O primeiro 3x2

Sesi 2x3 Vôlei Amil


Confesso que, pelo retrospecto do Sesi no início desta SL, acreditava numa vitória tranquila para o Vôlei Amil. Porém, o que se viu foi um jogo equilibrado, com disputadas ponto a ponto. Sim, também houve muitos erros e “panes” das duas equipes – mas isso deu o charme da imprevisibilidade da partida. E assim saiu o primeiro 3x2 da SL 12/13.

O problema do Sesi esteve nos momentos finais dos sets. No Vôlei Amil, Vasileva e Ramirez cresceram na hora da decisão. O time da capital paulista foi muito inconstante no ataque e cometeu erros de recepção que comprometeram. Aí está outro ponto que a equipe precisa se acertar. Não dá para admitir a Sassá e, principalmente, a Verê errando tantos passes. Ok, tem uma questão de adaptação devido à presença da Tandara na linha do passe, mas houve mais problemas de técnica do que de posicionamento.

Apesar da irregularidade, foi bom ver a Tandara em quadra mostrando os golpes fortes que a caracterizam. Acredito que é por ela que vai passar a recuperação do Sesi, o time precisa dela. Sei que muitos discordam, mas, para mim, é a única jogadora com potencial de fazer a diferença. Por isso, acho que o Talmo tem que apostar na formação que escolheu hoje, com Elisângela de oposta e Tandara e Sassá como ponteiras. 

************************* 

Ao Vôlei Amil faltou colocar pressão no Sesi. O time tinha condições de impor seu jogo, forçar o saque, mas achei a equipe muito na defensiva. O quarto set foi praticamente dado em erros para o Sesi.

Fernandinha optou pelo básico e esqueceu da Wal e Natasha. Deu certo contra o Sesi, pode não ser suficiente contra outras equipes mais adiante na competição. Lembro como a Wal jogou a última SL e foi importante pro Vôlei Futuro. Não é jogadora de se desperdiçar. O time Campinas vai ter que se acertar para não ficar um Vasileva-depedendente. Pra variar, a búlgara deu conta do recado na hora em que foi chamada. Ela peca na falta de jeito e mobilidade para a defesa, mas no ataque é segurança. Mas até quando?

Pê ésse:

- Que bela partida da Bia. Mais uma vez ela esteve entre as maiores pontuadoras do Sesi. O Vôlei Amil simplesmente não conseguiu marcá-la durante todo o jogo.

*************************

Demais resultados da 4ª rodada:

São Bernardo 0x3 Rio do Sul





- Zebra com zebra se paga. O Minas, que já tinha sido surpreendido pelo São Caetano, venceu o favorito Unilever, por 3x0. Ao que tudo indica, mais uma grande partida da Lia. Mesmo assim, tropeço enorme e imperdoável para o time do Bernardinho.

- Rio do Sul também conquistou uma ótima vitória contra o São Bernardo, que não contou com a Renatinha. O curioso é ver que Neneca e Elis, as baixinhas reservas em outras temporadas nos times do Vôlei Futuro, Sanca e etc,  comandaram o placar, com 23 e 19 pontos.

- E o Sanca vai, discretamente, tirando um set aqui e ali dos favoritos – e até vencendo os desavisados, como o Minas. É, esta SL está sendo mais surpreendente do que imaginava...

Comentários

Eduardo Araujo disse…
Oi Laura e amigos, foi um jogo legal de ver, descobri que estava torcendo para o SESI quando em alguns momentos queria matar a Tandara, ela tem que aprender a ter paciência, algumas vezes vale a pena jogar a bola para outro lado e apostar no bloqueio, falando nisso mais uma vez a Amil tomou uma goleada nesse fundamento!

Como a Laura disse nas horas que não podia errar o SESI entregava os pontos, me deixando maluco errou muito mais que o Amil.

E essa derrota do Unilever, eu tinha comentado aqui que no último jogo elas tinham suado mais que o esperado e que no ultimo set foi a inversão 5 x 1 que salvou, pelo visto os problemas continuaram.

O Sollys passou fácil pelo Pinheiros, hoje a Gabi jogou todo o jogo como libero, jugando pela atuação da Thaisa, a Gabi deve ter feito um bom trabalho.

O praia teve mais dificuldades do que era esperado, mas acho que é o único time invito da competição, ate o momento inicio de SL ótimo para elas.
Welmer disse…
Mais uma terça que não consegui ver o jogo. Mas, novamente, pelas parciais e pelo placar do jogo, pareceu ser um jogo marcado pelo equilíbrio. Achei interessante a Tandara ter jogado como titular, assim como a Laura, acho que a recuperação do time do SESI passa diretamente pela a Tandara. Ainda não acho que essa seja a formação ideal do SESI, apesar de ainda ser irregular, gosto muito da Ingrid e acho que a melhor formação para o time do SESI seria com a Tandara na ponta e Ingrid na saída.

O time de Campinas finalmente parece ter ganhado uma jogadora de segurança. A Vasileva parece que vai segurar as pontas no ataque do time campineiro, acho que ela terminará essa temporada da Superliga como maior pontuadora, mesmo com a Herrera jogando muito pelo Praia.

