sábado, 1 de dezembro de 2012

3ª rodada


Não consegui assistir a todo jogo entre São Bernardo x Usiminas, mas o time mineiro recuperou-se bem da derrota pro Sanca. Para queimar minha língua, Lia e Thais Barbosa dessa vez comandaram o time no ataque. 

Ainda assim, acredito que a fragilidade do Usiminas nesta temporada está exatamente nas pontas. Considero boa a composição com Claudinha no levantamento, Tássia como líbero e as centrais Bárbara e Fê Isis (aliás, ontem a primeira brilhou no bloqueio: 9 pontos). Agora, Lia e as duas Thais são muito irregulares. A oposto e a Thaisinha, quando estão num dia inspirado, podem levar um time nas costas - mas estes são momentos raros. Desde que saiu do Pinheiros, a Lia não está em boa fase. Em um time bem equilibrado, ela se destaca. Vamos ver se ela se consegue recuperar seus melhores momentos agora no Minas.

 ***************************

Início nada animador do Sesi na SL... Fabiana teve que compensar as atuações ridículas das ponteiras no ataque. É curioso porque o Talmo tem tantas opções de composição (Tandara, Elisângela e Ingrid para oposto / Suelle, Sassá, Tandara e Ingrid, de ponteiras passadoras), mas a variedade não tem valido a pena. Enquanto o Praia tem confirmado as expectativas do pessoal aqui do blog. Estou curiosa para assistí-lo jogar.

 ***************************
Demais resultados:



São Caetano 1x3 Sollys/Nestlé

***************************

ésse:

- Esta semana foi confirmada a permanência do Zé Roberto no comando da seleção brasileira. Não dá para dizer que foi uma escolha ruim, afinal o Zé é um vencedor. Mas preferia a renovação, ainda mais depois de um ciclo que, apesar de ter terminado com uma medalha de ouro, revelou muitos desentendimentos e desgaste. Espero que o treinador e as jogadoras saibam lidar com isso e não levem para o próximo ciclo ressentimentos. Tem que ser um começar do zero.

10 comentários:

Anônimo disse...

Terceira rodada sem surpresas na Sexta-feira. Sera q no Sabado as jovens do Sanca repetirao a zebra da segunda rodada contra o Usiminas?.
Por outro lado, o Usiminas se recuperou do tropeco e ja assumiu a terceira posicao na tabela, atras do lider Praia e do vice-lider Unilever.
O Usiminas comecou o primeiro set muito relaxado deixando as meninas do Sao Bernardo "gostarem do jogo" e ganharem o set de virada por 27x25.
Depois de deixar escapar o primeiro set de bobeira, o Usiminas "acordou" e assumiu o controle do jogo ate o final.
Jarbas dessa vez atuou bem, mexeu bem no time e parou o jogo na hora certa.
Substitui Thaisinha, que marcou somente 2 pontos no jogo, por Carla que entrou com a mao pesada a partir do segundo set e tbem melhorou o passe. Alem disso o Jarbas usava Renatinha no fundo de quadra com excelentes passagens pelo saque. Lia e Thais Barbosa atuaram muito bem, virando bolas dificeis no contra-ataque. Tassia, espertissima como sempre, fez belas defesas propiciando varios contra-ataques.
Mas o maior destaque do jogo foi a atuacao da levantadora Claudinha com as meios Barbara e FeIsis, sempre que podia Claudinha acionava suas meios, que foram muito eficientes, tanto que o ultimo ponto do jogo foi um contra-ataque com a FeIsis. Por sua bela atuacao, Claudinha foi premiada com o VivaVolei.
Nao tivesse cochilado no primeiro set, o Usiminas poderia ter aplicado um3x0no Sao Bernardo...
Enquanto isso o atual campeao mineiro Praia segue lider da Superliga com o revezamento constante de suas duplas de levantadoras e opostas na inversao do 5x1. Juliana Carrijo e Camila Adao se revezam como cerebro do time mudando constantemente a dinamica do jogo. A Capitan Monique se reveza com Dayse como oposta. A linha de passe com a libero Arlene e as ponteiras Michele e Herrera tem funcionado muito bem, dando o suporte necessario p/as levantadoras criarem. Com isso as meios Leticia, Angelica e Mayara tem sido muito bem aproveitadas.
Isso tudo sem contar ainda com a forca e a habilidade da estrela americana Daniele Scott...

