terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Até 2014, SL!


Molico/Osasco 3x0 Unilever

Como é um clássico, a gente sempre fica com pé atrás para cravar algum resultado. Mas pelo o que as duas equipes vinham apresentando, a vitória do Molico/Osasco era bastante previsível.

O Unilever ainda tem problemas sérios para resolver, principalmente quando se trata da recepção. O caminho é longo para que o trio do fundo de quadra se acerte, sobretudo para a Mihajlovic, que precisa o fundamental: a técnica. 

Apesar da sérvia ser a que mais compromete neste fundamento, acho que ela compensa bem no ataque. O mesmo não tem acontecido com a Gabi, que depois da contusão, não recuperou a sua melhor forma.

**********************

Ainda assim, o Unilever consegue sobreviver nas partidas exatamente pela força de ataque que tem pelas pontas. Mesmo capenga e irregular, conseguiu tornar a partida difícil para o Osasco – o que deixa a esperança de que, no returno, tenhamos um jogo mais equilibrado e disputado.

Já o Osasco parece ter ser acertado no passe de forma mais rápida. O resultado é que a Fabíola tem jogado de forma tranqüila e a distribuição está sendo muito bem equilibrada. Mais do que qualquer outra equipe, o passe acaba por ser vital para o Osasco, bastante dependente das jogadas com as centrais, principalmente a Thaísa. 

Assim como comentei no último post, o Osasco se despede de 2013 com as estrangeiras muito bem encaminhadas. Estão adaptadas ao estilo de jogo do grupo do Luizomar e crescendo em importância para a equipe. Só espero que esta parada não tire o embalo das gringas, muito menos do Osasco.


****************************


Com a vitória do Molico/Osasco no clássico contra o Unilever, a Superliga se despede de 2013. Uma competição bem mais interessante pela disputa e pelas equipes que têm atrapalhado o caminho dos favoritos, mas carente em qualidade. 

O tópico até agora tem sido as falhas (inúmeras) de recepção. Têm derrubado time (o Sesi que o diga...) ou comprometido que eles consigam aproveitar todo o seu potencial (caso do Unilever).

Lembro que comentei que depois da pausa da Copa dos Campeões era o limite para que as equipes apresentassem uma melhora. Algumas realmente cresceram, mostraram desenvolvimento. A volta em 2014, depois dos feriados, será mais um ponto limite. Começaremos a ver, em janeiro, quem está na SL para ganhar ou para ser figurante; se os “azarões” vão se manter e se os favoritos vão fazer valer de forma mais evidente seus elencos de estrelas.


*********************

FELIZ NATAL!!!

21 comentários:

Aline disse...

BRANKICA MIHAJLOVIC é potência pura no saque e no ataque, muito alta e forte fisicamente, ofensivamente é fulminante, porém seu ponto fraco é o passe. No último set, Bernardinho deslocou a MIHAJLOVIC para oposta e pôs DIVA RÉGIS e GABI GUIMARÃES de ponteiras. Resultado: O terceiro set foi o melhor do UNILEVER que liderou até o final, se não fosse a atuação espetacular da outra Sérvia, SANJA MALAGURSKI, no final do terceiro set, o Molico não teria vencido por 3x0.
Já que a SARA PAVAN se adaptou muito bem ao vôlei de praia, onde é obrigada a passar, acho válido o Bernardinho testá-la como ponteira-passadora e deslocar a MIHAJLOVIC para oposta. Durante a o ano todo, atnes do início da SUPERLIGA, SARA PAVAN disputou as etapas do CIRCUITO MUNDIAL DE VOLEI DE PRAIA representando o CANADÁ, e por isso, treinou muito passe. Por que não aproveitar esse treinamento de passe que ela teve na areia para atuar passando também no vôlei de quadra. Acho que seria uma experiência muito interessante tanto para a SARA qto para a UNILEVER jogar como ponteira-passadora. MIHAJLOVIC liberada só para atacar seria ótimo, pois é o que ela faz de melhor.

