A liderança para o melhor ataque



Sesi 1x3 Rexona

Primeiro, quero pedir desculpas pela demora em atualizar o Papo. 

A liderança do primeiro turno da SL ficou nas mãos do time mais merecedor. O Rexona demorou a engrenar, se complicou em partidas consideradas fáceis, mas chegou ao final desta primeira fase como o time que apresentou o melhor equilíbrio entre conjunto e forças individuais.

Talvez o Molico/Osasco pudesse brigar por este “título”, mas os desfalques das últimas rodadas derrubaram tanto o conjunto quanto as individualidades. E pior: mostrou uma equipe pouco estável emocionamente.


*************************


O Rexona erra demais (contra o Sesi foram 32!), mas tem a seu favor uma qualidade em falta nesta SL: a eficiência do ataque. Enquanto a maioria das equipes sofre com o baixo aproveitamento de suas atacantes ou a dependência de uma jogadora, o Rexona tem repertório e conta com a ótima fase das suas atletas.

Antes de começar a temporada, o ataque carioca era uma incógnita. Gabi não tinha feito uma SL muito inspirada; Natália era considerada um caso perdido; e não se sabia se a Andreia conseguiria repetir o mesmo rendimento que apresentou no Pinheiros numa equipe de maior peso.

No fim do primeiro turno temos uma Gabi super regular, voando fisicamente e sendo, invariavelmente, a maior pontuadora da equipe a cada partida. A Natália recuperou aquela força de ataque que tanto a caracterizava e é a bola de segurança nas horas decisivas. 

A única que não deu resultado foi a Andreia. Mas a sua substituta, a Bruna, tem sido uma boa surpresa. Amparada por Gabi e Natália, ela vai, aos poucos, adquirindo confiança. 

E tem ainda a ótima opção com as centrais, principalmente com a Jucy. Opção que a Fofão tem conseguido utilizar mais nesta temporada já que a dupla de ponteiras, depois de um início ruim, tem conseguido manter uma certa regularidade no passe.

*************************

Apesar de ser a melhor equipe do primeiro turno, o Rexona não tira um troféu do Sesi. A equipe paulista ainda é a mais regular - até porque as cariocas cometem muitos erros. O time do Talmo, incrivelmente, é o mais concentrado e disciplinado.

Faltou nesta partida contra o Rexona, um melhor aproveitamento dos contra-ataques e mais agressividade no saque. E aí, a falta da Monique pesou. E mais ainda: a escolha pela Bárbara para substituir a oposto pesou. 

Adaptada no papel de oposta, a Bárbara praticamente só é opção para a levantadora na virada de bola. Nos contra-ataques, ela não é a mais indicada para virar as bolas altas e empinadas que normalmente são armadas nesta situação. Ou seja, a escolha da levantadora fica bem restrita. 

Também acho que a Fabiana não teve uma boa atuação no ataque.Talvez seja falta de prática, já que não tem sido tão acionada nesta SL. A jogadora está sendo subaproveitada. O entrosamento com a Dani Lins tornou a Fabiana uma das senão a principal atacante do Sesi na temporada passada. A Dani puxava bolas com ela impressionantes. Agora, a central está esquecida. Vai ser fundamental que a sintonia entre ela e a Carol seja afinada para que o já difícil desfalque da Monique não se torne um obstáculo maior ainda.



*************************


Demais resultados da 13ª rodada:

Brasília 3x0 Uniara/Afav

São Cristóvão Saúde/são Caetano 1x3 Camponesa/Minas

Pinheiros 3x0 Rio do Sul/Equibrasil

Dentil/Praia Clube 3x0 Maranhão/Cemar

Molico/Osasco 3x0 São José dos Campos


- Depois de dar uma folga às titulares contra o São José dos Campos, o treinador do Praia, Picinin, resolveu mudar a composição do time na partida contra o Maranhão. Colocou a Webster no lugar da Ju Costa, deslocando novamente a Tandara para ser ponteira passadora. A atitude foi boa, mas o time continuou todo voltado à Tandara. Agora o Picinin tem que incentivar a Karine a colocar a Webster pra jogar, até para ver se ela rende e se tem condições de ser uma verdadeira opção de ataque.


- Quero parabenizar a Nestlé pela homenagem ao grupo campeão mundial de clubes em 1994, o Leite Moça/Nestlé, no domingo, na partida do Molico.

É tão raro vermos uma ação de marketing no vôlei que resgate a história de um clube - da mesma forma que são raros os patrocinadores ou times que tenham, no Brasil, uma história a contar ou a preservar.

