London, London


A seleção passou com tranquilidade pelo Pré-olímpico Sul-americano e garantiu a vaga nos Jogos Olímpicos 2012.

Mesmo levando em conta a fragilidade dos adversários, o Brasil deixou uma imagem muito positiva neste início de preparação. A seleção teve uma atitude agressiva e mostrou-se à vontade no ataque e bem entrosada. Saque e bloqueio foram outros fundamentos que se apresentaram bem.

O passe é que, por vezes, dificultou o trabalho brasileiro nas partidas contra Colômbia, Venezuela e Peru. As falhas da recepção – muitas, surpreendentemente, cometidas pela  Jaqueline - só não colocaram em risco a vitória porque os adversários devolviam em erros o dobro do que conquistavam com o saque.

Mas o pré-olímpico confirmou a boa fase do trio Fabíola, Jaqueline e Garay. Ao que tudo indica, o grupo titular já conta com estas três jogadoras. Sheilla cresceu ao longo do torneio e teve atuações equilibradas, pontuando no ataque, saque e bloqueio.

**************************

Com a vaga da seleção garantida, a briga agora é individual. O que vamos ver a partir de agora vai ser uma disputa acirrada pelos 12 lugares. Ou melhor, por 3. Salvo acidentes de percurso (que sempre acontecem com o Brasil às vésperas de uma grande competição), acredito que 9 jogadoras já estão com o passaporte carimbado para Londres: Fabíola, Fabiana, Thaísa, Adenízia, Fabi, Sheilla, Jaque, Garay e Paula.

A vaga da Tandara vai depender da recuperação da Natália, principalmente. Por mais que esteja em ótima fase, a Brait só vai aos Jogos se o Zé optar por levar duas líberos. E ponho em dúvida a vaga da Dani Lins, mas, admito, sem muita convicção. Quero acreditar que a Fernandinha realmente tenha alguma chance nesta disputa.

Comentários

Welmer disse…
Foi muito bom ver a seleção jogando bem. Apesar do baixo nível técnico do campeonato, a seleção conseguiu se impor, mas algumas vezes o nível de concentração caiu e isso fez com que as outras equipes encostassem no placar.

Eu tiro um saldo positivo da participação da seleção neste torneio e espero que elas continuem evoluindo e cheguem em Londres muito bem.
Luh disse…
Não acho que o Zé vai levar a Camila, a Fabi quando exigida deu conta do recado, esse pré olimpico só serviu para mostrar que continuamos com os mesmos problemas desde que se iniciou esse ciclo olímpico, passe ainda está ruim, no meio dos sets continua a história do apagão, nas olimpíadas isso pode custar uma medalha.
Não vi a Fernandinha jogar, mas sinceramente espero que ela seja menos fominha que a Fabiola toda hora a mulher quer atacar bola de segunda.
A seleção ainda está jogando muito abaixo do esperado jogou um pouco melhor hoje e só o GP é que vai mostrar a realidade da seleção em comparação as outras grande seleções.
Eduardo Araujo disse…
Eu gostei dos jogos do Brasil, essa final achei que finalmente a Sheilla jogou bem, eu não gosto do esquema de jogo da seleção na recepção aonde as ponteiras cobrem mais a libero, tanto que a fabi não participa tanto dessa função, acho melhor o esquema do sollys por exemplo aonde a libero participa mais ativamente do passa.
Quanto a fabiola não vi ela fominha como a nossa colega comentou, ela passou 3 bolas de segunda para o outro lado, sendo 2 passes ruins uma bola espetada na entrada de rede, recepção da Fabi e uma outra em um contra ataque passe horrível da garay e teve uma 3 que ela fez o ponto, esse ela ate poderia ter levantado já que a bola estava boa.
Mas ela também deixou varias vezes o ataque sem bloqueio ou com o mesmo quebrado.
Tirando umas pequenas falhas de concentração com jogadas rápidas pelo meio, mas ai o time todo estava desconcentrado.
Ao todo foi bom!
PS: em entrevista ao site da CBV o técnico do Brasil afirmou que esse é o time titular hoje do Brasil.
Acho que o time titular realmente é esse. Fabíola só precisa variar um pouquinho mais as jogadas. Sheila finalmente voltou a ser Sheila no jogo final. O grande problema pra mim continua sendo o passe, como o Eduardo falou, acho melhor o esquema do Sollys pra recepção do que o usado pelo Zé. Mesmo assim prefiro a Camila Brait pra líbero, pois mesmo quando apenas defende ela converte a bola em passe pra levantadora.
GRACA disse…
LAURA, a federação cubana aplicou um super-golpe p/ cima de todo mundo: não tinha dinheiro p/ levar a seleção feminina ao pré-olímpico mundial, mas tem p/ levar a masculina??? Como explicar isso??? De onde saiu o dinheiro p/levar a seleção masculina p/ disputar o pré-olímpico mundial se já não tinha nem p/ a feminina? Algo está muito mal explicado... Mais um golpe dessa ditadura safada dos irmãos CASTRO nos otários de plantão? A MIREIA deve estar rindo horrores do teatro armado por ela e pela federação p/ conseguir passagem e hospedagem de graça! Mais uma vez a DEBOCHADA DA MIREIA e CIA tira SARRO com a cara do RESTO DO MUNDO! DEPLORÁVEL!!!
GRACA disse…
Nossa como o Zé é LERDO… Demorou esses anos todos p/ constatar que MARI não é uma ponteira passadora??? Até que enfim ele ACORDOU!!! Com 2 levantadoras ousadas como FABÍOLA e FERNANDINHA é importante que a SHEILA tenha uma reserva que dê conta do recado na inversão do 5×1… Por falar em SHEILA, ela está sensacional… O saque dela está simplesmente ESPETACULAR!!!
Anônimo disse…
Peru qualificado pro pré-olímpico Mundial com a desistência do Quênia, aff.. FIVB podería realizar uma disputa muito mais equilibrada qualificando, ao invés,a Alemanha ou a Polônia. Mas como a politicagem nojenta quem manda por trás são os times da Ásia , ninguém lá vai querer um time asiático q se classifique vexaminosamente sem ao menos estar entre os três melhores. Vai Peru fazer lanterninha e trabalhar suas nanicas.
Jhon disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Jhon disse…
Acho que as Jogadoras tinha que ser essas (com certeza, na minha opnião:
Oposta - Sheila Castro/Mari

Central - Adenízia/Fabiana/Thaísa

Ponteira - Sassá/Tandara

Levantadora - Fabiola/Dani Lins/Paula Pequeno

Líbero - Fabi/Camila Brait
Jhon disse…
Quer dizer a Paula Pequeno de Ponteira...