Superliga 12/13 (e mais um pouco de Olimpíada)


Esta semana começa mais uma Superliga. Como de costume, sempre temos a esperança de que o campeonato nos surpreenda e nos traga algo diferente do já conhecido Osasco-Rio de Janeiro. E como sempre também, apesar de nossa torcida, o final da novela é sempre o mesmo.

A temporada 12/13 não vai ser diferente. Sollys e Unilever são favoritíssimos para a final. Para chegar ao nível do time do Luizomar, só o comandando pelo Bernardinho. Vai precisar de tempo para conseguir no conjunto a qualidade individual que tem, mas certamente chega para brigar pelo título.

Acredito que estes dois times não terão dificuldades sequer na fase classificatória. Ainda assim, esta primeira fase da competição vai ter disputas equilibradas entre Praia Clube, Sesi e Vôlei Amil. A equipe do Zé com a búlgara Vasileva é a única que pode incomodar os dois favoritos.

Aliás, acho que esta SL tem tudo para ser dos destaques individuais e internacionais: Pavan, Tom, Vasileva e Herrera. 

*************************

 Pê ésse:

- No lançamento da SL 12/13, a CBV anunciou uma boa notícia: além de mais jogos transmitidos pelo Sportv, os torcedores poderão conferir as partidas pelo site da Confederação.


Esta documentação da Vasileva tá demorada. Desde o Paulista ouvimos esta história que a búlgara ainda dependia da liberação da FIVB para jogar. Burocracias....


*************************

- E a Olimpíada continua repercutindo:

GE - Jogadoras evitam comentar críticas de Mari, mas admitem clima ruim

Prestem atenção no que a Fabiana diz. Não adianta tentar esconder uma coisa que até para quem estava de fora (nós, os torcedores) parecia evidente.

Comentários

Welmer disse…
A Superliga está aí, e eu, assim como todo mundo, espero que a final seja diferente, apesar de que isso dificilmente irá acontecer.

Achei muito legal essa iniciativa da CBV de transmitir jogos online, assim não ficamos limitados aos jogos que o Sportv transmite.

Com relação a declaração da Fabiana, como ela bem disse, não adianta ficar negando o que era perceptível, pra quem acompanha era notável que existia algum problema interno.
Renato disse…
Olá Laura, boa noite !!
Vou ficar na torcida para que a final desta edição seja diferente, apesar de achar muito difícil que o Osasco não participe dela. Acredito que algumas boas equipes como o Praia Clube e São Bernardo possam impor uma certa resistência as quatro "favoritas". Vamos torcer para termos partidas bastante disputadas.
Também gostei muito da iniciativa de transmissão dos jogos online, pelo mesmo motivo citado pelo Welmer.
Aline disse…
Renato 4 favoritas??? Que eu saiba so' tem 2 favoritas: SOLLYS/NESTLE' e UNILEVER, qualquer outra campea que nao seja SOLLYS ou UNILEVER e' ZEBRISSIMA!!!
GRACA disse…
Sheila disse: “- O que a Mari falou, eu não vou desmentir. Ela tinha razão. Ela estava lá dentro e sabia o que estava acontecendo!”
Mari disse: “As meninas se fecharam e se uniram para conseguir o título. A relação entre o Zé Roberto e as atletas estava muito desgastada. Se elas não tivessem parado e conversado para fazer tudo de novo, o ouro não teria acontecido. Elas são realmente as grandes merecedoras da medalha.”
FABIANA CLAUDINO disse:"Havia algumas coisas, sim. Uma pressão, um desgaste. Eu, como capitã, tinha dificuldades de falar com o Zé."
Dani Lins também admitiu problemas para conversar com o treinador.
Eu digo:”Mari, Sheila, Fabiana, Fabiola, Brait, enfim estao certas, Zé Roberto foi um tirano inescrupoloso com a seleção inteira, não só com a Mari. Concordo que o fato dele transformar a Natália na última bolacha do pacote, fez com que as demais jogadoras se sentissem diminuídas perante a intocável Natália. O Zé criou um clima de tensão nas meninas afirmando a toda hora que esperaria por NATÁLIA até o último minuto,ele endeusava uma jogadora em detrimento das outras,eram 2 pesos e 2 medidas:para NATÁLIA TODOS OS PRIVILÉGIOS E MIMOS POSSÍVEIS,para as demais jogadoras,RÉLIS MORTAIS,o fantasma do corte surpresa. O fato de ele transformar a NATÁLIA na DEUSA DO VÔLEI, numa PSEUDO-SALVADORA-DA-PÁTRIA,criou um clima muito ruim dentro da seleção,pq todas as demais jogadoras se sentiram rebaixadas,afinal de contas elas ralaram muito o ano inteiro para estar na seleção enquanto NATÁLIA não jogou nenhum jogo oficial em 2012 e sequer participou da superliga. Acho que Mari tem que jogar mesmo pela Alemanha e dar a volta por cima, porque, infelizmente acho que o Zé Roberto será mantido como técnico da seleção, ao contrário da vontade da maioria das jogadoras que estão com ele pela garganta.”
leoo disse…
Por mais que eu tenha torcido para o SOLLYS/NESTLÉ no Campeonato Mundial e que eu seja fã da Fabíola, Brait, Taísa e Sheila, não dá para negar que o UNILEVER é uma adversário muito forte!!! Moro no Rio de Janeiro e tenho acompanhado sempre que posso esse reforçado time da UNILEVER e fico cada vez mais admirado com o nível técnico e a forma física da FOFÃO, não dá para discutir, FOFÃO é realmente a melhor levantadora em atividade no Brasil e a experiência que o tempo lhe dá só faz seu raciocínio ficar cada vez mais rápido e com isso os bloqueios adversários vão sofrer e muito para tentar marcar suas jogadas, impressionante o rápido entrosamento que ela tem com as meios-de-rede, Juciely, Valeskinha, Mara Leão e Luciane Escouto vão deitar e rolar com as bolas rápidas da FOFÃO. Além disso o UNILEVER reforçou bem um ponto fraco que foi determinante na sua derrota para o SOLLYS/NESTLÉ na final da Superliga/2012: “o passe”. Com a contratação da GABI GUIMARÃES e da LOGAN TOM que são duas ponteiras-passadoras clássicas que dão muito volume de jogo, a composição da linha de passe com a excelente líbero FABI ficou perfeita e vai ser difícil derrubar bola no fundo de quadra da UNILEVER. Para completar uma oposta gigante de 1,96m e matadora: SARA PAVAN, melhor atacante da LIGA DOS CAMPEÕES EUROPEIA jogando pelo VILLA CORTESE.
A não ser que aconteça uma catástrofe, a final será novamente SOLLYS/NESTLÉ e UNILEVER, pq os 2 times estão bem acima dos demais. Resta Às demais equipes brigar pela terceira posição.
Considero que o PRAIA CLUBE/BANANA BOAT com as contratacoes da cubana HERRERA, da medalha de prata olimpica DANI SCOTT, da levantadora CAMILA ADAO e das gemeas MICHELE e MONIQUE PAVAO vao ser a terceira forca dessa SUPERLIGA podendo surpreender talvez as 2 favoritas: UNILEVER e SOLLYS.
Eduardo Araujo disse…
E ai gente como foi o feriado de vcs?
Então eu tinha achado super estranho o ZR não comentar as declarações da Mari, ele que geralmente fala muito principalmente dos jogos Olímpicos, o motivo é que se ele fosse falar alguma coisa as jogadoras cairiam em cima dele, agente que acompanha a mais tempo a seleção e os clubes sabíamos que a coisa não era boa, como eu disse o quadro que ele pintava nas suas entrevistas não batia com as poucas e rápidas entrevistas que as jogadoras davam, graças a Mari tudo foi confirmado e as jogadoras não desmentiram, ou seja e não é boato como algumas pessoas falavam.

