domingo, 5 de julho de 2015

GP - Brasil 3x0 Tailândia

Fora o primeiro set, que só foi decidido no final graças a uma boa sequência de saques da Garay, o Brasil não teve maiores dificuldades para vencer a Tailândia.

O bloqueio, principal fundamento da seleção neste início de temporada, demorou a aparecer. Parte da dificuldade veio do saque pouco forçado da seleção, que dificultou a marcação das jogadas velozes das tailandesas. Mas, aos poucos, saque e bloqueio entraram na partida e tornaram a disputa mais fácil para o Brasil.

Nossas atacantes enfrentaram um bloqueio baixo, mas isso não foi sinônimo de facilidade já que era de se esperar um grande volume de jogo por parte da Tailândia. O mais importante é que o Brasil acompanhou pacientemente e com qualidade a troca de bolas e também respondeu com um bom volume na defesa.

Com o passe adequado, a Dani abusou da velocidade nas jogadas com as centrais, colocando a Jucy como maior pontuadora da partida. Outra jogadora que se beneficiou com a velocidade foi a Gabi, que teve boa atuação no ataque.



****************************

Ao final da primeira rodada do GP, podemos dizer que as meios de rede roubaram a cena. Jucy e Ana Carol foram os destaques nas partidas, ora por serem nossa bola de segurança, ora por fazerem a diferença no bloqueio.

Ao que tudo indica, elas permanecem no grupo que disputa o GP juntamente com Gabi, Natália, Brait, Monique e Dani Lins. O entrosamento entre elas e a Dani se mostra fundamental para que o Brasil tenha variação de ataque nas próximas rodadas do GP. Afinal, nossas pontas ainda estão muito irregulares e as opções na reserva estarão mais escassas, pois parte do grupo vai para o Panamericano. 


Na próxima rodada o Brasil enfrenta Bélgica, Alemanha e Tailândia. O nível de dificuldade deve ser o mesmo desta primeira. A maioria das seleções do GP está com um elenco misto, que deve ser reforçado aos poucos. O Brasil faz o movimento contrário devido ao Panamericano. Isso não deve comprometer a classificação para a fase final onde, aí sim, a divisão dos elencos pode pesar contra.

Nenhum comentário: