À espera do campeão


Série empatada na final do Paulista. O Sollys/Osasco venceu, com mérito, o Vôlei Futuro por 3 a 0.

Desta vez, a partida foi sem grandes emoções. Os destaques da seleção este ano, Garay e Tandara ainda não conseguiram “entrar” na decisão do campeonato paulista. Repetiram atuações bem abaixo das suas capacidades.

A diferença foi que o Osasco soube compensar a “falta” da Tandara com a força do conjunto. Mais ofensivo no bloqueio e eficaz na defesa, o jogo do Osasco fluiu normalmente.

Ao contrário do Vôlei Futuro que esteve desatento e desorganizado na defesa. Joycinha e Tiemi repetiram as atuações chochas da última partida. O time de Araçatuba também teve dificuldades no passe, anulando por completo a opção de jogadas pelo meio.

Este foi um problema que o Osasco também enfrentou, mas conseguiu superar. Pode-se dizer que a Fabíola jogou à vontade, foi objetiva aproveitando os bons momentos da Jaqueline e da Ivna.
*******************
A disputa continua em aberto, mas se tivesse que apostar num vencedor, colocaria minhas fichas no Osasco. A vitória da equipe do Luziomar foi mais convincente do que a do VF, no último sábado. Está com mais cara de time e tem melhores peças de reposição. Vamos ver se acerto o palpite...

******************* 

Unilever, como sempre

Quase que o Macáe comete o crime, hein? Com a diferença de qualidade entre as equipes, não me passava pela cabeça ver uma final tão emocionante no campeonato carioca.
O Unilever parecia bem encaminhado, com dois sets à frente e vencendo por 23x20 o terceiro. E não é que o Macaé virou, na base da vontade e dos erros do Unilever, e levou a partida para o tie-break?

*******************  

O título não escapou das mãos das favoritas, mas a imagem que o Unilever passou, as vésperas da estreia na Superliga, não foi das melhores. A recepção foi um problema assim como a falta de eficácia do ataque. Ainda falta entrosamento nas bolas de meio fundo da Venturini com a Sheilla e Mari.
 
Mas não se pode, de forma alguma, tirar o mérito do Macaé. Foi um time persistente e aplicado. A defesa esteve sempre bem posicionada e até o bloqueio apareceu em momentos importantes da partida.
 
 ******************* 
Pê ésse:
- E a Natália ainda continua sem condições de jogar... Inicialmente, não se tinha noção que o problema na canela fosse tão sério assim. Pelo jeito o pessoal da seleção se precipitou ao colocá-la em quadra no GP. 

Comentários