As 12 seleções de Londres

Rússia, Coreia, Sérvia e Japão completam o grupo de 12 seleções que vai disputar as Olimpíadas em Londres.

Mesmo sem Sokolova e Kosheleva, a Rússia se classificou com tranquilidade. No Pré-olímpico Mundial foi apenas um set perdido, e vitórias que mostram que, quando chega a hora da verdade, a seleção não brinca em serviço.

*********************** 

Entre Coreia, Sérvia, Japão e Tailândia a disputa foi apertada. A Coreia confirmou o bom momento. Muito dessa boa fase se deve a atacante Kim, que é fora de série. De qualquer forma, a Coreia retorna às Olimpíadas e compõe um grupo de seleções “secundárias” que prometem dar ao Jogos de Londres uma disputa mais parelha.  A esse grupo, acrescentaria Turquia, Sérvia e Japão. 

A seleção japonesa se classificou na rabeira, quase perdeu a vaga para a Tailândia. O Japão, depois de um ótimo 2010, não engrenou. Pensei que a seleção chegaria com mais força aos Jogos, assim como a Sérvia, sensação no Europeu do ano passado. A seleção europeia me enganou. Achei que teria consistência suficiente para se firmar entre os grandes times, mas o que vemos desde a Copa do Mundo é irregularidade.

E só para não passar despercebido, Cuba ficou longe da classificação. Mesmo com tanto equilíbrio entre o segundo e quinto colocados, as cubanas sequer conseguiram entrar na briga. Mas, como já comentamos aqui, a não-classificação é apenas consequência de uma seleção que, há anos, deixou o bom voleibol de lado.

*********************** 

Os  grupos das Olimpíadas:

Grupo A:  Grã-Bretanha, Itália, Rússia, Japão, República Dominicana e Argélia

Grupo B:  Estados Unidos, Brasil, China, Turquia, Coreia do Sul e Sérvia.


Ao Brasil, o caminho mais difícil. Não há qualquer partida para um “respiro” da seleção. No outro grupo, Argélia e Grã-Bretanha dão uma folga à Itália e Rússia, por exemplo.

Acho bom que o grupo exija do Brasil desde o início da competição. A seleção vai ter trabalho, mas não corre o risco de ficar de fora dos 4 classificados. O problema é ficar mal classificado. Meu receio é que com um tropeço, sets perdidos aqui e lá, comprometam a posição da seleção e force um confronto com Itália ou Rússia antes da hora.

Comentários

Welmer disse…
Analisando esse Pré-olímpico, pude perceber que apesar da nossa seleção não ter sido excepcional no pré-olímpico sul-americano , ela está muito bem, pois no confronto contra o Peru a nossa seleção não deu chances às adversárias e fechou todos os sets com uma boa margem de pontos, enquanto nesse pré-olímpico mundial algumas seleções tiveram vida mais difícil contra a equipe peruana. Apesar de ser estatísticas pouco consideráveis, acho que dá pra ter mais otimismo quanto ao desempenho da nossa seleção nesse ano olímpico.
Anônimo disse…
Façam suas apostas

