Copa Brasil: uma novidade no ar...


Confesso que imaginava que a Copa Brasil, quando foi proposta, teria um tempo de duração maior, com jogos de ida e volta, intercalada com a Superliga. A competição tem lá seu charme por se diferenciar da Superliga, com os três dias de competição concentrados em um local sede. No entanto, fica difícil que o torneio tenha toda a atenção que merece se disputado assim, no meio da semana e com a maioria dos jogos em horários comerciais.

Não acredito que era essa a divulgação da marca que os clubes gostariam. Por ter um caráter eliminatório, a Copa Brasil tem um potencial muito maior a ser explorado. O mata-mata é sempre bem mais emocionante e, no final, é mais um título em disputa – o que motiva as equipes.

Ainda que não seja exatamente como eu imaginava, a volta da Copa Brasil é muito bem-vinda pela novidade que traz ao calendário e por ser uma possibilidade de grandes jogos acontecerem e de acirrar rivalidades – coisa que só o mata-mata é capaz de fazer. É um clima diferente. 

***************************

Falando dos primeiros jogos, além das já previsíveis vitórias de Molico/Osasco e Unilever, tivemos a vitória do Vôlei Amil sobre Pinheiros. O Campinas tem dado indícios que está encontrando o seu caminho e se firmando. A vitória em cima do Pinheiros,o que não havia acontecido ainda nesta temporada, é uma prova disso.

Na partida mais equilibrada, deu Sesi sobre o Banana Boat/Praia Clube. Fora o apagão do segundo set, o Sesi novamente fez uma boa partida. Está bem mais focado e maduro. Todas as atacantes rodaram bem, com destaque para a Dayse. O mesmo não aconteceu no Praia, que foi muito pouco agressivo neste fundamento. Aliás, achei o time de Urbelândia meio apagado neste sentido, faltou energia.

Em geral, houve equilíbrio dos sistemas defensivo, o que deu boas trocas de bolas entre as equipes. Esse é mais um exemplo da nova fase do Sesi, que consegue ficar concentrado em manter as jogadas até o final – e ganhar a maioria delas. Enquanto o Praia deu muitos pontos de erro e em momentos decisivos.

***************************
Confrontos de semifinais:

Molico x Vôlei Amil

Unilever x Sesi

 
Tarde de disputas equilibradas.

Apesar da ótima fase do adversário, não é nada impossível que o Vôlei Amil desbanque o Osasco. A missão do Sesi é mais difícil, pois o Unilever tem individualidades que podem fazer a diferença mesmo quando a equipe não vai bem. Mas há chances pra esse novo time do Talmo. 

***************************
Pê esse:

- Infelizmente, não vou conseguir acompanhar as semifinais e a final. Mas, como sempre, o blog está aberto para os comentários de vocês!

