Elas disseram adeus


Esta última semana foi marcada pela despedida de duas jogadoras emblemáticas do Osasco, a dupla de centrais Adenízia e Thaísa. A primeira, ao que tudo indica, por motivos técnicos não teve seu contrato renovado; a segunda, por questões de reajuste salarial rompeu a relação com o clube. 

Para as jogadoras, acho que pode ser bastante positivo a mudança de ares. Adenízia há duas ou três temporadas não vinha bem no clube. Ela precisa de uma renovação de desafios e de comando para se reencontrar. A cada temporada ruim no clube, ela se afasta do posto de reserva imediata de Thaisa e Fabiana na seleção. Em 2012 não havia ninguém que disputasse a posição com ela. Quatro anos depois, ao invés de ameaçar as titulares, é ela que tem seu posto no banco seriamente ameaçado.
 
No caso da Thaisa também será positivo um novo desafio, principalmente se ela for para o exterior. Não gosto quando jogadoras do nível dela saem do país, mas, neste caso, acho que seria extremamente positivo para a carreira dela sair do ambiente da Superliga, para se renovar e amenizar o desgaste que há da sua imagem por aqui. Thaisa, por sua personalidade e pela falta da mesma no treinador, se adonou do Osasco. E este tipo de relação não estava sendo saudável para nenhum dos lados. O ideal, é claro, seria que ela fosse para um campeonato disputado, no qual ela tivesse que brigar por posição. Ou seja, um cenário que a tirasse desta posição um tanto intocável que vivia aqui no Osasco e que provavelmente viveria em outro clube no Brasil. 


********************************
Esta nova política de menores gastos do Vôlei Nestlé é bastante compreensível para um patrocinador que investiu tanto dinheiro nas últimas temporadas e teve muito pouco retorno, com o time muitas vezes jogando abaixo do esperado. Só que talvez não precisasse ter chegado a este ponto se, uma ou duas temporadas atrás, tivesse afastado o Luizomar do comando do time principal.
 
De qualquer forma, se não houver mesmo planos de contratações de peso (nacionais ou internacionais) por parte do Osasco, teremos uma baixa na disputa pela próxima Superliga. Ainda mais com esta timidez inicial do Praia Clube, não deixando claro se terá bolso suficiente para bancar grandes jogadoras. Nestlé e Unilever são os únicos patrocinadores capazes de brigar com o mercado internacional para manter os grandes nomes brasileiros e trazer outros de fora. O Unilever, claro, ainda tem outro argumento forte para convencer as jogadoras a virem para o Rexona, o Bernardinho. O Nestlé só tinha o dinheiro mesmo. 


********************************
Pê ésse:

- Além de Adê e Thaissa, muitas jogadoras importantes e interessantes ainda estão sem rumo definido ou oficialmente divulgado. Natália, Fabiana, Jaqueline, Tandara, Macris, Bia, Paula, Ellen e Carol Gattaz são algumas delas. Por esta altura no ano passado, logo depois do final da SL, os times já tinham uma cara mais definida para a temporada seguinte.
 
- Alguns clubes anunciam várias contratações; outros poucas. E tem o Brasília, que não dá sinal de vida. Será que o time continua? Seria uma pena se acabasse, ainda mais depois de ver o envolvimento da torcida com o time e a evolução do projeto nestes três últimos anos.

Comentários

Carlos Cogliones disse…
Acho muito positivo para as atletas brasileiras buscarem outras escolas de volei. Porém, para as centrais acho ruim. Claro que fora a Thaisa vai ganhar horrores, mas como aconteceu com a Fabiana, vai jogar muito pouco, não por deficiência técnica, mas porque na Liga turca há limite para estrangeiras e provavelmente ela deva revezar, sendo titular só na Champions. Ai vai das pretensões dela. Fazer o pé de meia ou jogar outra olimpíada.
Laura, acho que o mercado está mais cautelo mesmo, vc tem razão quando faz um comparativo com o ano passado, eu mesmo estranhei esta lentidão nas movimentações esse ano em relação as definições do ano que se foi, comentei aqui no PAPO, antes da final já existia especulação e de peso nas agências, mas enfim, espero que o Brasília contrate bem, até mesmo pela evolução do projeto, fico aqui me perguntando o que jogadoras do tipo da clarisse,(a que veio do Pinheiros,deu PANE acho que seria este o nome da atleta) onde ela se enquadra na nova filosofia do osasco?
Estranho né? Ela é o contra ponto, isso sim, preferia ver uma PP4 sendo levada ao time, mas enfim vai entender estas contradições, tem muita nome bom fora do mercado ainda, do sesi tem a própria Sabrina,me parece que as jogadoras estão esse ano, mais ainda, disputando melhores salários. E tem o fato de muitas ainda terem vínculos com os clubs, elas devem estarem mais cautelosas quanto ao sigilo de uma possível negociação.Apesar de tudo, acho que THAISA fez corretissimo, atleta tem mais é que busca além de uma evolução técnica, sua ascensão financeira, pq aqui no Brasil não é de costume o altleta vir da universidade, e sim, deixarem, abrir mão de um nivel escolar superior pra se "arriscarem" na carreira profissional. Infelizmente essa é a realidade. E quanto ao Praia, não sei qual é a "dele", não sei se não chegaram num acordo financeiro com a valorizada Alix, tem o salário da Fabiana, tem a sheila né que segundo os "profetas" o club estaria buscando um patrocínio esclusivo, enfim, sem entender,acho que existe ali uma pendenga pra segurar a Ramirez, pq já podiam te-la anuciado.Tudo muito escondido, aliás de oficial mesmo tem pouca gente confirmada, os grandes estão cautelosos e buscando ao maximo negociar os salários das pecas de valor, veja o Rexona, só agora anunciou a prata da casa Gabi... estamos no aguardo. GRATIDAO, Laurita, Abraço à todos.
Laura disse…
Carlos, vc lembrou mto bem um ponto q não considerei na hora de escrever. Para centrais é mais complicado mesmo conseguir jogar lá fora, principalmente na Turquia que é onde está o campeonato mais forte. Ainda assim, o fato da Thaisa sair da sua zona de conforto e experimentar um outro ambiente pode ser positivo mesmo que ela não jogue tanto quanto se ficasse por aqui.

Beto, tb me pergunto isso. Mesmo com esta nova filosofia, a Clarisse não me parece jogadora do nível do Osasco. Nunca me convenceu.
A lI disse…
Querido NEI,lembro-me que vc perguntou o que WALEWSKA queria dizer com a seguinte declaração:“Tanto a Juciely quanto a Carol e a Natasha têm tido desempenhos muito bons. Zé Roberto terá um problema positivo para definir o grupo antes dos Jogos Olímpicos”.
WALEWSKA elogiou as CENTRAIS do REXONA,JUCIELY e ANA CAROLINA e,óbvio,sua companheira de equipe NATASHA.
Na verdade,o "PROBLEMA"ao qual WALEWSKA se referia é em relação ao excelente desempenho das CENTRAIS do REXONA em relação ao fraco desempenho das SELECIONADAS DO OSASCO,ADENÍZIA e THAÍSA.
Se critério for "MERECIMENTO" JUCIELY e ANA CAROL acompanharão a CAPITÃ FABIANA CLAUDINO na SELEÇÃO OLÍMPICA.
Porém,se o critério for "APADRINHAMENTO",ADENÍZIA E THAÍSA terão suas vagas garantidas nas olimpíadas.
Ao passo que JUCIELY e CAROL foram EXTREMAMENTE DECISIVAS,principalmente nos play-offs,ADENÍZIA e THAÍSA não corresponderam ao ALTO INVESTIMENTO que OSASCO fez nelas,inclusive THAÍSA ganhando a ALCOVA DE PIPOQUEIRA durante os play-offs por não conseguir corresponder em momentos críticos.
O fato é que Thaísa adotou uma postura para lá de arrogante detonando adversárias e até companheiras de equipe como no trecho a seguir:"Não posso mandar uma bola dessas para fora ou tomar um toco da Carol(central do Rexona).O jogo pelo meio, com o passe estourando,está difícil.A gente precisa assumir(o jogo)um pouco mais. A Chica(Carcases)tá errando pra cacete,não pode!Nosso time é grande,não pode errar tanto. É isso o que irrita”.
Além disso,Thaísa se achava a DONA DO OSASCO e não poupava críticas a ninguém.Thaísa estava mais preocupada com chapinha,plásticas e maquiagens do que jogar em alto-nível.
Ela não percebeu que não estava correspondendo ao alto salário e não aceitou uma redução de salário condizente com seu voleibol,até por isso está fora.
Deve-se levar em consideração o MARKETING NEGATIVO dessa postura de TAHÍSA p/a patrocinadora NESTLÉ.
Morri de rir com um comentário que disse que o IMPEACHMENT da THAÍSA veio antes do DILMA.Na verdade,a ARROGÂNCIA de THAISA e DILMA são parecidas e difíceis de aturar.
Não acho que ela vai conseguir ter o mesmo comportamento em outro time,virar DONA DO TIME e ficar DETONANDO GERAL,principalmente se ela for p/o exterior onde terá que ESQUENTAR UM BANQUINHO DE VEZ EM QUANDO...
Também acho que THAÍSA vá conseguir um contrato com as CIFRAS que o OSASCO pagava a ela,e se ela não baixar a bola e topar receber um salário condizente com seu voleibol,ela não conseguirá time no BRASIL.
Acho que Osasco se cansou disso tudo... Thaísa até poderia ser a DONA DO TIME com o LUIZOMAR,mas com o SPENCER essa postura não daria certo!
Paulo Roberto disse…
Acho que a saída da Adenízia será benéfica principalmente pra ela. Como a Laura falou em Londres ela era a substituta imediata de qualquer das titulares da seleção. Lembro que muita gente até cogitava ele como titular ao lado da Thaísa. Todos imaginávamos que em 2016 ela estaria brigando pra ser titular e não pra ser reserva novamente. Se acomodou em Osasco aliada a um técnico que é mais paizão do que treinador. Espero que seja um sacode nela e que consiga uma equipe onde possa finalmente ser a central que muitos imaginaram no início t

Sobre a Thaísa é isso mesmo que a Laura falou. Ela se tornou dona do time e isso não foi legal. Passou a ser midiática demais e com um temperamento desconhecido até o último ciclo. Embora seja sim uma das melhores centrais do mundo, essa ideia de que tem cadeira cativa na seleção e no clube talvez a tenha tornado uma personalidade um tanto quanto intragável.

Quando saíram essas notícias, pensei duas coisas: primeiro - e o Luizomar? Quando vão tirá-lo? Tá bom que ele foi importante pro projeto e todo mundo conhece a história, mas os últimos resultados estão sim na conta dele! Segundo - se a Nestle resolveu reduzir os investimentos e o Praia parece não ter tanta bala na agulha assim, o que será do nível da próxima SL?
Yana Souza disse…
Vai ter de ver a thaisa de titular absoluta na selecao.. nao compare selecao com liga no brasil.. la e diferente...rsrsrs muito enfracada vc achar que carol barrara thaisa..carol n tem jogo p isso... acorda..seja mais racional...
Yana Souza disse…
Vai ter de ver a thaisa de titular absoluta na selecao.. nao compare selecao com liga no brasil.. la e diferente...rsrsrs muito enfracada vc achar que carol barrara thaisa..carol n tem jogo p isso... acorda..seja mais racional...
A lI disse…
Olha YONA,um PUM p/vc tá bom??? Quero ver Thaísa bancando muito mundo afora... Ela nunca mais será DONA DE TIME NENHUM como fez no Osasco!!!Além disso terá que engolir um salário MENOR de acordo com seu voleibol!!!
JUCIELY fez 7 pontos de BLOQUEIO e 12 de ATAQUE na FINAL DA SUPERLIGA, enquanto TAHÍSA NÃO FEZ NADA PARA EVITAR A ELIMINAÇÃO DO OSASCO NA SEMIFINAL!!!
Fala sério,seleção B sem MACRIS e CLAUDINHA e c/JUMA e LYARA de levantadoras???Isso é piada??? Piada de mau-gosto!!! MACRIS e CLAUDINHA lideraram durante toda a SUPERLIGA o ranking de levantamento e são esquecidas até para a SELEÇÃO B??? COVARDIA!!!
A lI disse…
Outra coisinha,por acaso tens MAL DE PARKINSON? Sempre tem que postar DUPLICADO,TRIPLICADO etc... Qual é o problema com seu dedinho filha? Gostaria de saber onde está o jogo da Thaísa??? Osasco também não sabe e mandou ela ralar... Simplesmente IMPECHMENT da ARROGANTE das ARROGANTES...
Paulo vc quis dizer, ela ser titular ao lado da Thaisa,em 2012?
Yana Souza disse…
Querida All, realmente vc precisa ler melhor... vc sabe que jogos internacionais sao nivel alto... Thaisa pode passar aqi sem bloquear..mas la fora qem reina e ela...imagina uma jucy ou carol tentando bloquear a Akirandeo ou uma kosheleva. Covardia..né... por isso n vem c este papo de liga no brasil nao...aqui n e parametro nao... acorda... yana, a gata.
Yana Souza disse…
All, Quanto à selecao B sem a claudinha e a macris eu concordo elas mereciam muito... agora deixa de lado a inveja que vc tem da the best Thaisa.. ne...p selecao é ela evfabiana... ponto.. fato... as outras so vao carregar agua p elas.. né..kkkk
Cas disse…
kkkkkk ainda bem que alguém perguntou... Também nunca entendi esses posts duplicados do Yona
Laura, olha aí as coisas melhorando,
Ramirez e Alex renovaram no meu praia, só falta. Wall e Michelle.
Vicente Maia disse…
Bem, os times estão se formando, se bem que bem mais lentamente que o esperado.
O Praia renovou com Ramirez e Alix, está última eu considerava carta fora do baralho, e dizem que Wal ia pro Osasco, mas o Praia vai conseguir segurá-la. Com a renovação de Wal, acho o projeto Fabiana, e também Sheilla, cada vez mais distante. Mas, nunca se sabe. O mais provável é que uma delas vá mesmo pro Osasco SE, E SOMENTE SE, este ainda estiver disposto a investir.
O time que Fabiana for, é um time realmente a ser temido. Pra mim ela é uma adversária mortal nos fundamentos ataque e bloqueio. Confesso que, PARA MIM, acho ela mais temida que Wal, Thaísa, Juciely, Carol ou qualquer outra independente de estatísticas, simplesmente porque derruba praticamente tudo que lhe passam e passar por ela é bem difícil.
Se o time do Praia trouxer a Fabiana, o que acho difícil pela renovação da Wal e Natasha, e renovar com a Michelle também, terá o time mais forte da superliga e será favoritíssimo ao título. Pra mim, para o Praia seria muito mais efetivo contratar a Suellen com líbero.
O Osasco está nessa lenga lenga e ninguém sabe pra onde vai. A torcida espera grandes contratações, mas até agora só especulações.
A saída de algumas jogadoras foi traumática: Ivna, Adenízia e Thaisa. Adê chegou com 13 anos no Osasco e nunca negou seu amor pelo time que salvou sua vida, segundo suas palavras. A saída dela pra mim seria como o Rio de Janeiro dispensar a Fabi, sendo que tem jogadoras acomodadas há mais de uma década lá e todo ano eles renovam. A Carol sabia o que dizia quando falou que tinha a honra de jogar em um time que valorizava as pessoas. Os torcedores do Osasco que me desculpem, mas achei muito deselegante todo esse clima criado. O não investimento do Osasco é preocupante porque a Superliga precisa de um Osasco forte.
O Rio de janeiro falta renovar Natália e Monique, imagino que todo esforço esteja sendo feito para tal. Se a Monique não renovar, entra Helô com certeza. Se a Natália não renovar, tenho a impressão que o Bernardinho vai colocar a Drussyla como titular, parece loucura, mas é isso que penso. Em nenhum dos dois casos ele contratará outra jogadora selecionável de 7 pontos, a "nova/velha" política do Rio de janeiro, não contratar estrelas, parece ser essa.
O Brasília parece vai se acabar e o Minas vai fazer o que pode pra ter um time bom.
Rio do Sul em dificuldades e SESI contratando sub-23.
Vejo muita gente falando que o Rio de janeiro deveria contratar uma oposta estrangeira muito cara para disputar de igual para igual com os times russos e turcos. Eu vejo as coisa de outro ângulo, acredito que a preocupação do Rio de Janeiro, e mesmo do Osasco, com o Mundial de Clubes é mínima. É ótimo ganhar um título mundial, mas não se investe aqui no Brasil para um campeonato de 3 jogos e que tem pouca visibilidade aqui dentro. Os times investem na Superliga onde podem jogar até 29 partidas durante a temporada tendo, pois, maior visibilidade para sua marca.
Mas, isso tudo são apenas ilações da minha parte.
Rah Silva disse…
Kkk Yana endeuza Thaísa demais sei q Carol e jucielly são baixas para o nível do voleibol Internacional amiga porém atualmente são bem melhores taticamente, tecnicamente e talentosamente que a Thaísa Daher até pq se vc entende de voleibol a altura é muito bom p a prática do esporte profissionalmente, mais um bloqueador tem q ser bom taticamente e tecnicamente senão vai somente subir e nem amortecer irá as bolas kkkk como sua Deuza Thaísa fez nos playoffs e quase Td essa temporada 😂😂
Do seu próprio Osasco a Saraelen jogou poucos jogos mais nos q jogou foi melhor q a Thaísa anos luz.
Pra mim essa seleção B foi o cúmulo, horrível e como sempre de lei privilegiando jogadoras q trabalham com a comissão técnica nos clubes(jogadoras do Minas), Claudinha, Macris, Pri Daroit, Ju Nogueira, Joycinha, Giovanna, Malu foram injustiçadas entre outras q n lembro agr q tiveram desempenho melhor q essas q cogitam na lista p o Montreux não desmerecendo tais atletas convocadas mais sendo realista.
A incógnita q está em minha cabeça pra onde irá Thaísa e Adenizia agora? kkkk
Rah Silva disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
George disse…
Acredito que Thaisa vá pro exterior, sempre teve ofertas altíssimas pra deixar o país. Ela era o maior salário do país e não quis que ele fosse diminuído. Já devia estar insatisfeita com o clube e não quis ficar. Duvido que outro clube no Brasil pague algo perto do que a Nestle pagava anteriormente.
Creio que uma central mais modesta de dupla com a Saraelen (que ano passado pra mim esteve melhor que Adenizia, mas foi preterida) faria bem o papel.
Espero que venha uma ponteira de 7 pontos e que a Pani trabalhe bem com a Paula, que tem um potencial incrível.
Gabriel disse…
Vicente, tbm acho a Fabiana "matadora". Pra mim, ela é a melhor do mundo, completa e faz a diferença, se estiver bem entrosada com a levantadora então...
Yana Souza disse…
Rah Silva, querido.. pelo jeito vc também não caiu a ficha que liga no Brasil não é referência não... Thaysa já mostrou que joga em qualquer lugar em alto nível... Vc realmente achar que Carol e Jucy são jogadoras que tem condições de se destacar em nível internacional é até cômico... Gata, estamos falando de volei internacional, onde só as melhores vivem... O ataque da carol na frente é péssimo e a china dela é mais ou menos... Já pensou um bloqueio postado na frente dela, como o da Hamoto? Acorda e prepare-se para bater palmas para FAbiana e Thaysa... Para a Carol ir para seleção de titular vai ter de esperar e muito, pois a Thaysa tem muita lenha para queimar na seleção...kkkk... aceita...
Eu acho que vc é a Thaisa...
Yana Souza disse…
Mesmo... Quem dera, né... se fosse não estaria aqui conversando com vcs. KKKKKKKKKK
Rah Silva disse…
O mesmo ego e arrogância tem. Isso Td mundo vê. Fanática, se juciely n fosse uma excelente Central o gigante suíço n teria a sondado 😘
Carol é tão Boa q o Bernardinho n deixa ela sair do seu elenco.
N é nem bajulando as jogadoras do rexona até pq sou torcedor praiano bjs
Rah Silva disse…
É reconhecendo q estamos bem servidos de centrais e q há melhores q a Thaísa n falando q ela n é Boa.
Rah Silva disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Yana Souza disse…
Ra Silva, desculpa, mas não concordo, não acho a Jucy e muito menos a Jucielle exemplares jogadoras de meio como Akirandeo, Hamotto, Waleusca, Fabiana e tantas. Elas não tem altura para se destacarem não... Não estou aqui para detonar as meios do Rio não, elas tem o valor delas, mas a sua comparação não faz sentido... Para um dia elas chegarem no nível de uma Fabiana ou Thaysa vão ter de ralar muito... Só não entendo porque vcs com seus clubismo não analisam as coisas como elas são no momento... O momento, no meio de rede do Brasil, é Thaysa e Fabiana... Isto é Fato. O zé roberto mesmo já falou que a Thaysa está entre as três melhores meios de redes do mundo.
Yana Souza disse…
Queria Saber qual a meio de rede em atividade no Brasil que é melhor que a Thaysa. Queridos a meios de rede do Rio joga o tempo todo com passe na mão... enquanto no Osasco sempre passe estourado, facilitando a marcação... AGORA ME RESPONDAM porque o Zé Roberto não dá a titularidade da seleção para Jucielle ou Carol... Gente, sejam mais coerentes, deixem de lado as aversões a Thaysa e analisem as coisas como elas realmente são... Thaysa e Fabiana imexíveis na seleção... Só lamento por muitos, irão bater muitas palmas torcendo pela nossas torres gêmeas... beijos da gata...
Rah Silva disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Wagner Geração disse…
É cada coisa que se lê por aqui e muitas asneiras também.
Na boa, me desculpem pelo termo, mas eu acho esse negócio de "melhor do mundo" uma tremenda babaquice. Vôlei assim como qualquer outro esporte é questão de momento, ou seja, um atleta hoje está super bem, amanhã pode estar mal. Esse negócio de melhor do mundo não existe. E mais, se algum dia existiu, Thaísa nunca foi melhor do mundo, e hoje não é diferente. E como estão falando, fato é que Carol e Juciely foram melhores que ela nessa Superliga, porém, Thaísa estava voltando de lesão, operou os dois joelhos e isso tem que ser levado em conta. Quanto à seleção, não descartaria a Thaísa simplesmente porque ela não foi bem durante a Superliga. O meio-de-rede da eleção é sim de Fabiana e Thaísa. Carol, Juciely e Adenízia que vão ter que correr para se garantirem na outra vaga, mesmo tendo tido uma boa atuação na seleção e na Superliga.
Então, aos fãs e não fãs de Thaísa, sosseguem um pouco, pois ela vai ser sim convocada para as Olimpíadas e vai ser titular, duvido que o Zé Roberto vá cortá-la, exceto que a mesma se lesione. Entendo a antipatia que as pessoas sentem por ela, pois fato é que a cada temporada ela conseguia ficar ainda mais entojada, mas não levem isso para o pessoal.
Vicente Maia disse…
Não vou entra no mérito de titularidade, mesmo porque as jogadoras que irão para as Olimpíadas já estão definidas, mas apenas comparar as centrais convocadas.

Fabiana, pra mim, é a mais completa central do Brasil, não tem pra ninguém. Bloqueia como Thaisa, ataca china como Juciely e compõe o bloqueio de forma rápida e quase tão eficiente quanto a Carol. O ataque no meio dela acho até melhor que o da Thaísa que andou “lambendo” demais a bola na Superliga.

Thaísa é nossa central mais alta, mas como não poderia deixar de ser, é mais lenta. Ela é muito boa em bloqueios parados no meio ou na ponta, então contra clubes europeus, especialmente do leste, que trabalham bolas altas e lentas, ela tem uma performance extraordinária. É só lembrar de jogos contra a Rússia por exemplo. No entanto, contra times mais rápidos e mais técnicos, como os asiáticos, ela pena muito mais que Fabiana, Carol ou mesmo Juciely por causa da velocidade na composição do bloqueio. Lembrem-se dos jogos da Superliga contra o Rio de Janeiro quando a Thompson jogou bem ou nas semifinais quando a Roberta entrou. Nesses jogos a Thaísa rendeu muito pouco, seu bloqueio chegava quase sempre quebrado porque as jogadas eram muito rápidas e ela não conseguia chegar à tempo. A Thaísa tem um saque muito bom, pra mim só perde pra Carol.

Juciely é uma jogadora mais baixa que as duas anteriores, mas é muito rápida. A china dela é imbatível e, em geral, deixa o bloqueio sem saber onde a bola caiu. E não venham dizer que é contra times baixos. Veja o Grand Prix do ano passado, ela e a Carol foram as titulares, Fabiana e Thaísa ficaram descansando, e as jogadoras do Rio de Janeiro jogaram muito bem. Aliás, a Juciely foi considerada a melhor central da competição. Saca bem, mas Carol e Thaísa sacam melhor.

Carol é uma grande promessa e vem crescendo a cada ano que passa. Tem o melhor saque de todas as jogadoras convocadas e é especialista nisso. Às vezes arrisca muito, mas quando acerta é ace ou certeza de passe quebrado. Juciely é superior no ataque tanto no meio como na china, mas Carol compõe o bloqueio muito melhor que qualquer das outras convocadas. Ainda está muito verde e não tem tanta rodagem, mas será o futuro da seleção há menos que surja algum fenômeno nesse meio tempo. Argumentos do tipo “é muito baixa” são ilusórios porque as jogadoras do Brasil são sempre baixas, ter 1,96m é exceção e não regra.

Adenízia vive um inferno astral com a saída do Osasco e nem sei se ela vai estar psicologicamente segura para as Olimpíadas. Era a central reserva em 2012, mas vem decaindo desde então. É uma central que ataca e bloqueia bem, mas a concorrência está a sua frente.

Sobre as centrais altas versus centrais rápidas. Ter altura em voleibol é tudo de bom. Quem é alto não precisa queimar no meio porque leva menos tempo pra subir, nem precisa subir muito, ou pra voltar ao solo e subir de novo. Mas a maior vantagem do bloqueio alto é restringir o alcance do ataque adversário. Quando o bloqueio é baixo, o atacante pode bater por cima do bloqueio, embora perca eficácia, e ainda assim alcançar o fundo da quadra. Nesse caso a defesa do fundo de quadra tem de se desdobrar. Jogadoras rápidas, independente da altura, compõem o bloqueio muito melhor e fecham os espaços para o ataque adversário que ficam, em geral, com opções apenas de explorar o bloqueio ou tentar uma diagonal muito fechada.

