terça-feira, 29 de outubro de 2013

Inova, Zé!

Até na imprevisibilidade o Zé Roberto é previsível. Já vimos este filme antes: querendo garantir o presente, o treinador se agarra ao passado e esquece do futuro. É assim que vejo a convocação da Walewska e da Carol Gattaz para substituir Thaisa e Jucy na Copa dos Campeões.

A Wal ainda joga bola suficiente para estar na seleção? Joga. Acho que o Brasil ganha, no momento, com a volta da jogadora. Mas e a Adenízia? Porque não aproveitar a Copa dos Campeões para preparar uma jogadora que está à espera desta oportunidade há anos e que tem condições de estar no time depois da Olimpíada de 2016?

Me irrita esta volta constante ao passado do Zé Roberto. Ainda mais numa posição na qual o Brasil está bem servido de jovens como Ana Carolina, Ana Beatriz, Mayhara, Letícia Hage, Lara etc. Foi uma atitude como esta que dificultou ainda mais o processo de renovação das levantadoras no último ciclo.  

***************************

Não concordo com a convocação da Wal, mas não tenho dúvida de que ela vai acrescentar qualidade e experiência ao grupo. Agora, chamar a Gattaz, pra mim, é injustificável. O Zé Roberto, assim, dá razão a quem o acusa de dar preferência às atletas do Vôlei Amil e nos deixa desconfiados quanto às reais intenções de suas escolhas para a seleção.

Nem no melhor momento de sua carreira a Gattaz foi inquestionável. A convocação agora, então, era totalmente desnecessária. Pouco acrescenta e segura ainda mais a renovação. 


Vejam bem, não estou obstinada pela renovação da seleção. Acho que temos tempo e condições para trabalhar com uma boa mescla de jogadoras experientes e novas. O que acredito é que ações como estas do Zé, presas ao passado, vão cobrar o seu preço no futuro.

15 comentários:

Edson Pelegrino disse...

Laura,vejo a convocação das duas com outros olhos.Imagino que as titulares serão Adê e Fabiana.

Aline disse...

Acho muito comodo e antietico por parte do ZE ROBERTO convocar todo o seu time titular do AMIL pra treinar na selecao brasileira.
Das titulares so a KRISTIN nao foi convocada pq eh americana, as outras todas Gataz, Walewska, Claudinha, Natalia e Tandara vao treinar na selecao e depois vao voltar pra Superliga com um entrosamento e tanto, as custas da selecao.
Muito oportunista esse Ze, nao eh?
Usar a selecao para dar vantagem ao AMIL na Superliga.
Depois dessa jogada de MESTRE, mas com requintes de DICK VIGARISTA, a obrigacao do AMIL eh de pelo menos chegar a final da Superliga, afinal de contas treinar seu time titular todo na selecao eh um privilegio q soh o Ze Roberto tem, nao eh mesmo?

Welmer disse...

Achei completamente desnecessária a convocacao da Gattaz e da Walewska. O Zé poderia muito bem ter convocado qualquer uma das jovens centrais que tem se destacada nas últimas temporadas da SL, mas preferiu, "coincidentemente", chamar duas veteranas que jogam no seu time. Do time titular ele só nao convocou a líbero pq as duas estão 'inteiras', mas não duvido nada que se a Brait ou a Fabi sofressem alguma lesão (bato na boca ao dizer isso), a Michelle seria convocada.

tuliobr disse...

Depois da visita do Rio do Sul ao Liberatti, escrevi aqui neste espaço o qual tão gentilmente a Laura nos franqueia que Ariane e Nandiala poderiam dar muitas alegrias ao torcedor catarinense, mas confesso não haver imaginado que seria tão rápido. Quanto à convocação que 'desaposentou' Walewska e 'ressuscitou' Carol G para a seleção, prefiro acreditar que sinaliza o desejo do JRG de garantir a vitória na competição porque ele sabe o quanto é importante para o vôlei feminino do Brasil que a SFV esteja em evidência, pois essa visibilidade garante investimentos e inspira garotas a se tornarem novos talentos. Quero acreditar que é isso, pois as outras hipóteses são indignas e vexaminosas: um campeão olímpico como o JRG jamais deveria expôr sua história à semelhante desonra em nome do orgulho imediatista ou do favorecimento ao seu projeto pessoal no clube.

Alex disse...

Enquanto todas as equipes param um período e ficarão apenas a base dos treinamentos, ao contrário todo o time titular do Volei Amil(Claudinha, Tandara, Natália, Waleska e Gattaz), com exceção da gringa que não pode ser convocada, estará na ativa jogando e treinando para um campeonato forte e retornando com tudo para a continuação da Superliga. Injusto!

Evelyn disse...

Definitivamente não dá pra aceitar que o técnico da seleção brasileira seja também técnico de uma equipe feminina da Superliga.
É claro e evidente que o AMIL foi enormemente beneficiado em relação às outras equipes que disputam a Superliga.
Zé Roberto, técnico do AMIL, aproveitou a seleção para treinar seu time titular, enquanto os demais times da Superliga vão passar essa fase treinando desfalcados de suas principais atletas.
Resultado: depois desse recesso, o time do AMIL vai estar muito mais entrosado e treinado que as demais equipes da Superliga.
Para a Copa dos Campeões houve primeiro uma lista de 20 atletas inscritas e, depois dos cortes, uma lista de 14 atletas que realmente iriam disputar o torneio.
Na lista de 20, as centrais eram: Juciely, Thaísa, Fabiana, Adenísia, Bia e Letícia Hage.
Na lista de 14 ficaram Juciely, Thaísa, Fabiana e Adenísia,sendo cortadas Bia e Letícia Hage.
Com a contusão de Juciely e Thaísa, nada mais coerente e normal que Bia e Letícia Hage fossem chamadas, afinal de contas elas estavam na lista inicial das 20, enquanto Gattaz e Walewska sequer foram cogitadas à época.
Porém, um fato importante ocorreu no decorrer dos últimos dias:
O até então líder da Superliga e invicto na competição AMIL, perdeu sua invencibilidade numa derrota inesperada, fora dos planos, para uma equipe não figurava entre as favoritas da competição.
Com derrota surpresa para o Pinheiros, Zé Roberto achou importante aproveitar a oportunidade e levar seu time titular para treinar com a seleção e ganhar mais entrosamento e ritmo de jogo.
Principalmente entrosar suas 2 centrais com Claudinha, esse foi o principal motivo da convocação surpreendente de Gataz e Walewska a esta altura do campeonato.
Infelizmente, os torcedores das outras equipes favoritas como Praia Club, Unilever e Molico não tem esse privilégio de ter seu técnico no comando da seleção brasileira.
Mas, para quem tem boa memória, vai lembrar que isso não é uma novidade do Zé.
Temporada passada, quando Pri Daroit, Ju Nogueira, Suelen e Natasha jogavam no Amil, viviam sendo convidadas para treinar na seleção A ou B.
Lembram do caso da Fernandinha, jogadora do Amil, que tomou a vaga da Fabíola à véspera da Olimpíada?
Achei muito estranha e oportunista essa atitude de levar o time do AMIL para treinar na seleção, e penso que isso prova que técnico da seleção feminina não deve dirigir time feminino da Superliga, vimos no que dá: panela brava!

Graça disse...

Amigos torcedores do PRAIA CLUB, fomos enormemente prejudicados com essa atitude do Zé.
O próximo jogo do Praia depois da Copa dos Campeões é justamente AMIL x PRAIA CLUB em Campinas.
O time do Praia vai enfrentar um adversário direto ao título treinado e entrosado pela seleção brasileira.
A sequência de jogos do AMIL após a COPA DAS CAMPEÕES e retorno à Superliga é: Praia, Sesi, Barueri e Molico.
Logo, não foi à toa que Zé Roberto resolveu levar seu time titular do Amil para treinar na seleção.

Paulo Roberto disse...

ZRG segue fazendo das suas. Competência ele tem de sobra, mas não vejo necessidade de entrar em polêmicas desnecessárias. Concordo com a Laura, quando diz que Wal pode acrescentar muito ao time, mas me ponto de visa é semelhante ao do Welmer. Vou ficar na torcida pra dupla titular ser Fabiana e Ade, mas como o Zé é imprevisível não duvido nada começar com a Wal ou mesmo com a Carol.

Anônimo disse...

A grande verdade e que o caminho mais curto p/ser convocada p/a selecao e o AMIL,time do Ze.
Amil virou um atalho p/a selecao.
Sabendo disso, a baba-ovo da Natalia Zilio nao pensou duas vezes em deixar a Unilever e ir abanar o rabinho la no Amil.

Flávia disse...

Não se iludam isso tudo é para favorecimento do amil campinas , depois de tantas recusas em voltar para seleção Brasileira de repente foi convocada e aceita ? há tá , me engana que gosto...
Então diante de tudo isso, tem como não questionar o profissionalismo de um treinador que corta jogadoras na lavanderia e saguão de aeroporto?

Leila disse...