Renato disse...

Olá amigos, bom dia !! Eu estou levando fé neste time do Praia Clube. Mescla de jogadoras experientes com mais novatas está fazendo um bom efeito e como treinador o sempre competente Spencer Lee. Acho que será uma grande pedra no caminho das grandes equipes. Ontem elas detonaram com o SESI !!

Anônimo disse...

As gemelas Michele e Monique Pavao e a cubana Herrera sao um arraso! Lindas, maravilhosas, estao batendo um bolao! A Fesis, central do Minas, tbem e' um arraso, tem sangue cubano correndo naquelas veias, e' uma das centrais mais agressivas q ja' vi jogar!

Anônimo disse...

Oi amigos, sou mais um fan das irmas Monique e Michelle. Elas tem uma popularidade enorme aqui em Uberlandia. Carismaticas trazem uma legiao de fans fieis aos jogos. Simpaticas dentro e fora de quadra conquistaram a admiracao das companheiras do Praia tornando Monique sua Capita. Alem disso tem muita personalidade, tecnica,cocentracao e lideranca dentro de quadra, que serviu para unir a equipe em busca desses bons resultados. O Praia vem unido e com muita motivacao para fazer um excelente campeonato.

Welmer disse...

Assisti o jogo ontem e, apesar dos muitos erros, foi melhor do que eu esperava. Gostei das atuações da Lia, jogadora que gosto desde a época do Pinheiros, mas que não fez uma boa Superliga temporada passada, e da Thais Barbosa. Agora quem me surpreendeu foi a Carla, a reserva de luxo do Minas segundo Jarbas (kkkkk...), que entrou no lugar de uma apagada Thaisinha e que fez uma boa partida.

Com relação a equipe do São Bernardo, só quem se salva é a Renatinha. Espero que com a cubana o time melhore. O time do São Bernardo tem atacantes muito inconstantes que podem fazer belas jogadas e logo em seguida isolar a bola na arquibancada. O fundo de quadra do time também é fraco, primeiro que não tem uma líbero consistente que dê qualidade tanto na defesa quanto no passe e as ponteiras são fracas no fundo de quadra, a única que se salva é a Thais que fez belas defesas no jogo de ontem.

Eu também estou muito ansioso pra ver esse time do Praia jogando. É um time que parece ter consistência tanto no fundo de quadra com a Arlene e com a Michelle, quanto no ataque com Monique, Herrera e a própria Michelle pelas extremidades e com as centrais Mayhara, Letícia Hage e Angélica. Aliás, esse é um ponto que me incomoda nesse time, o Praia não parece ter uma formação definida nessa posição, desde os amistosos que a equipe realizou, o Praia apresentou muita variação nas formações com as centrais, fazendo o jogos com Mayhara e Letícia, Mayhara e Angélica ou com Letícia e Angélica. Acho que se o Spencer Lee não escolher uma formação fixa, isso pode prejudicar a equipe.

Anônimo disse...

Welmer na verdade acho q esse rodizio das centrais esta sendo ate benefico pq elas sabem q temq jogar muito pq DANI SCOTT vai chegar para ser titular, considero uma disputa saudavel. Essa tbem e umA filosofia do Spencer Lee, revezar bastante as jogadoras, por todo mundo p/jogar

Leoo disse...

CANSEI do Ze, espero ansiosamente um confronto MARIxZE num BRASILxALEMANHA, e claro q torcerei por uma vitoria da MARI para dar um cala-boca nesse ZE MANE'!!!

tuliobr disse...