Agora, o que falar dessa derrota do time da Unilever?

Eu esperava que o time carioca fosse atropelar o time mineiro, mas não foi o que aconteceu, o Minas contou novamente com boas atuações da Carla e da Lia. Quem diria?!

A situação lá em Osasco tá complicada, depois de Sheilla e Adenizia, agora foi a vez da Camila Brait se contundir. Mas mesmo jogando com a Gabi como o líbero o time venceu com facilidade o Pinheiros e a Jaque, que como já disse vem jogando muita bola desde os jogos olímpicos, novamente foi a maior pontuadora.

No restante da rodada, o time do Praia venceu o São Caetano, que vem dando trabalho para as grandes equipes, e a equipe do Rio do Sul, que viajou com apenas 9 jogadoras, venceu a do São Bernardo, que sem a Renatinha não vai dar trabalho a ninguém.
Mineirinho Uai, Ô Trem Bão Sô! disse…
Pessoal, a principal "Surpresa Positiva" dessa Superliga vem sendo esse jovem e aguerrido time do São Caetano, duvido que alguém imaginasse aqui que o time de menor média de idade da Superliga, sem nenhuma estrela, com jogadoras novatas tentando buscar seu lugar ao Sol, pudesse estar "engrossando o caldo" p/as equipes com jogadoras mais experientes. A maioria do público achava que o Sanca iria ser o lanterninha da Superliga e o fato é que vem fazendo sets duros e vendendo caro a derrota. Com isso já roubou um set do Sollys, um set do Praia e chegou a vencer o favorito Usiminas numa bobeada das mineiras... Isso significa que não se pode dar bobeira com as meninas do Sanca que elas dão o bote.
Por outro lado, a surpresa negativa vem sendo a equipe do SESI que vem se arrastando com vários apagões durante as partidas. Como pode o SESI vencer facilmente o quarto set por 25x14 e perder o quinto set por 15x13??? É imperdoável tomar uma virada dessas, é muita falta de concentração! No SESI só tem macaca velha, jogadoras tarimbadas, mas que ao contrário das jogadoras do Sanca, estão agindo como novatas inexperientes.
Em relação ao clássico Usiminas/MTCxUnilever, paesar de ser em uma Terça-feira, a torcida compareceu em cheio e bem animada na Arena VIVO para prestigiar as mineirinhas UAI! E embaladas pela torcida mineira fanática por vôlei, as jogadoras corresponderam dentro de quadra.
Foi um jogo excelente e muito disputado ponto a ponto, as duas equipes muito aguerridas lutaram do início ao fim da partida. Porém, as mineiras controlaram melhor os nervos e mantiveram a concentração necessária para fechar os sets muito disputados.
Assim como na vitória contra o São Bernardo, mais uma vez a novata Carla entra incendiando o time. Thaisinha estava fazendo um primeiro set morno e foi substituída por Carla que entrou fervendo. Apesar de ter apenas 20 anos Carla não se intimidou com o bloqueio da Unilever e desceu a lenha. Ela realmente entra quente na bola. Lia fez uma excelente partida, sendo a maior pontuadora. Na verdade a Lia tem um enorme potencial, tem altura e força física, só não pode perdera cabeça. A Lia quando joga concentrada e calminha é difícil de ser parada, ainda mais por ser canhota. Agora se ela perde a cabeça é uma sucessão de erros uma atrás do outro, portanto é bom que ela tome muita maracujina antes do jogo.
As centrais Fernanda Ísis e Bárbara Bruch foram fundamentais para amortecer os ataques do UNILEVER no bloqueio e ajudar a defesa nos contra-ataques. Thaís Barbosa, Carla e Tássia se destacaram também na defesa e não comprometeram no passe. Pelo lado do Unilever houve muita luta das jogadoras para tentar buscar o resultado, mas não resistiram ao bom volume de jogo do Minas. Fofão, Juciely e Sara Pavan foram os maiores destaques da equipe carioca. Bernardinho tentou modificar o time com a entrada d central Mara, das ponteiras Regiane e Amanda e da levantadora Roberta na inversão do 5x1, mas dessa vez não deu...
Enquanto isso o Praia é líder e a única equipe invicta que restou no Campeonato.
A mineirada tá bem na Superliga: Praia em primeiro e Usiminas em terceiro na feminina. E na masculina Cruzeiro em primeiro e VIVO/MINAS em terceiro. Ô Trem Bão Sô!!!
Thiago Santos disse…
acho q essa superliga ta é muito boa, acho que a supresa ficou mesmo pela vitoria do minas, não que o minas seja ruim as jogadoras de la são muito boas, e tem condições de sim ganhar um grande clube, mas todos sabem q no feminino nome ganha mas do jogo, então pensei q a unilever ja estava com esse jogo ganho, mas não só mostrou q os grandes devem tomar cuidado, mas tambem que não basta apenas ter nome tem que jogar, agora o praia vem muito bem nesse inicio de campeonato, mostrou que o investimento foi muito bem feito, e olha que ainda não está jogando com a dani scoth, esse time tem td para roubar a cena nessa temporada, que sollys, unilever, amil e sesi não abram o olho. o que tambem vem me surpreendendo são os resultados do são bernardo, o time tem uma cubana , renatinha, ana cristina e edneia, e mas outras jogadoras boa e simplesmente não apresenta um bom jogo, não tenhjo visto os jogos e não sei se todas essas estão jogando, mas o q está acontecendo com o time, q investiu, e ate agora não enbarcou, teremos q aguardar, e vcs o q acham ?
