"As meninas não se acreditam!"


Optei por este título no post porque achei a frase dita pela narrador do Sportv após a conquista do Sul-americano pelo Sesi marcante. Não só pela criatividade gramatical (vamos chamar assim...), mas porque dá o tom do que a maioria das pessoas esperava deste jogo: a vitória do Molico/Osasco.

Acontece que esta derrota do Osasco pode contrariar as expectativas, mas não chega a ser surpreendente. Ela já vinha sendo ensaiada por ambas as equipes desde a final da Copa Brasil. Desde lá, o Osasco caiu de rendimento, suando para ganhar de times mais fracos na Superliga e manter a sua invencibilidade. Já o Sesi vinha no sentido contrário, numa recuperação extraordinária, que transformou um time sem nexo num dos mais aplicados taticamente do campeonato.

Então, apesar das meninas “não se acreditarem”, foi um vitória muito trabalhada por elas e pelo Talmo. 

*******************************

O Osasco não esteve numa boa noite, mas isso não desmerece em nada a atuação perfeita do Sesi, que encurralou o adversário. A equipe do Luizomar ficou perdida em quadra, sem saber como lidar com as dificuldades no placar.

Enquanto o aproveitamento do ataque do Sesi foi excelente (a Ivna chegou a impressionantes 70%), o mesmo não se pode dizer do Osasco. Um tempo técnico do Luizomar ilustrou bem as dificuldades do time quando ele disse que as meninas do Sesi viravam os ataques mesmo com um passe B. Já as do Osasco travavam, dando oportunidades de contra-ataque para as adversárias.

O Sesi estudou e marcou muito bem o Osasco. Além do paredão formado pelo bloqueio, a defesa esteve muito atenta também – o mesmo não se pode dizer do Osasco que teve uma atuação muito fraca nos dois fundamentos.

*******************************

Esta reviravolta do Sesi é incrível – a la seleção brasileira em Londres. O time cresceu exatamente quando acumulava derrotas inexplicáveis e um sem número de jogadoras contundidas, sem conseguir formar o grupo titular. No meio dessa confusão, a equipe ressurgiu e no embalo trouxe novamente as boas atuações de Fabiana, Ana Beatriz e Dani Lins e a afirmação da Ivna como oposta. 


*******************************
 
A maior dor do Osasco não está, certamente, na perda do título do Sul-americano, mas sim pelo o que ele representava: o ticket de entrada para o Mundial. O clube e patrocinador lutaram para que o campeonato ocorresse pensando, claro, no Mundial. Agora têm que esperar por um convite. Sediar o evento, no fim, foi um tiro no pé. Trouxe para a competição o único time em condições de vencer o Osasco. Coisas do esporte...

O título se foi, mas a Superliga está aí e ela por si só vale mais do que o Sula. A derrota no torneio continental serve de alerta para um time que vinha cambaleando no nacional, ainda que líder invicto.

O Luizomar insinuou uma reclamação ao calendário das competições ao final da partida de ontem. Este novo cronograma é um aprendizado para os clubes brasileiros. Os times têm que ver que não dá para ganhar tudo nem estar 100% em todas as competições. Têm que estabelecer as suas prioridades. 

Comentários

Anônimo disse…
Impossivel não reconhecer o bom trabalho do SESI nesta final, o time entrou completamente concentrado e com uma postura agressiva e imponente. Um passe muito consistente. Ivna com 70% de aproveitamento no contra ataque e na virada de bola e a Fabiana numa noite muito inspirada. Foi notório naquele ultimo apagão do Osasco no terceiro set que o time do SESI (Principalmente a Fabiana) havia estudado muito o time de Osasco.

Embora seja um torcedor apaixonado pelo Osasco me sinto na obrigação de reconhecer que o SESI foi superior e fez um excelente trabalho.

Porem não acredito que o SESI tenha alguma chance de vencer times como Rabita, VakifBank ou Fenerbahce. Ainda falta um pouco de experiencia.

--

Quanto ao meu Osasco, infelizmente as ponteiras não estão funcionando muito bem, a Caterina em si tem feito o papel dela de preparação, as vezes bate umas bolas bonitas mas ainda não tem nivel pra ser titular em time como o Osasco. Sania esta complicado, gosto dela como jogadora mas ela é extremamente emocional, isso o jogo de ontem demonstrou, ela teve dificuldade de virar umas bolas e fica nervosinha. A Sanja pra mim esta longe de cumprir o papel a qual foi contratada. Me agradou apenas no jogo contra o Rio.