Ouro - EUA
Prata - Itália
Bronze - Brasil

Crowley.
torcida UNILEVER disse…
Daniel a verdade NUA e CRUA e’ que relamente houve um “acordo de cavalheiros” entre a delegacao japonesa e a delegacao servia p/ que as 2 fossem beneficiadas. A FIVB foi conivente, pq no mundo inteiro, inclusive ate’ no campeonato carioca de futebol, sabe-se que os jogos da ultima rodade tem que ser simultaneos, no mesmo horario, p/ diminuir a probabilidade de combinacao de resultados. A Tailandia reclama e com razao: qualquer outro placar do jogo, JAP 3X0 SER, JAP 3X1 SER, JAP 3X2 SER, JAP 1X3 SER ou JAP 0X3 SER, classificaria a Tailandia como melhor time Asiatico, a unica combinacao que classificaria, ao mesmo tempo SERVIA e JAPAO era Servia 3×2 Japao. O Japao precisava apenas ganhar 2 sets p/ se classificar e a Servia precisar ganhar o jogo, mesmo que fosse no tie break, com o placar de 3×2 p/ a Servia as 2 condicoes foram atendidas e tah muito na cara a combinacao de resultados.
procurem no you tube disse…
Galera procurem no YOU TUBE, as japonesas no Tie Break erraram muito mais que o normal. O Japao e’ um time que erra muito pouco, que tem seguranca nos seus fundamentos. No jogo contra Cuba foram 40 erros cubanos contra somente 11 das japonesas. Mas nesse Tie break “forjado” contra as servias, as japonesas estavam errando deliberadamente, de proposito, uma postura desleixada de quem realmente nao queria ganhar o tie break, pois se as japonesas ganahessem o tie break, as Servias estariam fora das olimpiadas. As japonesas estavam ganhando o jogo por 2×1 e, de uma hora p/outra, entregam o quarto e o quinto set para uma Servia desfalcada de cinco jogadoras: Absurdo!!!
Edson Pelegrino disse…
A Servia jogou a Copa do Mundo desfalcada e o pré-olimpico sem 5 jogadoras!Acredito que se a Servia jogar completa a olimpiada tem chances reais de medalhar.
Aline disse…
Concordo com vc que a FIVB foi culpada do fato de o Japao estranhamente ter entregado o jogo para a Servia desfalcada de 5 das suas principais jogadoras. Se a FIVB exigisse que os jogos da ultima rodada fossem no mesmo horario, dificultaria essa manipulacao de resultados com a entrega de jogo. Com relacao aos representantes de cada continente, faz parte do Espirito Olimpico, que todas as Confederacoes Continentais sejam representadas nas Olimpiadas. Logo, nada mais que justo ter pelo menos um represetante de cada Confederacao: Norceca – Rep. Dominicana; Conf.Sul-Americana – Brasil; Conf.Europeia – Turquia; conf. Africana – Argelia e Conf.da Asia e Oceania – Japao; + 3 primeiros da Copa do Mundo – Italia, EUA, China; + 3 primeiros pre-olimpico mundial – Russia, Coreia, Servia. Desse modo, a Europa saiu na frente com mais 3 vagas de bonus, pois alem da sua vaga continental conquistou mais uma na Copa do Mundo com a Italia e mais 2 no Pre-Mundial com Russia e Servia. Em relacao as cabecas-de-chave funciona assim: cabeca-de-chave do grupo A – Anfitriao, sede dos jogos: Reino Unido e cabeca-de-chave do grupo B: selecao melhor colocada no ranking: EUA. Em todas as competicoes esportivas, o anfitriao sempre e’ um dos cabecas-de-chave, assim como a Africa do Sul foi cabeca-de-chave na Copa do Mundo de Futebol, o Reino Unido sera’ cabeca-de-chave nos jogos olimpicos de Londres
Leonardo disse…
Laura, gostei muito do seu texto, porem so' discordo de uma coisa: por tudo que a Turquia vem jogando desde o Campeonato Europeu de 2011, com a entrada de Marco Aurelio Motta como tecnico,onde foi Bronze derrotando grandes selecoes favoritas como Italia e Russia e confirmado com a excelente atuacao invicta no disputadissimo pre-olimpico europeu onde derrotou novamente a Russia, alem de Alemanha e Polonia, nao considero a Turquia uma "selecao secundaria" e sim uma selecao com totais condicoes de estar no podium olimpico.
Eduardo Araujo disse…
Oi gente td bem com vcs? então as seleções estão definidas e as chaves praticamente estão fechadas.
Não cheguei a acompanhar os jogos do pré-olimpico mundial, mas tomando como base o Peru, vou ter que concordar com o técnico do Brasil, quando ele fala que todas as seleções estão iguais e que não existe um bicho-papão.
Mas fiquei empolgado com o Brasil, já que ganhou com tranquilidade do Peru e no pré-olimpico quem diria o Peru fazia ate 21 pontos nas outras seleções e chegou ganhar ate um jogo.
Em relação o Grand Prix acho que a ideia não seria em ganhar, mas montar um time da melhor forma possível para a competição que realmente vale esse ano que é as olimpíadas, afinal só tem de 4 em 4 anos, já o Grand Prix tem toda hora, acredito que todas as seleções que estão classificadas para as olimpíadas e possuam uma disputa interna vão fazer testes, mas se ganhar o Grand Prix melhor ainda vai com mais moral.
Também acredito que essa olimpíada esteja mais forte que a olimpíada passada, por isso fica complicado chutar que vai ganhar a medalha de ouro, mas o Brasil tem chance.
Em relação a esse problema que foi comentado da classificação do Japão e da Servia é difícil analisar o pessoal que viu o vídeo no youtube falou que o japão entregou.
Fato é que esse problema só vai ser resolvido quando a formula do torneio mudar, quem sabe um mata-mata ou jogos no mesmo horário, senão as equipes que ficaram de fora vão sempre achar uma forma de reclamar tem que ser um sistema que não tenha discussão, vai o melhor.
Eduardo Araujo disse…
Laura esta confirmado, pelo menos é oq o site saqueviagem, esta divulgando...

