandes chances de ser cortada e não vir pro Rio.
Ela e a Gennari tem características muito parecidas e a jogadora do Bergamo tem um passe mais consistente e está se virando bem no ataque. Já que o time conta com a espetacular Del Core, eu levaria a Egonu como elemento surpresa que já mostrou que mesmo muito jovem é uma jogadora decisiva e outra vaga de ponteira entre a Sylla que se mostrou confiante no passe ou a Lucia Bosetti pela experiência e ainda poder jogar na saída de rede.
Josenei Silva disse…
Vicente, meu youtube está em contagem regressiva para o jogo. Beto, cadê você?
A lI disse…
Vicente fiquei surpresa de saber q vc esta torcendo p/o incompetente do MARCOS KWIEK.Ja cheguei a conclusao q o GRANDE RESPONSAVEL pelos fracassos da Rep.Dominicana eh o Kwiek.Marte foi eleita a MELHOR LEVANTADORA da COPA DO MUNDO,2015,Brenda Castillo ja acumulou varios premios de MELHOR LIBERO.O time eh repleto de atacantes de 1,90m,que saltam p/caramba e muito fortes fisicamente,tem jogadoras q se destacam nos clubes mundo afora,mas q na selecao ficam batendo cabeca.As dominicanas sao gigantes e fortissimas,mas nao jogam como um time,vivem de lampejos individuais,sao desorganizadas dentro de quadra,da a impressao de ser um time mal treinado.Um Bernardinho ou um Guidetti fariam a festa treinando estas dominicanas.O confronto TailandiaxR.Dominicana foi o mesmo q DavixGolias,so uma perna de uma brutamonte dominicana da uma tailandesa inteira,e as Abelhinhas tailandesas derrubaram as Mamutes dominicanas.O time da Tailandia atuou como um enxame de abelhinhas,muito ageis cobriram a quadra inteira p/defender as porradonas dominicanas e a espetacular levantadora Tonkom Nootsara,q eu considero a MELHOR DO MUNDO ATUALMENTE,jogou c/extrema velocidade e armou os contra-ataques c/muita inteligencia,driblando o altissimo bloqueio dominicano.Acho q o grande problema dominicano eh o tecnico.
Rah Silva disse…
Me digam quem é essa miriam sylla 😱
Joga muito bem essa ponteira, seria Boa opção p o Osasco ou a Egonu.
Vicente Maia disse…
Aline,
desculpa desapontá-la. :) Embora tenha de concordar com cada palavra de crítica que você escreveu,não posso deixar de torcer pelos sucesso dos brasileiros lá fora. Lembre-se que eu torço pelo Rio de Janeiro e pelo Osasco, mesmo com Thaísa *risos, no mundial de clubes, o que parece ser um despautério, mas, sei lá, acho que eu sou mesmo assim.
Beijão e bom jogo
A lI disse…
O JAPÃO está implacável,vem literalmente PULVERIZANDO os adversários,foram dois 3x0 fulminantes.O que será da Rep.Dominicana quando enfrentar o Japão.O Japão não perdoa desorganização,atropela mesmo,e as dominicanas são as mais desorganizadas do torneio,o time está sem comando.Sou a favor do IMPEACHMENT do MARCOS KWIEK,é só vexame atrás de vexame,o time não dá liga,vexame mesmo um monte de jogadoras individualmente fortes,mas que não jogam em equipe.
Kim Yeon-Koung a MVP das MVP's detonou a HOLANDA,claro que nessa partida Kim Yeon-Koung teve maior ajuda das suas companheiras,principalmente da outra ponteira Park Jeong-Ah e da oposta Kim Hee-Jin,todas elas pontuando nos 2 dígitos nesse 3x0.A KOREA explorou bem o ponto fraco da HOLANDA:O PASSE,e veio QUENTE NO SAQUE.Todas as jogadoras da KOREA sacaram taticamente muito bem,ao PONTO DE CINCO JOGADORAS DIFERENTES FAZEREM ACE NA HOLANDA!!!O placar de ACES ficou 11x0,11 aces para a KOREA contra NENHUM da HOLANDA.
PERU 3x0 REP.DOMINICANA partida DEPRIMENTE da REP.DOMINICANA e MEDIANA do PERU,que não encontrou muita resistência das girafas dominicanas...
ITÁLIA 3x1 TAILÂNDIA, a ITÁLIA perdeu o primeiro set atacando forte,para baixo e se deu mal:não adianta muito lutar contra a excelente defesa tailandesa.a partir do segundo set,quando as italianas começaram a variar mais o ataque e,em vez de brigar com a defesa tailandesa,começaram a explorar mais os dedos do bloqueio tailandês,a ITÁLIA conseguiu sua vitória.Mais uma vez o fator EGONU fez a diferença,ela novamente não começou como titular no set que a ITÁLIA perdeu,porém a partir do segundo set foi EGONU que deu as cartas.
Laura disse…
Aline, concordo com vc sobre a Rep. Dominicana. As jogadoras estão sem comando, parecem não saber o que fazer em quadra. Faz um tempo q as dominicanas caíram de rendimento, mas o que tem apresentado neste pré-olímpico é lamentável.

