Classificado, mas da pior maneira possível


Rexona 3x1 São Cristóvão Saúde/São Caetano 


Sim, o Rexona venceu e se classificou para as semifinais da Superliga, como o esperado. Mas conseguiu isso da maneira mais feia possível. Provavelmente, foi a pior partida que a equipe fez na competição nesta temporada. 

A sorte do Rexona foi que o São Caetano não teve experiência e competência suficientes para aproveitar melhor os inúmeros contra-ataques proporcionados pelos ataques à meia-força da equipe carioca. Nunca vi o trio de atacantes do Rio segurar tanto o braço. Com um pouco menos de erros e desperdícios, o Sanca tinha levado facilmente a partida para o tie-break.

************************

A atuação do Rexona no segundo e terceiro sets pode ter tido uma pitada de azar, aquele dia que não dá nada certo. Mas não foi somente isso. Faz tempo que o time tem oscilado demais durante as partidas e hoje foi mais uma delas.

E já venho comentando há algum tempo e vou repetir: o rendimento do ataque carioca está caindo. O que era o principal diferencial da equipe está se perdendo. Antes, Gabi e Natália formavam a dupla de ataque mais forte da SL (nesta segunda, levaram um banho de outra dupla, Thaisinha e Paula). Agora, é raro ver as duas atuando bem na mesma partida.

Nem é preciso dizer que este é o momento mais inadequado para o desempenho do Rexona vacilar. Quanto mais se aproxima da final, mais problemas apresenta em quadra. Não que o time tenha perdido as condições de título – ainda é o favorito para isso. Só que o caminho está cada vez mais difícil porque a diferença entre ele e os demais diminui a cada rodada. 

Comentários

Tie-Break disse…
AS VEZES PARECE QUE O BERNARDINHO TENTA TIRAR O FAVORITISMO DA SUA EQUIPE, É NÍTIDO QUE O REXONA ESTÁ BEM ACIMA DOS SEUS CONCORRENTES, TALVEZ O SESI SEJA A EQUIPE QUE FAÇA MAIS FRENTE, MAS AINDA NÃO ACHO QUE O RIO DE JANEIRO PERDERIA UMA POSSÍVEL FINAL.
OUTRO PONTO CHAVE É O ATAQUE, NÃO VEJO NESTA SUPERLIGA UMA EQUIPE QUE TENHA TANTO PODER ATAQUE QUANTO O REXONA.
A ÚNICA FORMA DE TENTAR ANULAR ESSA EFICIÊNCIA NO ATAQUE DO REXONA É QUEBRANDO A RECEPÇÃO,E DEIXANDO A GABI BEM MARCADA, MESMO ASSIM É COMPLICADO POR QUE COM NATALIA CADA VEZ MAIS NO ÁPICE E AS CENTRAIS SEMPRE REGULARES FICA DIFÍCIL MARCAR SÓ UMA JOGADORA.