quarta-feira, 27 de junho de 2012

Brasil 2x3 EUA

Não tive tempo para escrever aqui antes, mas ao menos a demora diminuiu um pouco o incômodo causado pela derrota do Brasil para o time B dos EUA.

O primeiro grande motivo para a derrota está exatamente no adversário. Os EUA (comandados nesta partida pela magérrima Alisha Glass) estão numa fase excelente. Vivem algo muito parecido com a própria seleção brasileira em 2008. Se bobear, põem o time C para jogar e o nível continua alto.

O segundo, e o mais preocupante, claro, é a repetição dos mesmos problemas no time brasileiro. É muito chato ter que escrever sempre a mesma coisa, mas a seleção não me dá outra opção. Começa na má recepção, passa pela ineficiência do ataque e acaba nas bobeadas da cobertura do bloqueio.

A confiança brasileira vai de um extremo ao outro em poucos segundos. O Brasil anda inseguro, muito por conta da limitação técnica que encontra a cada jogo.



*************************** 

Falando mais especificamente desta partida, a seleção conseguiu uma recuperação excelente para quem foi dominado nos dois primeiros sets. Conduziu bem o início do tie-break, mas perdeu o controle devido aos seus próprios erros.

As bolas de meio-fundo não funcionaram desta vez e foi complicado para a Fabíola usar as centrais. A Sheilla foi muito bem, mas faltou o que dela mais se espera: decidir. No tie-break, ela sumiu e errou bolas importantes. Se não fosse a Paula, o set teria escapado de mão logo no início.

O que mais preocupa é não ver uma grande evolução no time. Vamos torcer para que as meninas se recuperem nesta fase final e que o pesadelo da Copa do Mundo não se repita. 

***************************

Pê esse:

- Não vou conseguir assistir à Brasil x China. Conto com os comentários de vocês para saber como foi a partida! ;)

- Obrigada a todos que participaram da promoção!

8 comentários:

Anônimo disse...

Fabiana Claudino fazendo 1 ponto de ataque em 5 sets nao tem Jesus q ajude.

Leonardo disse...

Concordo com o anonimo: FAbiana Claudino com aquela altura toda, nao conseguir fazer ponto no ataque e' dificil... Ele teve 8%(OITO POR CENTO!!!) de aproveitamento de ataque. Nem as NANICAS TAILANDESAS tiveram um aproveitamento tao baixo no ataque!

Eduardo Araujo disse...

Alguem poderia matar uma duvida pra mim, assim eu não falo bobagens, quantas vezes o tecnico pode fazer a inversão do 5 X 1 durante o set?
Pq eu assisti o jogo e perdi a paciência com a Fabiana em 5 sets ela fez 1 ponto de ataque, isso com Fabiola ou Fernanda levantando, o bloqueio dos EUA nem subiam com ela, teve tres bolas que ela bateu sem bloqueio e não colocou no chão...
O problema fica pior quanto na rede temos a levantadora, a Fabiana e a Jaqueline, temos 2 atacantes sendo que a Fabiana não conseguia atacar, o bloqueio ia todo em cima da da Jaque, quando ele tirou a Fabiana e colocou a Ade, a mesma fez um ponto de ataque e 2 pontos de bloqueio.
Já que ele não tira a Fabiana não sei pq, pelo menos faz a inversão, colocando 3 atacantes na rede, pelo menos temos mais uma ponta para atacar.
Pode analisar o jogo, quando a rede era com a Thaisa, agente rodava bem mais fácil.
Outra coisa que irrita é a Jaque e a Paula batendo cabeça, na recepção, tira agente do serio.

lu disse...

Po Laura promoção relâmpago?? sacanagem só vi hj... Com esse time se ganharmos bronze nas olimpíadas estaremos no lucro. O máximo de inovação é o Zé jogar com 2 líberos. Os problemas são o de sempre passe ruim, levantamento previsível, atacantes que não definem e a desculpa de sempre o time está evoluindo...Amanhã é jogo contra China de novo e não vai ser aquela moleza do último jogo.

Laura disse...

É, a partida da Fabiana no ataque foi ridícula. O Zé deve ter permanecido com ela pelo bloqueio e saque, q hj ela foi bem. Mas sou muito mais a Adenízia, com certeza. Inclusive pelo o q ela pode acrescentar em garra, ânimo no comportamento da equipe em quadra.

Paulinho Adorador disse...

Acho que todo mundo que curte volei é muito mais Adenízia do que Fabiana, só o Zé que não enxerga esse abismo que há entre as duas. Outra coisa, ela não tem perfil pra ser capitã, tem que trocar já! Passa pra Thaísa, que mesmo quando a técnica falha ela mostra garra!

Eduardo Araujo disse...

Olha Laura, esses pontos de bloqueio da Fabiana, tudo bem foram 7 colocando em 5 sets..., não tem como afirmar que a ade não não faria a mesma coisa, já que a mesma ficou em quadra pouco tempo e fez 2 pontos de bloqueio.
Outra pode colocar ai metade desses pontos de bloqueio que ela fez provavelmente foi de ataques errados do brasil, por causa que agente não tinha meio.
Então eles defendiam e agente acabava segurando o contra ataque deles, soh que não é toda hora que acontece.
Na minha opinião a Fabiana esta sendo um peso nesse time.
E pode trocar de levantadora, ponteiros, oposta e quando entrarmos na rede com a configuração Jaque, Fabiana e a levantadora... pode apostar que vamos suar para virar.

Luh disse...

Depois dessa partida contra a China acho que Dani Lins Rodou mesmo nem está mais sendo relacionada. O Brasil ganhou... só que não foi com o suposto time titular, com a Brait improvisada no fundo, Fernandinha substituiu a Fabíola e ficou (sim sou do time do B. Voloch acho Fabiola previsível com suas bolas nas pontas e as bolas de segunda, na pressão ela amarela só que faz cara de paisagem diferente de Dani Lins e antes que falem que ela fez uma ótima superliga com o time que o Osasco montou qualquer levantadora se destacaria a que estava no lugar enquanto ela estava contudida estava jogando bem direitinho). Os comentáristas do Sportv acharam que essa partida contra a China foi a melhor apresentação. Não queroi ser pessimista, mas repito se vier o bronze olimpico é lucro