Só pra contrariar

Os times estão gostando de nos contrariar nesta temporada, não é mesmo? É só elogiarmos para que, na rodada seguinte, quebremos a cara.

Desta vez a decepção veio com o Rexona que sofreu para vencer o Brasília no retorno da Superliga. Dois dos três sets que ganhou foram de forma tranquila, mas quase que ele não consegue vencer o quarto que o levou para o tie-break.

Vá lá, vamos dar um desconto. O time deve ter relaxado após a conquista da Copa Brasil no sábado e depois de ter vencido o primeiro set com tranquilidade. Parece que sua relação saque-bloqueio também não foi das melhores e, principalmente, foi superada pela a do Brasília, time que, sim, se destacou defensivamente.

O bom desta partida, para o Rexona, é que a Carol acabou por ser bastante acionada pela Thompson e correspondeu em pontos. Talvez seja um sinal de que as duas estão finalmente se acertando. Outro ponto positivo é que dá uma acordada no time para não relaxar no restante da competição. Ou seja, o susto veio na hora certa. 
*****************************

No Brasília, vale destacar novamente as dificuldades em ter saídas de ataque além da Paula. Isso levou o treinador Manu Arnault a colocar Kasiely (Amanda), Roberta (Natália) e Domingas (Bárbara) para equilibrar a responsabilidade em pontuar no ataque. As mudanças deram certo.

Mas acredito que o maior trunfo da equipe foi, como mencionei acima, o desempenho defensivo. E, também, não ter se assustado com quem estava do outro lado da quadra. O Rexona dá brechas e o Brasília as aproveitou.

Só que o Brasília cometeu um erro fatal ao não vencer o quarto set. Foi ali que perdeu o jogo, quando deu oito pontos em erros. Isso desequilibrou a parcial a favor do Rexona. Por suas limitações, o Brasília acabou por dar chances demais a um time que, como sabemos, não foge de uma decisão. Pelo contrário, joga muito bem nestes momentos.

*****************************

Resultados da 6ª rodada do returno

São Cristóvão/São Caetano 3x2 Concilig/Bauru

Terracap/Brasília 2x3 Rexona/Ades

Vôlei Nestlé 3x0 Pinheiros/Klar

Dentil/Praia Clube 3x0 Sesi

Camponesa/Minas 3x0 Renata Valinhos/Country

Rio do Sul/Equibrasil 3x1 São Bernardo

 
- Não consegui assistir a toda partida entre Sanca e Bauru, a única com transmissão nesta rodada (aliás, desde o início do ano o Sportv tem ignorado legal a SL, transmitindo bem menos jogos). O que vi foi só uma equipe em quadra, o Sanca. Não deu pra entender como o Bauru, depois de vencer os dois primeiros sets, se transformou naquilo que vi em quadra no restante da partida. Um time que não impôs nenhuma resistência à recuperação do Sanca, que deu quase metade dos sets de graça em erros ao adversário. O Sanca simplesmente passou por cima comandado, no ataque, pela Thaisinha e, no levantamento, pela Ana Maria.

