quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Praia sem Herrera não engrena

Após a passagem relâmpago da Copa Brasil, voltemos à Superliga.

Resultados dentro do normal com a exceção de... Banana Boat/Praia Clube 3x2 Minas.

A vitória do Praia deveria ter sido muito mais tranquila, mas não foi. Por quê? Inúmeros erros e um time ainda, na metade do campeonato, sem um estilo de jogo.
************************

Acho que o Spencer Lee está atrapalhado com as opções que têm em mãos. Esse retorno da Herrera tem sido demorado. Por vezes ela começa como titular (como segunda, devido à contusão da Glass), em outras não.

Rodízio de atletas só dá certo quando se tem uma base muito bem consolidada, coisa que o Praia não conseguiu construir nesta primeira fase da SL. Ou seja, a entrada definitiva da Herrera - e até da Mari - vai ser sentida, vai cobrar seu preço inicialmente, mas é um investimento que pode recompensar muito mais. O que não dá é esta indefinição que não ajuda nem ela nem as titulares, comprometendo o entrosamento do time. 

A Herrera é o poder de definição do Praia. Sem ela, o time não vai passar de, mais uma vez, um time que dá trabalho, mas não ganha. Chegou a hora do Praia ter resultados significativos. Talvez este afastamento da Glass seja importante para que o Spencer confirme a cubana no time titular e abrace de vez esta escalação. Quem sabe aí o Praia dê um salto nas suas ambições no campeonato. 

************************


Copa Brasil

Acompanhando as reportagens e comentários de vocês sobre a Copa Brasil, tenho que dizer que a vitória do Molico/Osasco me preocupou. Não pelo resultado em si, mas pela baixa resistência que o time do Luizomar enfrentou na competição. Concordo com o participante do blog, tuliobr, que disse que perigamos passar de um cenário nacional com duas equipes se alternando na liderança para somente uma. O Osasco está se desprendendo dos demais.

Na Copa Brasil, esperava que o Vôlei Amil impusesse maior dificuldade ao Osasco. Nem o eterno rival foi capaz de chegar à final para enfrentá-lo. Aliás, o Unilever é o time que menos evoluiu até o momento na temporada. Continua com o mesmo problema de recepção, que tem comprometido o resultado da equipe quando enfrenta adversários qualificados.

Apesar da qualidade, o Osasco não está inalcançável. Fabíola não está num bom momento e a recepção tem também suas fragilidades. A questão está mais na dificuldade dos outros times em se organizarem e encontrarem uma regularidade, coisas que o Osasco conseguiu fazer em menos tempo e que, agora, o coloca acima dos demais.



************************
Pê ésse:

- A CBV deu tanta importância à Copa Brasil que sequer disponibilizou as estatísticas dos jogos no seu site.

8 comentários:

Welmer disse...

Também estou preocupado com o Praia. O tima tinha tudo pra estar numa situação mais confortável, mas o time não engrenou. E a culpa disso eu coloco na conta do Spencer. Michelle não pode ser titular na equipe, mas o Spencer insiste em deixá-la como titular. Pra mim, com ela em quadra o time mais perde do que ganha (em termos técnicos), ela pode ajudar no fundo de quadra, mas na rede não ajuda em nada. Acho que ela pode ser uma boa peça vindo do banco, fazendo um fundo ou até mesmo entrando pra jogar quando uma jogadora ão estiver bem, mas nunca titular na equipe.

Quanto a Copa Brasil, me surpreendi com a forma com que o Osasco ganhou o torneio, esperava uma resistência bem maior por partes dos rivais, mas não foi o que se viu. Acho que Thaisa está ajudando muito nessa fase que vive a equipe, arrisco dizer que sem Thaisa talvez não estivesse tão bem quanto está agora.

Pro restante da Superliga, espero que as equipes evoluam e que possamos ter um campeonato mais equilibrado.

João Lucas disse...

Spencer Lee aposta em um time jogueiro que realmente não engrenou, só irá evoluir quando a cubana Herrera recuperar a velha forma, pois, o time não tem definidoras para as bolas de pontas a não ser a cubana. As gêmeas Monique e Michelle batem na bola cinco vezes para só rodaram na sexta.
Mayhara e Nati Martins ajudam muito no ataque mas não bloqueiam e central deve bloquear essa é a principal função de um jogador de meio.
Juliana Carrijo é muito jaqueira, não tem uma mão calibrada, é muito imprecisa no toque de bola. Não tem cacife para seleção bicampeã olímpica que a nata da nata do voleibol mundial.
A boa líbero Tassia, não vive seu melhor momento, o que é estranho já que a jogadora vinha numa crescente.

Sobre a Copa Brasil, também estranhei a superioridade do Molico/Osasco que mesmo com suas ponteiras inconstantes conseguiu ganhar seus jogos e com boas atuações de Camila Brait, Adenizia e principalmente da gigante Thaísa. Fabíola vem jogando muito mal e bem abaixo do que já vi jogar e não tem sincronia alguma com a grande Sheila.

Vale ressaltar a guinada do SESI/SP, que é de longe o time que mais lucrou com a competição. Ano Novo, Vida nova.

Paulo Roberto disse...

A Fabíola realmente está abaixo do que pode apresentar. Mas essa temporada tem sido desastrosa para as levantadoras, nenhuma está se destacando.

Sobre o Praia, concordo com o Welmer. O time poderia render muito mais.

Alune disse...