Comentários

Luiz Felipe disse…
Assisti a Sesi x Praia e me surpreendi tb com a ótima atuação da Dayse. E o Talmo 2014 parece ter adotado uma nova e feliz estratégia - não trocou apressadamente Ivna por Neneca no segundo set, após aquela ter tomado vários bloques e errado alguns ataques. Com tempo e confiança da comissão técnica, Ivna conseguiu reagir junto com o time nos sets seguintes. Positivo para ela, que ganha força para superar seus próprios problemas ao longo de uma partida. Mas creio que o Sesi, sem Pri Dairot, não será páreo para o Unilever.
Quanto ao Praia, Herrera ainda não voltou bem, mas foram decisivas para a derrota do time as infelizes inversões 5x1 no fim dos 1º e 3º sets. Monique estava bem afiada, Spencer não deveria ter arriscado. Não que Mari tenha jogado mal, mas ela, sem ritmo, sendo "levantada" pela Camila Torquette, tinha que dar no que deu...
Aline disse…
Quem foram as equipes beneficiadas?
1. Amil que deixou de enfrentar o SESI p/pegar o Pinheiros;
2. Unilever que trocou Sao Caetano por Rio do Sul;
3. Molico, Barueri por Minas.
BAixissimo nivel tecnico do Minas, excesso de erros, 2 toques entao...
Essas jogadoras nao treinam mais fundamentos? Nao sabem executar um toque limpo na bola?
Jogo horroroso, nunca vi o tradicional Minas se apresentar tao mal assim.
Pelo SESI gostei da atuacao da Fabiana e da Dayse, grandes responsaveis pela vitoria sob o Banana Boat que morreu na Praia.
O SESI subiu muito de producao em Janeiro em relacao a mare negra q passou em Dezembro.
Aposto num repeteco da final do paulista, com SESI novamente enfrentando o Molico na final da COPA BRASIL.
Anônimo disse…
Esperei q desse Praia, mais nao foi bem assim. Vii um Sesi aguerrido e com vontade de vencer. Destaco a atuaçao da Dayse e da libero Suellen, q foi mto importante no setor defensivo do Sesi. Eu me decepcionoi com o Praia, e acho q o Sesi deixou seu azar realmente na praia kk.
Vi tambem um Amil super forte e unido, e a Unilever nao deu chance a zebra do Rio do Sul, mesmo com o reforço da sua nova levantadora. O Molico mostrando sua força de sempre, e se nao fosse semifinal eu diria q a final seria MolicoxAmil, mas lembrando... Nem no primeiro turno nem nesse returno o Amil nao enfrentou o Molico, aposto na força da Tandara e acho q vai dar Amil. Final AmilxSesi. ( Amil vai descontar a derrota da semifinal do Paulista.)
R.B
Aline disse…
ANO NOVO, VIDA NOVA!!! Essa frase define muito bem o atual estagio do SESI. Depois de um Dezembro caotico em q apos a derrota na final do Paulista para o Molico, amargou 5 derrotas na Superliga, o SESI entre 2014 c/pe direito e emplaca uma serie de vitorias que da nova vida ao time.
Na COPA BRASIL venceu 2 adversarios de peso: Banana Boat/Praia Club e Unilever, e entra com muita moral na final, q tera um clima de revanche da final do Campeonato Paulista.
O SESI investiu pesado e tem elenco para disputar titulos e nao p/ficar fora da zona de classificacao como estava em Dezembro.
O time entrou muito a fim de vencer, abriu gde vtgem no primeiro set,mas deu mole e relaxou. No entanto, entraram com muita garra nos demais sets p/garantirem a vitoria. As centrais Fabiana e Bia foram fenomenais. Suele no passe e Ivna e Dayse no ataque formaram um trio de ponteiras eficiente. Dani Lins motivada.
Espero que entrem com tudo na revanche contra o Molico.
Anônimo disse…
#VaiMolico #OssoDuroDeRoer.
Nem essa maré boa do Sesi vai resistir a força do Molico. O Molico tem time, ataque pesado, e defesa bem mais eficiente q a do Sesi. Nao gosto da Ivna, nem da Dani lins q levanta mta jacaaa. Sempre esperei e espero ate hj a Ana Tieme na seleçao. Joga bem mais q a Lins, quer dizer... qualquer levantadora joga mais q a Lins. O jogo dela é mto previsivel, so joga como quer e é reclamona, vai acabar perdendo a vaga na seleçao pra Claudinha.
No Sesi só a Pri Daroit, Dayse e a Neneca.
Anônimo disse…
#VaiMolico #OssoDuroDeRoer.
Nem essa maré boa do Sesi vai resistir a força do Molico. O Molico tem time, ataque pesado, e defesa bem mais eficiente q a do Sesi. Nao gosto da Ivna, nem da Dani lins q levanta mta jacaaa. Sempre esperei e espero ate hj a Ana Tieme na seleçao. Joga bem mais q a Lins, quer dizer... qualquer levantadora joga mais q a Lins. O jogo dela é mto previsivel, so joga como quer e é reclamona, vai acabar perdendo a vaga na seleçao pra Claudinha.
No Sesi só a Pri Daroit, Dayse e a Neneca.
Anônimo disse…
Gente eu sou da época em q se podía bloquear saque! Entao me permita algumas observacoes:

1- Eu nao entendo pq os técnicos insistem em mandar sacar na Dayse, Dayse sempre teve otima recepcao e mediana no ataque sendo q hj ela aprendeu a explorar bloqueio como uma especialista.

2-Ivna ta jogando muito soltando braco, lembrando a Virna em sua melhor fase.

