quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Equilíbrio? Onde?

Ontem a SL tinha dois jogos que prometiam ser bastante equilibrados, mas a realidade frustou nossa expectativa. Tanto Pinheiros x Sesi e Dentil/Praia Clube x Molico/Osasco tiveram placares de 3 a 0, e, para decepcionar mais ainda, com atuações fracas das donas da casa.

Pinheiros e Praia Clube tiveram os mesmo problemas: dificuldade de pontuar no ataque e uma noite pouco inspirada por parte das suas opostos, Rosamaria e Tandara.

Vamos comentar com mais detalhes cada jogo:

Pinheiros 0x3 Sesi 

 
Questionávamos se o Sesi conseguiria manter a mesma regularidade que estava apresentando nas partidas iniciais quando enfrentasse time de maior qualidade na Superliga, ele. Bom, o primeiro grande teste foi ontem, e o time saiu com nota máxima.

A equipe do Talmo tomou conta da partida, impondo o ritmo de jogo. O maior trunfo foi a boa marcação que fez das ponteiras do Pinheiros. Os pontos não vieram necessariamente do bloqueio, mas dos contra-ataques que a defesa proporcionava.

Sim, o Sesi deu lá suas bobeadas, teve que, algumas vezes, se recuperar no placar, mas tudo dentro da normalidade de um jogo. O time mudou: antes era o Sesi que não conseguia segurar as vantagens que abria no placar. Está longe daquela equipe irregular e pouco confiável da fase de classificação da temporada passada. Em comparação com as demais equipes, tem errado pouco.

Ainda pode, claro, ser batido por equipes com valores individuais mais fortes, como o Molico e o Rexona. Mas, como conjunto, está muito bem estruturado.

E o Pinheiros não conseguiu quebrar esta sólida estrutura do Sesi, principalmente no passe. Para piorar, teve dificuldades no ataque, deu pontos em erros neste fundamento que aliviaram a pressão para cima do Sesi.

Uma pena, porque via que este confronto poderia bem mais equilibrado. Considero as equipes semelhantes, onde o conjunto se destaca mais que as individualidades. O Sesi mostrou isso, mas o Pinheiros sucumbiu à má atuação da Rosamaria. 


**************************

Dentil Praia Clube 0x3 Molico/Osasco

Êta joguinho ruim. Tirando o primeiro set, que foi disputado mais na bola, os demais foram um show de erros.

Se não fosse o belo aproveitamento da cubana Carcaces no ataque, o Molico estaria em maus lençóis. A questão é que, novamente, o time cometeu muitos erros - e erros bobos. É engraçado como o Osasco, de uma hora para outra, se desestrutura completamente. Aí é passe quinando, defesa batendo cabeça, ataque jogado pra fora... Vai numa sequência.

Foi somente por causa destas bobeadas que o Praia conseguiu equilibrar o primeiro e, principalmente, o terceiro set. O time de Uberlândia não jogou nada bem.

O ataque foi, sem dúvida, o principal problema. A virada de bola penou. E olha que, mesmo sem a líbero Tássia e tendo a Isabela improvisada na posição, a recepção não comprometeu. Foi, na verdade, uma noite ruim da Tandara e, também, de más escolhas da Karine.

Fora o primeiro set, quando Ju Costa e até a Sassá viraram com certa tranquilidade, o Praia teve dificuldade de colocar a bola no chão através do ataque. Contra-ataques também não foram aproveitados – ou melhor, mal houve contra-ataques. Isso porque o time não conseguiu manter uma pressão no saque que desestabilizasse o passe do Osasco, o que dificultou ainda mais o trabalho do fraco bloqueio e, consequentemente, da defesa.

Falando sobre o bloqueio do Praia, o problema não é nem ele não pontuar, mas sequer tocar na bola para facilitar o trabalho da defesa. Continuo não entendendo porque a Letícia Hage não é a titular. Quando ela entrou ontem, o bloqueio cresceu. Perde no ataque, mas o reforço no bloqueio compensa – mesmo porque a opção de ataque com as centrais mal tem sido utilizada. A necessidade atual é maior neste sentido.


***************************

Demais resultados da 9ª rodada:

Uniara Afav 3x1 Rio do Sul/Equibrasil

São Bernardo Vôlei 3x1 Maranhão/Cemar

Brasília 3x0 São José dos Campos

São Cristovão Saúde/São Caetano1x3 Rexona/Ades



 

2 comentários:

Eduardo Araujo disse...

Esse ano esta difícil assistir vôlei... oq é estranho... de jogadoras que foram para fora.. na minha conta foram 3, fabiola, sheila e a garay... sendo que a mesma já não participou do ano passado... Não era para a sl estar tão fraca assim
será que as jogadoras estrangeiras fazem tanta falta assim... eu achava que não, mas pelo visto é o contrário

Marcelo Fernandes disse...

SESI 3 x 2 Praia

Praia muito Tandara-dependente, Letícia Hage bem melhor q Natasha q n consegue virar bolas, até quando Ramirez vai ficar d fora? Ju Costa com dificuldade na virada d bola. Fica difícil.