Não quero desmerecer ninguém, acho que cada uma pode e deve contribuir com seu melhor pela seleção. Tenham certeza que vou estar aqui torcendo para quem estiver jogando, aliás quero mais é que a Thaísa seja a MVP dos Jogos Olímpicos e nos brinde com uma medalha de Ouro. Se não for ela, que seja Juciely, Carol ou Adenízia.
Vicente,eu não sei de onde vc tirou essa onda de "projeto Sheila" isso só existe na sua cabeça, mais uma vez galera, vcs ficam criando espectativas merabolantes, infundadas, querendo dá furo, conjecturando e dando como certo alguns rumores sobre o aquecimento do mercado, fazendo uma leitura impirica que nada condiz com a realidade . Mais uma vez; O AGENTE DA SHEILA procurou, os times de ponta, e os citados foram PRAIA e Osasco. E não o contrário, no que ficou bem entendido no caso da filosofia contratual para esta temporada no praia, foi que, após o vice campeonato foi que a PRIORIDADE, entenda de uma vez,SERIA MANTER A BASE, acho que eu não preciso citar quem fez parte do plantel titular praiano né? Gente quem quer dá furo pelo menos se informa, e quem lhe disse a asneira de que a ida da Fabiana estaria relacionada com a saída da Wall, ou a não vinda da capita da seleção dependeria do FICO da capita praian.? Nossa que insistência, eu digo assim vicente pq vc é inteligente, e segundo a própria imprensa da cidade do Dentyl, o desejo era segurar a Base e trazer, reeditar,a dupla de centrais campeãs olímpicas 2008. Quanto a demora em assinar é natural quando se estar valorizado e se tem propostas excelentes no caso das duas,de outros clubs, e esse processo é delicado, pq tem que se chegar a um acordo que cubra a proposta do time que estar lhe assediando, e fora as contra- propostas, e a Fabiana ainda tem contrato vingente, se ela nao vier sera poque teve uma proposta bem mais interessante $$$ e nao pelo "fico" da Wall,enfim não existe projeto Sheila, isso e mera invenção, a carência do time praiano é em outras posições e a prioridade era a base que estar sendo mantida, e acaso vc acha mesmo que a diretoria do praia que é o time que mais vem investindo é amadora, vc acha que a vinda da grande Fabiana não é um sonho antigo? ou que eles não estavam já com o orçamento fechado, muita inocência mesmo a de vcs, nada tem haver, a prioridade era a base e por fim trazer a Fabiana e em conjunto fazer uns reforços pontuais como no caso da Carla de muito valor. Só nos falta uma libero, e se vier Sheila como se berram as profecias infundadas, ótimo, talvez ela faça acontecer pq vai ter de disputar posição, coisa que na primeira prova ela bancou. Gente existem proffissionais pensantes, acordem a filosofia é outra, niguém quer mais arriscar como um vôlei Futuro, um são caetano e osasco, erroneamente fizeram e no caso do último ainda o fazem. Um time campeã tem que ter casca, solidez, né só juntar um punhado de estrelas selecionaveis não. Vocês se subjulgam nesses desvaneios.
Paulo Roberto disse…
Beto, à época com a dispensa da Fabíola e a seleção agonizando no Grand Prix, Fabizona não chegou em Londres tão bem quanto a Thaísa, enquanto que a Adenízia tinha feito uma excelente SL 2011/12. Neste ponto alguns comentaristas e blogueiros sugeriram que ela poderia estar no sexteto titular. Fabizona mostrou a todos que estavam errados.
Wagner Geração disse…
Só para acabar a minha participação nessa história das centrais, a galera aqui no Brasil tem uma “babação” sem fim por essas meios-de-rede estrangeiras, porque são mais altas e etc., e acabam diminuindo excelentes jogadoras, no caso Carol e Juciely, por não serem tão altas, ou por rixa besta de clubes. Lembrem-se que Simona Gioli, em seus bons tempos, era bola de segurança tanto nos clubes onde jogava, quanto na seleção italiana e ela tem 1,85 metros, somente 1 centímetro mais alta que a Juciely. Então esse bla bla bla de “são baixas para a posição” não cola. Não só por questão de gosto, mas pelos jogos de vôlei que tenho visto, no atual momento não vejo Juciely sendo inferior a Foluke Akinradewo e Christa Harmotto nem fud#ndo. Por fim, se altura fosse sinônimo de excelentes jogadoras, até hoje Yulia Merkulova seria titular da seleção russa.
Vicente Maia disse…
Beto,
não tenho nenhum contato com ninguém do Praia e nem com nenhum agente de jogadora. Tudo que discuto aqui são notícias/comentários que vi em algum lugar ou deduções próprias a partir de informações precedentes. Tenho certeza que a diretoria do Praia é muito profissional, nunca duvidei disso, senão não teria chegado tão longe.
Em relação à Sheilla, sei que o agente dela conversou com o Praia e o Osasco, em algum post anterior até disse que era mais provável que ela fosse para o Osasco porque para o Praia seria mais interessante manter o time e trazer a Suellen para a posição de líbero. Como você estava muito temeroso da ida da Sheilla para o Praia, eu brinquei dizendo que ela iria dizer que os torcedores do Praia iriam ter de engoli-la. Coloquei “Kkkkkkkk A zoeira never ends ☺” no final para denotar que era brincadeira. Defendo que os times devem tentar ao máximo manter a base, disse isso anteriormente e acho até citei o Rio de Janeiro como exemplo.
Sobre a Fabiana, mantenho minha opinião, uma vez fechado com Wal e Natacha, não acredito na ida da Fabiana para o Praia. Veja bem, é apenas a minha opinião, e na medida do possível, nem deve ser levada a sério.
Aliás, copio aqui o que escrevi em um post “Renascimento italiano”: “TUDO POSTADO AQUI É OPINIÃO PESSOAL, QUALQUER SEMELHANÇA COM A REALIDADE É MERA COINCIDÊNCIA.” :)
Gabriel disse…
Perfeita sua análise, Vicente! Concordo com absolutamente tudo que vc colocou!
Vicente Maia disse…
Gabriel,
muito agradecido pela deferência.
Yana Souza disse…
Realmente. Amigo.. comparar jucielle c akirandeo e hamoto.. donde vc tirou isto.. a diferenca e gritante...rsrsrd
Agora sim, vc entendeu, ótimo vicente, quanto a Nataxa, ela vai ser bamco pode acreditar, e Fabiana assim como no caso da wall vira independente de Nataxao ficar ou não. Pode ter certeza. Digo e repito, Fabiana só não virar se osasco, ou quisquer time cobrirem a oferta, mas acho pouco provável, volosh pode ser tudo de ruim, mas ele sempre sabe das movimentações, nem há motivos para tanto alarde, sabemos que ela ainda tem vínculo com o sesi. Espero que de fato, tenha ficado entendido. E quanto a sheila, meu fi, fiquei um pouco pq seria a pior burrice, abrir mão de alguem pra pagar o que ela cobra, e aos fãs que discordam, já disse, motem um time e a contratem. Enfim, num tem presses projetos profeticos. Eu hein gente insistente.
Vicente Maia disse…
Yana,
nem quero polemizar sobre isso, mas a Jucy foi a melhor central, a Harmotto foi a segunda e akirandewo não ganhou nenhum prêmio individual no último encontro delas. *risos
Esses comparativos são meio complicados de fazer.
Wagner Geração disse…
Opinião sua, que pelo que aparenta, seu "problema" com ela é algo pessoal. Mas caso tenha acompanhado a temporada de ambas, você provavelmente viu que elas, Akinradewo e Harmotto, não têm essa superioridade toda que você prega. Sou mais a Juciely.

De onde tirei isso? Lá atrás, quando você disse que Juciely não está no nível delas por não ter altura para se destacar. Diferença gritante que só seus olhos enxergam. Digo e repito, altura no vôlei não é tudo.
Sinceramente, a juciele, é muito mais habilidosa, é uma central completa, tem todos os golpes. Prefiro ela, altura nem é tudo como Wagner disse muito bem, povo tem umas besteiras com essas americanas, que depois das nossas centrais tem a melhor escola, vide Dani scott que arrebentou no Brasilia, mesmo sem o físico da época do auge, e já com seus trinta e poucos anos,aki e Harmoto, mas digo, nenhuma é completa como a jucyele. Nem gosto dessas centrais pesadas européias que só atacam bolas especificas, e lá nos confins da quadra, raramente vê uma delas cravando, como as nossas, central que se prese tem que ter todos os golpes e mobilidade dentro de quadra. Nem vou citar Fabiana, wall e a Thaisa esta última, que apesar de não ser tão hábil e não ter todos os golpes (china dela é deprimente, veio bater uma chinazinha meio decente essa temporada) iguais as duas primeiras,também é matadora, estão em outro patamar. Quem não lembra da Angela Moraes, dava gosto, tinha pra ninguém, a galera tem memoria curta e só olha pras Girafas lentas do exterior.
paulo, vcs entram no inconciente popular, a Fabiana poderia ter feito a pior superliga do mundo, meu filho se acalme, num vá pela cabeça, de BV**** E GE.com,e afins não, onde já se viu, nem acho que ela esteve mal, acredito sim que a equipe dela não estivesse bem,central é quem mais sofre quando o passe não sai, olhe a contradição, mesmo com passe c no sesi ela era matadora, JAMAIS Fabiana bancaria, o bom voleibol da Adenizia nunca será o suficiente pra fazer Fabiana bancar, e outra assim como a Jack vai ter essa fase de treinamento pra se recuperar, com certeza Fabiana teve, foi quenem o mesmo blogueiro e alguns lunáticos que diziam que Fabizinha já podia vazar e dá titularidade pra camila em 2012 também, seleção é outra história, é liderança é transformador, só em certas cabeças que a grande lider Fabizinha ia bancar pruma menina só pq fez uma boa temporada, olhem o time, o passe do osasco em 20012 e comparem com o do Rexona,aliás comparem semprenpq passe bom nos ultimos tempos nunca foi o forte do time carioca, Fabi faz milagre meu fi, é por isso que gosto deste espaço, um concelho? Esqueça estes outros cetores e o que certos torcedores dizem. Inclusive eu, aiaia.ainda mais indo pela cabeça dos comentaristas da platinada, é sério isso? Veja a sheila, no Praia acho que não há espaço pro voleibol dela, até também pela questão finaceira, mas na seleção amigo, num tem pra Tandara, fulana, cicrana. É sheila, Ora, até pq só tem ela,uma vez que Joycinha foi queimada pela Dani igualmente Mari no osasco, engraçado que no último Grand pix, antes da audacia, da palhaçada do corte, dos cortes aliás Dani levantava tão bem pra lora nas inversões aí no Osasco, anulou a Lora. Jaqueira vive de pompa,Deus que me livre dela.credo em cruz.
Gabriel disse…
Gente, e a Natália, que agora o Voloch disse que talvez vá para a China?!
É uma pena, mas está ficando cada vez mais difícil manter as nossas melhores jogadoras aqui no Brasil. Se for confirmado o que está se desenhando para cada time, ano que vem vamos ter uma Superliga parecida com a desse ano, só que ainda mais fraca, triste isso.
Tomara que vá, na Ásia ela não perde, nem financeira nem tecnicamente, lá eles tem um cotidiano de treinamento muito forte. A Garay depois que foi pra lá só cresceu,ela vai melhorar muitos os fundamentos básicos. Depois das mãos do Bernado melhor destino não há pra ela.jogadora tem que viver estas experiências é benéfico pra seleção e pra ela também. Veja nosso handboll, não temos uma liga, mas as jogadoras da seleção foram pras melhores ligas a pedido do técnico pra meio que compensar e aprender,ter contato coms os melhores e olha no que deu, foi ouro, sem um investimento de respeito aqui, olhem as americanas,que mesmo não tendo uma liga profissional e o apelo da midia, ou seja patrocínio zero só estão crescendo. Enfim. Que vá. Ganhar seus 500000 dolares por lá, ainda pode fazernuma dobradinha.
Yana Souza disse…
Mas qdo jogaram entre si quem ganhou o jogo? Qal Central jogou mais... então..
Vicente Maia disse…
Se a Natália quiser ir pra China fazer esse pé de meia, seria uma boa. A liga deles termina em fevereiro, ela poderia ser inscrita na Superliga pelo Rio de Janeiro e chegaria no returno, antes dos Playoffs. Assim poderia garantir a medalha de ouro e carimbar a faixa de campeã da Superliga 2016/17. 🎉
Leo Dias disse…
Entre tantas opções de centrais e qual é a melhor para representar o Brasil nas Olimpíadas, de uma coisa temos certeza: O BETO TEIXEIRA NOVAES MARCELO é titular em qualquer seleção mundial como O MAIS CHATO. QUE MALA!
Valha gente me odeia,kkkk devo ter falado algo sobre alguma idola dele, primeiro me respeita, segundo, eu não jogo em nenhuma posição. E terceiro em respeito a minha indole, e ao Papo não vou te tratar com este vocabulário chucro ao qual vc faz uso, leitorzinho de baixo nível. Sem mais, pode esbravejar as piores onomatopéias mas pra gente sem conteúdo apenas o meu silêncio.sou mais ser chato do que ser alienado, me erra. Sem mais.
Yana Souza disse…
Leo Dias...
Tantas opções? Como assim? Não temos tantas opções assim não... Temos uma Thaísa e uma Fabiana, além delas, correndo por fora, temos, em primeiro, Jucielle, Adenizia e depois Carol do Rio... Nathasa e outras afins não tem condições de ir p uma competição internacional ainda não... Wal e Carol Gatas também não tem interesse. Então, dentre tantas opções? Não, amigo. A opção é Thaísa e Fabiana e depois, somente depois, se uma das duas se contundirem seriamente, espero que nunca aconteça para o bem da seleção, ai sim, teremos Jucielle e Adenízia na Seleção e por último a Carol... Carol bate uma china fraca e a bola de meio da frente dela não é potente e nem é muito alta... Por isso coloquei ela como a quarta central no momento... Depois que Thaísa e Fabiana saírem estamos fritos, estas duas não aparecem sempre não no nosso cenário brasileiro... Que pena... Yana, a maior gata.
Paulo Roberto disse…
Beto, nunca achei que Fabizona ia bancar pra Adenízia não. Estou dizendo o que foi comentado na época do Londres 2012, não só no BV, mas em vários sites sobre vôlei. Quanto à Camila, acho que desde 2010 ela já estava pelo menos no mesmo nível da Fabizinha sendo que em 2011/12 fez uma temporada arrebatadora. O problema (para a Camila) é que ela nunca teve o mesmo espírito de liderança que a Fabi tem. Isso pesa pro líbero.
Poise,
Análise o passe dos times,vc verá que Fabi,como lhe disse fazia milagres. Uma campanha encabeçada por Volosh e os torcedores do OSASCO. No caso das centrais séria uma piada mesmo, Fabiana bancando,ne pra Adê. Coisas dessa mídia tendenciosa.
Vicente Maia disse…
Estava vendo uma reportagem da Jaqueline à Gazeta Esportiva cujo título é “Sem clube, Jaque já aceita deixar o Brasil e jogar longe de Murilo” fiquei pensando que, mesmo sem a crise, o mercado de voleibol brasileiro está se fechando para as grandes estrelas brasileiras. Hoje, pelo ranking, temos 9 atletas com 7 pontos, como não são permitidas mais de 2 atletas por clube, seriam necessários pelo menos 5 clubes, 4 com duas e 1 com uma, para acomodar todas elas. O problema é que não temos 5 clubes com capacidade financeira para tanta gente. Os dois clubes mais ricos, patrocinados por multinacionais, são o Osasco e o Rio de Janeiro. Os outros dois clubes que podem investir alto, mas até um certo limite, são o Praia e o Minas. O Praia, ao contrário do Minas, já deve ter gasto muito pra renovar com a sua equipe e ninguém tem ideia do que ainda pode gastar. Na temporada anterior, o Osasco tinha um budget em torno 10 milhões pra gastar, mas para a próxima isso deve ser um número bem menor. O SESI é carta fora do baralho. O Bauru e o Brasília não devem estar com essa bola toda pra contratar nenhuma delas e os outros times não contam.
Essas jogadoras custam caro, Fabiana e Jaqueline ganhavam mais que o resto do time do SESI inteiro na temporada passada. Das jogadoras que estavam aqui, uma ganhava R$ 800 mil e duas algo em torno de R$ 1,5 milhões, então pouquíssimos clubes podem fazer investimento dessa monta e, mesmo os que podem, nem todos estão dispostos.
Desses times, temos.
Rio de Janeiro - já tem Gabi e se não fechar com Natália, não creio que contrate qualquer jogadora de 7 pontos – 0 vaga
Minas ainda não renovou com Tandara. Se não renovar tem chance de contratar outra – 1 vaga
Osasco já tem Dani Lins e tem grande possibilidade de contratar outra – 1 vaga
Praia pode contratar no máximo uma dessas jogadoras – 1 vaga

