A seleção de hoje e a do futuro


A seleção principal voltou às quadras para dois amistosos contra a Bulgária. Mesmo tendo assistido somente ao segundo jogo, posso falar com tranquilidade que foram confrontos com pouca – para não dizer quase nenhuma – utilidade para a seleção.

Fora da Copa do Mundo, por já estar classificada para as Olimpíadas, restou ao Brasil, neste segundo semestre, somente a possibilidade de realizar amistosos com seleções de nível B/C da Europa e de disputar o fraco Sul-americano.

Pelo tamanho do desafio, dá para ver que não vale a pena colocar as jogadoras principais para jogar. Pelo contrário, são nestas ocasiões que se deve fazer testes. Mas a lógica da comissão técnica brasileira é  inversa. Aí vimos em quadra contra a Bulgária Dani Lins e Fabiana. E não duvido que, se tivessem condições de jogo, Garay e Jaqueline estariam também.

É dar muita oportunidade ao azar. E quase que o pior aconteceu. A Fabiana se machucou nesta partida; ainda bem que não foi nada grave. Mas e se fosse? Uma das principais jogadoras do grupo iria ter que passar por um desgaste desnecessário de uma recuperação física antes da Olimpíada.

Acho pouco provável, mas mesmo assim torço para que o torneio amistoso da próxima semana – que contará com, além da Bulgária, Holanda e Alemanha – seja um pouco mais desafiador para o Brasil. Se vamos seguir esta tendência de usar a “força máxima” - ou próximo disso -, que, ao menos, na balança, as vantagens de preparação pesem mais do que os riscos.
 
 
*****************************

Nesta semana também, a seleção sub-23 foi, pela primeira vez, campeã mundial. É uma ótima notícia para quem, como nós, está bastante descrente na capacidade de renovação da seleção brasileiria.

É um campeonato que fica um pouco esvaziado, é verdade, já que muitas jogadoras mais próximas da idade limite já estão nas seleções adultas – que, por sua vez, estão prestes a disputar a Copa do Mundo. Mas isso não impede que possamos olhar com atenção e até com um certo otimismo o elenco brasileiro.

Por exemplo, a levantadora Juma, eleita a MVP da competição. Juma foi reserva no São Caetano na última Superliga, mas ganhou a posição da Naiane na seleção. Como sabemos, a Naiane foi um dos destaques/revelação da SL. Ou seja, a disputa parece estar qualificada numa posição tão carente para o Brasil. Claro que só o tempo confirmará ou não estes nomes, mas não se pode fechar os olhos e as portas para eles no momento.

O bom é que boa parte deste grupo, mesmo sendo reserva nos seus times, está nas mãos de treinadores competentes na gestão de jovens jogadoras. Técnicos que sabem dar uma estrutura bacana a elas e não têm medo de as colocar na fogueira se necessário. É o caso da Drussyla e da Lorenne, no Rexona; da Juma, no Pinheiros; da Gabi e da Saraelen, no Molico.

Meu receio maior é saber se as titulares Naiane e Rosamaria, no Minas, sob o comando do Paulo Coco, terão o mesmo suporte. A Rosamaria é, deste grupo campeão, a jogadora com melhores condições de conseguir, pós-2016, um lugar na seleção principal. Joga numa posição carente para o Brasil, já tem um pouco mais de experiência como titular em clubes e tem potencial. Mas vai precisar de apoio do Paulo, que, ao meu ver, não se assemelha ao Zé Roberto somente no tom de voz. Acho que, infelizmente, assim como seu superior, ele não é um bom preparador de jovens atletas. Tomara que esteja errada e que tanto a Rosa como a Naiane saiam ainda mais fortalecidas da próxima temporada.

Comentários

Luis Carlos disse…
Em relação ao sub-23 fiquei muito feliz com o título. Fiquei impressionado com a potência da Drussyla, e olha que ela está uma categoria acima, vai ter um grande futuro.
Paulo Roberto disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo Roberto disse…
Esse título da seleção sub-23 não pode esconder o quadro de total abandono e descuido com as categorias de base do vôlei brasileiro. Aliás, sub-23 pode ser considerada categoria de base????

Espero que boa parte dessas meninas tenham alguma chance na seleção principal pro próximo ciclo, mas como bem lembrou a Laura, as duas das principais promessas pro próximo ciclo estarão nas mãos de um treinador que não é muito habilidoso em lapidar talentos.

