Classificação de gala



Rio do Sul/Equibrasil 0x3 Camponesa/Minas

Este segundo confronto de quartas de final provavelmente foi a melhor partida do Minas na Superliga 15/16. E falo isso não baseado no terceiro set, no qual o Rio do Sul sucumbiu à força mineira e às próprias fragilidades de forma retumbante. Pego como base os equilibrados e bem jogados dois primeiros sets.

Mesmo sem Tandara, o ataque se garantiu muito bem com Carla, Rosamaria e, principalmente, Mari PB. Mas o que mais me chamou atenção foi a competência do sistema defensivo, que começou com o saque agressivo e terminava com um bloqueio forte para cima das principais atacantes do Rio do Sul. Este não tem sido o ponto mais forte da equipe e, nesta partida, mostrou muita consistência.

Além disso, o Minas conseguiu controlar os erros que tanto o atormentaram na competição. Se tudo isso é sinal de amadurecimento e evolução do time só os próximos jogos dirão. Tomara que sim. 
 

******************************


Apesar do 3x0, o Rio do Sul vendeu caro esta classificação mineira. Spencer Lee tirou o máximo que podia do grupo. Ou melhor, tirou mais do que podia de jogadoras como a Ju Nogueira. Acho que neste segundo confronto, faltou experiência e poder de decisão nos primeiros sets. As levantadoras pecaram em alguns momentos da distribuição, esquecendo-se das centrais. E o Rio do Sul não teve também a mesma capacidade defensiva do Minas, o que acabou fazendo a diferença para a vitória mineira.

De qualquer forma, o Rio do Sul merece os parabéns pela campanha que fez mesmo com um elenco modesto. Mesmo eu não sendo de Santa Catarina, fico feliz que o sul brasileiro tenha um representante tão competente e que saia do triângulo RIO-SP-MG. O envolvimento da região com o time é comovente. E é esse o poder que têm esportes como o vôlei, o futsal, o basquete. É um tipo de relação mais pura e sincera entre a população e o clube que não se vê mais no futebol e nas grandes cidades. Fico na torcida para que o projeto permaneça e ganhe reforços. Quem sabe daqui alguns anos Rio do Sul não vire mais uma cidade referência do vôlei nacional?





******************************



Rexona/Ades 3x0 Pinheiros/Klar

Como previsto, o Rexona despachou o Pinheiros da SL com tranquilidade. Nos bons tempos, o Pinheiros daria um trabalho danado ao time carioca, mas a era atual é de vacas magras. E isso que mais me chateia nesta despedida da equipe paulista.

O Pinheiros conseguiu na temporada passada o seu primeiro título nacional. Para quê? Para ter seu time desmanchado e enfraquecido na temporada atual. O Pinheiros começou sem patrocinador, teve o treinador demitido e quase não se classificou. A recuperação durante a competição foi importante, mas a imagem que fica desta SL 15/16 é que o Pinheiros tornou-se apenas um figurante na competição, papel que nunca interpretou.

Normalmente, o time paulista traz bons nomes ao esporte, jogadoras jovens que tem lá a oportunidade de jogar e se destacar. Não sei se vocês concordam, mas nem isso o Pinheiros trouxe este ano. A Paula foi o melhor que o time mostrou, mas o destaque dela veio mesmo no Sanca.

Enfim, lamento esta situação e torço para que ele, ao menos, recupere a sua função de coadjuvante de luxo que, nesta temporada, foi exercida pelo Rio do Sul. 






******************************
 

Com a vitória do Rexona, temos a primeira semifinal definida. Quem diria que veríamos o clássico Osasco e Rio numa decisão antes da final.

Apesar da temporada bem abaixo do esperado, o Osasco tem condições e recursos para vencer o Rexona. Agora, para se classificar para a final, aí é outra história... Pelo que temos visto nesta fase decisiva dos times mineiros, o Osasco talvez seja o único time capaz de desafiar o todo poderoso carioca, principalmente se o enfrentasse numa final, num jogo único. Isso porque tem individualidades especiais e tem experiência. O problema é pecar na consistência do conjunto e, nesse quesito, o Rexona está degraus acima do Osasco e de todos os outros. Vai precisar ter mais de um dia ruim para deixar a classificação para final escapar.