3-Suelle nao tem potencia no ataque, nao define, Pri Daroit vai fazer falta nessa final.

4- Suellen esta passando, defendendo e levantando muito, preconceituosos engulam! a menina eh uma craque na funcao.

5- Carol Gattaz eh outra q nao consegue por uma bola no chao, falta potencia e velocidade de movimento de braco q esta sobrando na Adê.

6- Quando o Bernardinho vai por a Halikovich de oposta e a Sarah na ponta? So veja essa solucao para otimizar o rendimento da equipe e diminuir a sofrivel recepcao.

7- Spencer Lee tem 2 equipes distintas no Praia, e se nao por a equipe mais forte pra jogar: Mari, Herrera e Kim Glass, e deixar as irmas Pavao em situacoes de crise na recepcao o time vi se perder nesse rodizio de 2 times; um de recepcao e outro de ataque sem rítmo de jogo.

Crowley.




Anônimo disse…
Acho q o anonimo quis dizer a Mihajlovic...
tuliobr disse…
Para quem reclamava nos últimos anos que o vôlei feminino estava previsível por resumir-se a duas equipes alternando-se no topo, a atual temporada parece ter piorado a coisa, pois agora o Osasco não tem adversário. O segundo turno deveria começar com as equipes consolidadas após resolver suas fraquezas no primeiro turno, mas afora o progresso súbito (e bem-vindo) do SESI, os outros postulantes ao vice-campeonato parecem patinar. O Amil segue muito dependente da Tandara e sem criar alternativas para pontuar sem que a parruda oposta esteja envolvida na jogada. É pouco contra a coesa equipe do Luizomar. O Praia me decepciona; esperava mais das mineiras, mas o competente Spencer Lee não sabe o quê fazer com os presentes caros que recebeu, especialmente aquele de cabelos loiros e olhos gelados. Mas nada é mais angustiante para o torcedor acostumado às decisões do que a temporada do Unilever. Talvez eu seja acusado de heresia, mas creio que o fraco desempenho da Fofão é o principal fator. É difícil crer que todas as atacantes, da Pavan à Gabi, passando pelas centrais, estejam simultaneamente com problemas físicos ou técnicos. Mas o que eu vejo acompanhando pela TV é uma Branca e uma Pavan tensas por quase nunca receberem uma bola na medida para executarem suas maiores virtuoses, que são a força nas bolas altas e, no caso específico da sérvia, a potência do ataque. Algumas combinações com a Carol e a Juciely até funcionam bem, mas contra um time agressivo no saque isso é insuficiente. A Gabi, então, que precisa de uma bola especialmente rápida e bem sincronizada, é a atacante que mais sofre. Ignoro o que possa estar errado com a veterana Fofão, mas no jogo contra o SESI, mesmo quando o Unilever liderava o placar, ela parecia incomodada e desconfortável em quadra; ao menos foi a impressão que me despertou alguns closes da TV em suas expressões faciais e gestos. Creio que o futuro das cariocas no campeonato depende da melhora de performance da Fofão. Se ela conseguir ao menos aproximar-se do nível da Claudinha, da Dani Lins, da Ju Carrijo e da Fabíola, Bernardinho tem chance de disputar mais um título. Se continuar como está, a medida que o campeonato for progredindo a tendência é piorar devido à erosão da confiança do time e ao medo de errar, que normalmente impede a ousadia necessária para vencer.
Paulo Roberto disse…
Tulio, a idade começou a pesar para Fofão. Se ele estivesse jogando em um time com um passe mais consistente provavelmente teria um desempenho melhor, mas com o passe da Unilever péssimo como está ela não está mais conseguindo fazer os milagres que fez na temporada passada.
Anônimo disse…
Mas a Fofao sempre faz caras e bocas quando nao recebe um passe A, mal acostumada a nossa campea olimpica.
Anônimo disse…