Esse jogo só mostra como no cenário atual ninguém é imbativel e qualquer resultado esta em aberto.
Welmer disse…
O time de Osasco há um bom tempo já vinha pedindo para perder, e essa derrota veio ontem, justamente numa final.

Ontem, o time inteiro jogou mal. Fabiola, pra mim, até o segundo set estava tentando puxar o time, mas não conseguiu e no terceiro set sucumbiu a postura apática do time. Sheilla, não sei o que acontece com ela, tá jogando mal e não dá sinais dentro da partida que pode se recuperar, espero que essa derrota dê uma chacoalhada nela e ela volte a praticar seu melhor voleibol. As nossas centrais não tinham muito o que fazer, estavam muito marcadas, uma vez que as atacantes de extremidades não estavam virando nada. Agora, fiquei muito surpreso com a substituição do Luizomar no segundo set, pra mim, naquele set Sanja vinha bem e virando bolas, aí Luizomar coloca a Gabi?! Se o Sesi conseguiu essa vitória, pode-se colocar parte dessa vitória na conta do time osasquense, que jogou muito mal.

Não posso tirar os méritos da equipe do Sesi, que vem numa crescente e jogou um voleibol de alto nível. Torci muito durante aquela fase ruim do time para que elas se recuperassem e hoje está aí, o time é campeão Sul-americano e tem vaga garantida no mundial.

Essa é a grande graça da final em jogo único: tudo pode acontecer! Agora, num possível encontro nas semifinais da Superliga, não acredito que Osasco seja eliminado.
Anônimo disse…
Já eu se acreditava.
Se o Sesi estava em ascensão e o Osasco, se não em declínio, um tanto quanto fastioso, não era uma possibilidade absurda como há 2/3 meses.
Porém, 3x0 nem o mais otimista torcedor se acreditaria.
Enfim, vitória linda, como todas as voltas por cima são e mais uma vez fica a bela lição que sempre é possível uma volta por cima.
Se se trabalhar e se se acreditar. Rrsrsrs

PS: A Ivna merecia uma chance na seleção, hein?!

PS2: A derrota do Osasco é um alento para a superliga.
Quanto mais equilibrado o campeonato melhor para nós.