Gostei da atacante Leyva do Peru. Os times brasileiros poderiam olhar com mais atenção estas jogadoras latino americanas.

Itália quase que se perdeu no ritmo acelerado e de defesa da Tailândia. Itália precisa de força no ataque e Egonu é o melhor nome para isso. Tem que ser titular.
Josenei Silva disse…
A II, esse jogo da Coreia contra a Holanda foi muito interessante de se ver. Parecem que elas estudaram muito e vieram com uma proposta de jogo bem clara: forçar o saque. Desestruturou completamente a linha de passe, o que levou 50% do jogo da Holanda. Fora isso defenderam demais tirando a paciência das atacantes que se precipitavam no ataque para decidir e terminavam errando. Elas deixaram o jogo bem seboso com essas defesas e com os ataques explorados e as largadinhas. Deram muitas largadinhas e quase todas foram ponto.
Observação especial para Kim. JOGADORAÇA!!! Pra mim agora, sem dúvida a melhor do mundo. A mulher desequilibra demais. Ataca de todos os lugares da quadra. Crava bola, passa por cima do bloqueio, saca muito e tá até defendendo a danada agora. Não sei como ela aguenta receber tantas bolas. Como você falou o time ajudou mais hoje. Não vi o jogo do Peru. Queimei a língua pois disse que elas seriam o saco de pancadas. Não tô acreditando que as dominicanas perderam. É o cúmulo. Tem que ter troca de comando. Estão estagnadas. Discordo de você, A II, quando diz que o kiwiek é incompetente. Pelo contrário ele é um profissional muito bom, tanto que fazia parte da seleção e é reconhecido no meio. Acho que já deu pra ele lá. Acontece. Tipo o Guidetti na Alemanha, que não chegou em lugar nenhum. Melhorou o time, mas só, nunca foi além. Acho que o que o Kiwiek tinha que fazer pelas dominicanas já foi feito. Elas tem buscar novo técnico agora.
Joao Ismar disse…
Vocês tem percebido que as equipes vem apresentando problemas com a arbitragem nas substituições? Achei q fosse algo isolado, mas conforme tenho assistido aos videos dos jogos percebi que ocorreram diversas vezes. Alguém sabe o que está havendo? Alguma peculiaridade deste campeonato em relaçao às substituições?
Vicente Maia disse…
Joao Ismar,
a substituição parece tem de ser feita eletronicamente por um tablet e parece que de vez em quando está falhando.
Josenei Silva disse…
Vicente, olhos de águia, vendo tablet, rs. Percebi os problemas, mas não identifiquei as causas. Nem as jogadoras nem os técnicos entendem. Não reparei em tablet, como o vicente, vou prestar atenção melhor agora. Vocês repararam na diminuição dos replays? E viram o péssimo Rogério Espicarslki lá arbitrando?
Vicente Maia disse…
Josenei,
na verdade eu não vi, por isso falei que "parece", eu ouvi o comentarista explicando como funcionava e que estava dando problema quando um dos técnicos, não lembro qual, estava reclamando com o segundo árbitro.
Josenei Silva disse…
Gente, só pra ressaltar, eu sou Nei. Meu perfil mudou pra meu nome completo, mas sou o velho Nei, viu.
Josenei Silva disse…
Acabei de ver Peru x Dominicana. Mudei minha opinião sobre o Peru. Jogaram como time grande, redondinho, e com muita atitude. Passam bem e defendem muito. O trio de ataque Âgela Leyva, Rueda e Frias funciona muito bem e a levantadora também é bem precisa, melhor do que as levantadoras russas. Grata surpresa.