Comentários

Vinicius disse…
O Brasília foi valente e tem condição de aprontar alguma coisa nos playoffs, o que mais me impressiona nesse time é o que a Sassá vem jogando. Estive no ginásio e ela estava espetacular nas ações de recepção como já é de costume, porém o que mais me agradou foi ver a quantidade de defesas incríveis com tiros a queima roupa de gabi e nathália ela conseguiu defender. Apesar do pouco tempo na posição essa moça demonstra toda sua categoria e desponta para ser uma das melhores do país na posição depois que tiver bem ambientada.
Rafael Modesto disse…
Fui ao Liberatti para assistir Osasco x Pinheiros. O jogo começou bem acirrado, mas com a Adenizia no saque o Nestlé conseguiu uma boa vontade. O problema é que relaxou e errou ataques, além de a Lise ter levado 2 tocos seguidos, fazendo o Pinheiros virar a partida. O set só voltou pra mão das Osasquenses com o saque da Thaisa. No segundo set o jogo começou equilibrado, até o momento em que a Gabi, ao ir salvar uma bola espirrada pela defesa, se chocou contra aquelas espumas coberta com as logos dos patrocinadores e acabou se machucando. A partida ficou paralisada por uns 10 minutos, até que a ponteira fosse removida e levada ao hospital. Suelle entrou no lugar da Gabi, e a partir desse momento o Osasco deslanchou. Porém, novamente se desconcentrou e deixou o Pinheiros encostar no placar. Só que novamente com o saque da Thaísa, o Nestlé se recuperou e fechou o set. No terceiro set o Osasco começou fulminante, abrindo 7x2 no placar. O Pinheiros conseguiu virar algumas bolas mas não foi o suficiente pra incomodar. No fim do set, o Luizomar trocou todo mundo, até mesmo a Camila Brait. Mesmo assim, fechou o jogo com tranquilidade. Brait recebeu o VivaVolei.
Os destaques positivos do Osasco foram o saque, o bloqueio, a defesa e a eficiência da Thaísa e da Carcaces no ataque, inclusive a cubana merecia muito o prêmio de MVP, pois virou bolas em momentos importantes do jogo. O destaque negativo fica por conta da Dani Lins. A levantadora errou a armação de jogadas pelo meio e em determinado momento da partida, cometeu a infração dos 2 toques 3 vezes seguidas. A recepção também comprometeu em alguns momentos, inclusive com a Camila Brait no início do jogo. A Lise Van Hecke teve dificuldades em virar bolas no primeiro set. Ora era o bloqueio que impedia os ataques da belga, ora era a defesa que interceptava as diagonais. Ela conseguiu fugir da marcação do Pinheiros nos sets seguintes e pontuou com mais naturalidade, além de sacar muito bem, conseguindo fazer ace.
Se o Osasco quiser deslanchar, tem que acabar com esses momentos de desconcentração, que geram erros. A Lise precisa ser mais efetiva no ataque também. Está jogando muito abaixo do que pode.
Vicente Maia disse…
Laura,
daqui pra frente nada de elogios ao Rio de Janeiro, só críticas, ok? *risos
O time nesta quinta-feira fará sua sexta partida em duas semanas, espero que seja só cansaço.
Eu estou preocupado mesmo é com o Sesi que perdeu mais uma partida.
O SporTV realmente não está dando nenhuma bola para a Superliga nessa temporada, prefere transmitir reprises de jogos de futebol, de times para os quais ninguém torce, repetidas vezes. Eu inclusive até reclamei no Tweeter deles.
Parabéns pelo blog.
Joao Ismar disse…
Vinicius,moro no DF e acompanho os jogos do Brasília. O que houve com a Sassa no último jogo foi um ponto fora da curva. Ela não tem se adaptado a funçao de libero. Quando defende na 6 dispensa elogios, mas em geral o libero defende na 5, aí ela está passando vergonha. Espero que finalmente ela tenha se achado, mas o que houve no último jogo nao representa a realidade na atuaçao dela como libero. Fico na torcida para que a atuaçao dela no jogo contra o rio deixe de ser exceçao e passe a ser a realidade.
Joao Ismar disse…
Vinicius,moro no DF e acompanho os jogos do Brasília. O que houve com a Sassa no último jogo foi um ponto fora da curva. Ela não tem se adaptado a funçao de libero. Quando defende na 6 dispensa elogios, mas em geral o libero defende na 5, aí ela está passando vergonha. Espero que finalmente ela tenha se achado, mas o que houve no último jogo nao representa a realidade na atuaçao dela como libero. Fico na torcida para que a atuaçao dela no jogo contra o rio deixe de ser exceçao e passe a ser a realidade.
Vinicius disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Vinicius disse…
Olá João tudo bem? acho cedo para tecer alguma conclusão. Os jogos que vi ela realmente esteve bem regular, mas vale lembrar que ela tem apenas 6 meses na posição esse deve ter sido o 12 jogo dela como titular muito pouco tempo para alguém que sempre defendeu na 6. mas creio que com o tempo ela ganhará confiança e estará ambientada a sua nova posição. Volto a repetir o que me animou foi ver a perfeição com que ela executa os fundamentos, sua técnica é apuradissíma e impecável. Na torcida para que ela esteja ambienta o mais rápido possível.
Yana Souza disse…
Não acho que o Rexona esteja com esta força toda não.. É um time bom, mais tenho visto que muitas equipes erram muitos, muitos mesmo e os sets da partida ficam 26-24, 25-23, 25-21,,, por ai... Então a realidade é que as outras equipes não estão muito fortes assim... não estão sendo bem montadas e falham em coisas infantis até... Só... Vamos ver o Rexona no Mundial de Clubes pra gente ter uma idéia... Os fanáticos do rexona tem de engolir que o mesmo nunca vai ganhar um mundial de clubes... eu duvido...
Gente deixa eu me envolver aí na discucao!? galera vamos dá um imenso desconto né ? A menina agora que realmente vem sendo titular... e outra, ela já é grandiosa, defesa por defesa QUAISQUER um, (com exceto as centrais que saem no fundo justamete pras liberos atuarem) "todo mundo" é obrigado a faze la... agora eu não sei se voces perceberam mas, vivemos uma crise técnica no vôlei .Onde se viu, uma equipe ter dois liberos.? Um pra passe e outro pra defesa, vergonha. E a carência maior ao meu ver é no passe pq ponteira que passe tá escasso. Só em, o passa dela ser um "A" mais que positivo ela já é nota mil. Indiscutivelmente uma revelação e quanto a melhorar podem ter certeza que essa vai...