Tirando Gabi, Natália e Dani Lins, sobram 6 jogadoras Tandara , Thaisa, Fabiana, Fernanda Garay, Jaqueline e Sheilla para no máximo 2 ou 3 vagas, então muita gente vai ter de ir para o exterior ou continuar lá, uma pena.
Gabriel disse…
Também acho isso muito ruim, Vicente! Como disse anteriormente, está cada vez mais difícil manter nossas principais jogadoras aqui no Brasil... Óbvio que para elas, em termos financeiros e até técnicos (quando se vai para disputar um campeonato forte, e não uma liga chinesa) é muito mais vantajoso! Mas quem perde somos nós, que gostamos de apreciar jogos de alto nível na Superliga, e isso tem se tornado cada vez mais raro, são as jovens jogadoras dos times que perdem esse contato e troca de experiências com as nossas grandes estrelas, enfim, penso que se não houver mudança, teremos que nos acostumar cada vez mais com notícias da nossas melhores jogadoras indo para o exterior... :/
Yana Souza disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Yana Souza disse…
Gente, parece que o destino de Thaísa será mesmo a Turquia ou vakfbank ou fenerbahçe. Ambos estão interessados na grande Thaísa. Para quem dizia que Carol e Jucielle são melhores do que ela podem fazer suas conclusões... O Brasil não tem time para bancar o salário de Thaísa, nem mesmo Rio ou Praia Clube. Por isso o destino da mesma será a Turquia... Outras jogadoras não tão valorizadas como ela vão ficando por aqui... Eu adoro quando as coisas se encaixam naturalmente e as pessoas notam que estão equivocadas a respeito de algo... Thaísa, A MELHOR CENTRAL DO MUNDO REFORÇARÁ Fernerbahce ou Vakfbank, muito chique este título... né... Beijos da Gata...Aceita, Galera... rsrsrsrs
Leo Dias disse…
Essa Yana gosta de causar...rs. Segura a franga, ô mulher, pq senão o Beto vai te pegar. Risos. Beijo querida.
Mateus CS disse…
Se já estava difícil vencer uma Superliga com o maior investimento do campeonato, imagina agora com esses cortes que a Nestlé está realizando no time...rs.
Reitero minha opinião de que o problema do time é e sempre foi o comando técnico, ou mesmo a falta deste.

Apesar de achar a Thaísa intocável como titular da seleção ao lado da Fabiana, tenho minhas críticas em relação à sua postura. Considero que muitas vezes ela me pareceu arrogante, principalmente em suas posições relativas às próprias companheiras, como ocorreu com a levantadora Karine e, mais recentemente, a cubana Kenia. Isso segrega o grupo, desconcentra, ainda mais partindo de uma jogadora tida como termômetro e líder da equipe.

Ficaria muito feliz se pudéssemos contar com a Fabiana, o que pelo jeito não vai acontecer. Fabiana, além de muito querida pelos torcedores, é de uma paciência e zelo com as jogadoras menos experientes que se faz admirar, haja vista o suplício que a vimos passar com as levantadoras do Sesi durante essa temporada, porém os gestos e palavras em quadra eram sempre de apoio. Ela e Saraelen formariam uma dupla bem bacana, já que Adenízia também deixa o clube, para o meu espanto.

Mas com toda essa imposição de ranking e retiradas de patrocínio e baixa de investimentos, a debandada para o exterior será enorme, o que diminuirá ainda mais o nível da nossa competição.
Yana Souza disse…
Leo Dias... Nada, ja conversei com o Beto,, ta tudo bem... Apenas uma opinião... rsrsrs abraços... Leo
Mais fácil eu pegar vc Leo Dias, isso é, se for no mínimo inteligente, e quanto a Yona nem rola, só curto meninos.
Vicente Maia disse…
Hoje li uma entrevista com a Jaqueline, no blog do Daniel Bortoletto, que me deixou muito preocupado. Ela tem um problema pulmonar crônico. e não agudo, que se instalou em junho do ano passado. Desde então ela não consegue treinar, sua imunidade baixa e aí está uma boa explicação para sua performance no Pan e na Superliga passada. Ela disse que os médicos estão estudando o caso dela para adequar o tratamento, mas admite que é um processo demorado.
Eu tinha como quase certo a ausência da Fabíola, agora fico mais preocupado com essa possível baixa para a seleção. Jaqueline é uma jogadora muito importante para o esquema do José Roberto Guimarães.
Nei disse…
Sou fã da Jaque, incondicional. Torço para que fique boa o quanto antes e assuma sua condição de titular. Entretanto, devo colocar que essa doença dela pode favorecer ao que no momento parece ser o caminho natural das coisas na seleção com as competições que virão: Garay e Natália nas pontas. Não seria demérito nenhum a Jaque entrar em situação de emergência para estabilizar passe ou fazer a passagem de fundo, pois na rede o time ganha muito com a Natália, que tem bloqueio excelente e tá atacando muito, além de ser uma peça nova na seleção, menos marcada. Será caçada no saque, mas se corresponder como no Rexona será só alegria para nós.
Pelo o que o Zé falou, já sabia que coisa boa não vinha por aí.
Vicente Maia disse…
Pois é, quando o José Roberto fala alguma coisa, eu sempre procuro ouvir nas entrelinhas. Quando ele disse que tinha mandado o médico da seleção correr para o hospital e acompanhar de perto, eu imaginei que o caso da Jaqueline era mais grave do que se estava anunciando. Ainda bem que a seleção tem Natália e Gabi.
A minha quase certeza que a Fabíola não vai, se deve a duas coisas. Primeiro a posição inicial dele que a possibilidade dela ir para as Olimpíadas era muito pequena, embora ele tenha mudado um pouco o discurso depois. A segunda foram algumas entrevistas da Roberta e do Paulo Cuoco (agora acertei o nome!). O José Roberto procurava uma terceira levantadora mesmo antes da gravidez da Fabíola porque ele queria ter uma carta na manga. Ele testou, principalmente, Naiane, Macris e Juma. A Roberta foi a escolhida há já algum tempo e ele se comprometeu com ela. Quando ele soube da gravidez da Fabíola, se apressou com o treinamento dela. Na verdade houveram dois erros aí. Já que ele achava que ela seria a reserva, deveria ter usado ela como titular no Sul-americano inteiro. O segundo, deveria ter acertado com o Bernardinho para sacar a Thompson e colocar ela como titular no resto da temporada da Superliga. A seleção é mais importante que o time do Rio de Janeiro. Agora a gente corre o risco de ter uma levantadora reserva da seleção, que vai ter de entrar e jogar em algum instante, que nunca foi titular nem no seu time e não tem rodagem. :(
Nei disse…
A situação da Roberta não será das piores na seleção porque ela não carregará o peso da titularidade. Entrará em inversões e terá à disposição jogadoras de alto nível, que viram bolas. O mais difícil para mim é o entrosamento fino com as meninas.
Rah Silva disse…
Meu amor MENOS kkkkk
A nossa capitã é bem melhor q a Thaísa vamos ser sinceros né chega de hipocrisia. Rio e Praia não quiseram a Thaísa não está nos planos dos respectivos clunes. Para de bajular e encara a realidade com sinceridade amor. Se toca.
Rah Silva disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Wagner Geração disse…
Pois é, né! Muito bom pra ela. Mas é uma pena que a "melhor central do mundo" na última temporada jogou menos bola que duas "baixinhas" de 1,84 e 1,82 metros. Como o esporte é coisa de momento, aí ela já não seria mais a melhor central do mundo. Para o bem dela e principalmente para o bem da seleção brasileira, espero que ela volte a jogar em alto nível até o início das Olimpíadas, pois a seleção precisa muito dela.
Seria tuberculose o problema da Jake???
Guilherme, pode ser uma tuberculose, acho que deve ser daquela em que se cria água, secreção na pleura, um estagio mais grave da TB,sei lá,pelo que li e pela gravidade...o ruim é que o tratamento é muito lento mesmo, gente as vezes nos desentenmos por aqui mas em uma coisa acho que todos concordamos, a Jack é uma GUERREIRA, sempre com problemas físicos e se superando, acho que demtro do esquema tático ainda mais agora sem a Fabi, ela é nossa jogadora maos valiosa, peça chave pro nosso jogo fluir, FORÇA GUERREIRA.
CEAB disse…
Thaisa já não é a melhor ha alguma temporadas... Pra ser mais exato, desde o ultimo título do Oz, depois disso Jucy, Carol e agora Wal estão com tudo. Aí os Fãs da Thaisa podem falar: Mais não tinha passe, como a Thaisa iria mostrar seu potencial? Eu respondo, A Fabiana não tinha passe e nem tinha uma levantadora descente e mesmo assim era a bola de segurança da Pri Heldes. Concordo com o Wagner, volei é coisa de momento e, Infelizmente, a Thaisa é intocável na Seleção. Gosto da Thaísa como Atleta(principalmente quando perde pro RIO), mas como pessoa não consigo aturar. Na seleção é hora de esquecer os clubes e torcer pelo Brasil, espero que independente de quem estiver como titular, o Brasil vença e conquiste mais um ouro olímpico.
Yana Souza disse…
Equivocado seu comentario.. nao adianta vim falar q fabiana fazia milagre c passe c... olha o vexame do sesi...pelo jeito nem a fabiana consegue virar jogo o tempo todo com passe ruim.. ne... olha o jogo da thais na selecao.. passe a o tempo todo... incrivel seria se uma juci ou carol conseguisse jogar c passe qebrado.. jamais. Daria tudo p ver a cara dos que dizem que a thaisa n joga bem qdo ela tiver de titular absoluta na selecao...rsrsrs.. bora Brasil...
Mantronix Inc disse…
Nei vc tem os melhores comentários desse Blog, continue assim.
Wagner Geração disse…
Existe uma diferença muito grande em "não joga bem" e "não estar jogando bem". Acho que todo mundo aqui reconhece o devido valor que Thaísa tem como atleta, suas qualidades e etc. Todos sabem que ela em forma é uma excelente central. O que estamos enfatizando por aqui é a sua atitude em diminuir excelentes centrais somente pra enaltecer a sua preferida. Seja um pouco imparcial e sensata e saiba reconhecer que a sua atleta preferida não fez uma boa temporada e jogou abaixo das demais citadas, e isso não foi por culpa do passe do Nestlé/Osasco.
Sobre o que o CEAB disse, de Fabiana conseguir jogar com passe C e Thaísa não, isso é notório. Isso aconteceu no SESI por três temporadas seguidas. Mesmo quando o passe não estava em condições ideais, Dani Lins, Carol Albuquerque, Claudinha, Pri Heldes e Carol Leite, todas forçavam o jogo com a Fabiana, sem medo de errar e ela sempre conseguia se destacar no ataque, virando verdadeiras jacas. Isso não acontece com Thaísa, porque quando ela recebia bolas ruins, ficava queimando as levantadoras. Inclusive chegou a fazer isso em rede social. E fez isso também com a Diana na temporada 2014/2015, quando a Dani se machucou.
Sobre Jucy e Carol conseguir jogar com passe quebrado, a temporada 2013/2014 te manda lembranças. A linha de recepção do Rexona (com Mihajlovic, Gabi e Fabi) era uma das piores de toda a Superliga, e mesmo assim as centrais foram bem.
Sobre Thaísa de titular absoluta na seleção, eu quero mais é que isso aconteça, pois vai significar que ela vai estar jogando mais bola que as demais, e isso será muito bom para a seleção. Se estiver ruim, tem mais é que comer banco e ceder a vaga para quem estiver em um melhor momento, seja Adenízia, Ana Carol ou Juciely.
Nei disse…
Oh, Mantronix Inc, muito obrigado pelo elogio. Fico lisonjeado. Mas há muitas pessoas que fazem comentários bem interessantes também. Há muita sensatez neste blog. Muita paixão e bom humor, mas sensatez também. Rs.
A lI disse…
Fala sério,sem patriotada nenhuma,p/mim as MELHORES CENTRAIS DO MUNDO são SÉRVIAS:
-Jovana Stevanovic 1,92m: MELHOR CENTRAL DA CHAMPIONS LEAGUE 2016;
-Milena Rasic 1,93m: MELHOR CENTRAL DA CHAMPIONS LEAGUE 2015;
-Natasha Krsmanovic 1,88m: MELHOR CENTRAL DA CHAMPIONS LEAGUE 2015.
PASMEM!!! JOVANA BRAKOCEVIC oposta de 1,96m está de volta!!!
Não interessa quem vai ser reserva ou titular,tanto BRAKOCEVIC 1,96m quanto BOSKOVIC 1,93m são opostas espetaculares,é claro que vai rolar inversão do 5x1 direto nesse time.Com esse poder de fogo todo,a SÉRVIA com BOSKOVIC e BRAKOCEVIC tem a melhor inversão do 5x1 do mundo!!!SÉRVIA é um time dificílimo e vai sair do RIO com MEDALHA, Não há dúvida!!!
Ponteiras: Brankica Mihajlovic 1,90m e Jelena Nikolic 1,94m
Levantadoras: Maja Ognjenovic 1,83m e Bojana Zivkovic 1,86m
Rafael Grapper disse…
Aline, já saiu a convocação da Sérvia e a instável Bracocevic não faz parte da lista. Das 3 centrais citadas por vc, a Stevanovic evolui a cada temporada mas ainda é muito nova, será um monstro de central, não tenho dúvidas. A única da minha lista seria a Rasic, essa faz frente a Fabiana, Thaísa (na sua melhor forma, ou seja, jogando pela seleção) e Akirandewo.