A República Dominicana foi um fiasco. Se superaram em desorganização. O time é estranho demais. Aquela Rivera é péssima, acaba o time. De La Cruz sem jogar num jogo tão importante. Não entendo.

Eu acho que o Peru ganha do Cazaquistão. Joga melhor, tem mais consistência. O Cazaquistão passa muito mal. Vamos ver.
A lI disse…
Nei concordo contigo,tanto KAZAQUISTÃO quanto a REP.DOMINICANA são times muito altos,com jogadoras fortes fisicamente,mas muito desorganizados.É muito lindo o voleibol asiático de muitas defesas e jogadas rápidas, e o Peru foi um fiasco contra o Japão, mas não perdoou as desorganizadas dominicanas.
George disse…
Olha, admito que estou achando o nível técnico bem baixo. Esperava jogos melhores, mas vou ressaltar pontos que achei bem interessante do que vi até agora:
1 - O que é a Tomkom levantando? Jogadas plasticamente perfeitas. As jogadoras dançam em frente a rede e as atacantes ficam sozinhas. A variação de jogadas acontece o tempo inteiro. Me arrisco a dizer que se o time inteiro tivesse uns 10 cm a mais, estaria entre os melhores do mundo.
2 - A Kim é brilhante! No jogo contra a Holanda a levantadora conseguiu utilizar melhor as outras jogadoras e desafogou o bloqueio nela. Dá gosto de ver. Se Kim e Tomkom fossem do mesmo time seria incrível.
3 - A Italia tem se apresentado bem, mas é devido ao nível técnico mesmo. Acho um time fraco no geral.
4 - Angela Leyva, Sylla, Egonu, Plak... várias jogadoras promissoras estão aparecendo pq os times dão oportunidades para elas. Espero que no próximo ciclo os técnicos brasileiros percebam isso.
5 - Que decepção esse time da Rep Dominicana. Não conseguem se arrumar, ficam batendo cabeça. São o claro exemplo de que um time alto não é imbatível, falta padrão de jogo.
6 - A recepção da Holanda é extremamente vulnerável. Mas preciso falar sobre outro ponto: elas são muito lentas quando conseguem defender e tem de jogar no contra-ataque. Percebam: geralmente só chega 1 jogadora em condições de atacar, o bloqueio chega inteiro sempre. Fora que a Djikema está escolhendo umas bolas erradas. No geral, está um jogo feio de se ver.
Josenei Silva disse…
A II, o vôlei asiático é muito lindo mesmo, especialmente porque desmistifica essa coisa de só jogadoras altas. É claro que umas duas jogadoras altas fariam muito bem a times como Tailândia e Japão. Mas elas fazem chover com o que tem se garantindo no volume. Foi esse volume na Coreia que desestruturou a Holanda, que perdeu a paciência no jogo, além da Kim Sem Comentários. Esse time da Coreia é perigosíssimo. Dá para os 3 asiáticos se classificarem.