Depois disso só nós resta torcer fervorosamente contra esse Amil/Campinas.
Um por todos e todos por um e todos contra o Amil/Campinas, vamos unir todas as torcidas de Osasco, Unilever, Praia, Pinheiros, São Bernardo, São Caetano, Barueri, Rio do Sul, Maranhão, Minas, Brasília, Sesi, todos contra o AMIL!
Graças a Deus o Pinheiros tombou esse time do Amil tanto no Paulista quanto na Superliga.
Vamos torcer para outras equipes fazerem o mesmo e tombarem essa equipe do Amil.
Amil se tornou inimigo comum de todos devido a esse privilégio de treinar na seleção brasileira.
Portanto, todos contra o Amil!

Anônimo disse...

O fato é que se Gattaz e Walewska estivessem jogando por outra equipe que não fosse o AMIL/CAMPINAS não seriam convocadas nesse momento.
Com todo respeito aos times do
Maranhão e de Brasília, mas alguém tem dúvida de que se Gataz e Walewska estivessem jognado no time de veteranas de Brasília elas seriam convocadas?
Claro que não!
Se estivessem jogando no Maranhão tbém não seriam convocadas...
Logo, só foram convocadas porque jogam no Amil, time do técnico da seleção, o Zé Panela Roberto.

Aline disse...

Brincando um pouco com a convocação conservadora do Zé, resolvi fazer uma seleção toda "RETRÔ" das atletas que estão disputando essa Superliga 2013/2014, o critério para minha convocação foi de jogadoras nascidas antes de 1981, ano de nascimento de CAROL GATTAZ.
Levantadora: Fofão(1970)da Unilever
Centrais; Walewska(1979) e Gattaz(1981)do AMIL
Ponteiras: Érika Coimbra(1980)do Brasília e Thais David Barbosa(1980)do Barueri
Oposta: Elisângela Oliveira(1978)do Brasília
Líbero: Arlene Xavier(1969) do Minas.
Até que daria um bom time sendo que Fofão e Arlene estão muito mais em forma que muita jogadora nova por aí.
Fofão tem um preparo físico invejável, correu tanto atrás de passe ruim da Mihajlovic no Campeonato Mundial que fiquei impressionada com o fôlego dela.
Ao contrário do Zé, que resolveu fazer uma convocação estilo "RETRÔ" ressucitando Gattaz e Walewska das catacumbas, Bernardinho resolveu dar uma oportunidade aos jogadores que não vinham atuando muito pela seleção, caso de Raphael, Evandro, Maurício Souza, Maurício Borges, Ary e Lucas Loh.
Uma vez que a COPA DOS CAMPEÕES não é um torneio tão importante no cenário mundial como a COPA DO MUNDO, OLIMPÍADA ou MUNDIAL, vale a pena poupar alguns jogadores e dar chance a outros.
Os 2 MAURÍCOS, BORGES(ponteiro do VivoMinas) e SOUZA(central do RJX) estão fazendo uma excelente Superliga e merecem muito essa oportunidade.
O oposto Evandro é outro que está num 2013 incrível: depois de ser campeão SULAMERICANO pelo argentino UPCN, vem arrebentando no SESI.
Eu começaria com Mauríco Borges e Lucarelli de titulares nas pontas e Maurício Souza e Lucão de titular no meio e revezaria constantemente os levantodores Bruno e Rapha e os opostos Walace e Evandro nas inversões do 5x1.
O levantador WILLIAM, melhor da posição na atualidade, merece um descanso, mas é nome certo p/ a Olimpíada-2016, o cara é fora-de-série e fez um Mundial impecável. O levantador Rapha vai jogar a COPA DOS CAMPEÕES, mas para os torneios principais como COPA DO MUNDO e OLIMPÍADAS, o William é essencial.

Anônimo disse...

A sel.B ou seleção de novos, tem como objetivo nr 1 testar, avaliar, dar experiência internacional e continuidade no processo de transição e renovação p/jogadoras chegarem até a sel.A. Se essa filosofia fosse respeitada nada mais coerente q convocar a meio Natasha(unilever), ao invés da Gattaz. CROWLEY.

João Lucas disse...

E lá vamos nós mais uma vez madrugadas a fora torcendo pelas meninas. Acredito que o Brasil, Rússia (com Sokolova de volta e rindo atoa por estarmos sem Thaisa) e EUA são os favoritos.

Mudando de assunto: Se e fosse treinador da seleção feminina de võlei eu teria feito uma convocação bem.diferente, iria priorizar a renovação. A minha lista seria a seguinte:

- Levantadoras: Claudinha e Juliana Carrijo.
- Opostas- Tandara e Ivna;
Ponteiras: Fernanda Garay, Natália, Ellen e Pri Daroit
Centrais: Adenizia, Ana Beatriz, Mayhara e Ana Carolina.
Líberos: Camila Brait e Tássia.

Minhas titulares seriam:
Claudinha/Tandara
Fernanda Garay/Natália
Adenízia/Ana Beatriz e Camila Brait como líbero.