A homenagem ao supertime de 94 provocou uma série de lembranças em mim, como imagino que em inúmeros torcedores daquela época. Foi o time do Leite Moça e a seleção brasileira daquele ano que me fizeram acompanhar o vôlei.

A história dos times e dos atletas brasileiros é mal cuidada, muito pouco valorizada. Por isso, muito legal a sacada da Nestlé. Tratou com carinho um esporte que faz parte da vida de milhões de pessoas.


Comentários

Acredito que se o Rexona diminuir os erros, dificilmente um equipe tirará o 10° título. As ponteiras estão em uma fase extraordinária (pra mim são titulares da seleção brasileira), Jucy e Carol estão mais uma temporada muito consistente. Não vejo equipe com maior potencial de ataque na SL.
hugosenna disse…
Ufa que demora.. ancioso pelo post...
Feliz natal Laura e a galera do papo.
Welmer Sales disse…
Eu não pude ver o jogo entre Rexona e SESI, mas tô impressionado com a qualidade do voleibol praticado pela equipe carioca. O time geralmente começava a Superliga capengando, mas nessa temporada isso tem sido diferente e a equipe jogou um ótimo voleibol nesse primeiro turno e acho que isso se deve a ótima fase que se encontram Gabi e Natália.

Queria destacar aqui após o final do primeiro turno a evolução do time do Minas. O time começou a Superliga com 5 derrotas, praticando um voleibol bem fraco com baixa eficiência em todos os fundamentos. Depois que a Jaque chegou ao time e Naiane foi efetivada como levantadora, o time subiu de produção, a recepção do time melhorou (hoje é a melhor da Superliga) e o ataque começou a ser efetivo. O time desde então alcançou 6 vitórias (acho que poderia ter sido 7 vitórias, acredito que o time do Minas seja melhor que o time do Brasília, mas na partida entre as equipes o time mineiro não conseguiu mostrar isso dentro de quadra) e acredito que a equipe ainda tenha margem para evolução. Gostei muito da formação com Mari e Jaque nas pontas e Carla como oposto. Jaque dá uma consistência muito boa no fundo de quadra e também ajuda na rede e Carla e Mari têm conseguido pontuar no ataque. É muito bom também ver duas jovens jogadoras como titulares e tendo atuações de destaque, Naiane e Laís têm potencial e a convivência com jogadoras experientes e com história dentro do voleibol nacional, como Jaque, Wal e Carol Gattaz, pode ajudar muito dessas jovens jogadoras.

Ah, um Feliz Natal para você, Laura, e para todos os participantes e leitores do blog. :D
Fofão esta jogando mais do q a SL passada! Ainda tem isso.
Laura disse…
Marcelo, é verdade! Acho q o passe tem ajudado ela tb.

Welmer, tb estou surpresa com o nível alcançado pelo Rexona até aqui.

A todos, um feliz Natal! Já aproveito para desejar tb um ótimo ano novo, pois vou me "desligar" nos próximos dias e só devo voltar a atualizar o Papo em janeiro. Não vou conseguir acompanhar o Molico no Top Volley, mas vcs sabem: O blog está aberto pra vcs comentarem.

Abraço a todos!
hugosenna disse…
ahhhh Laura so nao demora muito ta?
BOAS FESTAS....
PS: meninos sera que vai ter transmissao do TOP? avisem aqui....
Welmer Sales disse…
Vai, sim, Hugo!

A ESPN tem os direitos de transmissão.
hugosenna disse…
Ahhh... valeu Welmer.
apesar dos desfalques, acredito no potencial do Molico para chegar a final, e na realidade, gostaria e muito, de saber da gravidade da 'lesao' da Dani...sera que ela vai fica muito tempo se recuperando? e voce lembra que uma lesao nas costas tirou a Fernandinha no momento crucial da superliga pelo Campinas? vamos tocer que nao!!!! porem niguem se pronucia. Pelo menos eu nao li nada sobre o tempo de recuperaçao, vamos aguardar...(o que voce acha WELMER)?
Eduardo Araujo disse…
Hoje o Molico, jogou com força total e foi outro desastre na estreia do top vôlei... parecia um time profissional contra um amador... sem dúvidas esse foi o pior time montado pela Nestlé nos últimos 3 anos... tenho sérias dúvidas que esse time melhore
Falar da conquista do Molico no Top Voley ninguem quer.....
Achei o Top Volley um torneio tecnicamente fraco com alguns bons valores individuais. Parabéns ao Mollico anyway..

Parabéns à Fabíola MVP do campeonato russo.