Rafael Grapper disse…
Correção: vi que o técnico sérvio incluiu a Bracocevic na lista. Boa sorte a ela! Brigará pela titularidade com a jovem Boscovic, pois as demais opostas não terão chances.
Yana Souza disse…
Vc esqueceu a thaysa... mvp em varios campeonatos internacionais..
Yana Souza disse…
Amigo...thaisa ja foi mvp em varios torneios internacionais alem de melhor block... ela nunca bancara p pequenas do rio... mesmo em sua pior fase.. vai ser titular da selecao... rsrsrs... acho incrível vc qerer colocar duas meios razoaveis no nivel de thaisa... olha se walewsca aceitasse a convocacao do ze...juci. carol e adenizia nem estariam em saqarema... amigo... fato e que a unica q poderia colocar fabiana ou thaisa no banco nao quer mais selecao.. walewsca... beijo da gata.
CEAB disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
CEAB disse…
Perfeito seu comentário Wagner...
Thaisa ja jogou muita bola, mas nas últimas temporadas tem caido de rendimento. A Operação no Joelho pode feito isso com ela. Mas detonar companheiras de equipe e adversárias nao é legal, por isso muitas pessoas nao gostam dela. Abraço.
Nei, socorro,
Tive um pesadelo, sonhei com a Fabiana no Minas.
Wagner Geração disse…
MVP em vários torneios? Cite aí esses vários torneios. Me recordo do Grand Prix de 2013. Se estiver falando de seleção adulta, só me recordo desse. Não estou querendo colocar nenhuma jogadora no nível dela, pois a partir do momento que ambas conseguem se destacar no mesmo campeonato, o nível delas já é o mesmo. Lá atrás você citou o jogo entre EUA x BRASIL pelo Grand Prix 2015, e disse que nesse jogo Harmotto foi melhor que as meios Jucy e Carol, que ela é superior a elas (mesmo Jucy tendo ganhado o prêmio de Primeira Central e Harmotto o de Segunda Central). Já que você quer comparar por jogos, podemos dizer que Jucy e Carol são melhores que Thaísa, pois nos últimos confrontos entres elas, as meios do Rexona levaram uma larga vantagem, ou seja, isso tudo usando os argumentos que você própria usou para desmerecer as centrais do Rexona (provavelmente por não gostar delas). Mas diferente de você, eu sou sensato, e não vou usar esse critério ridículo, pois um único jogo não define quem é melhor.
Entenda de uma vez por todas que vôlei, assim como todos os esportes, é questão de momento. Hoje um atleta está bem, amanhã não. Não sei qual o problema que você tem em admitir que Thaísa não foi bem na última temporada. Eu não estou querendo desmerecê-la, e muito menos enaltecer outras em cima disso, é somente um fato, que qualquer pessoa que entenda de vôlei e tenha acompanhado a última Superliga pôde constatar. Ok, ela operou os dois joelhos, isso tem que ser levado em consideração.
Sobre Walewska, eu concordo com você, ela foi de longe a melhor central da última Superliga. Se ela aceitasse voltar pra seleção, com certeza brigaria pela vaga de titular.
Leo Dias disse…
Eu vou te socorrer beto.
Melhor central se chama Fabiana Claudino, forte, ÁGIO, tem, e sabe faze todas a jogadas,diferente da limitada, daquela que tem mobilidade reduzida dentro de quadra; Thaissa, que nem uma china sabe bater, e o pior é que tinha a "melhor" levantadora do país pra servi lá. Fala sério Fabiana graças ao seu talento nato se virava com aquelas jacas dela no sesi, mesmo com aquele passe C, agora querer comparar aquelas aspirantes a levantadora deste ano do elenco paulista é foda.Aquele povinho do elitedovolei, devem ser fãs recentidos daquela lá que atente pelo nome de cobra, a "melhor" levantadora de todos os tempos. Só podem...aqueles aspirantes daquele site do face tiveram a cara de MADEIRA de colocar a MAESTRA FOFAO ao lado da PANE e equipara -lás, dizendo que se tratava de duas excelentes levantadoras. Vou dizer é muita contra informaçao dessa gente que acha que tem conhecimento de causa pra dá pitaco, pq não se trata de opinião e sim de fatos, esse povo acha que por ter um espaço pode deturpar a HISTÓRIA, bando de recalcados. Não me importa quem foi a melhor, pra mim o mais importante é ver que a HISTORIA glorificou, se não a melhor, pelo menos a Mais competente, a mais completa. Durmam com essa, elite do nada. E detalhe, com certeza as cetrais do Rexona estão muito melhor que a limitada, a namoradinha do badboy, a que foi dispensada do osasco como é o nome mesmo, deixa eu pensar... Thai, Thaisa né? Kkk.BRNKS. As coisas veem pra nós por ressonância. Dai o pq da imagem desgastada da gata.#chatonilda.
Venha leo... ande meu fi pq se este pesadelo se confirmar...
Bom pro Minas, time pelo qual twnho um imenso apreço, mas meu PRAIA que perde. Fabiana é a jóia que falta rumo ao lugar mais alto do pódio. E aí Nei será hein homi? Meda.
Vicente Maia disse…
Wagner Geração,
corroborando com o que você escreveu, atletas de vôlei e, em geral e principalmente em esportes coletivos, podem ter variações grandes em performance até mesmo em uma mesma partida. O rendimento de uma atleta de vôlei depende de vários fatores como físico, psicológico, período do mês, frieza, concentração, entrosamento com seus pares e até a performance do seu adversário. O momento é tudo.
As duas centrais do Rio de Janeiro, no início do campeonato, não renderam tão bem no ataque por causa do entrosamento com a levantadora americana. Na primeira partida do Rio de Janeiro com o Praia, a maior pontuadora do Praia, Alix, foi completamente anulada. Na partida final, a marcação do Praia sobre a Natália fez com que seu rendimento fosse muito abaixo do normal nos 2 últimos sets. No Sub-23, Rosamaria foi a MVP, mas teve uma performance muito abaixo na SL, talvez devido ao técnico que não é um grande formador de novos talentos. Ainda no Sub-23, Naiane era pra ser a titular, mas Juma estava em um momento melhor. Aliás Drussyla, Milka e Saraellen se destacaram e não entendo porque Milka não está em um time grande, o Bernardinho poderia levá-la para ser a sucessora da Juciely. Ela é alta, magra, forte, veloz, bate e bloqueia muito bem. Ei Bernardinho, acorda aí!
Vicente concordo em grande suma com o que vc disse...
Atleta de ponta, que joga em club grande e um vôlei moderno não pode ser tão supcetivel a condições climaticas, pelo amor de Deus... e a mentalidade do vôlei feminino está mudando, se este seu comentário fosse há um certo tempo atrás eu concordaria com todos estes fatores, mas eu fico analizado as grandes potências olimpicas e já não observo mais a influência de certos fatores... e quanto ao Psicológico vc nota a mudança nesta conceito quando assiste a entrevista que Gamova deu para uma agência brasileira há alguns anos dizendo que um atleta de ponta, para ele, não basta ter a melhor forma física e técnica, não basta ser o melhor, tem que acima de tudo, ter auto controle emocional,você não lembra das vitórias, viradas épicas nos mundias 2006/10,antes disso mesmo em 2004, todos contra nossa seleção? E né só no vôlei ou apenas foi com nossas meninas não, realmente existem vários exemplos e, em outras modalidades. E hoje em dia quem vive este fator psicologico aqui no Brasil, essa filosofia,mesmo que tardiamente é a equipe do REXONA.Como todos sabemos elas jogam bem com o placar na frente, ou seja dominando as parciais e melhor ainda, como já vimos atrás, desfavorável.enfim, o vôlei tem mudado, e nossas atletas parecem estarem, mesmo que aos poucos absorvendo esta filosofia esportiva, isso irá ficar mais evidente nas próximas gerações, observamos tais mudanças na seleção HISTORICA de 2008 depois demos uma oscilada o que é mormal, e agora o que se espera são só melhorias, todo este atraso pisicofilosófico é fruto da de descaso de uma nação que não sabe, não conhece a importacia da filosofia olímpica para o seu crecimento, para a mentalidade do indivíduo e a importância do esporte na vida dos seus cidadões, caso da nossa pátria amada. Infelizmente estamos ainda, muito atrás. Porém o bom é que mudanças já são observadas nitidamente.
Vicente Maia disse…
Essa equipe do Rio de Janeiro é um paradigma difícil de explicar. Como explicar um time com jogadoras bem mais baixas, praticamente sem nenhuma estrela da seleção, que contrata jogadoras apenas medianas, mesmo as estrangeiras, mas que chegam lá e se transformam? Os exemplos são muitos. Mihajlović chegou lá gorda, lenta e sem muita técnica. Saiu de lá para brilhar no mundo. Em tempo, ela é muito agradecida ao Bernardinho, já disse isso em entrevista. Natália chegou lá desacreditada, sem saber nem se iria continuar jogando vôlei, uma jogadora limitada que só sabia fechar os olhos e dar porrada. Levou tempo, mas ela conseguiu chegar lá. A terceira levantadora, Giovanna, agora está em alta e a reserva virou titular depois das atuações nos playoffs. Alguém acha mesmo que Carol, Juciely e Monique estariam jogando o que estão jogando se estivessem em outro clube? Não vou citar Gabi porque ela é uma jogadora fora de série e estaria em ascensão, claro que não tão rápida, em qualquer outro lugar. Aliás, ela é a queridinha dele, sua menina-dos-olhos e a que ele corre mais rápido pra renovar porque ele acha que ela ainda está muito longe de atingir seu potencial máximo.
Quando o Osasco fez aquele corte no seu elenco de jogadoras eu fiquei pensando, o que estariam jogando hoje as amaldiçoadas Ivna, Adenízia, Lise, Suelle e Carcasse nas mãos do Bernardinho? Provavelmente estaríamos falando delas e comparando-as às melhores do mundo. Estaríamos contrariando Yana argumentando que Adenízia, depois de uma temporada dando tocos em Thaísa e ganhado o título de melhor bloqueadora da SL, merecia ser titular da seleção. Brincadeira Yana. *risos
Sou muito contrário aos rompantes do técnico do Rio de Janeiro, mas respeito muito seu trabalho, por sinal estou pensando em comprar seu livro pra ver se descubro alguma pista do seu segredo. Não sei o que ele faz, se hipnotiza as meninas, se as motiva, sei lá. Só sei que funciona, elas entram em quadra e rendem como nunca renderam na vida, melhores a cada partida, e o mais importante, não amarelam nem sentem a pressão.
Em tempo, parece que tá difícil fechar com a Natália, o Rio de Janeiro fixou um limite de 900 mil reais como máximo por jogadora e o mercado europeu paga até meio milhão de euro, em torno de 2 milhões de reais, para uma temporada. A China também está na jogada, então não sei qual será o desfecho.
Gabriel disse…
Realmente, essa frieza e autocontrole sempre foi o ponto fraco da nossa seleção e dos atletas brasileiros em geral. Como o Beto citou, o time do Rexona tem essa característica que nos falta, e isso que o torna tão letal. E como já li em algum comentário, o Bernardinho absorve toda a pressão e estresse pra ele mesmo, enquanto suas jogadoras em quadra permanecem frias e concentradas, é interessante. Um outro exemplo de que esse controle é fundamental foi no jogo contra a Rússia em Londres, 13x13, a Fabiana erra uma china (que ela dificilmente erraria em uma situação normal de jogo) a Rússia vira o jogo após o erro da nossa capitã, e a Sheilla assume todo o controle naquela situação no momento em que todo o time se mostrava inseguro, o resto da história todos já sabem...
Gabriel,
Acho que foi há alguns postes que fiz este comentário, o Bernado, que se desgasta, que absorve toda pressão, as meninas só cabem colocar em quadra o que ele pede, a carga, o descontrole emocional fica por conta dele. Sem falar que no dia dia ele já impõem uma grande pressão, então as pressões externas são fichinas.
Quem não aguenta o dia dia com pressão pede pra sair....
Vicente, ouvi dizer que o teto no Rexona é bem menor, só uma super valorizada Natália pra ganhar isso "tudo"
Pq lá quem ganha bem, é a comissão técnica, que com um material humano bruto modesto, formar atlestas de ponta e tranforma suor em ouro.
Mas nunca iremos saber, é muito disse me disse nos bastidores, são apenas boatarias que pegamos daqui e dali, não dá pra realmente saber, mera especulação, não podemos ser categóricos, fato é que a principal estrela do time é o técnico e sua comissão, pois eles conhecem o caminho das águas, são especialistas em ganhar superliga e transformar atletas.
Vicente Maia disse…
Exatamente Gabriel, eu na oportunidade até citei o caso da Monique que bateu uma bola no bloqueio da Carcasse e o juiz marcou fora, ela foi discutir com o árbitro, o Bernardinho mandou ela se afastar e foi ele discutir com o árbitro. O time nunca briga, discute ou entra em conflito com a arbitragem, o técnico sempre. *risos Não sei como ele faz isso, mas a seleção toda deveria ser fria como o time do Rio de Janeiro.
Aliás, achava que o Marcelo Mendez deveria ser o técnico da seleção masculina e o Bernardinho da seleção feminina. #prontofalei