O primeiro turno da SUPERLIGA2013/14 foi marcado pelas inúmeras falhas de passe. O que está havendo com as ponteiras-passadoras? Desprenderam a passar? Será que elas têm que voltar para a escolinha para aprender fazer um passe decente? algumas parecem nunca terem sido apresentadas a uma manchete e praticam um passe de toque horroroso( ex.:MIHAJLOVIC, NATÁLIA etc...).
Mas ainda existe classe no voleibol, e a maior represetante do que é uma ponteira-passadora clássica com ajuste finos nos fundamentos é MICHELLE PAVÃO.
MICHELLE PAVÃO é uma ponteira-passadora no sentido pleno da palavra, clássica, elegante executa passes de manchete com maestria e leveza, fazendo parecer a coisa mais fácil do mundo. Ponteiras assim estão em extinção, pois está se priorizando muito a força bruta e deixando-se a técnica de lado. Com isso temos tido sequências de jogos feios de se ver, pois as levantadoras têm que ficar correndo atrás de passes horrorosos, que prejudicam ou impedem que se jogue com as centrais, sobrecarregando as pontas.
Nesse aspecto tenho que parabenizar levantadoras como a Fabíola e a Fofão, que mesmo qdo o passe vem ruim são ousadas e corajosas para tentar acionar as centrais, dando beleza e criatividade ao jogo, enquanto a Dani Lins tem sido pra lá de burocrática no seus levantamentos facilitando o trabalho do bloqueio adversário.
O Molico sobrou no primeiro turno, apesar disso, essa edição da Superliga tem sido a mais equilibrada de todas, com times de pouco investimento se apresentando bem perante as equipes tidas como favoritas, e com o grande investimento do SESI não surtindo efeito dentro de quadra, por enquanto.

Welmer disse...

Acho que como todo mundo, eu esperava um jogo de 5 sets, mas não foi o que aconteceu. Boa parte do jogo foi disputado ponto, mas nos momentos de definição dos sets o Osasco foi mais eficiente, contando com uma atuação especial da Sanja, e conseguiu fechar a partida em três sets.

Além da atuação da sérvia, destaco pela equipe de Osasco as atuações de Fabiola e Camila Brait. A primeira errou uma china com a Thaisa e algumas vezes também não escolhia a melhor opção de ataque na rede, mas fora isso ela fez uma partida boa e vem melhorando a cada jogo. Já Brait tem dominado o fundo de quadra da equipe osasquense, sempre com passes precisos, no jogo de ontem, os saques da Brankica que foram em sua direção todos ela passou na mão da Fabiola, e com defesas e recuperações de bolas incríveis.

Pelo lado da equipe carioca os destaques tanto negativo quanto positivo também ficam por conta da sérvia da equipe. Brankica tem saques e ataques espetaculares, mas peca muito na recepção do saque, e os pontos que ela consegue por meio de seus ataques acaba devolvendo com erros de recepção. Espero que ela conseiga evoluir e melhorar nesse segundo turno.

Finalizando, desejo um Feliz Natal a todos os leitores do blog.

Patryck Leal Gandra disse...

E aê beleza?!

Aceita parceria?

Abraços.
FC Gols:
http://fcgols.blogspot.com

Paulo Roberto disse...

Realmente o Molico tá sobrando. Imaginei que a essa altura da competição o Amil estaria em primeiro, com Unilever em segundo e Molico e Praia brigando pelo terceiro lugar. Que bom que o esporte nos surpreende e isso me faz ser uma apaixonado por esportes.

Acho que a boa fase do Molico deve-se principalmente à comissão técnica, que conseguiu fazer com que as estrangeiras se adaptassem rapidamente ao estilo de jogo da equipe. Entendo ainda que Osasco, diferente do ano passado, quando nessa fase já estava no ápice, ainda vai crescer técnica e taticamente, portanto se torna mais uma vez o time a ser batito.

