Entrevista do Zé Roberto

Alguns comentários sobre a entrevista do Zé Roberto ao Voloch

Primeiro, sobre a questão física das jogadoras, o Zé deu uma indireta bem direta. Dizendo que as atletas do Osasco chegaram bem, pode-se deduzir que não aconteceu o mesmo com as treinadas pelo rival Bernardinho. 

O treinador do Unilever reclamou a temporada inteira do estado em que recebeu as jogadoras da seleção. Agora é a vez do Zé, mesmo sem a franqueza do colega, dar o troco.

************************

Sobre o Campinas, é até curioso o Zé dizer que trabalha sempre em cima de renovação. Não é bem o que a gente acompanha nos trabalhos dele na seleção e nos clubes. 

No caso do Campinas, o investimento em "novas" jogadoras certamente não é o principal objetivo. As contratações provavelmente foram para comportar investimentos maiores em outras jogadoras e para se adequar à pontuação da CBV.

De qualquer forma, é muito bom para Natasha e Priscila Daroit trabalharem com o Zé. Mas se o time quiser ambicionar alguma coisa na próxima SL, vai precisar de nomes de maior peso.


************************

Em relação a Mari, repito o que disse antes e que vai ao encontro do que o Zé fala nessa entrevista. A Mari é diferenciada e pode ser muito importante para a seleção. Vale a pena o investimento, mesmo que ela esteja longe do seu melhor. 

Acho muito bom que a seleção esteja disposta a ajudar a Mari. Mas o que deve ficar claro é que, caso ela não alcance o seu melhor, ela não pode tirar o lugar de outra jogadora mais capacitada. E é nisso que tenho medo que o Zé erre e cometa alguma injustiça. 

Comentários

Anônimo disse…
O q falta na Mari é melhorar a velocidade de movimento de braço + aumentar a força física.

A capacidade técnica ela tem de sobra, mas quando eh preciso de um ataque matador, ela fica devendo, estão defensáveis d+.

Agora passe eh talento, não tem muito q evoluir, com bastante treino da pra dar uma melhoradinha.