Off topic hoje estreia Game of Thrones :)
E outra vicente, só se for agora pq até pouco tempo, a própria Leila afirmou que ele corre primeiro pra pegar a coringa, a REGIS, e quanto aos ropantes é o estilo dele, tá ali quem quer aprender, melhor ele daquele jeitinho chiliquento do que o Zé com aquela cara nogenta, que quando quer chama de burra, e hostilizar... o Bernado pode ser chato mas ele não transmite hostilidade e nem ódio, como no caso Claudinha, e tampouco fala de bumbum de jogadora, no caso de um jogo do extinto amil quando ele mesmo se referia a forma como se defendia a bola da Garay, ele detona uma só no olhar, ele é conhecido por suas brigas pessoais com as jogadoras. E ao menos ele, Bernado,forma campeãs, presta um serviço, faz um EXTRA pra seleção feminina neste sentido, pq o acomodado do Zé só sabe trabalhar com estrelas, atletas formadas. E ainda arranja confusão no âmbito pessoal, acho uma bobagem, o Carpol sempre foi chiliquento e só ouvimos cair elogios da boca das jogadoras em relação a ele, que muito fazia por elas, não trabalhava só na seleção, até os contratos ele corria atrás pra elas, era visto como um paizao,e aí de quem mexesse com suas meninas. assim como Bernado, acretito que também tá sendo visto por essa nova geração. Respeita o homem, ele Poooooodih, kkk Como disse essa pressão é benéfica pras eventualidades dos jogos. Tem muito de estratégia pq só o fato de conviver com a busca pela perfeição por parte dele, o resto nem faz cócegas.
O Gabriel se refere a uma postagem bem antiga vicente, o caso Monik foi recente, esse assunto é recorrente, não é de hoje que se observa isso no Bernado.
Rah Silva disse…
Bia assinou contrato com o Volei Nestlé está certa para a temporada.
Osasco agr está assim:
Levantadora: Dani Lins
Oposta: Ana Paula Borgo
Ponteiras: Gabi e Clarice
Centrais: Saraelen e Bia
Acho q poderia trazer uma ponteira 7 pontos(Jaqueline) e Tandara está quase certa com o time porém prefiro Paula Borgo na titularidade.
Rah Silva disse…
E tbm uma ponteira estrangeira jovem tipo a Paola Egonu é jovem, talentosa e n deve ser tão cara.ainda n jogou fora da Itália como a Caterina Bosseti quando veio ao time.
A clarice é pra rir, eu nem sei pq trouxeram a Bia, osasco tem medo de investir nas suas jovens centrais, o povo tem memoria curta, mas já vi na temporada acho que retrasada Marjory entrando e jogando, pontuando horrores, ela com saraellen estão de bom tamanha. A proposito, Marjory ainda está nesta equipe?
Vicente, o que pega todos os furos, rs... sabe nos dizer?
Se Natalia sair, Bernado tem que trazer a Oposta sérivia, a Geovana que voltou e numa belissima forma fisica. Seria o máximo. E pode ser viu, do jeito que pra ela o mercado não tá favorável, tá barata pq veio de uma grande pausa....
E ela que com certeza só ouviu, aliás viu a ascensão da Mihha depois que passou pelas mãos dele.
Sérvia * rsrsrs....
Vicente Maia disse…
Beto,
até onde sei a Marjorie ainda não renovou, mas não foi liberada. Ela não tem postado nada sobre isso no twitter. Como tem contrato até maio, ainda tem tempo. Acredito que ela renove, a irmã vai pro Rio de Janeiro.
Vicente Maia disse…
Beto,
achei que o Gabriel estivesse se referindo a essa vez. *risos

1/4/16
Vicente Maia disse...
...
TÉCNICO
Bernardinho - Sinceramente, acho que o Bernardinho é o oposto do seu time. O time é frio, sereno, calmo, não é afetado pela pressão e parece jogar melhor quando está atrás do placar. O técnico é o contrário. Esbraveja, briga, grita, fica nervoso e dá piti, mas isso não afeta o time. Ele parece carrear para si todo nervosismo, toda angústia e toda carga negativa que poderia afetar seu time.
Nessa semifinal contra o Osasco, a Monique bateu uma bola que espirrou no bloqueio, o árbitro não marcou e ela foi discutir com ele. Imediatamente o Bernardinho a mandou ela se calar e foi ele discutir com o árbitro. Quando a Gabi começou a jogar com ele, lembro que em uma oportunidade, ela levou três tocos seguidos. O Bernardinho parou o jogo e deu um esporro nela, certo? Não, ele deu um esporro na Fofão e mandou ela melhorar a levantada. Todo mundo sabia que as levantadas tinham sido boas e que a Gabi era quem tinha errado, incluindo ela mesma. Mas ele não reclamou dela. Apesar de tratar as jogadoras com mão de ferro, ele tem toda uma técnica para tratar com elas, quem pode levar esporro e quem não pode faz parte da psicologia que ele aplica. Seja lá quais forem as técnicas que ele usa, elas dão resultado. Ele consegue pegar um time 5cm mais baixo que o principal adversário, sem nenhuma estrela (ok, Fabi ainda é uma estrela), com um banco com jogadoras de base, com um investimento muito menor e fazer desse time um time vitorioso. Não é atoa que um percentual expressivo das jogadoras sonha em treinar com ele.

1/4/16
Laura disse...
Vicente, adorei sua análise sobre o Bernardinho e o comportamento do time em quadra, como são opostos. E o trabalho que ele faz com as jogadoras é muito bom, coloca-as sempre no seu melhor. O Zé Roberto, aliás, tem muito a agradecer a ele.

Rah Silva disse…
Sim ela ta voltando da gravidez n deve ser muito cara, e seria Boa experiência a Jovana Brakocevic joga muito.
Kkkkkkkkkkkkkkkkķķkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Detalhe,
Vicente, não.... poxa, Fabizinha nunca deixará de ser estrela meu.
Vicente Maia disse…
Fabizinha? É mesmo, sempre será a rainha do fundo da quadra mesmo. :)
Gabriel disse…
Era desse comentário que eu estava me referindo mesmo! Muito interessante, nunca tinha observado isso! Interessantes tbm o O Beto acrescentou com relação a diferença entre ele e o Zé! Os dois esbravejam, xingam, mas em situações diferentes. Fora que realmente o Zé mesmo não sendo tão enérgico quanto o Bernardo, já teve mais problemas pessoais com as suas jogadoras.
renato teixeira disse…
Sempre, é pq vcs só analiazam o momento, um atleta de ponta vive , consegue chegar ao seu ápice, uma estrela, um crak de bola, um jogador fora do comum, acima da média chega ao seu ápice e ainda assim, mesmo quando não mais apresenta seu melhor, se diferencia por estar acima dos demais da, média.
Pois num é Laurita,
O vicente com sua inteligência, conseguiu sintetizar bem o que já foi discutido aqui por geral em um antigo post, e ilustrar bem com o caso da Monique, o que "EU" já tinha falado sobre o comportamento estratégico, e benéfico do Bernado para com o seu time e como isso reflete na concentração do plantel.
Outra coisa seu Vicente,Bernado sempre trabalha com excelência quando não tem no seu plantel vinculos familiares. Por isso que temos a falsa impressão que ele trabalha melhor com o feminino, mas olhe para historia por si só, e veja. Quando na seleção feminina ele era casado com a venturine e agora na masculina tem seu filhote, fora as predileções afetivas que se evidencia, nas seleções.Mas no ganha pão dele, os clubes ele não arrisca não, só joga quem tem bola, mas no berço da vaidade dele, leia se seleção, seja masculina ou feminina...
Yana Souza disse…
Estava aqui revendo alguns mundiais e olimpíadas na qual a minha the best Thaisa arrebentou... Muitos bloqueios ofensivos e muitos ataques mortais... Que se repita esta garra e altruísmo da Thaísa com a nossa seleção em 2016... Certeza que a melhor central do mundo, na minha modesta opinião, será peça fundamental para mais uma vitória olímpica... Vamos observar o Grand Prix para confirmarmos quais serão as centrais titulares do Brasil... Quem sabe o Zé Roberto barra a Thaísa e Fabiana e coloca Jucielle e Carol como as duas centrais titulares da nossa seleção... UM ALERTA: Jogos internacionais e superliga do Brasil tem uma diferença muito grande. Thaísa me lembra muito a águia, que é símbolo de força, altivez e inteligência... I loved Thaísa.
George disse…
Wal confirmada no Praia. Acho que a Natasha não ia aceitar renovar, caso não tivessem prometido titularidade a ela. Nesse caso, não sei a quantas andam as conversas da Fabiana com o clube.
No osasco, ao que parece, a dupla deve ser Saraelen e Bia. Uma dupla muitíssimo mais barata que a anterior. Admito que preferia a Marjorie do que a Bia, mas veremos como se saem.
Yana Souza disse…
George: tem alguma notícia sobre as pontas do Osasco... Será que Gabi e Clarice vão ser as protagonistas na entrada de rede... Penso que deverá vir pelo menos uma ponta matadora...
George disse…
Yana, acho sinceramente que eles estão esperando os campeonatos acabarem (russo, italiano e turco) para confirmarem algumas negociações. Acho que Osasco deveria sondar a Fe Garay, mas acho difícil voltar esse ano com o salário e a importância que ela tem no Moscow (sempre como segunda pontuadora do time - atrás da Goncharova apenas).
Difícil acreditar em uma dupla Gabi-Clarisse como titular. Acho que vem pelo menos uma estrangeira de força pra dividir com uma das duas.
Pois é, tô com uma pulga atrás da orelha, Fabiana se não tiver nenhum pré contrato com o Praia, esta em aberto no mercado e como o técnico do Minhas faz parte da comissão da seleção, com certeza tem um bom investimento e um grande assédio em cima dela. Nataxa, não se incomoda de ser banco nem se iludam, além do mais a gata só gosta de jogar em clube grande, e qual club dos ditos grandes teriam, a queriam em seus elencos? Ela fica e felissima sendo reserva da Fabiana. O "fico" dela não está associada a não vinda de quem quer que seja na verdade.
Nei disse…
gente, acho que hoje às 23:30, no sportv 3, vai passar a semifinal brasil x rússia de londres 2012. será que tem como alguém gravar pra postar no youtube depois? eu gravaria, mas meu dvd que grava quebrou.
Gabriel disse…
Yana, a Tandara está em negociação, acho que seria pra jogar como ponteira, se deixarem Clarisse e Gabi como pontas será a decadência total do time, acho ambas limitadíssimas. Parece que o Piacenza da Itália confirmou tbm que Osasco estaria em negociação com a ponteira holandesa Meijners, vamos aguardar. Falando em Osasco, saiu mais alguma notícia sobre a possível participação no Mundial de Clubes?
Nei.... se desse gravaria pra vc....
Nei disse…
Beto, valeu. Gravar para nós, né? rs. E errei, é o jogo das quartas de finais.
Pra você meu rei....
Gente com sono, não sei se aguento assistir todo, tempos bons o da galera zumbi...muito sono.
Vicente Maia disse…
Yana,
já que você zoou a gente falando que a Thaísa era altruísta, altiva e inteligente, agora é a vez da gente zoar também. *risos
Não quero contudo, desfazer da Thaísa. aliás quero que ela arrebente nessas Olimpíadas, seja a MVP e traga a medalha de ouro. MESMO PORQUE, QUERO QUE A TERCEIRA CENTRAL SEJA A JUCIELY.
Mas, a Carol... Ah, a Carolzinha é uma pessoa muito querida, muito simpática, muito carismática, muito gentil, atende a torcida com paciência, joga com alegria, tá sempre feliz e com um sorriso no rosto, Ah, e sabe dar entrevistas. Só quem não gosta dela é a torcida do Osasco, mas nem poderia gostar, a mulher é algoz do time deles.
Ela é a melhor bloqueadora da atualidade, os números não nos deixam mentir. A Thaísa foi a melhor em várias oportunidades e reinou longamente, não resta dúvida, mas isso foi no tempo pré-Carol. Hoje só dá a baixinha. ☺

2ª Melhor Bloqueadora da Superliga Feminina de Vôlei 2013-14
Melhor Central do Campeonato Mundial de Clubes de 2013
Melhor Bloqueadora do Montreux Volley Masters de 2014
Melhor Bloqueadora da Superliga Feminina de Vôlei 2014/2015
Melhor Bloqueadora do Campeonato Sul Americano de Clubes 2016
MVP do Campeonato Sul Americano de Clubes 2016
Melhor Bloqueadora da Superliga Feminina de Vôlei 2015/2016
E muitos prêmios mais virão. ☺

Será uma pena a saída da Thaísa do Brasil porque a coisa mais divertida da Superliga era ver a Carol dando toco nela em todo jogo. Mas lá fora, tenho certeza que a Thaísa vai fazer muito sucesso, afinal a Carol vai ficar por aqui, né? *risos
Bem, nada contra a Thaísa, mas a gente gosta mesmo é da Carol. Entendeu? Tanto que se ela algum dia for pro Osasco, a gente vai continuar torcendo por ela mesmo assim.