Confesso para vocês que, sendo carioca, torço para a Unilever. Mas nessa SL o Praia Clube na verdade é que conta com meus mais intensos votos de sucesso. Acho mesmo que o êxito do time de Uberlândia poderá ser importante para o vôlei, pois em um ano marcado pelo encerramento de equipes importantes o Praia foi o "time médio" que mais acreditou e fez um investimento para montar um time interessante, como interessante tem sido o trabalho consistente do Spencer Lee e entusiasmada vem se mostrando a torcida de Uberlândia prestigiando o time. O êxito na temporada será um justo prêmio para a diretoria do clube e pode facilitar a obtenção de patrocínio ainda maior, que permita vôos mais ousados no futuro. Tudo isso ainda pode causar um efeito colateral desejável, que seria provocar uma reação do Minas TC: com a hegemonia no estado ameaçada, talvez os responsáveis pelo time da capital parem de negligenciar a equipe feminina, cujo passado de títulos e grandes elencos fica cada vez mais distante.

Eduardo Araujo disse...

Olá Laura e amigos, vi o jogo do minas estou com o Welmer foi um jogo com muitos erros, os ralis aconteciam mais por incompetência das equipes do que por qualidade das mesmas, erro em levantamento, erro em ataques teve pelo menos 2 sets que foram duros de assistir!!!

O praia pelo visto não tomou conhecimento do SESI!!!

O SESI é um time cheio de jogadoras da seleção e não rende, não sei oq acontece vocês tem alguma teoria?

O Unilever sofreu para ganhar também, o 3 set quem salvou foi a inversão 5 x 1, pelo que eu vi o Bernardo quase teve um ataque cardíaco na quadra de raiva ehehe.

O jogo do Amil foi disputado também, esperava que fosse mais fácil, já que o outro time é estreante na superliga também.

O Sollys sofreu mais do que esperava para ganhar o jogo, parte do problema foi a Brait que se machucou e a Gabi deu uma de libero no jogo, se continuar assim as reservas é que vão terminar a superliga!!!

Sobre a renovação do ZR, eu acho o seguinte!!!

Eu particularmente não gostei, não vou discutir a capacidade dele afinal tem 3 medalhas, no final do ultimo ciclo olímpico ele fez muita besteira, tanto que o quadro que as atletas pintam é totalmente diferente do que ele pinta, basta ver as poucas e curtas entrevistas das atletas.

A jaque para o BandSports declarou que pensou em sair da seleção depois do corte da Fabiola, outras jogadoras não gostaram desse corte assim como o corte da Mari, a declaração da Fabizona falando que falou com ele e colocou os pingos nos Is depois da reunião com as atletas e nenhuma delas desmentiu a Mari, isso prova que o clima entre as principais jogadoras da seleção e o treinador não é legal!!!

O mérito dele foi aceitar as reclamações das jogadoras e colocar o time que elas queriam em quadra, claro que teve a parte tática de toda a equipe e isso não é somente mérito dele, mas sim de todo um trabalho da comissão técnica.

Agora ele pode ser um grande técnico, mas sem boas jogadoras ninguém faz milagre, a Sheilla já pediu dispensa alegando que esta cansada e quer se dedicar mais ao Sollys, quem não garante que as jogadoras não façam alguma coisa para tirar o ZR da seleção, afinal se o clima é ruim será que as atletas vão querer trabalhar com ele? é bom agente lembrar que no esporte geralmente quem manda são os atletas afinal tem muitas histórias do grupo mandar embora o técnico e na seleção feminina já aconteceu.

Afinal no esporte geralmente o atleta pode mais que o treinador, se essa situação acontecesse o ZR teria que forçar uma renovação em muitos setores da seleção.

E o Brasileiro é assim se o cara vai bem é idolatrado e se vai mal é pior que ladrão.

Paulinho Adorador disse...

De uma coisa eu sei, Fabíola nunca mais vai ser convocada pelo Zé.