Unilever sobrando


Definitivamente não foi o placar, muito menos a partida que se esperava entre Unilever e Vôlei Futuro.

Ao final do jogo, o técnico Paulo Coco afirmou que faltou uma postura mais agressiva ao seu time. Em parte sim. Mas o VF também esbarrou em problemas técnicos/táticos. Muitos deles, inclusive, se repetem partida após partida.

É o caso das falhas do sistema defensivo, da desorganização nos contra-ataques e o excesso de erros por parte do ataque. E outro foi uma novidade no jogo de ontem: a ineficiência do bloqueio. Apenas 2 pontos marcados. Para finalizar, o time explorou pouco as deficiências do time carioca como, por exemplo, a recepção.
********************
O Unilever engoliu o VF na atitude e na qualidade. Enquanto o time paulista sofria para pontuar, as cariocas conquistavam com facilidade as vantagens no placar. Mérito da aplicação tática na defesa, da regularidade na recepção e do talento da Venturini. Outra jogadora que também se destacou foi a Mari, principalmente no bloqueio anulando a china da Wal.

O time carioca, com esta atuação contra o VF, novamente se põe acima dos seus adversários na SL. Ainda tem o clássico contra o Osasco, mas já é perceptível que as demais equipes ainda têm o que remar para alcançarem o mesmo nível da equipe do Bernardinho.

Pê esse:

- Extremamente cansativa a babação de ovo da equipe da Sportv (do narrador ao repórter) ao Unilever, sobretudo à Fernanda. E aquele papo de “Fernanda em Londres” é o cúmulo da chatice.

***********************

Demais resultados da 10ª rodada da SL:

São Caetano 3x2 Pinheiros


 

- Outra vitória fácil veio no duelo Sesi x Sollys. Um pouquinho mais de equilíbrio poderia ter acontecido, mas desta vez o Sesi não conseguiu fazer frente a um dos favoritos da SL. Boa recuperação do Osasco que, depois da derrota pro VF, ganha moral para enfrentar o Unilever.

Comentários