A Carol, meio de rede do Unilever eh uma boa jogadora, mas pra competir com as tops Thaisa, Fabiana, Adenizia, ela nao passa de uma jogadora mediana, o Unilever precisa de mais na funcao se quiser se manter no topo.
Aline disse…
Tulio vc esta sendo muito duro com a FOFAO, definitivamente o problema da UNILEVER nao eh da FOFAO.
Pelos passes HORROROSOS q recebe, FOFAO faz muito mais q a maioria das levantadoras da SUPERLIGA.
Quem passa na UNILEVER??? So a libero FABI tem um passe bom, pq as ponteiras so querem saber de atacar... Nenhuma ponteira da UNILEVER tem passe regular!!!
No SESI, por exemplo, a contusao da DAROIT fez ate bem ao time, pq a ponteira Suele, eximia passadora,como titular deu oportunidade de D.Lins trabalhar c/suas excelentes centrais Fabiana e Bia, o q nao estava acontecendo qdo Daroit era titular...
No Molico, Caterina esta cada vez melhor no passe, e qdo SANJA da prejuizo no passe, logo entra a Gabizinha para por ordem na casa.
No Banana Boat/Praia, Michelle que e a ponteira passadora mais completa da muita seguranca a Ju Carrijo. Porem Mari e Herrera ainda estao em fase de recuperacao, longe de estarem no melhor da sua forma.
No UNILEVER quem seria a passadora que entraria p/ajudar a FOFAO??? Simplesmente NAO EXISTE!!! Tanto GABI GUIMARAES, qto DIVA REGIS e MIHAJLOVIC tem como especialidade o ATAQUE e NAO O PASSE!!!
Tanto MICHELLE PAVAO qto SUELE ja foram ponteiras do UNILEVER, mas infelizmente a equipe carioca nao as segurou em seu elenco... O UNILEVER estava necessitando urgentemente de uma ponteira como a Michelle Pavao para auxiliar a FABI no fundo de quadra e dar seguranca para a FOFAO fazer o q sabe melhor: criar no levantamento.
Atualmente no UNILEVER, FOFAO esta mais p/MARATONISTA do q para LEVANTADORA.
Fofao e a levantadora q mais corre atras de passe ruim nessa SUPERLIGA! E essa correria toda tira dela a capacidade de criar, o q e frustrante para uma levantadora do gabarito dela...
FOFAO e FABI sao as jogadoras mais eforcadas da UNILEVER.
Essas PSEUDO-PONTEIRAS tem q tomar VERGONHA NA CARA, treinar MUITO PASSE, aprender a dar PASSE DE MANHETE, e dar passes decentas pcolaborar com a levantadora
Anônimo disse…
Fofão ja foi otima levantadora, mas hj a idade ja esta pesando. Vamos colaborar gente ! No jogo UnileverxRio do sul gostei mto da atuaçao da Roberta q foi bem melhor q as da fofao nas partidas seguintes. Creio q Bernardo poderia dar mais chance a Roberta e a outra levantadora reserva. Alem de utilizar mais a Bruna q msm nas atuaçoes ruins de Pavan continua no banco. Gentee ridiculo deixar Mihajlovic no banco e por a Regis q na minha opniao nao eh boa ponteira...
R.B
Anônimo disse…
Fala serio, a Roberta tem ainda q comer muito feijao p/por a Fofao no banco!
Nem um pouco ridiculo deixar Mihajlovic no banco, se quer ser titular temque treinar muito passe!
Ora bolas, Mihajlovic acha q ser ponteira e so dar porrada na bola? Cade o psse minha filha?
Anônimo disse…
Na unilever nao tem nenhuma boa passadora! E querido anonimo a fofao ja ta passando da hr de aposentar. Reconheço q ela ja foi otima levantadora mais hj nao mais. Até a Claudinha ta melhor q a fofao!
E a Regis tbem nao eh boa passadora! Pra por a mihajlovic no banco.
Anônimo disse…
Nada haver criticar a Fofão só por causa da idade,puro preconceito,quer dizer q ano passado quando ela foi campeã da SL 2012/2013 ela esta nova tinindo e um ano depois ela ficou velha demais?? Please...
Concordo com Aline, Unilever simplesmente veio pra essa temporada e esqueceu do passe em casa.
Crowley.
Anônimo disse…
Mais uma vez a Roberta mostrando q nao veio pra ser esquenta banco da fofao. Concordo com o R.B.
Atuaçao inspiradissima da Roberta hj.
E como sempre injusto Bernardo deixando Bruna e Mihajlovic no banco.
Anonimo S2