Quanto a seleção principal a CT insiste na mesma estratégia pré-Londres e que quase nos custou o pódio olímpico. Ao menos dessa vez, parece não haver crise interna, mas nunca se sabe, é volei feminino e qualquer esporte coletivo feminino tem certas particularidades. No momento, concordo quando dizem que a seleção dos EUA está um nível acima, mas boa parte disso vem do planejamento que a CT americana faz, completamente diferente da nossa. Individualmente, contudo, nossos talentos ainda são maiores, mas como dizia meu antigo treinador, vôlei é o esporte coletivo mais difícil porque raramente um talento individual consegue carregar o time sozinho, todas as peças precisam se ajustar. Nesse ponto, acho que a seleção americana está a nossa frente.
A lI disse…
Concordo contigo PAULO ROBERTO!!! SELEÇÃO SUB-23 NÃO É SELEÇÃO DE BASE!!!
SUB-23 é SELEÇÃO ADULTA INICIANTE, DE NOVAS etc... Mas já não se pode dizer que SUB23 seja BASE!!!
A maior revelação desse Mundial SUB23 foi a ponteira Drussyla que tem apenas 19 anos e vai disputar ainda esse ano o Mundial sub-20.
Drussyla com apenas 16 anos foi PRATA no Mundial SUB21 de VÔLEI DE PRAIA ao lado de Rebeca em 2012.
Drussyla trouxe toda essa experiência da PRAIA para a quadra e, além disso, é treinada por Bernardinho no Rexona, que treina também outra ponteira novata da seleção, a Gabi Guimarães.
Drussyla, apesar de ser a mais nova do time titular da seleção sub-23, com só 19 anos, foi a jogadora que teve as atuações mais regulares e seguras da competição.
Desse grupo campeão SUB23, Drussyla é a que tem um futuro mais promissor.
Por curiosidade, Drussyla é nome de Imperatriz Romana,esposa do imperador Augusto,mãe do imperador Tibério,avó do imperador Cláudio,bisavó do imperador Calígula e trisavó de Nero.
Rosamaria fez um campeonato ruim para mediano, cheio de altos e baixos, mas jogou bem a final e foi premiada pela atuação da final.
Rosamaria tem que evoluir muito ainda e está MUITO CRUA e IRREGULAR para 2016. Ela tem que trabalhar muito ainda e pensar nas Olimpíadas de Tóquio-2020.
Agora, vamos reconhecer: WAGÃO fez MILAGRE com o que tinha nas mãos.
Isso é o que eu chamo TIRAR LEITE DE PEDRA!!!
Depois de uma SURRA HORROROSA contra a TURQUIA num 3×0 humilhante, Wagão conseguiu arrumar o time e derrubar 4 gigantes em sequência: ITÁLIA, BULGÁRIA, REP. DOMINICANA e a revancha contra TURQUIA na final.
Suspeito que com o Luizomar, esse time sub23 talvez nem passasse da fase de classificação.
A seleção SUB20,sem Drussyla que estava na SUB23,fez 3 amistosos com o DENTIL/PRAIA CLUB e perdeu todos eles... Mal sinal não simplesmente pelas derrotas, mas pelo SACODE que a SUB20 levou das meninas do PRAIA CLUB, com direito a 25x11 no último set... A não ser que Drussyla carregue o PIANO da SUB20,essa seleção não deve ir muito longe no Mundial d categoria.
A equipe do Praia se reforçou bastante para a temporada seguinte e já entra como uma das favoritas ao título da Superliga:
Levantadoras: Juliana Carrijo,Claudinha e Francine
Centrais: Walewska,Renata Maggioni,Natasha e Ednéia
Ponteiras: Michelle Pavão,Klineman,Ju Costa e Pri Daroit
Opostas: Daymi Ramirez,Maria Luísa e Nayra
Líbero: Tássia Stahel
Técnico: Ricardo Picinin