A incógnita nisso tudo é a Itália. Não sei até onde vai. Mas vale pelo risco que o técnico está correndo em por várias jogadoras novas em quadra e ao mesmo tempo, tipo Sylla, Egonu, Danese, Orro, etc. Botando Piccinini e Ortolani no banco. Del Core tá jogando muito e dando sustentação ao time, junto com a De Genaro.

Ainda tá em aberto. São 4 vagas para 5 times no meu modo de ver: Holanda, Coreia, Tailândia, Japão e Itália. Cazak e Dominicanas já eram. Peru tem chances matemáticas e teóricas. O técnico brasileiro tem o time nas mãos. Gostaria que surpreendesse, mas duvido muito.

George, Kjikema é limitada. Apertou, é bola para Sloetjs. Quando chegar no alto nível, contra as seleções tops, ela não vai ter vida fácil porque a marcação na Sloetjs vai ser dura. Além do passe muito vulnerável. E o Guidetti não tem ponteiras especialistas para trocar.
Josenei Silva disse…
Laura dá um oi e um pitaco nos meus comentários. Quando você fala é como se Deus se manifestasse.
Laura disse…
Ah, Nei! hahaha Tenho pouco a comentar pq não estou conseguindo fazer o dever de casa e acompanhar os jogos como gostaria. Mas concordo com vc sobre o Kiewk, acho que é isso mesmo, o tempo dele lá se esgotou. Isso não apaga o trabalho que fez em colocar a Rep. Dominicana no mapa do vôlei internacional, mas há que se reconhecer que seu trabalho não faz mais efeito. A seleção não evolui mais.

Também achei a seleção do Peru redondinha e, por ser composta de jovens, pode evoluir bastante. Acho que podem melhorar na questão física, acho tem o que se explorar mais ali em termos de impulsão e força.

George, sobre a Tomkom, é verdade! É muito bonito vê-la jogar. A Tailândia ainda guarda, até por suas limitações físicas, muito do jogo asiático que se viu até os anos 90.

No fim, este início de pré-olímpico tem sido mais equilibrado do que imaginava.
George disse…
Como eu gosto (MUITO) de listas, vou fazer minha seleção do campeonato até aqui:
Tomkom/Sloetjes
Kim/Del Core
Danesi/De Kruijf (está sendo um campeonato de centrais um pouco apagadas)
Castillo

Só escolhi a Sloetjes no lugar da Egonu por causa da idade, erra menos.
Josenei Silva disse…
George, eu odeio listas, rs, mas a sua tá bem coerente. Eu tô gostando também da distribuição da levantadora japonesa, muito boa, Myashita. Dá pena da Castillo. Joga sozinha. A cara de frustração dela é flagrante.