Crowley.
Welmer disse…
Estou na torcida para que o Zé Roberto consiga dar um novo estímulo a Mari e que ela consiga se recuperar e chegue nas olimpíadas jogando o seu melhor voleibol.
Acho que se a seleção quiser o bi olímpico será necessário a recuperação de jogadoras importantes além da Mari, como a Sheilla e a Paula, que jogaram esta Superliga muito abaixo de seus potenciais. Espero que todas elas cheguem em boa forma física e psicológica e que o Brasil consiga trazer o ouro olímpico de novo.
tuliobr disse…
Olá, Laura e amigos. Aqui chove a cântaros, e isso é quase tão aborrecido quanto essa briguinha adolescente entre os técnicos das seleções. Não é digno da biografia de ambos este cutucar via imprensa. E o ruim é que periga de ambos terem razão. Quando Bernardinho reclamou das condições físicas das jogadoras que vieram da SFV ele não disse nada que todos nós também não tivéssemos visto: fisicamente a seleção esteve mal em toda a temporada, e o caso específico da Natália alguns de nós, se mais rigorosos, podemos chamar de irresponsabilidade ou incompetência. E quando o JRG diz que as jogadoras do Sollys chegaram bem, também tem razão, pois foi notável a superioridade física do elenco do Luizomar sobre os adversários, não apenas sobre a Unilever. Só acho que não ajuda nada estas picuinhas via imprensa. Não entendi a forma com que o JRG referiu-se à Mari. Parecia o jeito e o tom compungido com que nós falamos daquele parente-problema ausente, aquele afundado em dívidas, ou prisioneiro de substâncias químicas, do jogo ou vítima de outra mazela da vida deste mesmo gênero, que merece piedoso apoio. Não há de ser este o caso da Mari ou, se fosse, não deveria ser exposto desta forma. Bem, eu espero um JRG mais inspirado nesta temporada do que na de 2011, e torço que, ao final do ano, seu desempenho tenha sido melhor do que o demonstrado nesta entervista.
Renato disse…
Estou na torcida também pela Mari, pois é uma grande jogadora, apensas não está numa boa fase. Como o Welmer lembrou bem, Sheila e Paula também precisam melhorar. Em relação a briguinha dos treinadores, não adianta nada ficar reclamando um do outro, a solução é trabalhar e deixar as jogadoras em boas condições, que ao meu ver, foi feito muito bem pelos preparadores físico de Osasco. O Sr. Bernardo reclama que suas jogadoras chegaram desgastadas, mas por que as do Osasco não chegaram, ou melhor, por que as do Osasco conseguiram melhorar fisicamente durante a SL e da Unilever nÃO. Bernardinho tem que parar com esse chororo, o cara mala !!
graca disse…
LAURA nao da' p/ entender pq o ZE' da' tanta oportunidades p/umas jogadoras injustamente. A FABIOLA foi a jogadora mais injusticada na selecao do ZE' ROBERTO: ANA TIEMI e DANI LINS tiveram muito mais oportunidades que ela sem merecer. Toda vez FABIOLA teve que conquistar seu espaco dentro de quadra substituindo DANI LINS p/ socorrer a equipe. O mesmo acontece com a queridinha MARI: e' muito injusto com as outras ponteiras essa protecao que o ZE' da' a MARI mesmo ela nao correspondendo em quadra... Pq insistir em uma jogadora que ta' dando prejuizo tanto no passe, qto na defesa e no ataque e nao dar oportunidade a outra ponteiras?
Welmer disse…
Laura, o que venho comentar não tem relação com o seu post, só venho responder a pergunta a mim feita sobre o pré-olímpico europeu. A fórmula de disputa é essa:
São dois grupos. O A que é composto por Alemanha, Turquia, Bulgária e Croácia. E o grupo B é composto por Rússia, Sérvia, Polônia e Holanda. Se classificam os dois primeiros de cada grupo para as semifinais. Apenas a equipe campeã classifica-se para as Olimpíadas. Segundo e terceiro colocados vão para o pré-olímpico mundial. Acho que não devemos ter grande surpresa nesse pré-olímpico, a Rússia deve se classificar, apesar de ter seleções como a Alemanha e Sérvia que devem dar trabalho. Eu gostaria de ver um Brasil x Rússia nas olimpíadas, para que seleção derrotasse as russas, e acabar com o sonho olímpico da Gamova, assim como ela destruiu por 2 vezes o sonho brasileiro de ganhar o mundial. Torcerei muito se isso acontecer. Vamos lá Brasil!!!
Anônimo disse…
Concordo com Tuliobr, parece uma guerrinha entre os treinadores, o Bernardinho reclamou como recebeu as jogadoras e agora o ZRG também reclama, a diferença é que o Bernardo no final da SL disse que havia falhado em não conseguir recuperar Mari, Sheilla e Fabi, como queria para entregá-las à Seleção. Quanto à Mari, parece que está expondo o parente quando não devia.
Laura disse…
Welmer, obrigada pela explicação!

O grupo B tá bem mais equilibrado. Acho que deve ficar mesmo entre Rússia e Sérvia.

Não confio na Alemanha, acho um time ainda muito pouco preparado psicologicamente. E incluiria a Turquia nessa disputa pelo segundo e terceiros lugares.