Impossível não falar do Sesi e das atuações horrorosas de um time que foi montado para brigar pela ponta, mas que não se acerta de jeito nenhum.

Enfim, vamos esperar 2014 e ver o que o ano novo nos traz.

Feliz Natal, boas festas!

tuliobr disse...

O torcedor da Unilever tem motivo para passar as festas preocupado; seu time vive uma situação incomum, como há muito tempo não se via, pois está em xeque após uma penosa virada contra um desfalcado Praia Clube e uma derrota para o Amil, ambas em casa e, para culminar, um categórico revés em sets diretos para seu arquirrival. Em momento algum do jogo, mesmo quando primeiro set ia ponto-a-ponto, o Molico pareceu perder o controle; os números são contundentes: impressionou-me observar que Thaísa e Adenízia fizeram juntas vinte pontos, em contraste contra os nove pontos somados pelas três centrais da Unilever que entraram em quadra. Impressiona também os três pontos anotados pela Pavan, um escore de levantadora, logo ela que na temporada passada carregou o time nas costas muitas vezes. E o esperado duelo Gabi x Bosetti tem sido um passeio da italiana, que parece estar à vontade em quadra, superando o desconforto visível no início da temporada. Quanto à Branca, honestamente acho que ela vem cumprindo o que seu currículo promete; se Bernardinho queria alguém para sacar e atacar, foi uma boa escolha; esperar que ela passe é como comprar um liquidificador e ficar decepcionado porque o pão de queijo saiu cru e moído dele. Por fim, essa bizarra história do Bernardinho candidatar-se ao emprego que hoje pertence ao Sérgio Cabral talvez esteja servindo para tirar-lhe o foco e a tranquilidade. Ouça sua esposa, Bernardo! Seu time precisa muito de você. A propósito, em você eu não voto de jeito nenhum!
O ano do vôlei não terminou: já, já teremos o ainda desconfortável na sua nova condição de "time grande" Praia Clube na amena Suíça, esperemos com a Mari finalmente em quadra. Estou aqui torcendo!

Anônimo disse...

1- Laura sabe como vai ser a transmissao dos jogos do Praia na Suīça?

2- Mari realmente vai jogar pela Alemanha no Mundial?

3- Gente vamos fazer um abaixo assinado p volta do set em 25 pontos!
21 pontos o jogo fica muito previsivel curto sem chances de virada e recuperaçao,set de 21 pontos nao foi feito pro vôleibol de quadra.

Crowley.

Anônimo disse...

Confira abaixo os jogos do Top Volley Internacional que serão exibidos pelo Bandsports:

Sexta-feira – 27/12
Dinamo Krasnodar x Volero Zurich – 15h30
Praia Clube x RC Cannes – 17h30

Sábado – 28/12
Praia Clube x Combinado Suíço – 14h
Semifinal 1 – 15h30
Semifinal 2 – 17h30

Domingo – 29/12
Final – 20h

Aline disse...

Crowley, se depender da vontade de Giovani Guideti, tecnico da Alemanha, Marianne Steinbrecher estara no Mundial defendendo a Alemanha, agora vai depender da Mari.
A Alemanha e a segunda forca da Europa, fez uma final durissima do Europeu contra as russas, na qual vendeu muito caro a derrota.
A Alemanha tem um time jovem e renovado que recentemente foi campeao mundial juvenil, mesclado com estrelas como Cristiane Furst, Corina Voigt, Marren Binker e Margareta Kozuch.
Guideti quer a experiencia da Campea Olimpica Mari no seu time.
Jogar pela Alemanha seria uma boa oportunidade de Mari retomar suz carreira internacional, com grandes chances de fazer um bom Mundial em 2014, seguido do Europeu em 2015 e das Olimpiadas em 2016.

Luiz Felipe disse...

Como foi bom ver o retorno de Mari hj no jogo contra o Cannes! Fez ótimas passagens como oposta na rede, onde pontuou bem no ataque e principalmente no bloqueio. Está ainda visivelmente lenta nas passadas para o ataque, mas parece que está no caminho certo.