Yana, só brincadeirinha pra desopilar, não vá se zangar comigo. ☺
Yana Souza disse…
Kkkk... muito bom mesmo, superliga e afins nao servem de parametro.. né.. agora mundiais e olimpiadas sim... kkkk.. acho a carol muito boa no bloqueio e saque..só... ela precisa evoluir muito no ataque..qesito essencial p uma meio... sera q so eu que vejo isso? O ataque da carol e muito fraco... torco p ela melhorar muito melhor p nossa selecao... as vezes sou muito realista. Eu n observo muito simpatia de jogadora nao. Prefiro observar o volei...
Yana Souza disse…
Kkkk... muito bom mesmo, superliga e afins nao servem de parametro.. né.. agora mundiais e olimpiadas sim... kkkk.. acho a carol muito boa no bloqueio e saque..só... ela precisa evoluir muito no ataque..qesito essencial p uma meio... sera q so eu que vejo isso? O ataque da carol e muito fraco... torco p ela melhorar muito melhor p nossa selecao... as vezes sou muito realista. Eu n observo muito simpatia de jogadora nao. Prefiro observar o volei...
Vicente Maia disse…
Yana,
lembrei muito de você agora, acabei de assistir Brasil x Rússia nas Olimpíadas de 2012 e a Thaysa comeu a bola o jogo inteiro e foi a melhor pra mim. Desejo que ela repita essa performance agora no Rio 2016.
Nei disse…
Que jogão! Sokolova jogando demais. A cara da Gamova não tem preço.
Vicente tanto ela quanto Fabiana forram instáveis para o "normal" delas, o nome do jogo, meu filho convenhamos, ela pode até ter desafogado como fez nos mashpoints, mas o nome legítimo foi SHEILA não dá sem sheila por ali, não tinha dado pra nós, revendo esse jogo percebemos como nossa seleção estava fragilizada.. dependendo só de uma jogadora veio, diferença pra 2008 gritante. Sheila deu o nome, e o que foi aquela defesa da Jack.... se não fosse aquele super defesa, estariamos agora com mais uma derrota pro time da grande Socolova. Sheila jogou barbaridades.
Você viu Nei?
Também achei o máximo no youtube tem um vídeo só com o lado Russo após o jogo, vc ver a menina chorando... elas chorando.
Nei disse…
Eu vi sim Beto. A sorte foi ingrata com a Sokolova que fez uma partida espetacular, mas errou aqueles dois passes na hora mais decisiva. Que infelicidade pra ela. Sheilla jogou muito, mas a Thaísa jogou muito também, acho que sem ela não passaríamos daquele jogo não, porque as pontas estavam muito bem marcadas. Como falaram os comentaristas, na Rússia as ponteiras são mais altas que as centrais, que são menores que as nossas. Vantagem nossa por ali. Nesse jogo a Garay passou tão bem quanto a Jaque. O passe foi a mais 90% do jogo.
Mas ainda assim, a Sheila,foi mais decisiva, Thaissa perdeu muitas bolas na rede, foi bloqueada, enfim, voleibol é um sexteto mas decisão foi o mome da Sheila. Thaissa e Fabiana vez por outra foram pegues no blok, e tiveram ataques defendidos, e fora as bolas nos momentos chaves jogadas para fora. Sheila foi mortal passou o trator, foi quem trouxe a auto-estima pro grupo nos momentos decisivos, uma coisa que observei foi que desde o primeiro ponto ela estava com aquele olhar de guerreira, líder... parecia dizer, hoje não, e aconteceu, não foi um dia Russo, aliás mais um né. ainda Bem, se foi infelicidade da socolova, espero que ela dentro de quadra seja infeliz para sempre, quero ver o Brasil, no lugar mais alto, sheila foi EYE OF THE TIGER. O nome do jogo sem dúvidas, entrou pra história. Jogou como um grande atleta deve jogar, fria, decisiva e sem deixar se abater quando o momento não é favorável . Com controle emocional. Esse controle que me refiro foi o mesmo apresentado por Gamova no mundial de 2010 coisa de CRAKS gente grande, fora do normal, é disso que tô falando.
Yana Souza disse…
Vicente, a Thaisa jogou muito naqele jogo, pena q ela e fabiana n foram tao bem no mundial... jogaco... é disso q to falando de uma meio potente como as meio de cuba... elas seguram bloqueios qdo atacam.. thaisa tava afundando e o olhar dela? Dava p ver a garra... que em agosto elas repitam um bom jogo, que juci, carol ou adenisia estejam muito bem tb para servir a selecao... embora as vezes critico o volei das meios reservas do brasil, mas desejo toda sorte do mundo para elas... rsrs jogão. Inesquecivel...
Laura disse…
Ah... eu não aguentei para assistir à partida! Mas outro dia eu já tinha visto novamente o tie-break. Caramba, eu achei que o filme de 2004 ia se repetir qd a Rússia virou o 13x10 para 13x14. Ainda bem que as meninas não deixaram. Sheilla tava possuída naquele momento, impressionante. Acho que nunca a vi assim em outra partida, com olhar "matador". E que defesa da Jaque!

Sheilla foi o nome daquela partida e sem ela não teríamos chegado sequer à semifinal, é verdade. Mas a Thaisa, lembro bem, fez toda uma Olimpíada muito boa.
Ainda bem que não Laura. Vimos um outro final, com requintes de crueldade, pq haja coração... Você como sempre vai no olho do furacão nas suas colocações, sheila estava, possuida, matadora, só aquele olhar dela...
Nei disse…
Eu acho que Sheilla foi matadora mesmo e espetacular no tie break, mas a Thaísa também segurou num momento crítico do quarto set onde ninguém estava virando, inclusive Sheilla. Sem a Thaísa, não haveria tie break. Dani Lins levantou muito mal algumas bolas para Thaísa e Fabiana, que deram block russo.
Gabriel disse…
Achei a Gamova bem apagada nesse jogo, só dava a Sokolova, e em alguns momentos a Goncharova. No lado brasileiro, Sheilla tava um monstro mesmo rsrs, Thaísa tbm. Aliás, mesmo a maioria não gostando do jeito dela, eu amava quando ela soltava a pancada e gritava na cara das russas rsrsrs
Wagner Geração disse…
Eu não achei Gamova apagada, eu achei que ela foi muito bem marcada, isso sim, pois quando não era amortecida pelo bloqueio brasileiro, a Fabi estava defendendo todos os seus ataques. Mesmo assim ela teve uma boa pontuação. Sokolova sim foi o nome do jogo pelo lado da Rússia, como é maravilhoso ver uma atleta como ela brincando de jogar vôlei, por alguns momentos passando praticamente sozinha.
Mas pra mim, o mais legal desse jogo foi quando Fabiana fez o ponto final e Thaísa chegou para abraça-la, e assim elas ficaram por um bom tempo, Fabiana chorando muito e Thaísa dizendo algo como “chupa, caral#o... foi na tua bola”, algo muito bacana da parte da Thaísa, dando forças a sua grande amiga, como quem diria “não se preocupa com aquele ataque que você errou, pois foi você quem fechou o jogo”.
George disse…
Olha.. muita coisa mundo afora acontecendo e nenhum post aqui.. vamos atualizar, por favor hahaha
Primeiro, parabéns pra Garay! Depois dessa temporada, deve ser renovada no Dinamo (com um dos melhores salários de jogadora de vôlei brasileira). Mas precisamos falar sobre o Kazan que não conseguiu chegar nem ao pódio e está fora da Champions 2016/2017, pode ainda rolar um wild card, mas não sei se chegará... esse wild card deve ir para o Pomi (que também não conseguiu a classificação).
Segundo, o Conegliano está com uma mão na taça do Italiano, mesmo sem uma das principais jogadoras do time no ataque, a Easy (Hodge). Robinson segurando firme com a Ortolani, ontem com a reserva de luxo, Brakocevic. Adams/Robinson/Hodge/Glass... caso confirme a base, será um baita time pra próxima temporada, mas rumores falam de Robinson no lugar da Bosetti no Fener.
Laura disse…
George, eu sei que tô devendo atualizar o Papo, mas tá difícil nestes últimos dias! rsrs

Eu vi a semifinal do time da Garay e foi muito fraco o jogo. A final não consegui assistir. E ela tá com a bola cheia lá mesmo, não veremos ela na SL tão cedo.


Gabriel disse…
A marcação realmente estava muito forte nela, mas ela é jogadora que mesmo com marcação forte, vira bola de todos os jeitos, por isso achei que além da forte marcação do Brasil, me pareceu que ela também não estava num dos melhores dias, nunca a vi tomar tanto bloqueio num jogo. Na final do Mundial de 2010, ela só atacava por cima dos bloqueios da Fabiana e da Thaísa, enfim, ótimo pra gente ela não estar tão inspirada, né?! Rsrs
... Gente eu adoro ver as jogadoras do Brasil em outras ligas, principalmente as fortes, e acho que deviam ir bem cedo, pq se fala tanto que jogadora A, B, C, não tem a famosa rodagem, termo este,que voces adoram repetir, e muito usado pelos técnicos pra justificar quando não convocam uma jogadora mesmo com condições para ir a seleção, mas que não vão pela pouca idade e inexperiência,dando como justificativa a ausência da RODAGEM INTERNACIONAL, e quando se deve dar esta oportunidade?depois dos 30? Não acho, não canso de repetir, o vôlei mudou, essa maturação deve ocorrer numa liga extrangeira, pq aqui temos uma quantidade insignificante de atletas de outras nacionalidades e de ponta, para que haja essa troca de experiência. Por isso que não entendo esse chororo, quando esse povo vai jogar fora, de um lado uma menina não pode ir pra seleção, mesmo com condições técnicas pq não tem bagagem intercional, mesmo quando tem bola pra isso, por outro parece algo terrível ter que ir jogar numa liga forte, em outro país. Não entendo, deviam adotar a filosofia de esportes como Handboll, o próprio boicotado Basquete e o futebol feminino, este último, que melhores resultados olimpicos nos dão em relação a masculina,nem ao menos essas meninas tem uma liga digna,nossos jogadoras migraram pra ligas forte pra compensar o descaso, a falta de incentivo dos nossos gestores nessas modalidades, por lá tem contato com uma filosofia esportiva de primeira, jogam, tem contato com os melhores, enfim se adquire a rodagem que esse povo tanto ama repetir. Olhem as tão endeusadas americanas, nem tem uma liga profissional mas tem jogadoras espalhadas nas melhores ligas, disputadas a tapas nos mercados internacionais, mas no selecionavel Yaank uma nova filosofia foi adotada, eles entenderam que a bagagem, é um fator que pode ser adquirido em outras ligas, e que este fator hoje em dia nem conta, quantas novatas que nunca sairam da América, ou da China, por exemplo,(ou não tinham muita experiência internacional) brilharam no mundial, as novatas americanas e Chinesas, respectivamente primeiro e segundo lugar no mundial,a meninada protagonizando a decisão,mais que isso,essas MENINAS, superaram nossas grandes mulheres rodadas... percebem? Nós infelizmente vemos ainda uma sheila, na seleção, não pq ela ainda é crak,(calmem, ela ainda joga bem)mas sim pq não temos algo melhor, ou no mínimo uma promessa concreta, ou o que torna mais vergonhoso, por incompetência dos técnicos, pq material bruto tem sim, olhem aí quantas meninas novas se destacando na posição dela, tem a Helo do Rio do sul, a não tão mais nova Ana Paula Borgo,a Lorene... isso tudo é preguiça do Zé em desenvolver essas garotas? este acomodado estava esperando o técnico do Rexona, o Bernado treinar essas meninas? Forma-las pra aí sim, estarem aptas? não entendo pq ele faz "vista grossa"
Este comentário foi removido pelo autor.
ficou responsável apenas pra cuidar da seleção mas nem isso esse incopetente fez, pq cadê o trabalho de renovação, ele adora viajar pra ir assistir de camarote as finais das melhores ligas, pra observa as extrangeiras, mas o descaso aqui com nossas meninas da base... ele devia rodar o país atrás destes talentos, e não ir passear como ele faz sempre, devia cuidar das nossas garotas antes de ir"observar" as gringas pq essa galera ele conhece a maioria já. Uma vez na responsabilidade de apenas comandar a seleção feminina, ganhando só pra servir a seleção, devia se empenhar mais, observar nossa base, e "pescar" umas meninas como as já citadas e as que não mencionei e desenvolve-las, seja conseguindo bons contratos, pq contatos ele tem, seja levando pra seleção.ou seja,
renovação zero, os EUA conseguiram um título de grande expressão depois que renovaram seu plantel, enfim gente é algo a se pensar, destesto este termo, essa rodagem como justificativa pra não convocar, ou colocar para jogar. olhem nossa Mari, uma menina que aterrorizou em Athenas, Pequim e não deu xou em Londres porque enfim, todos sabemos. Existem milhões de exeplos, não só de jogadoras isoladas, mas de times inteiros que entenderam que renovação tem que ocorrer a cada ciclo, salve exceções,e quão mais cedo esse povo tiver esse contato com uma atmosfera, e estrelas de outras nacionalidades melhor será para o desenvolvimento da atleta e para o desempenho destas na seleções, sofremos, vocês sabem, a falta, o descaso com essas "peças" de reposição.
Nei disse…
Beto, eu concordo que ele deveria correr Brasil a fora buscando talento para desenvolvê-los, mas creio que isso não seja tarefa dele, mas sim das seleções e clubes da base, além da CBV, é claro. Esta sim parece não fazer nenhum trabalho de desenvolvimento e descoberta de atletas nem de promoção do vôlei em todo território nacional. Tenho certeza de que temos talentos, só não foram encontrados.
George disse…
Nei,
Discordo em partes. Muitas jogadoras novatas repetem sempre que podem que aprenderam muito na temporada jogando com as mais experientes. Algumas dessas jogadoras da nova geração não tem oportunidade de jogar em clubes com jogadoras mais experientes (Sheilla, Jaque, Garay...) e irem treinar em Saquarema e adquirir aprendizado.
Nei, nem de ir simplesmente treinar em saquarema como George bem frisou ele as leva, promoção do esporte é outra coisa . Ele pode sim,ir observar os novos talentos e acompanhar os novos talentos nos clubs, ou nas seleções de base, o problema é que essas meninas novas e nem ao menos as que surgem de peneiras ou em clubs, ele as levam, as que tem potencial e claro,ou desenvolvem, lapidam o talento... ele já podia ter levado e muitas. Fez um multirao de última hora, e ainda usou o ambiente da seleção pra treinar seu futuro time.esse acomodado.
Vicente Maia disse…
Como disse o George, muita coisa mundo afora acontecendo. Parece que a Natália já é quase passado para o time do Rio de Janeiro. O site prealpina.it noticiou que a ponteira holandesa Celeste Plak do Bergamo recebeu proposta do Bernardinho para a próxima temporada. Ela é uma ponteira jovem, 20 anos, ainda pouco experiente, mas muito promissora, o tipo de jogadora que o técnico do time carioca adora pegar. Brankica Mihajlović que o diga.
Damos conta nem da nossa casa vicente.
Mas novidades são sempre bem vindas.
George disse…
Vicente, gosto bastante da Plak e é com certeza bem mais barata que a Nati. Queria saber a quantas anda o papo do Nestle com a Meijners também, mas como o Piacenza ainda está jogando a final, só saberemos semana que vem o desenrolar deste caso.
A notícia do dia é o valor que a Kim recebeu de proposta para renovar com o Fener: a bagatela de 1.500.000 euros. Mas os rumores dão conta de que a China vai fazer uma contraproposta ainda mais generosa pra coreana.
A aposentadoria da Gamova, já desmentida. O desmanche do time do Kazan. Vários assuntos.
Nei disse…
Beto, não sei mais o que dizer então.
Vicente Maia disse…
George,
só complementando a sua informação, esse valor da Kim é por dois anos de contrato. Ela tinha um contrato de dois anos no valor de 1.200.000 € pelo período, 600.000 €/ano, e agora o Fenerbahce ofereceu 1.500.000 €/2 anos pra ela renovar, mas a China, que está inflacionando o mercado, ofereceu 1.750.000 €. Fonte http://www.voleybolextra.com/71715/transferin-en-gozde-ismi-kim-onumuzdeki-sezon/