E concordo com vc tb sobre Mari, Sheilla e Paula. Por isso acho tão importante as convocações da Garay, Tandara e Natália. Acho q as duas primeiras têm q ser postas pra jogar bastante nesta fase pré-Olimpíadas. Precisamos da força e energia delas, q estão em ascensão na carreira - ao contrário das veteranas...
graca disse…
Gostei muito do jogo do time da TURQUIA, das selecoes que vi jogar na primeira rodada a TURQUIA foi realmente a melhor, MARCO AURELIO MOTA vem fazendo um bom trabalho, as turcas estao muito consistentes no passe e defesa e o ataque esta' muito bem distribuido pela habilidosa armadora NAZ AYDEMIR, as MEIOS sao muito eficientes, a OPOSTA CANHOTA NELISHAN DARNEL fez uma grande partida, e as ponteiras CEMBERCI e GUMUS deram muito volume de jogo, o esquema usado com 2 liberos pelo MARCO AURELIO deu muito resultado: A TURQUIA esta' com excelente fundo de quadra.
Luh disse…
A SL desse ano vai ser briga de comadres. Zé Roberto disse que as jogadoras do Sollys chegaram melhor fisicamente do que as outras, também se não chegasse tinha que demitir o preparador físico do time na fase final o Sollys jogou menos partidas enquanto os outros times fizeram algumas partidas com 5 sets e três jogos era natural esse desgaste. Mari precisa de ajuda concordo, mas não é dizendo que ela tem problemas em rede nacional é que ele vai ajudar lá, eu acho que ele já está preparando uma desculpa para caso não consiga um bom resultado nas olimpíadas se ele levar a Nathália e a Mari e o Brasil perder vai vir com essa desculpa que as jogadoras não estavam bem. O Zé só chamou a Fernandinha para o povo não pedir a Venturine ele não tem peito para encarar a mídia e dizer que não é favorecimento ela estar na seleção sendo ele o possível técnico dela no Brasil
TOCO NA GAMOVA disse…
CONFRONTO DE GIGANTES: RUSSIA e POLONIA so' tem GIRAFAS. Bastou a POLONIA dar uns tocos na GAMOVA e na SOKOLOVA que elas comecaram a errar. O segredo p/ desestabilizar as russas e' esse: FAZEREM ELAS PROVAREM DO PROPRIO VENENO! As russas adoram dar TOCOS nos outros, mas bastou suas 2 principais pontuadoras, SOKOLOVA e GAMOVA, tomarem uns tocos para tbem ficarem abaladas. Fora isso o time da POLONIA e' mais coeso e homogeneo, a RUSSIA depende muito de SOKOLOVA e GAMOVA, a levantadora polonesa usa bem suas meios e as ponteiras, e SKOROWNSKA tem um excelente repertorio de ataque.
Anônimo disse…
Pelo que to vendo no Europeu: nenhuma das ponteiras-passadoras dos grandes times esta' errando tanto qto a MARI tem errado desde a fatidica COPA DO MUNDO. SE o BRASIL for com MARI e NATALIA pembada p/ as OLIMPIADAS, pode esquecer o PODIUM.
Eduardo Araujo disse…
Sei que vou receber um monte de criticas, mas vamos lá eu não gosto do Zé Roberto!!
Não acho ele esse super técnico que todo mundo fala, td bem ele ganhou 2 medalhas de outro, mérito dele e do grupo que ele tinha no masculino por exemplo o grupo era fantástico, mas logo depois da medalha a seleção caiu em desgraça era um jogo pior que o outro, foi quando ouve a troca de técnicos ele foi para a feminina e o bernado foi para a masculina, do nada com quase as mesmas peças a masculina começou a ganhar td e a feminina ganhou a fama de time amarelão que só perdia, principalmente depois daquele inacreditável 24 X 19, depois dos torneios importantes perdemos o pan, o mundial e fomos ganhar a olimpíada, graças ao nosso saque e bloqueio.

Não tem a menos necessidade de chegar para a imprensa e falar a Mari tem problema, mesmo que tenha, isso é um assunto interno que tem que ser resolvido lá dentro e não jogar a mulher para os leões.

Ele também tem que explicar os critérios das convocações assim como um técnico de clube tem que explicar para os responsáveis pq vai contratar essa ou aquela jogadora.