Quanto a jogar pela Alemanha, em suas últimas entrevistas Mari descartou veemente essa opção. Torço para ela jogar mais uma Olimpíada, mas espero que apenas com a camisa do Brasil.

Anônimo disse...

Nossa q eh esse time do Dinamo Krasnodar?? Um pilotão de fusilamento com a Calderon e Sokolova juntas.

Anônimo disse...

Putz Spencer Lee sempre iniciando o set com uma formação ruim.
Carrijo levantava cada tijolo q dava pra construir um arranha céu.
Mayhara Uó !
Herrera gordinha, sem impulsão e potência de ataque. Kd o preparador físico do Praia??
Mari, jogou bem podia ter ficado mais em quadra.
Monique e Michele jogaram bem.
Mas as melhores da partida foram a Naty Martins e a Kimberly Glass a bola de segurança do time.

Anônimo disse...

Reprise do jogo às 3 da madruga na Bandsports.

Anônimo disse...

Eu sei q formação ideal seria com as 3 atacantes e oposta Mari, Kimberly Glass e Herrera. Mas o passe com essas 3 fica comprometido dahe a permanência das irmas Pavão. Mas a Letícia Hage no lugar da Mayhara com certeza melhorava o bloqueio junto com a Naty e Camila Torquete levanta menos jacas do q a Carrijo.

Anônimo disse...

Com Aline de 1.96m jogando e bloqueando muito pra q da Mayhara em quadra??

Wilson Quatrochi Junior disse...

Feliz também por ver a Mari de volta às quadras. Gosto das orientações e do modo como o Spencer fala com suas jogadoras. Boa sorte ao Praia Clube na final!

Anônimo disse...

Spencer Lee só pode ta comendo a Mayhara. Como ele pensa bloquear uma Calderon q vai a 3.50m no ataque com uma bloqueadora q nem 1.85m tem?

Aline disse...

LAURA, peço a gentileza de retirar esse comentário "CHULO" que esse covarde "ANÔNIMO" fez sobre a MAYHARA.
E outra, se só tamanho fosse documento JUCIELY não seria a grande central que é!

Anônimo disse...

Juciely pelo menos tem 1.85 meu amor. E nao tem no Brasil jogadora q alcança 3.50m no ataque q nem a Calderon.

JW disse...

Oi Laura, muito bom seu texto. O clássico nem pareceu clássico com o 3 x 0 que Molico sapecou no Unilever mas tudo bem, agora as cariocas estão mordidas portanto darão mais combate no próximo. li alguns comentários aqui sobre o praia e gostaria de dizer que os comentários do Cacá fazem sentido, o time mineiro é baixo para o padrão internacional, ou seja o time russo já entrou em quadra em vantagem. Mahiara fez bloqueios incríveis no campeonato, tipo Jucyele e Valesquinha (centrais baixinhas). Perderam mas jogaram muito, Michele e Monique tomaram alguns tocos do Dínamo porque são baixas só isso.

Laura disse...

Oi, pessoal!

Não consegui acompanhar os jogos do Praia, mas fiquei feliz com o retorno da Mari às quadras. A missão do Praia na final não era fácil, realmente fica difícil quando se tem do outro lado duas jogadoras do nível de Sokolova e Calderón. Acho que nem mesmo se a Herrera tivesse na sua melhor forma o time conseguiria bater o russo.

E quanto a Mayhara, acho q ela tem feito uma ótima SL. Acabei não comentando aqui, mas nos jogos do Praia que vi, ela tem se destacado, principalmente no ataque. O que acho que o Spencer poderia compor melhor o meio, alternando e complementando as características das centrais que tem à disposição: uma bloqueadora mais forte (Letícia ou Aline) e uma melhor atacante (Natália ou Mayhara).

Anônimo disse...

Laura pra vc q nao viu o Praia a final ja esta no youtube.
www.youtube.com/watch?v=pxAEuKjJzZk&feature=youtube_gdata_player