Aline disse…
Os mineiros respiram voleibol, a torcida em Minas sempre é bastante animada e incentiva o time. O Minas Tênis Clube é um clube de tradição no vôlei. E um time que conta com jogadoras da categoria de Claudinha, Tássia, Fernanda Ísis, Bárbara Bruch, Thaís Barbosa, Lia. O Usiminas até tropeçou contra o São Caetano num dia ruim, mas as meninas do São Caetano vem surpreendendo as equipes mais fortes e experientes, pois apertaram o jogo contra o Sollys/Nestlé e o Praia Clube também e se derem a oportunidade elas vão pra cima.
Mesmo para uma Terça-Feira, muita gente foi à Arena VIVO apoiar o Usiminas. E ambas as equipes fizeram uma ótima partida, um jogo excelente e muito disputado em todos os sets, mas no final dos sets as mineiras se mostraram mais eficientes que as cariocas.
Gosto muito da equipe da Unilever que proporcionou um belo espetáculo para o público de BH, lutando até o final de cada set, mas dessa vez deu Minas para delírio da torcida mineira. Bernardinho fez o que pode, porém dessa vez suas mexidas no time não conseguiram determinar a vitória.
Esse jogo Usiminas 29×27, 25×21 e 26×24 Unilever foi o melhor e mais disputado jogo da Superliga até agora, muita garra das duas equipes e muitos ralis e lances maravilhosos. Ambas as equipes estão de parabéns!
Anônimo disse…
Olha Thiago Santos não entendi o que você quis dizer que nome ganha jogo? Afinal de contas um time com a tradição do Minas Tênis Clube que já foi campeão brasileiro tanto no masculino quanto no feminino e atualmente está em terceiro lugar na tabela tanto na Superliga feminina quanto na masculina, não tem nome?
Quanto ao São Bernardo, a Renatinha,que é a estrela do time e vem levado a equipe nas costas, não jogou contra o Rio do Sul e sem os pontos de saque, bloqueio e ataque da Renatinha o São Bernardo tornou-se presa fácil contra o Rio do Sul, a cubana também não jogou.
Anônimo disse…
Depois da nova roupagem da GRAND PRIX e da LIGA MUNDIAL, o novo presidente da FIVB, o brasileiro Ary Graça acerta mais uma vez e altera as regras para a classificação para as Olimpíadas do Rio/2016:
- 2 seleções pela Copa do Mundo 2015, a ser realizada entre 22 de agosto e 22 de setembro
- 1 seleção de cada confederação, sendo a campeã continental ou a campeã do classificatório continental
- 1 seleção de cada um dos quatro classificatórios mundiais, marcados para 2016
- 1 seleção do país-sede: BRASIL!
Renato disse…
Boa noite Laura e amigos !! Horário dos jogos de terça é muito ruim, tinha que ser às 21 horas conforme é nas sextas, quem sai as 18 horas do trabalho e enfrenta o trânsito caótico das grandes cidades, perde maior parte do jogo.
Só consegui assistir a partir do 3º set e gostei muito do jogo. No Sesi gostei muito da Bia e Fabiana pelo meio e da incansável Elisângela, no mais todas muito inconstantes. Sassá me decepcionou, errando vários passes. No Amil Vasileva além de esbanjar beleza e simpatia está jogando muito e Ramirez com sua garra e vontande é sempre um destaque. Fernandinha anulou Walewska e Natasha, não entendi o porquê, uma vez que o passe não estava tão mal assim. Pri Darroit ainda não está redendo tudo que pode, alternou bons e maus momentos.
Linda vitória do Minas, conforme já disse aqui, esse time tem jogaoras de boa qualidade: Lia, Claudinha, Fê Isis, Tássia, a Thais voltou bem e a Bárbara está rendendo bem pelo meio. Acho que tem chances de lutar pela quarta vaga.
Praia continua bem, e sexta-feira promessa de um grande jogo contra a Unilever.
São Bernardo decepcionou. Um time com Ana Cristina, Renata Lúcia, Giovana, Cátia (jogadoras de qualidade e experientes) perder para o Rio Sul em casa, não dá né?
Osasco se recuperndo apesar dos desfalques ....

Cada rodada que passa esta superliga fica melhor !!
Anônimo disse…
Galera no jogaço PRAIA CLUBE x UNILEVER, a DANI SCOTT já estará relacionada para partida, mas por enquanto não começa de titular segundo o téc. Spencer Lee. Mas só da DANI SCOTT já estar relacionada para a partida já é um grande reforço e se ela entrar e jogar tudo o que sabe, o jogo vai ficar mais emocionante ainda.