A lI disse…
Concordo contigo Laura: ESSES AMISTOSOS COM A BULGÁRIA NÃO TEM NENHUMA UTILIDADE PARA O BRASIL:
1.Tá na cara que as búlgaras não tão levando muito a sério esses amistosos e estão aproveitando as férias no Brasil para fazer TURISMO. Eu me decepcionei com a Bulgária,esperava mais...O segundo jogo foi ainda mais fácil do que o primeiro.A Bulgária parecia não se importar nem um pouco com o placar adverso.
2.Disputar amistosos é TOTALMENTE diferente de disputar a COPA DO MUNDO, não é pra valer e os times entram sem compromisso. Até o fraco sul-americano vai ser mais importante que esses amistosos, pois pelo fato de pelo menos ser um Campeonato, as seleções entram mais motivadas.
3. Os EUA sediaram as OLIMPÍADAS DE ATLANTA-1996 e participaram da COPA DO MUNDO-1995.
4. O JAPÃO sediará as OLIMPÍADAS DE TÓQUIO-2020 e participará da COPA DO MUNDO-2019, pois foi decidido em Lausane,Suíça,no dia 31 de janeiro de 2013,entre a FIVB e a Asociação Japonesa de Voleibol(JVA) que o JAPÃO sediará a COPA DO MUNDO-2019,e, por ser o país-sede,já tem vaga vaga garantida na COPA DO MUNDO-2019.
5. O fato é que nem EUA, nem JAPÃO abriram mão de disputar a COPA DO MUNDO, mesmo sediando as olimpíadas no ano seguinte.
6. A AMÉRICA DO SUL será representada por ARGENTINA(PRIMEIRA VAGA) e PERU(SEGUNDA VAGA). O BRASIL, bicampeão olímpico, perdeu a vaga para as peruanas. O que o Peru vai fazer na Copa do Mundo? É certo o Brasil ficar disputando amistosos e o Peru a Copa do Mundo? Qual é a chance de o Peru sequer estar no PODIUM da COPA DO MUNDO? Simplesmente NENHUMA!!!Pra mim quem tinha que estar jogando amistosos era o Peru e o Brasil teria que estar lá na Copa do Mundo em busca do seu PRIMEIRO TÍTULO contra Rússia, Sérvia, Korea, Japão, China e EUA.
7. Resultados do Peru em 2015:
- VIGÉSIMA SEGUNDA colocada no GRAND PRIX, as peruanas conseguiram a PROEZA de perder a final da TERCEIRA DIVISÃO para as quenianas!!!
- As peruanas foram as PENÚLTIMAS colocadas do JOGOS PAN-AMERICANOS DE TORONTO.
- As peruanas foram as ANTEPENÚLTIMAS colocadas no MUNDIAL SUB-23.
- O PERU foi PAÍS-SEDE do MUNDIAL SUB18 e, mesmo assim, terminou numa VERGONHOSA DÉCIMA SEXTA colocação.
8. As Argentinas, por sua vez, mostraram alguma evolução em relação às peruanas ficando à frente das rivais no torneio classificatório para a COPA DO MUNDO, no SUL-AMERICANO, no GRAND PRIX e no MUNDIAL SUB-18. No Mundial SUB-18 as argentinas ficaram melhores colocadas inclusive que as brasileiras. Logo, Brasil e Argentina mereciam representar a América do Sul na Copa do Mundo e não o Peru!!!
A lI disse…
Comentários sobre o primeiro dia da COPA DO MUNDO:
Antes de mais nada, vou dividir as equipes em 2 grupos:1. Equipes candidatas ao PODIUM: RUSSIA,SÉRVIA,EUA,JAPÃO,CHINA e KOREA.
2. Equipes sem chance de podium: PERU,ARGENTINA,KENIA,ARGELIA,CUBA e REP.DOMINICANA
Claro que o MUNDO DO VÔLEI sente falta da presenças das brasileiras BICAMPEÃS OLÍMPICAS, que deveriam estar representando a AMÉRICA DO SUL e lutando pelo seu primeiro título da COPA DO MUNDO no lugar das peruanas que foram ao torneio para levar surra das principais seleções.
