Osasco sem dó nem piedade


Finalmente a primeira partida da semifinal entre Solly/Osasco e Vôlei Futuro aconteceu.

Era uma incógnita como o time de Araçatuba iria entrar em quadra. A primeira impressão deixada foi de que, na base da superação, o VF conseguiria fazer um jogo equilibrado. A equipe do William aproveitou a “lerdeza” inicial do Osasco e, mesmo sem Joycinha, Paula e Tandara conseguiram levar bem o ataque até o 20º ponto.

A partir daí a partida mudou toda a favor do Osasco. A virada no final do primeiro set foi fatal para o VF. O time murchou, perdeu a confiança e foi superado, até com uma certa tranqüilidade, pelas donas da casa.

**************** 

Mérito do Osasco que fez uma ótima partida e passou por cima do adversário. Tá certo que o VF estava fragilizado, mas a equipe do Luizomar se manteve concentrada e acertou a marcação da Tandara e da Paula, as principais pontuadoras de Araçatuba.

O passe e a defesa também fizeram a diferença no Osasco. Bela partida da Camila Brait e da Jaqueline no fundo de quadra. E com a bola na mão, Carol Albuquerque ficou à vontade e deu show. Acelerou as jogadas e não foram poucas as vezes em que o bloqueio do VF ficou perdido na marcação.

Já não se pode dizer o mesmo da Ana Cristina. Faltou capricho em algumas bolas com a Paula e com a Fabiana. E o saque do VF também foi um problema, erros demais e não forçados. Paula continua com sérias dificuldades neste fundamento, o que não dá pra admitir. Ao menos acertar a quadra ela deveria conseguir.

****************

Bom, o Osasco fez a parte dele e fez bem. Teve mais tempo de se preparar, estudar o adversário e cumpriu com sua obrigação. O grupo sabe que não vai enfrentar nesta semifinal o Vôlei Futuro com sua força máxima e essa consciência pode ser traiçoeira. O Osasco tem que matar este confronto já no sábado e eliminar qualquer chance de recuperação do VF.

Por parte da equipe de Araçatuba, fica difícil exigir qualquer coisa de um grupo que mal treinou e jogou desfalcado. Para a próxima partida terá mais tempo para acertar a marcação e reconstruir o ânimo da equipe. A volta da Joycinha seria importantíssima. Neneca ou Elis deixam o time muito exposto no bloqueio e pouco ofensivo.

**************** 

Pê ésse:

- Bonita homenagem das jogadoras à Stacy usando as camisetas estampadas com o nome dela.
 
- A arbitragem cometeu dois erros grosseiros contra o Vôlei Futuro. Fiquei surpresa que as jogadoras e o William reclamaram muito discretamente. Não sei se estou acostumada com as reações exageradas do Bernardinho ou se essa atitude foi um reflexo do desânimo do pessoal do VF que não teve forças nem para se indignar.

Comentários