A Copa da vez

Depois das copas Yeltsin e Pan-americana, chegou a vez da Copa Internacional de Vôlei. O torneio, disputado em Brasília, começa amanhã (14/07) e conta com a participação das seleções femininas do Brasil, Peru, Japão e Itália.

Para compor o elenco brasileiro, o Zé Roberto chamou Tandara e Ana Tiemi, da seleção B, para os lugares de Garay e Jucy, que vão disputar os Jogos Mundiais Militares. Mari também volta ao grupo, sai Suelle.

 ******************  

O Zé escolheu as jogadoras que estão pré-inscritas no Grand Prix e na briga por uma vaga no time. Daroit, infelizmente, não está nesta lista. Uma bobeada do Zé, que preferiu inscrever a Suelle.

Não sei se a escolha pela Tandara e Ju Nogueira significa um real perigo para a Joycinha, mas certamente o Zé está deixando o sinal de que a disputa está em aberto.

 ****************** 

O legal dessa Copa, além de movimentar o cenário do vôlei feminino no Brasil, é acompanhar o processo de preparação das demais seleções. 

A Itália, por exemplo, traz “velhas” novidades. A central Guiggi e a levantadora Ferreti voltam à seleção. O técnico italiano, Massimo Barbolini, tinha deixado a levantadora de lado devido a algumas declarações dela. Mas a Itália está sofrendo há algum tempo com a “Lo Bianco dependência”.

Ainda há tempo de evitar esse “vício” e não sofrer tanto com o processo de substituição da Lo Bianco quando ela resolver parar. Poder contar com duas levantadoras de qualidade como Ferreti e Lo Bianco é um privilégio que o Barbolini não pode abrir mão. 

 ****************** 

O Barbolini quer experimentar a Gioli como oposto e vamos poder acompanhar esta fase de teste. Esta é uma posição que a Itália sofre em conseguir substituta para a Ortolani. Só que essas mudanças de posição já no meio/fim da carreira não costumam dar certo.

Mas a melhor novidade é assistir a estreia da Carolina Costagrande com a camiseta italiana. Ela é a esperança da Itália, a única ponteira capaz de amenizar o buraco no ataque deixado pela saída da cubana Aguero da seleção.

Comentários