Oq eu fico impressionado é com a imprensa que blinda o ZR colocando pequenas partes das entrevistas e cortando uma porrada de declarações entrei no blog do UOL agora e não acreditei no que li, com ele colocando uma pequena frase da jaque e não resto da entrevista.

Talvez façam isso com medo do cara não dar mais entrevista como ele fez com o pessoal da BandSports, afinal o ZR tem muitos fãs é da ibope.

Agora em relação a super liga, acredito que o Sollys esteja um pouco a frente pelos torneios que disputou e pelo ritmo que se encontra.

O Unilever pra mim tem grandes jogadoras resta saber se vai ter uma grande equipe.

Com Sesi eu fico cada vez mais desapontado foram fazer uma serie de amistosos contra o Unilever e não viram a cor da bola, teoricamente era para dar mais trabalho, o Unilever ainda esta em formação e o SESI já tem uma equipe.

O Praia eu acho que vai dar um grande trabalho nessa superliga, pelo menos deu mais trabalho para o Unilever que o SESI.

O minas esta bem mais fraco que o ano passado.

O Amil pode melhorar, mas não acho que vai ser essa melhora absurda que os fãs do ZR esperam!!

E achei legal poder assistir os jogos on-line, vamos esperar para ver como vai ser a transmissão.
Renato disse…
Aline, concordo com você que as maiores favoritas são Sollys e Unilever sem dúvidas, entretanto não podemos desconsiderar as equipes de Campinas que tem Valewska, Vasileva, Soninha, Pri Daroit, Fernandinha e em um nível um pouco maias baixo, o Sesi (com a bi-campeã olímpica Fabiana e quatro campeãs olímpicas Sassá, Carol Albuquerque, Dani Lins e Tandara). Eu aindo levo fé também no Praia que como já disse pode ser uma grata surpresa.
Anônimo disse…
Pra mim só tem uma favorita Laura,

-SOLLYS

Crowley.
Luh disse…
Unilever leva esse ano a não ser que aconteça como ano passado e tenha muitas jogadoras lesionadas.
tete disse…
A capitã confessou que era dicil falar com o Zé que o clima estava tenso alguém acha que o clima vai mudar com elas jogando contra o time dele? Eu acho que elas vão ficar temerosas quando ele começar uma "renovação" visando 2016 e elas começarem misteriosamente a serem substituidas pelas jogadoras do Campinas