Figurinhas repetidas

Não gosto de final em jogo único, mas, no fim, ainda bem que nesta Superliga vai ser assim. Ao menos rola ainda uma expectativa do que vai acontecer.

O jogo único serve para equilibrar uma disputa que já estaria praticamente escrita. Se a série fosse de 3, 5 jogos, daria pra cravar certo na vitória do Unilever. Isso porque é um time mais regular, aplicado e confiável.

***************** 

Imaginando a melhor atuação das duas equipes no próximo sábado, pode-se prever um jogaço do sistema defensivo. Brait e Fabi brilharam nas semifinais junto com suas colegas de fundo de quadra.

Outro confronto interessante será no meio-de-rede. Jogadoras de velocidade e agilidade X de altura e força. Fora a briga no bloqueio entre Jucy e Thaisa.

*****************  

A chance do Osasco vencer vai depender de dois fatores. O primeiro é o rendimento do seu saque. O principal problema do Unilever é o passe e ao time paulista cabe explorar ao máximo essa fragilidade. O saque é o modo de desacelerar as bolas da Dani Lins para Sheilla e as centrais. E o Osasco tem armas pra isso: Thaisa, Carol, Natália e Sassá são boas sacadoras. 

O segundo é a atuação da Natália. Jaque foi bem contra o Vôlei Futuro, porém não será ela que vai fazer a diferença na final. Este papel só cabe a Natália. E, pelas minhas contas, ela ainda está devendo “aquela” atuação, falta assumir a responsabilidade da bola de segurança. Papel que sua adversária direta, a Sheilla, tem feito muito bem.

*****************  

Sem adversários à altura para combatê-los, Rio e Osasco fazem pela sétima vez seguida a final da Superliga. Superliga que até teve algumas surpresas durante a fase classificatória, mas que foi bem sem gracinha nas fases eliminatórias. 

Com uma pontinha de inveja do campeonato masculino, desejo que ao menos na decisão consigamos assistir uma partida emocionante, equilibrada e com o melhor das duas equipes.

Alguém arrisca um palpite de quem vai levar a SL 10/11?

 *****************
Pê ésse
- Sexta, às 19h30, tem a disputa do terceiro lugar. Não vai ter transmissão. Tanto Pinheiros como Vôlei Futuro não fizeram boas semifinais e acredito que os dois estão desgastados – cada qual por um motivo diferente. Difícil prever quem fica com a terceira colocação. Por ter mais recursos individuais, arriscaria na vitória do Vôlei Futuro.

Comentários