Laura, quando você fala é tão legal.
Yana Souza disse…
Gente...acho que se a República Dominicana tivesse jogado uns 10 por cento a mais teria vencido a Itália e o Peru... digo isto pelos placares dos sets... perdendo a maioria dos sets por diferenca de dois pontos... o número de erros da equipe é muito grande e o contra.ataque esta fraco tb... isto faz.me concluir que mesmo numa fase ruim daria p República Dominicana Ganhar muitos jogos visto que o nível deste pré.olímpico esta fraco e digo mais, nenhuma destas equipes ai é pareo para as já classificadas Eua.Brasil.China.Serbia e a forte Russia. Salvo aconteca alguma zebra, nenhuma destas equipes deste pré.olímpico disputará medalhas no Brasil..yana, a gata.
Yana Souza disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Rafael Grapper disse…
Japão passando por cima dos adversários? com Casaquistão e Peru pela frente até a Argentina não teria dificuldades. As europeias que fiquem com o sinal de alerta ligado, pois o regulamento favorece as asiáticas e se o campeonato terminasse hoje a Tailandia que levou um vareio das holandesas ficaria com a vaga no lugar das suas algozes de hoje.
Yana Souza disse…
Japao perdeu p Itália sem oferecer resistência. Mesmo a Itália estando com um jogo óbvio o Japão n ofereceu dificuldade alguma... entao esta coisa de passou por cima e mania de blogueiros para chamar atencao em suas matérias... um especialista em fazer isso é o Bruno Volochz que viaja na maionese... kkkk. Vamos ver quando a Holanda pegar a Itália, espera.se um grande jogo... yana, novinha e gata.
Josenei Silva disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Josenei Silva disse…
E como eu previa e torcia, a Itália se classificou. Camisa pesa nessas horas.
O Peru segue com chances teóricas, mas na prática não conseguirá pois pegará Coreia e Holanda. Mas estão fazendo um torneio de honra.
George disse…
Sigo acompanhando firme os jogos. A Leyva segue levando o time nas costas, tem tudo pra ser uma das grandes do vôlei mundial em alguns anos.
Quanto à Itália, aproveite pra treinar bastante até as Olimpiadas. Se seguir jogando isso, deve ser eliminada nas quartas (se chegar até lá).
Coréia tá me surpreendendo e dominando os jogos. Tem tudo pra ir aos jogos. Admito que estou na torcida pra Japão, Tailandia e Coréia irem. Holanda não está merecendo essa classificação.
Laura disse…
Nei, vc viu o que aconteceu no tie-break do jogo Japão x Tailândia?
Josenei Silva disse…
Tô passado. Vi sim. O Japão deu uma virada de 9 pontos no tie break. Estava 12 a 6 para a Tailândia. A Tailândia tomou 8 pontos consecutivos, 2 polêmicos que foram de cartão vermelho: 1 porque o técnico atrasou o jogo pedindo desafio depois do tempo; e o segundo porque parece que para pedir fazer substituição de atletas agora tem que apertar o tal do tablet que o Vicente falou, o técnico não apertou, a substituição aconteceu e depois o árbitro mandou voltar porque não apertou o botão. Com esse cartão o Japão foi ao match point. E depois ganhou.
Eu não gostei desse segundo cartão porque os técnicos ainda não acostumaram a apertar tablet, ainda mais em um classificatório para a Olimpíada.

Depois do primeiro cartão a Tailândia se desequilibrou um pouco. Eu pensei que elas fossem ganhar. Mas que virada.
Josenei Silva disse…
George, Coreia melhorou muito depois do primeiro jogo. Muito volume e as atacantes ajudando a Kim.

Quanto ao Peru, acho que a Leyva fica carregando time devido a uma escolha da levantadora, que na minha opinião é errada. As outras atacantes de ponta viram bem e poderiam ser mais utilizadas. E o passe também é bom o suficiente para arriscar um pouco mais com as centrais, um pouco mais, porque são limitadas, mas tiraria a pressão das ponteiras que só pegam duplo e tripo no bloquei.

Jogadora muito boa a Leyva. Como a Laura falou poderia estar na Superliga.
George disse…
A levantadora peruana é muito limitada mesmo, assim como as centrais. A Leyva e a Frias poderiam estar na SL tranquilamente.
As ponteiras coreanas são bem medianas, as centrais são de nível médio para baixo. Quem mais ajuda a Kim é a outra Kim e só. A levantadora é bem razoável.
Josenei Silva disse…
É. Por tudo isso dá pra ver o nível do vôlei atual. Jogadoras completas são escassas. O nível do pré-olímpico não é tão alto. Vale pela emoção.
Yana Souza disse…
Gente, mas uma vez a república dominicana perdeu por errar demais... parciais de triplo 25-23, mostra que o jogo poderia ter sido diferente se as dominicanas não errassem tanto... Agora vim dizer que este time da Holanda é muito forte, parece até gozação. Diante de uma seleção sem ânimo e sem gás como a República Dominicana, não conseguiu sequer vencer nenhum set com menos de 22 pontos para a adversária... Racional sim, demais... Não vejo a Holanda como grande time aqui no Rio não. Se passar, não conseguirá chegar nem nas quartas de final. A não ser que aconteça uma grande zebra ou a tabela a contemple e a ajude... Yana, novinha e gatinha...
George disse…
Esse pré-olímpico tem mais decepções do que surpresas:
Rep Dominicana - basta olhar os jogos pra ter certeza que não é só técnica que falta, a vontade de ganhar não existe.
Holanda - o passe e o fundo de quadra mandaram abraços, nada funciona (nem vou me dar ao trabalho de comentar sobre a Dijkema).
Japão - vai classificar por ajuda da confederação porque não está jogando bola pra isso.
Cazaquistão - não consegue fazer frente a ninguém, saco da pancadas total.
Veteranas da Italia - Piccinini, Ortolani e Centoni saem devendo (e muito).
Centrais (todos os times) - fora as italianas, as outras estão sendo uma nulidade.
Josenei Silva disse…
Kijkema é muito linda, hahaha. Seus comentários foram precisos em tudo. Por isso nossas centrais fazem tanta diferença.