Vou dar um exemplo bem simples a Ana Tiemi, desculpa acredito que para vc ir para a seleção vc no minimo tem que ser pelo menos titular da sua equipe, a Tiemi foi contratada para ser titular do VF sendo que ela já vinha como reserva no Osasco não conseguiu a titularidade no VF e ainda ainda vai para a seleção, no minimo ela esta pior que a Ana Cristina.

Eu sei que vcs vão falar, mas ele foi campeão no time da turquia, também o time tinha algumas das melhores do mundo e ele ainda perdeu na semi-final do campeonato turco.

Fora que ele é super previsível tempo técnico oq ele fica falando para as levantadoras, trabalha na maior distancia, não treina coisas novas, todo mundo já sabe como é o nosso jogo.
Laura disse…
Sobre o pré Europeu, tá embolado o grupo B! Não esperava a derrota da Rússia muito menos da Sérvia pra Holanda. Amanhã (03/05) vai ser um jogaço entre Rússia e Sérvia, pena q não posso assistir. =(

Eduardo, concordo com vc em alguns pontos. Acho q o Zé não tem muito critério nas escolhas. Ou melhor, ele anuncia os critérios e não põe em prática. Isso é muito comum nele, o discurso é um, a prática outra. Segundo ponto, ele vai muito pelo sentimental, pelas relações q cultiva com as jogadoras do q pela avaliação técnica.

E tenho um pé atrás com ele em dois pontos. Um é no gerenciamento do grupo. A impressão que tenho é que ele não é um motivador. A atitude de recuperação em 2008, por exemplo, - depois do péssimo 2007 - veio das jogadoras. Outro ponto é que ele tem uma queda pro coitadismo e o bom-mocismo e isso me irrita bastante.

Mas em relação a parte técnica, acho q ele tem muita qualidade e mérito no q conquistou.
Anônimo disse…
Eu não entendo porque as pessoas no Brasil não utilizam os números para fazer as suas análises.
O Zé Roberto é um bom moço e o Bernardinho é um mala.
Mas se olharmos os números,a vantagem do Bernardinho é assombrosa.
O Bernardinho me lembra o Senna com aquele apetite pela vitória que incomodava muita gente.
LEONARDO disse…
Se o BRASIL tivesse disputando HOJE o pre-olimpico europeu com MARI de titular, seria DESCLASSIFICADO e nao chegaria nem as semifinais: as EUROPEIAS estao sacando muito FORTE e iriam bombardaear a MARI com seus saques mortais. Alem do que os bloqueios estao altissimos e seria um toco atras do outro. Ate' a GIRAFA da GAMOVA levou seus tocos, imagina a MARI.
TIGRAO disse…
LAURA, a Turquia ta' batendo um bolao a CANHOTACA NESLIHAN DARNEL e' a melhor oposta do qualificatorio e a agilissima BAHAR TOKSOY e' a melhor meio-de-rede. Adorei o esquema do MARCO AURELIO com as 2 liberos se revezando, elas sao excelentes: espertissimas. Linha de passe perfeita com ESRA GUMUS, GOZDE SONSIRMA e GULDEN KUZUBASIOGLU , da' muita tranquilidade p/a habilidosa levantadora NAZ AYDEMIR trabalhar. Vi todos os jogos da TURQUIA e gostei muito, principalmente a disputa do primeiro lugar com a experiente equipe da ALEMANHA. No ultimo campeonato EUROPEU as turcas fizeram as russas chorarem ao serem eliminadas com um redondo 3x0 nas quartas-de-final, perderam a semifinal p/as atuais campeas europeias: as SERVIAS, e ganharam o BRONZE da campea da COPA DO MUNDO: a ITALIA. MARCO AURELIO tem um time bem montado com excelentes jogadoras em todas as posicoes, a TURQUIA esta' merecendo a classficacao p/as OLIMPIADAS.