sábado, 28 de fevereiro de 2015

De olho no topo da tabela


Molico/Osasco 3x0 Dentil/Praia Clube
 
O Molico/Osasco precisava de uma vitória convincente para afastar as desconfianças em torno do time. Conseguiu em parte. O time mostrou algumas fragilidades – que vamos comentar a seguir -, mas fixou a barra que separa as mulheres das meninas na SL, deixando claro que há uma diferença de qualidade a partir da terceira colocação para cima. 
 
**************************

Não foi uma partida do ataque. Tanto Praia como Osasco tiveram que lidar com muitos erros por parte das suas atacantes. O Praia começou com uma boa variação de jogadas e um bom aproveitamento da Ramirez e Tandara. O fôlego, no entanto, principalmente da cubana, caiu, deixando a virada de bola mineira mais complicada.

O Osasco, infelizmente, não conseguiu explorar suas jogadas com as centrais – muito por causa do passe, problema que o Praia também enfrentou. Mas teve um equilíbrio na distribuição entre a Ivna e a Carcaces e a dupla respondeu bem melhor que adversária. Ainda assim, houve momentos no jogo, sobretudo no início dos dois primeiros sets, que o ataque deu de graça pontos em erros.

No fim, o que fez a diferença a favor do Osasco foi o bloqueio – além do maior número de erros do Praia. Com um bom saque, o paredão paulista meteu pressão contra as mineiras. O Praia, no entanto, não conseguiu responder na mesma moeda, apesar de ter tido um saque agressivo. 
 
*******************************

O Praia Clube bem que tentou, mas a realidade veio bater à porta. Dificuldade no ataque, muitos erros, bloqueio inexistente: os mesmos problemas de toda a SL apareceram na partida de ontem. O time mostrou que não tem estofo para almejar mais do que alcançou até agora. Nos momentos mais importantes, se quebrou. Cometeu erros e construiu o caminho para que o Osasco, calejado e rodado, se recuperasse na partida.

A partir de agora, Osasco mira pra cima, em busca da vice-liderança. 

 
*******************************
 
Demais resultados da 9ª rodada do returno:

Rio do Sul/Equibrasil 3x2 Uniara/Afav

Maranhão/Cemar 3x0 São Bernardo

São José dos Campos 0x3 Brasília

Rexona 3x1 São Cristóvão Saúde/São Caetano

Sesi 3x1 Pinheiros

- O Sesi quase se atrapalhou contra o Pinheiros, mas o banco ajudou o time a conquistar uma vitória importante. Destaque para Fabizona que foi uma das principais atacantes e bloqueadoras da partida. Com Pri Daroit e Bárbara em dificuldade de pontuar, Suelle assumiu a responsa e também se destacou. E, a melhor notícia, o jogo marcou a volta da Monique em quadra. Reforço importantíssimo para o Sesi nesta hora final da SL.

Já o Pinheiros, como sabemos, enfrenta uma sequência difícil ao mesmo tempo que precisa mostrar sinais de que ainda tem lenha para queimar na SL. Mais uma vez, a Rosamaria, peça importante do time, não correspondeu. Sem a Renatinha no banco, o Wagão fica engessado e o Pinheiros limitado.

- A Érika está fora da SL. Fraturou o dedo na partida desta sexta-feira. Uma grande perda para o Brasília que, com ela em quadra ao lado da Michelle, tinha encontrado um equilíbrio.

- O Rexona ainda luta neste returno para não deixar cair o seu rendimento. Acontece que não está conseguindo. As bobeadas estão custando suor e sets, como este contra o Sanca.

Nenhum comentário: