Emoção 1 x 3 Razão


Foi o clássico que se esperava. Disputa equilibrada e emocionante e decidida nos detalhes. 

E como num bom clássico, dois opostos. De um lado a frieza e calma das meninas do Unilever. Do outro o coração e a garra de Osasco. No fim, a razão falou mais alto.
 
*******************

O destaque da partida foi a defesa, show de bola por parte dos dois times. No Unilever, o bloqueio demorou a fazer efeito e a Fabizinha segurou sozinha boa parte dos ataques de Osasco. Já o time paulista mostrou mais uma vez competência e empenho neste fundamento.
 
Pelo o Osasco, a Jaqueline continua sendo a maior pontuadora e jogadora mais importante do ataque. Seria um ótimo sinal se ela não tivesse ao seu lado Tandara, Thaisa e Adenízia. Ela está, na verdade, carregando um ataque que poderia ser muito mais equilibrado. Tandara, infelizmente, fecha este primeiro turno em negativo.

A falta da Tandara só não foi mais sentida porque do outro lado a Sheilla também não teve um bom desempenho. Até a Regiane, que sofreu no passe mas foi bem no ataque, foi mais importante do que ela. Mari e Jucy completaram muito bem a força ofensiva do Unilever.

*******************

O Osasco não conseguiu manter o ritmo acachapante em que iniciou a partida. Quando o Unilever foi acertando a marcação, as bolas de meio foram diminuindo e Tandara e Karine caíram de rendimento. Fabíola e Hooker foram boas opções do Luizomar, mas não o suficiente para evitar o principal problema do time hoje: os erros nos momentos decisivos.

Foi isto que pesou a favor do Unilever. O time carioca cresceu e soube fazer a diferença na hora da decisão, enquanto o Sollys cometia falhas bobas (saques, ataque, rotação). 

O Osasco perdeu um pouco do controle nos momentos de tensão. A vontade de ganhar acabou atropelando a concentração. Um exemplo claro foi no último set quando o Luizomar pediu tempo após o erro de posicionamento da equipe. Ele pediu à Fabíola uma jogada em cima da Fernanda, que estaria na rede. Acontece que o Bernardinho recém tinha colocado a Jú Nogueira no lugar da Venturini para aumentar o bloqueio. Nem o treinador nem as jogadoras (pois não o corrigiram) notaram isso. Desatenções desse tipo é que fazem a diferença em partidas tão equilibradas como o clássico Osasco x Unilever.

*******************

Demais resultados da 11ª rodada da SL:

Vôlei Futuro 3x1 São Caetano 

 
- Não sei quanto a vocês, mas acho um absurdo perder um set para o São Caetano a essa altura do campeonato. O Vôlei Futuro tem time pra ganhar com tranqüilidade. Se não for na qualidade, que seja no peso do nome de suas jogadoras. É assim que muitas vezes Unilever e Osasco vencem. Quando se bobeia assim, mesmo que seja um set, o adversário perde o respeito.

Comentários

Ana disse…
concordo plenamente ctg! mt bom o texto.