Sem chance para a zebra

Vôlei Futuro 3x0 Macaé

O Vôlei Futuro conseguiu uma vitória suada, mas convincente. Convenceu não só por ter liquidado a partida em 3 sets, mas por ter tido uma atuação equilibrada em (quase) todos fundamentos. Digo ‘quase’ porque houve muitos erros de saque.

A recepção, o principal problema da equipe até pouco tempo, não comprometeu e deu chance pra Ana Cristina distribuir bem as bolas. Tandara foi decisiva nos momentos finais de cada set, mas Fabiana e Paula foram outras opções eficientes de ataque.

E para finalizar a boa atuação, o Vôlei Futuro fez o que deveria fazer contra uma equipe de baixa estatura: pontuar no bloqueio. 14 pontos em um fundamento que não era, até então, um dos destaques do time.

 ********************
O Macaé deu trabalho por ter um ótimo volume de jogo. O problema do time fluminense foi não ter tido competência para definir as bolas de ataque e de contra-ataque.

As ponteiras tiveram uma tarde ruim. Gabi e Mari alternaram bons e maus momentos, mas mesmo assim tiveram desempenhos abaixo do que podem render. Monique, então, esteve muito apagada e ela é fundamental para equipe. 

Só a central Giovana conseguiu, nas poucas vezes que foi acionada, desafogar a pressão das ponteiras.
 ********************

É importante registrar que desde as últimas rodadas da fase classificatória o Vôlei Futuro ganhou dois reforços: Paula e Andressa. Elas deixaram de ser pontos negativos ou nulos na equipe e começaram a colaborar. 

No caso da Paula, mesmo que não seja tão decisiva no ataque como era antes, ela se acertou no passe e, como conseqüência, cresceu nos outros fundamentos. Mereceu o Viva Vôlei da partida de hoje.

Comentários