Sobre as dominicanas, parece insatisfeitas com algo mesmo. Será que é com o técnico? Pela milésima vez, já deu para ele lá. Passa a bola pra outro e vai desenvolver outra seleção. Vai para a Alemanha ou Polônia que não se classificaram e ganhar em euro.

Cazaquistão é um lixo. Pra quem gosta de girafas, péssimo time.

A grande surpresa é o Peru mesmo e um pouco a Coreia. A Tailândia também deu uma melhorada.
Josenei Silva disse…
Boa notícia. É disso que eu sempre falei. Só que não partiu da CBV, mas sim de um deputado.
Leiam e comentem, por favor.

http://www.cenariomt.com.br/noticia/524599/comissao-de-esporte-debate-criacao-de-centros-de-volei-em-todos-os-estados.html
Yana Souza disse…
George, foi exatamente isto que percebi.. não vi nada de mais ainda neste pré-olímpico... Nenhuma das equipes apresentam um jogo harmonioso... As meios de rede não me chamaram a atenção não... Por isso expus que nenhuma das classificadas vão fazer frente ao Brasil, EUA, Sérbia, China e Rússia... A questão bloqueio/defesa e contra ataque não está funcionando bem nos times que disputam este campeonato... Falta aquela coisa bonita de se ver um time jogando. Aquele entrosamento com rapidez e eficiente nos contra.ataques... Tipo a nossa seleção feminina nos jogos olímpicos de 2008. Dava gosto de ver a plasticidade e perfeição das jogadas... Enfim, os classificados deste torneio terão de melhorar muito se quiserem medalhas no Rio 2016... Yana, novinha e gata.
Josenei Silva disse…
Classificação do pré-olímpico:

1 - Itália 12 pts 4v 0d classificada para o Rio 2016
2 - Coreia 09 pts 3v 1d
3 - Holanda 09 pts 3v 1d
4 - Japão 08 pts 3v 1d
5 - Peru 06 pts 2v 2d
6 - Tailândia 04 pts 1v 3d
7 - Cazaquistão 00 pts 0v 3d
8 - Dominicana 00 pts 0v 3d

Algumas considerações:
1 - Eu disse que a Itália se classificaria. Nestas horas a camisa pesa.
2 - Vergonha da República Dominicana. Nenhuma vitória até agora. Hora da mudança de comando.
3 - Viram que o jogo da Tailândia, mesmo lindo, não é eficiente.
4 - Girafas sem técnica no vôlei não adianta. O Cazaquistão que o diga.
5 - Coreia evoluiu muito. Pra mim a seleção mais venenosa e perigosa de todas. Além da Kim.
6 - O Peru é uma grata surpresa. Fiquei feliz com esse time. Recepção bem arrumada e defesa também. Ângela Leyva é excelente. Têm chances teóricas de classificação, mas devem cair porque ainda vão pegar Coreia de Kim e Holanda de Sloetjs. Têm chance contra a Tailândia, mas creio que não consiga superar Coreia ou Holanda nos pontos.

Pra mim as 4 vagas vão para Itália, Coreia, Holanda e Japão, que só vai por causa dessa regra do melhor asiático.