Essa estória da Girafamova aparece com frequência, mas ela não se aposenta não.

A Fernanda Garay vai renovar com o Dínamo Moscow, disse em entrevista que não quer sair de Moscou.

Quanto a Floortje Meijners, que joga no Piacenza, é real o interesse do time brasileiro por ela, mas por enquanto tudo corre em segredo Fonte https://elemercato.wordpress.com/2016/04/07/brasile-futuro-verdeoro-per-meijners/


Vicente Maia disse…
Em tempo, esqueci de complementar. Especial para Yana. O Volero da Suíça queria muito a Juciely, fez tudo o que pode, mas vai ter de se contentar mesmo com Thaísa. Nem sempre se pode ter o melhor. Quem não tem cão, caça com gato. *risos

A Natália ainda não desistiu de ficar no Rio de Janeiro, assim como Gabi e Juciely que tinham a saída como certa, mas renovaram. O problema nesse caso, é que as ofertas da Natália são muito altas, muito acima do teto do clube. Vamos ver no que dá.
Esse time carioca parece ter um atrativo muito forte para as jogadoras, não sei se a cidade, se a infraestrutura, se o técnico, se a oportunidade de se valorizar ou ser campeã, sei lá. Uma estrela de um dos times grandes, que acabou renovando, não escondeu que queria muito vir jogar no Rio de Janeiro. Mas nem vou falar o nome pra não me complicar. Só dou uma dica, muito amiga da Natália. ☺
Só lembro da Paula que não quis porque seria banco e de uma ou outra que saíram porque dificilmente seriam titulares.
Ser uma garota Rexona, é sinônimo de crescimento, desenvolvimento, trabalhar com uma equipe multicampea, com o grande Bernado, conta muoito, aliado a maravilha que é a cidade, foi a Alix Vicente? De estrela so tem ela que renovou em outros clubes.kkkkkk
Wall eu sei que não é. E Alix que andava entrançando pra lá e pra cá com Nati, um grude só.rasga logo seu Zé. ... só quem lê somos nós vai ser segreso, kkkkkk SQN.
Vicente Maia disse…
Eu estou igual ao pessoal do lava-jato, não sei de nada, não vi nada e que dia é hoje mesmo? *risos
Yana Souza disse…
Thaisa podera jogar no zuriki... estão na briga por ela varios times do mundo... ela deve decidir com calma, pois os contratos sao muito atrativos. Agora entendo por qual motivo thaisa n ficara no brasil.. os clubes daqui n tem bala p co tratar thaisa... preferem ficar c o que n da muito gasto... como o rio e o praia que renovou com suas meios mas em conta... ja pensou thaisa e fabiola mo mesmo time? Incrivel retomar a parceria de osasco... qanto a mary sera uma incognita ni guem sabera dizer se ela vai render no zuriki..yana a gata...
Yana Souza disse…
Thaisa podera jogar no zuriki... estão na briga por ela varios times do mundo... ela deve decidir com calma, pois os contratos sao muito atrativos. Agora entendo por qual motivo thaisa n ficara no brasil.. os clubes daqui n tem bala p co tratar thaisa... preferem ficar c o que n da muito gasto... como o rio e o praia que renovou com suas meios mas em conta... ja pensou thaisa e fabiola mo mesmo time? Incrivel retomar a parceria de osasco... qanto a mary sera uma incognita ni guem sabera dizer se ela vai render no zuriki..yana a gata...
Gabriel disse…
Já pensou: Thaísa, Akirandewo, Fabíola, Mammadova, Mari Paraíba... Timaço o Volero Zurich! Só falta dispensarem aquela oposta que eu não sei escrever o nome rsrs Acho ela meia-boca
Vicente Maia disse…
Acabei de rever a final da Superliga 2012/2013, partida boa pra rever a Juciely, que tanto menosprezam, parar o Osasco com Jaque, Thaísa, Garay, Sheilla, Fabíola e Brait, todas nos seus auges pós-olimpíadas. Mesmo quem não torce pelo time do Rio de Janeiro se emociona com aquela partida.
A Natália foi demais nessa dia e é uma jogadora que não pode sair do Rio de Janeiro. A mulher tem muita garra, muita fibra, joga com muita paixão e ficou imortalizada com a famosa frase no tie break "essa porra é nossa!". Sei que ninguém é insubstituível, mas o Bernardinho tem de dar um jeito de cobrir as propostas que ela recebeu, ela é um espetáculo à parte e a cara do time carioca.
George disse…
Vicente,
Segundo o BV, A proposta da China é de 2 mi de euros. Impressionante! Tá quase um jogador de futebol hahaha
Quanto a Meijners, nada acontece enquanto não acabar o italiano, mas acho ela muito boa. Melhor que a Plak, que o Rio está querendo.
Melhor dupla de centrais (no papel) na proxima CL será Akinradewo e Thaisa, veremos se rendem o esperado. Com uma ótima levantadora e ótima oposta, ainda mais com Mammadova na ponta.. Timaço.
Yana Souza disse…
Vicente, vc fala em superliga brasileira como se esta fosse muito forte... Sem querer te contrariar, longe disso, mas se destacar numa liga como a nossa ultimamente não é grande feito não... Você conclui que a jogadora é eficiente baseado num campeonato como nosso... Acho que sou muito rígido em relação a esporte, pois penso que se estas mesmas jogadoras que vcs tanto elogiam se destacassem em torneios como o da Turquia ou Russia, ai sim, poderia enaltecer os feitos delas...Por exemplo:o que Natália, Juciele, Carol e Gabi fizeram no MUNDIAL DE CLUBES, nada... Perderam feio... Então, temos de ser humilde e admitir que estas mesmas que citei tem de evoluir muito para ganhar um status de Sheila, Jaqueline, Paulo Pequeno( melhor jogadora de beijing 2008), Mari, Fofão, Thaisa e Fabiana... Terão a chance de mostrar se são jogadoras de decisão este ano. Outrossim, acho que o Zé Roberto não deixará Garay e Jaqueline no banco e muito menos Thaisa e Fabiana. Isso significa que Natália, Gabi, Jucielle ou coral só serão usadas se Jaqueline, Garay, Thaisa e FAbiana estiverem bem abaixo do normal... Yana, a gata...
Yana Souza disse…
Quem será a substituta da Natália no Rio? Difícil imaginar, mas acho que o Bernardo vai buscar uma estrangeira para esta vaga, pois não vejo nenhuma ponta aqui com as características da Natália... Existe sim, pontas de preparação, mas de decisão não me lembro de nenhuma... rsrsrs Yana, a gata...
Leo Dias disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Leo Dias disse…
Yana Daher Menezes, por que você duplica todos seus comentários, kirida? Algum problema mais grave?

Beto também te amo! Volta! <3
Yana Souza disse…
Leo Dias,,, não... gatam, errinho bobo mesmo... mas faz tempo que não duplicava, né... beijos da gata...
Gabriel disse…
Será que na próxima temporada vai acontecer algo parecido com a temporada 2013-/2014, uma Sérvia no Rio e outra em Osasco. Agora, uma holandesa no Rio e outra em Osasco rsrs
Vicente Maia disse…
George,
Esse dinheiro deve ser maior que o budget do Rio de Janeiro para temporada inteira. Aí ela não deve ficar mesmo. A proposta que eu conhecia era de meio milhão de dólares por temporada de 5 meses de um time chinês
Gabriel disse…
Eo que tá acontecendo com os times da China que andam fazendo propostas milionárias por aí?! rsrs
Querem tirar a Kim da Turquia, a Robinson da Itália (ela está fazendo uma temporada excepcional por lá), a Natália do Rio. Dependendo do resultado da China nas Olimpíadas, o campeonato terá ainda mais visibilidade. E olha que a China virá forte para desbancar EUA e Brasil. Estão se preparando para os jogos desde o final do ano passado, salvo engano.
Olha que acredito, e acabo me iludindo hein Leo...
Mas num sumi não tô aqui com meu chicote, com meu dedinho que não duplica mas é afiado.... Leo a AII JÁ TINHA FEITO O MESMO QUASTIONAMENTO PRA YONA. O pq da duplicação, kkkk.
Gabriel,
Será, queria ver tanto a Geovana como a que tomou seu lugar no time sérvio, a primeira que voltou de gravidez pode ser, mas a segunda é sonharnpor demais, financeiramente inviável pra ela,se o Bernado abrir a carteira.
Yana Souza disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Yana Souza disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Tão caladinhas/os.
"Ela diseee adeus"
Amigos segundo o lance a Natália não continua, o que só confirma o que se desenhava financeiramente.
Vishi,
Cadé os dedinhos ferinos,afiados, cadê nosso menino de ouro, que tudo sabe das artemanhas do mercado, o best friend das bests friends das jogadoras, vicente, rasgue uma novidade meu fi, não nos deixe sem...
Vicente Maia disse…
Beto,
acho que está tudo parado mesmo.
Sobre a Natália, o negócio não evoluiu. Ela nem queria que o clube cobrisse as propostas que ela recebeu, só queria ganhar melhor, outras jogadoras brasileiras ganham, ou ganhavam, bem mais na Superliga. E eu dou razão a ela, afinal é a melhor jogadora brasileira em atividade e precisa fazer um pé-de-meia até o final da curta carreira de atleta. Isso coloca o time carioca numa situação complicada, pois o teto deles de aproximadamente 220.000 € não dá pra trazer ninguém que preste do exterior. Ou traz jogadora em fim de carreira ou jogadora muito jovem que seja uma promessa, mas que ainda não tenha despontado como a Plak que fizeram proposta. Ela tem 20 anos é reserva no Bergamo e também na seleção da Holanda, então, como pode se ver, ainda não despontou. Mas a ideia é mesmo essa, como fizeram com a Mihajlović que quando chegou aqui não jogava nada e hoje é uma das jogadoras mais bem pagas no mundo. No cenário nacional não tem ninguém pronto, só promessa, mas não duvido que o Bernardinho não faça uma loucura tipo colocar a Drussyla, ou mesmo a Helô improvisada, pra substituir a Natália e acabe dando certo.
A verdade é que o time do Rio de Janeiro com duas centrais extremamente eficientes e com a melhor dupla de ponteiras da Superliga, sem contar com a melhor líbero, seria sempre favorito. Mas sem Natália, isso muda. Se o Praia fechar mesmo com a Fabiana será o time com o melhor elenco e franco favorito, se o Osasco trouxer as duas estrelas do exterior, ainda sobra um jogadora de 7 pontos que especulam seja Tandara, será um forte candidato à final. Nesse caso, o Bernardinho terá de tirar aquele coelho da cartola para ganhar a 12a Superliga.

A única novidade é que já comprei os ingressos pros jogos amistosos da seleção brasileira contra a República Dominicana, em São José dos Pinhais. Queria ver os jogos das Olimpíadas, mas estou preferindo ficar longe.
Luis Carlos disse…
A Natália já é maior salário do clube, mas ela não pode perder a oportunidade de ganhar majs lá fora, carreira de atleta é curta e ela está no seu auge. Depois ela volta para o time que ela ama rs.
Rah Silva disse…
O Concilig Bauru fechou contrato com a Central Angelica Malinverno e ta no aguardo das propostas feitas a Suelle e Mari.