Nao vejo nenhum problema c/ o Praia, confio na capacidade do Spencer, ele ta testando o elenco, dando oportunidades a jogadoras q vem do banco de jogar, alem disso o Praia nunca esteve ruim na tabela.
O proprio SESI eh o melhor exemplo de que ainda ha muita agua pra rolar, de 5 derrotas em Dezembro, o SESI deu a volta por cima, cnegou c/meritos a FINAL DA COPA BRASIL, conquistou vaga p/o SULAMERICANO e jogou duro, vendendo muito caro a derrota na final.
O SESI asequer estava entre os 8 classificados em Dezembro e hoje ja subiu varias posicoes, foi uma grde evolucao.
Da mesma forma o Praia vai evoluir MUITO ate aa QUARTASDEFINAL. Estamos no INICIO DO SEGUNDO TURNO, ao contrario do SESI, o Praia NUNCA esteve MAL NA TABELA.
Confio no Praia, no Spencer e sei q vira muito forte na fase MATA-MATA.
O MOLICO eh a unica EXCECAO, chegou ao auge muito antes das demais equipes. Tirando o Molico, q esta no topo, considero as equipes muito niveladas.

ALINE disse...

Laura, todos nós assistimos à FINAL DA COPA BRASIL feminina na TV ABERTA, que foi um JOGAÇO entre 2 equipes PAULISTAS, que deu gosto de ver...
Agora na final da COPA BRASIL masculina os PAULISTAS não poderão ver o SESI na TV ABERTA, pq vai passar o quê? FUTEBOL!!!
Em relacao ao conflito de horarios futebol x voleibol: Claro q o futebol sempre foi o vencedor. Agora sabendo disso CBV e Globo nao poderiam ter pensado em outra DATA ou HORARIO q nao conflitasse com as 2 finais?
SAO PAULO eh o estdo q mais investe no volei, q mais tem times na Superliga masulina e feminina, e nao vera a final da COPA BRASIL, classificatoria p/o SULAMERICANO? Isso eh um ABSURDO e uma HUMILHACAO para o voleibol ,p/os TORCEDORES e principalmente para os PATROCINADORES PAULISTAS q mais invstem no volei! Deprimente!

Parabens ao Brasil-Kirin, VivoMinas e Kappesbe ORrgCanoas, gostei da atitude dessas equipes!
Que se CUMPRA O REGULAMENTO!!!
Regulamentos foram criados para serem cumpridos, antes da competicao comecar TODOS NAO ACEITARAM O REGULAMENTO? Pois agora CUMPRA-SE O REGULAMENTO!
O regulamento permitia a inscricao de 21 jogadores, e a data final para inscricao destes jogadores coincidia com o final do primeiro turno: TEMPO SUFICIENTE PARA O RJ VOLEI SE ORGANIZAR, nao o fez pq NAO QUIS!!!
Chega de TIMES DE ALUGUEL!!! CHEGA DE EIKES BATISTAS OPORTUNISTAX!!!
Um clube tradicional como o MINAS TENIS CLUBE, q sempre formou atletas e VALORIZOU O VOLEIBOL, realmente nao pode compactuar com isso!!!
O RJ so fez M… e cagou o Voleibol e a Superliga:
1. Inflaacionou o mercado contratando medalhoes a PESO DE OURO
2. Se queria mesmo investir ed m JOVENS TALENTOS, pq NAO FEZ ISSO ANTES, no prazo CERTO? Querer fazer isso AGORA, depois do PRAZO eh uma TREMENDA DE UMA HIPOCRISIA!!!
3. Ja que poderia formar um elenco c/21 jogadores, pq nao planejou isso? Ao contrario fez uma equipe pequena com JOGADORES CARISSIMOS!!!
4. Outra coisa: ANTES DE SEQUER PENSAR EM CONTRATAR OUTROS JOGADORES, O RJVOLEI tem eh q pensar em pagar os VARIOS MESES DE SALARIOS ATRASADOS AOS PROFISSIONAIS Q CONTRATOU!!!
5. O RJ VOLEI enrolou a TODOS: jogadores, torcedores, CBV etc… Quer novamente enrolar a TODOS tentando BURLAR O REGULAMENTO!
6. Chega de jeitinhos, o voleibol nao precisa disso. O RJ VOLEI eh um CANCER para o voleibol. Que terminem a temporada com 10 jogadores, isso se mais ninguem abandonar essa CANOA FURADA. E se o projeto realmente quiser continuar, que se planejem MELHOR p/a PROXIMA TEMPORADA!!!
7. O Brasil eh uma bagunca pq NINGUEM QUER CUMPRIR AS REGRAS, da mesma forma q o RJVOLEI vacilou com TODOS… Ainda bem clubes SENSATOS impediram essa POUCA VERGONHA!!!

Anônimo disse...

Mas falar sobre o q interessa? Vôlei Feminino.

Sergio disse...

Estou escrevendo após ver Praia e Pinheiros.
Que arbitragem horrível. Como os 2 árbitros não viram um toque na rede como aquele.
Antigamente era um toque no bloqueio ou se a bola saia ou não, mas eram bolas difíceis e detalhes.
Hoje estamos nos acostumando com erros bizarros.

Sergio disse...

Estou escrevendo após ver Praia e Pinheiros.
Que arbitragem horrível. Como os 2 árbitros não viram um toque na rede como aquele.
Antigamente era um toque no bloqueio ou se a bola saia ou não, mas eram bolas difíceis e detalhes.
Hoje estamos nos acostumando com erros bizarros.