Zé Henrique
Anônimo disse…
hahha esse timinho vai cagar no mundial todo mundo sabe que o unico time do brasil qque pode duelar de igual para igual com vakifbank e o osasco lembram do rio ne
Paulo Roberto disse…
Pelo que vinham apresentado nos últimos jogos, já esperava uma vitória do Sesi mas não do jeito que foi. O jogo do Osasco foi muito marcado, em parte eu credito isso ao esquema tático do Luizomar que é muito fechado. Por exemplo, não entendo porque Thaísa participa da rede de 3 (na seleção também é assim). Também não entendi a entrada da Gabi no lugar da Sanja naquele momento do jogo, pra mim ela vinha fazendo um bom segundo set.
A impressão que ficou é que o Molico vai ter que remar tudo de novo pra voltar a ter uma aparência de time, de grupo.
Anônimo disse…
O Molico pode ser convidado para o mundial? Acho merecido pois tanto a cidade quanto o patrocinador fizeram um esforço para ser sede do torneio,porque poderia nem acontecer,e se não tivesse sido sede do torneio o Sesi nem participaria, acho q a FIVB, deveria levar em conta todos esses fatores e fazer o convite ao Melhor time do Brasil na atualidade.Bom essa é minha opinião claro q muitos não concordaram, e creio que com dois clubes brasileiros o mundial pode ficar mais competitivo,afinal, Bi campeão olímpico.E #VoltaJaque
tuliobr disse…
Parece que os deuses do vôlei, arrependidos do duro tratamento que andaram dispensando ao Talmo, resolveram compensar e eis que o técnico, premido por circunstâncias além de seu controle, 'achou' um time que ele, por sua livre opção, dificilmente colocaria em quadra. Provavelmente nem ele, nem nenhum outro técnico do Brasil, aliás. Isso porque a formação preferida por todos inclui uma ponteira dedicada à recepção, dividindo a quadra com a líbero, enquanto a outra ponteira, geralmente a mais alta ou mais forte, incumbe-se de pouca ou nenhuma responsabilidade com o passe, dedicando-se ao ataque. Mas o Talmo perdeu por contusão todas as suas ponteiras 'de força' e pôs em quadra Dayse e Suelle, uma dupla de clássicas passadoras, e o time ganhou uma consistência nunca vista no conturbado turno da SL, além do brilho da Fabiana tornar-se intenso como há muito não se via. Também há muito não víamos a Ivna jogar tanto; desde os tempos do Minas quando, antes das contusões que a levaram para a mesa de cirurgia, todos tínhamos certeza de que já havia em Saquarema uma camisa com o nome dela só esperando o momento certo para ser entregue. Não sei o que o
Talmo fará quando tiver de volta a Daroit, a Ju Costa e a Mari, mas a experiência de subversão da ordem vigente que ele acidentalmente promoveu está muito interessante. Quanto ao Osasco, além do muito já falado por aqui acrescento que, na minha visão, foi fundamental para a derrota do time a nada habitual fraca atuação da Camila Brait. Fabíola sofreu com uma recepção insegura, com muitas bolas espetadas na rede, a ponto de obrigarem que ela invadisse por duas vezes tentando salvar um levantamento, além de poucos passes de contra-ataque aproveitáveis. Sem jogo com as centrais, deveria aparecer o jogo da Sheilla, mas ela parecia evidentemente desconcentrada como provam seus sucessivos erros de saque. Por fim, a substituição da Sanja pela Gabi pôs a jovem baixinha para encarar uma assustadora Ivna na rede, em duelo absolutamente desigual e com resultado óbvio. Uma tempestade perfeita que desabou sobre a equipe de Osasco mas, não me levem a mal, foi o melhor resultado para o vôlei feminino brasileiro. Isso porque se o SESI continuasse como estava os boatos sobre corte no investimento ou até extinção do time feminino soariam cada vez mais verossímeis. Agora, campeão sul-americano e podendo levar a marca Skaff, ops, SESI para o torneio mundial, as perspectivas melhoram muito.
tete disse…
O Molico/ Osasco não merece ser convidado ele perdeu. E não adianta vir com argumentos que ele patrocinou e deve ser chamado, pois se for assim todos os times Sul Americanos vão querer patrocinar que automaticamente vão participar do Mundial.
Anônimo disse…
o molico não só merece ser convidado com tenho certeza que vai, respondendo vc, TeTe, e se vc não sabe nenhum outro time se ofereceu para ser sede do sulamericano, e temos grandes chances de ir para o mundial pois somos o único time sulamericano "CAMPEÃO DO MUNDO" CHORA UNILIXOOOO
Anônimo disse…
o molico não só merece ser convidado com tenho certeza que vai, respondendo vc, TeTe, e se vc não sabe nenhum outro time se ofereceu para ser sede do sulamericano, e temos grandes chances de ir para o mundial pois somos o único time sulamericano "CAMPEÃO DO MUNDO" CHORA UNILIXOOOO
tete disse…
Respondendo ao anônimo sem educação e torcedor do time que mudou de cor para ver se deixa de ser vice. Aceita que dói menos o seu time perdeu de um Sesi que não está jogando com sua formação completa então porque ele seria capaz de ganhar do Rabita, VakifBank ou Fenerbahce? Se não ganhou em quadra não merece ser convidado só porque bancou o campeonato, como eu disse no comentário anterior assim não precisa nem jogar é só comprar ops patrocinar que já garante a vaga para o Mundial. Consiga a vaga na quadra que fia mais bonito a base da seleção não deveria ficar mendigando convite porque perdeu é feio e humilhante...
Anônimo disse…
respondendo vc de no tete unilixo, e vcs ganharam do vakif bank kkkkkkkkkk Osasco o melhor já aceitaei afinal é já somos campeões mundias kkkkk e vcs? kkkkk pfv né kkkkkkkkkkkkkk Tete Unilixooo
Anônimo disse…
bom acho melhor não responder mais o q vc fala Tete pois cada um tem,sua opinião, msm torcendo para Amil,Unilever ,Molico ,Praia,Sesi,etc... independemente do time somos brasileiros bi-campeoes olímpicos,e devemos respeitar a opinião dos outros, #Molico
tete disse…
Anônimo o seu time acabou uma vez por causa dos vices... Então pensa duas vezes antes de tentar tirar onda com o time dos outros. Não me incomoda se o seu time ganhar e ter direito a jogar o Mundial o que incomoda é a possibilidade de se comprar a vaga, ou você acha que depois de abrir essa brecha de quem patrocina é convidado o não Campinas vai bancar todos? Já basta que todos os jogos da seleção são lá em Campinas agora. Se abrir essa brecha você não acha que vai ser o Molico ou mesmo o Unilever que vão ter a preferência de patrocinar o próximo?
Anônimo disse…
Fala sozinha Tete Unilixo,
Sou sou Osasco
Sou sou Osasco
Campeão Mundial
Nada mais me interessa
Nós fazemos a festa
#GoMolico#21vitórias#invicto#campeãoMundial


Fala sozinha que nem vou perder tempo te respondendo