Comentários

Vicente Maia disse…
Sobre o jogo Rio do Sul e Minas, achei emocionante, aliás os dois jogos desse cruzamento foram os melhores dessa fase. Minas mostrou a importância de ter banco e ser mais controlado sob pressão, mas as meninas do Rio do Sul fizeram uma temporada magnífica e estão de parabéns. Está de parabéns também a torcida da cidade, educada e com uma demonstração de espírito esportivo que devia servir de exemplo para todos.
Sobre o jogo do Rio de Janeiro x Pinheiros, achei um jogo muito fraco. O Pineiros entrou derrotado dentro de quadra, o time do Rio de Janeiro, ao contrário do Minas, mostrou que não tem banco e suas jogadoras reservas são infinitamente inferiores às titulares, embora haja esperança para a Lorenne e Drussyla. A falta da Gabi é patente, Regis só funciona no ataque e em bolas lentas e altas, exatamente o contrário da Gabi, e esqueceram de avisar isso à Court. A entrada da Roberta conseguiu colocar a Regis no jogo, mas somente no ataque. A Monique ser eleita a melhor do jogo, onde marcou só oito pontos, foi uma anomalia porque a Carol foi de longe a melhor do Rio de Janeiro. A Paula, pelo lado do Pinheiros, fez uma partida impressionante no ataque, acredito que algum clube grande vai levá-la.
A lI disse…
Boa noite Vicente, a MONIQUE não marcou 8 pontos ela marcou 10 pontos, pontuando em todos os fundamentos:saque,ataque e bloqueio. Ninguém no Rexona marcou mais de 10 pontos, visto que a variação de jogoadas e a disribuição dos levantamentos foi diversificada e coerente. Concordo que faltou À Thompsoon acertar a bola da Régis que rendeu mais com a Roberta. Já ANA CAROLINA,apesar de ter ido muito bem no bloqueio, marcou apenas 3 pontos de ataque, enquanto JUCIELY marcou 7 poontos de ataque, ou seja, a CAROL não foi de longe a melhor jogadora do jogo. MONIQUE foi eleita a MELHOR DO JOGO pela importância dos pontos que ela marcou e nos momentos que ela pontuou, pois é diferente pontuar no início do set de pontuar em moomentos crucias de definição dos sets. Achei muito justa a eleição da MONIQUE como melhor da partida.
O fato é que eu esperava muito mais dessas partidas das quartas-de-final. Até agora fiquei EXTREMAMENTE DECEPCIONADA com o BAIXÍSSIMO NÍVEL TÉCNICO DE TODAS AS PARTIDAS.
1. Todas as equipes com excessos de ERROS NÃO-FORÇADOS provocados por NERVOSISMO,DESCONTROLE PSICOLÓGICO,DESCONCENTRAÇÃO etc...
2. Como o REXONA ERRA MENOS acaba levando vantagem sobre as demais equipes.
3. O jogo MINAS 3x0 RIODOSUL foi fraquíssimo tecnicamente, o RIODOSUL da fase de classificação que era praticamente invencível dentro de casa não apareceu nessa fase. A pior partida do RIODOSUL na competição foi justamente esta da ELIIMINAÇÃO. Era visível o NERVOSISMO no rosto das garotas do RIODOSUL, que literalmente AMARELARAM frente a possibilidade de ir para uma SEMIFINAL. Fiquei com pena do Spencer Lee, ele tentou de tudo, trocou jogadoras, deu orientações técnicas, táticas, foi paciente, depois enérgico, enfim NADA ADIANTOU!!! As jogadoras que entravam em quadra AMARELAVAM MAIS AINDA que as TITULARES... As ARGENTINAS MIMI SOSA e TATIANA RIZZO que na fase de classificação eram a SENSAÇÃO DA EQUIPE DO RIODOSUL deixaram muito a desejar no MATA-MATA. Veja bem, não estou desmerecendo a vitória do MINAS, mas o AMARELÃO DO RIODOSUL o tornou uma presa muito fácil para as mineiras. A grande diferença do jogo é que o MINAS defendeu muito mais que o RIODOSUL e desperdiçou muito menos contra-atques. Além disso, as meninas do MINAS eram muito mais experientes e se mostraram muito mais confiantes que as do RIO DO SUL. Gostei muito da postura e da liderança de MARI-PB e CAROL GATAZ nos momentos mais decisivos da patida. Apesar disso, o MINAS também errou bastante, porém menos que o RIODOSUL.
Enfim, não estoou gostando nem um pouco do baixo nível desse mata-mata, tenho ainda uma pequena esperança de que a terceira partida entre PRAIA e SESI possa melhor ... E torço também para que as SEMIFINAIS sejam bem melhores.
Num oceano de ERROS que está sendo essa Superliga, por enquanto GANHA QUEM ERRA MENOS, e até agora é o REXONA QUE TEM ERRADO MENOS E QUE VEM SENDO AJUDADO TAMBÉM pelo excesso de erros de seus adversários!!!
Yana Souza disse…
All.. concordo em gênero, numero e grau,, são erros demais nesta superliga, equipes entregam o jogo assim facilmente, não pontuam no contra.ataque... e erram bolas bobas... Acho que esta superliga está sendo a pior em nivel tecnico que eu já vi aqui... gostaria muito que mudassem logo esta pontuação idiota para virem mais estrangeiras a fim de melhorar nosso nível, bem como será bom esta mudança para repatriar jogadoras de nivel alto...
A lI disse…
Pois é Yana, vc teve a VISÃO ALÉM DO ALCANCE da ESPADA JUSTICEIRA DO LION DOS THUNDERCATS e enxergou bem antes de mim o fiasco que seriam essas partidas das quartas-de-final... Eu, bobinha, achava que assim que começasse o MATA-MATA, as equipes subiriam de produção e nos proporcionariam jogos melhores que na fase de classificação, qual nada, aconteceu o contrário: uma queda visível de produção, um misto de descontrole emocional com baixíssimo nível técnico e partidas horrorosas de se ver.
Nossa que carência ENORME na posição de OPOSTA que ficou mais evidente ainda nessas quartas-de-final. Opostas pipoqueiras, sem técnica, que não sabem variar o ataque, que tomam tocos diretos, e sofrem apagões constante.
A única exceção dessa Superliga é a MONIQUE que é uma oposta extremamente técnica e que erra pouqíssimo e que ainda ajuda muito no saque e na defesa. O único problema da MONIQUE é a altura: 1,78m, pois se MONIQUE fosse uns 10cm mais alta e tivesse 1,88m com toda a categoria que ela tem, com certeza seria uma das melhores opostas do mundo!
Enfim temos os seguintes problemas: falta de técnica, falta de altura ou ambas as coisas juntas.
O JAPÃO tem jogadoras baixas,mas que são tecnicamente muito fortes e muitas das baixinhas do BRASIL não estão nem compensando a falta de altura na técnica, e o resultado é esse aí que vimos nessas quartas-de-final.
Além disso quando aparece uma jogadora mais alta, ela é meio lerda e acaba não se desenvolvendo... Triste!!!