Mundial: Brasil 3x1 Holanda


Pensei que iria ter que escrever neste post as mesmas coisas que escrevi até agora sobre os jogos brasileiros no Mundial. Pelo menos, eram o que os dois sets indicavam: mais uma vez um Brasil com dificuldades no passe e no ataque, confuso na sua organização de jogadas e pouco agressivo.

Ainda bem que, a partir do terceiro set, a seleção deu sinais de recuperação – não só da partida, mas do seu estilo de jogo. Vimos os dois sistemas, de ataque e defesa, finalmente funcionando bem juntos. Até então, era o bloqueio compensando a baixa eficiência do ataque ou vice-versa.

Para mim, os três últimos sets foram os melhores do Brasil no campeonato. E não por acaso, foi também as melhores atuações de Garay e Dani Lins. Espero que tenha sido apenas uma amostra do que vamos ver da seleção daqui para frente.

Não sei se é mais uma torcida ou uma previsão embasada, mas acredito que, ao enfrentar grandes adversários como Rússia e Estados Unidos, o Brasil vai automaticamente elevar seu nível de jogo. Ao menos, os confrontos do final de semana vão dar a real sobre as condições brasileiras em levar o título inédito.

**********************

Demais resultados da 2ª rodada da 2ª fase:

Grupo E

China 3x0 Croácia
Itália 3x0 Bélgica
Japão 3x2 Alemanha
Rep. Dominicana 3x1 Azerbaijão

- Japão se complicou – e muito – depois desta vitória no tie-break contra a Alemanha. Sábado enfrenta a Itália numa partida crucial para sua sobrevivência no campeonato.

Grupo F
EUA 3x0 Bulgária
Sérvia 3x0 Cazaquistão
Turquia 3x2 Rússia

- É, não é só o Brasil que tem dificuldades de enfrentar a Turquia... Gamova parou no banco enquanto Sonsirma brilhou. A partida foi tão equilibrada que ambas equipes fizeram o mesmo número de pontos: 109. Pelo que li, a Rússia achou que o jogo estava ganho no quarto set, relaxou e levou a virada que provocou o tie-break. Salto alto que pode custar a classificação.

Comentários

Zé Henrique disse…
Laura, achei que nos dois primeiros sets o Brasil também foi bem - pelo menos até metade deles.
Mas, sem dúvida, foi o melhor jogo do Brasil.
Que siga assim, subindo.
Sou fã da Sonsirma.
MArcos Pontes disse…
Grande jogo da Thaisa, boa participação da Tandara também.Finalmente vi uma bola rápida pra Garay. A subida de produção da Dani foi fundamental para o jogo da Garay. Os times com menos tradição tendem a entrar com tudo no primeiro set enquanto o Brasil entra meio blaze, mas logo caem na real e se deixam abater. Ontem foi diferente, achei que o Brasil começou bem mas se deixou abalar com o saque holandês. Porém depois tudo voltou ao normal e a Holanda percebeu que não ainda não dá, mas esse time tem futuro!
Zé Henrique disse…
Me deu saudade da Aline, a louca.
Ehh, vida doida. :-):-):-)

PS: Amanhã o Brasil elimina a Rússia.
Também ponho fé no Brasil. A Rússia vai ter q lutar pela última vaga com a Sérvia e tem boas chances de vazar. Espero q o jogo seja transmitido.