Vamos aos jogos:REP.DOMINICANA 0x3 RUSSIA: Fiquei em dúvida se colocava a Rep.Dominicana entra as favoritas ao PODIUM ou entre as SEM CHANCE,mas depois do atropelo das russas sobre elas,lembrei que Deus NÃO DÁ ASA À COBRA.Impressionante como MARCOS KWIEK,técnico das dominicanas desde 2008,não consegue nada com um time de jogadoras tão ALTAS,FORTES e de TAMANHA IMPULSÃO.Ah esse time nas mãos do Bernardinho... Enfim,ESQUEÇAM AS DOMINICANAS,apesar do MATERIAL HUMANO PRIVILEGIADO, ELAS NÃO SÃO UM TIME,E SIM:UM PUNHADO DE JOGADORAS BATENDO CABEÇA ENTRE SI!!! Como era de se esperar o JOGO DA RÚSSIA se baseou em BOLAS ALTAS PARA AS PONTAS e as centrais só montavam o PAREDÃO, só isso. Todo mundo já está CARECA DE SABER,mas elas são muito eficientes nisso.
CHINA3x1SÉRVIA:o melhor jogo do primeiro dia,com 2 das favoritas se enfrentando cara-a-cara,jogaço da MIHAJLOVIC, mas as chinesas erram muito pouco. Foram 23 pontos dados em erros pelas sérvias contra a apenas 12 das chinesas. As sérvias sacaram muito forte mas cometeram SETE erros de saque, a CHINA não errou um saque sequer e fez OITO ACES sacando menos forte, mas com muito mais inteligência tática!!!
EUA3x0KOREA,como era de se esperar KIM YEOUN KOUNG fez seu papel de MVP OLÍMPICA DE CARREGAR O PIANO coreano,mas não foi suficiente para superar as atuais campeãs PAN-AMERICANAS,MUNDIAIS e DO GP, que atuaram com várias andorinhas fazendo verão.
JAPÃO3X0ARGENTINA:A grande revelação japonesa dos últimos tempos estreou arrasadora na COPA DO MUNDO, foi a maior pontuadora da partida com 14 pontos distribuídos em todos fudamentos:saque,ataque e bloqueio. KOGA é uma ponteira FAZ-TUDO no JAPÃO, com apenas 19 aninhos foi o nome do jogo e veio para fazer dupla na ponta com a estrela do time SAORI KIMURA.
CUBA3X1KENIA:Quem diria que as cubanas, as únicas TETRACAMPEÃS do torneio fossem sofrer tanto para vencer das quenianas.As cubanas só conseguiram vencer na base do bloqueio pq o passe estava ridículo, só de ACES as quenianas fizeram 9 pontos na fraca recepção cubana.Enquanto Cuba e Peru mostram decadência,o Kenia parece ter evoluído um pouquinho...
PERU3X0ARGÉLIA:Este jogo deve ter servido para decidir o último lugar do torneio, porque duvido que esses 2 times vençam de alguma outra equipe. Se bem que das dominicanas pode-se esperar tudo, inclusive uma derrota para a Argélia.
Marco Barbosa disse…
O time da Bulgária me intriga, pois são jogadoras com biotipo excepcional e com boa técnica, algumas com qualidades indiscutíveis, como nossa conhecida Vasileva e a Emilya 'maraviglia' Nicolova, mas nunca conseguem formar com esse bom material humano uma boa equipe. No máximo lampejos ocasionais e só. Nestes amistosos em Maceió (ao que parece serão os únicos legados da gestão do Sr. 'Toroca' na CBV) a Bulgária pareceu absolutamente desinteressada. Espero que para as búlgaras tenha valido pelo menos como um turismo relaxante antes do Europeu, pois para o Brasil periga de ficar como único saldo o inchaço no tornozelo da Fabiana.
Welmer Sales disse…
Muito bom ver as superestimadas americanas com sua força máxima perdendo. Respeito a opinião de quem acha o time americano uma grande equipe, mas continuo achando o time americano apenas bom, nada de excepcional, nada de invencível.