F. Garay recheia ainda mais elenco do Sollys, ela acertou o contrato com a equipe...

Assim, o Sollys se tornou mesmo a base da seleção brasileira, contando com sete jogadoras do elenco de Zé Roberto: Fabíola, Jaque, Thaísa, Andenízia, Sheilla, Garay e Camila Brait.

Oq achou? pelo visto é realmente sele-sollsy
Anônimo disse…
Ramirez fechou com Amil-Campinas, Zé agora procura estrangeiras p/ponta.
Lilian disse…
A fenomenal ponteira-passadora coreana Kim Yeon-Koung, 1,92m, foi a MVP do Pré-olímpico Mundial, liderou 3 rankings: foi a "Melhor Passadora" do torneio com 52 passes "A", 55 passes "B" e incríveis "apenas 3 erros" de passe durante o torneio todo em 7 partidas; foi a "Melhor Atacante" com apenas 14 erros em 223 ações de ataque e 127 pontos diretos sem defesa, dando um eficiência de 57%; e para terminar foi a "Maior Pontuadora" do torneio com 134 pontos em 23 sets disputados, dando um media de 6 pontos por set.
Simplesmente nao da p/competir c/a Europa!!! disse…
PAULA,a MVP OLIMPICA, tem propostas milionarias da Europa que o UNILEVER nao tem condicoes de bancar. Como exemplo, a coreana Yeon-Koung Kim, uma das maiores ponteiras-passadoras da atualidade, decidiu aceitar a proposta milhonária do Azerrail Baku para a próxima temporada especulada em torno de 1,5 milhões de euros. Galera isso da’ uns “QUATRO MILHOES DE REAIS”!!! Covardia!!! Da’ p/ competir com a Europa???
Anônimo disse…
grupo da morte? q coisa mais cliché, poe essas velhas pra jogar.
Nas olimpíadas, o correto é equipe "do Reino Unido" e não "da Inglaterra"! disse…
Que tal os jornalistas darem o exemplo e falarem certo o nome da equipe de vôlei anfitriã dos Jogos Olímpicos? O nome correto é equipe do “REINO UNIDO” e não da “INGLATERRA” como tenho lido em alguns jornaizinhos esportivos sem muita credibilidade. O nome oficial do país é “United Kingdom of Great Britain and Northern Ireland”, porém a denominação abreviada “United Kingdom”(REINO UNIDO) é a mais usualmente utilizada, tanto que o código de internet do país é “.uk” e o site oficial do governo:www.direct.gov.uk”.
Anônimo disse…
pAULA PEQUENO,COM 50 ANOS E AINDA NA SELEÇÃO, NINGUÉM MERECE..
Anônimo disse…
MARI CHEIA D ARTRITE, ARTROSE, FRAQUEZA MUSCULAR, E AINDA NA SELEÇÃO, NINGUÉM MERECE..
PIADA ou CONVOCAÇÃO: TIEMI e SUELEN não dá p/engolir!!! disse…
LAURA, pior que a masculina está a feminina! LAURA o que vc pode dizer do LOUCO do Zé Roberto??? Qual foi o critério que ele usou p/ convocar p/ a seleção a ETERNA RESERVA da SONGA-MONGA LERDA da TIEMI? Será que a Ana Cristina, a Juliana Carrijo, a Roberta, a Claudinha não são muito melhores do que aquela apagada? E a convocação da obesa SUELEN essa tbem não dá p/ engolir: qual foi o critério utilizado? O que pensam as excelentes líberos TÁSSIA e MICHELE DALDEGAN sobre a inexplicável convocação da gordinha SUELEN?