Acharia muito divertido se as americanas saíssem dessa Copa do Mundo sem a vaga a olímpica, tendo que disputar o pré-olímpico da Norceca.
A lI disse…
Laura e amigos,vejam se vocês conseguem engolir essas declarações do técnico do Peru,o brasileiro Mauro Marasciulo,eu estou extremamente indignada e com náuseas até agora depois de saber disso:Mauro Marasciulo queixou-se de não poder contar com algumas jogadoras que estão ou estavam à serviço das seleções de base, o que o levou a inscrever apenas 11 jogadoras na COPA DO MUNDO em vez de 14.
“Este time peruano não teve tempo suficiente para se preparar. A ponteira Katherinne Olemar e a central Clarivett Yllescas que deveriam estar aqui estavam na SUB23,demoraram para se juntar ao grupo na Copa do Mundo.A ponteira Maguilaura Frias e a oposta Ângela Leyva,ambas de 18 anos de idade,titulares no Pan de Toronto estão se preparando para o Mundial sub-20 em Setembro."
O que adianta esse ridículo do Mauro Marasciulo reclamar agora em plena COPA DO MUNDO que só pode contar com 11 jogadoras em vez de 14? Porque ele não convocou uma equipe com jogadoras QUE NÃO FOSSEM SUB-23 para NÃO FICAR DESFALCADO?
Ora bolas,MAURO sabia há muito tempo que esse ano teria Mundiais SUB18,SUB20 e SUB23 um atrás do outro e porque não preparou uma equipe REALMENTE ADULTA para a COPA DO MUNDO???Será que no Peru não existem 14 jogadoras que NÃO SEJAM SUB23 e que pudessem ser treinadas especificamente para a COPA DO MUNDO?Já que o PERU NÃO TEM TIME PARA DISPUTAR A COPA DO MUNDO, porque não abriu mão da vaga para o BRASIL que tem time A,B,C e até D se precisar???Foi pra isso que a Confederação Sul-Americana e a FIVB tiraram o Brasil da COPA DO MUNDO???Se com o TIME COMPLETO, os resultados do Peru em 2015 já foram VEXAMINOSOS,imaginem com o time todo desfalcado...VIGÉSIMA SEGUNDA colocada no GRAND PRIX,PENÚLTIMAS no PAN DE TORONTO,ANTEPENÚLTIMAS no MUNDIAL SUB-23,DÉCIMA SEXTA no SUB-18.O que adianta priorizar o Mundial SUB20 em Setembro,se o Peru vai levar outra SURRA LÁ TAMBÉM???
O fato é que o PERU CAGAR PARA A COPA DO MUNDO e disputar a COMPETIÇÃO COM APENAS 11 JOGADORAS em vez de 14 é desrespeito com a SELEÇÃO BRASILEIRA que nunca conquistou uma COPA DO MUNDO e vai ficar, no mínimo, 4 anos sem poder brigar por esse título!!!
É por essas e outras que o Vôlei a cada dia perde mais espaço na TV e em popularidade para outros esportes como o futebol e o basquete…
Enquanto as brasileiras ficam de castigo disputando amistosinhos ridículos com a DESINTERESSADA BULGÁRIA que veio ao BRASIL para fazer turismo, SÉRVIA e EUA lutam com todas as suas forças para conquistarem sua PRIMEIRA COPA DO MUNDO.
– BRASIL, SÉRVIA e EUA estão entre as grandes seleções que ainda tentam sua primeira conquista na COPA DO MUNDO, mas enquanto as brasileiras assistem pela TV, sérvias e americanas travaram uma verdadeira batalha campal que durou mais de 2 horas de jogaço!!!
– As CUBANAS são as ÚNICAS TETRA-CAMPEÃS da COPA DO MUNDO, mas SEM NENHUMA CHANCE de conquistar o PENTA em 2015. A LEVANTADORA-OPOSTA Lilia Izquierdo e a PONTEIRA canhotaça Regla Bell são as únicas jogadoras TETRA-CAMPEÃS da COPA DO MUNDO, presentes desde o primeiro até o quarto título na SELEÇÃO CUBANA.
– Em seguida vem as CHINESAS que são TRICAMPEÃS da COPA DO MUNDO, e em 2015 querem se igualar às cubanas com o TETRA.
– As ITALIANAS são BI-CAMPEÃS da COPA DO MUNDO, mas não se classificaram para 2015, ficando atrás de russas e sérvias.
– As japonesas e as russas tem um t´titulo de COPA DO MUNDO.
– As coreanas tem 2 BRONZES e se depender da motivação da MVP OLÍMPICA KIM YEOUN KOUNG e oresto do time colaborar, vão atrás de mais um PODIUM na COPA DO MUNDO.
A lI disse…
BRIGA DE CACHORRO GRANDE,FURIA DE TITANS,CHOCK DE MONSTRO isso tudo ilustra o que foram as verdadeiras batalhas SERVIA3x2EUA e RUSSIA3x2JAPAO.
SERVIA e EUA nunca conquistaram um titulo de COPA DO MUNDO e vao lutar muito em busca da primeira conquista. A JUVENIL CANHOTACA BOSKOVIC eh uma OPOSTA FENOMENO,junto de BRANKICA MIHAJLOVIC fizeram o mesmo papel que Kosheleva e Goncharova-Obmochaeva fizeram na Rússia!
Volei Arte x Volei Forca foi Japao x Russia. Kosheleva e Goncharova-Obmochaeva venceram na base da porrada e do bloqueio pesado.
A lI disse…
Tomei um ÓDIO desce time PERUANO e desse TÉCNICO RIDÍCULO MAURO MARASCIULO que espero que as peruanas sejam atropeladas por brasileiras,argentinas e colombianas nesse SUL-AMERICANO que vem por aí.Espero mesmo que o Brasil entre com força máxima e trucide este time peruano de uma figa. No jogo contra a KOREA nesse Domingo pela COPA DO MUNDO,o placar de bloqueios foi 16x0,isso mesmo,DEZESSEIS a ZERO,as peruanas não viram a cor da bola contra a KOREA.
Sabem quem as peruanas enfrentam na segunda?As girafas sérvias... Se as sérvias fizeram 22x10 nos bloqueios contra as atuais campeãs PAN-AMERICANAS,MUNDIAIS e do GP,o que não farão com esse time peruano capenga???
A lI disse…

Se de milho em milho a galinha enche o papo, de surra em surra o Peru também vai enchendo seu papo na Copa do Mundo...