O William perdeu de vez a paciência

Leia com detelhes como foi a partida BMG/Mckenzie 2 x 3 Vôlei Futuro: CBV - Joycinha brilha e Vôlei Futuro vence o BMG/Mackenzie

Era pra ser um típico comentário de uma partida do Vôlei Futuro: o time de Araçatuba complicou um jogo simples, a recepção comprometeu e o ataque ficou concentrado em uma jogadora só (a diferença desta vez é que quem brilhou não foi a Tandara, mas sim a Joycinha)

Mas os desentendimentos do William com a Tandara e com a Paula mostraram um clima  tenso que até então não se havia notado tão explicitamente no Vôlei Futuro.

******************

O William estava bastante irritado e foi enfático nas suas palavras após o jogo.  Referindo-se a Paula e a Tandara falou: "se não tá jogando nada tem que sair mesmo”.

Não tem nada de absurdo a frase, apesar de não ser comum ouvir os técnicos (com exceção do Navajas) se referirem aos jogadores deste modo e com tanta sinceridade. Muito menos o William que costuma ser mais contido e paciente.

*****************

Difícil interpretar os acontecimentos da partida. Considero que seja mais um desentendimento normal entre técnico e jogadoras e que mostra o envolvimento com a partida e a vontade de ganhar do que um reflexo de um ambiente ruim de trabalho.

A postura do William foi uma cobrança legítima por um melhor desempenho da equipe que tem muito mais potencial do que apresenta. Mas, acima de tudo, foi uma tentativa de tomar conta do grupo, impor sua autoridade – autoridade essa que anda meio em baixa, pelo menos no que se percebe nos tempos técnicos.

*****************

É esperar pra ver as conseqüências dos acontecimentos da partida de hoje. Pode ser um início de crise ou, quem sabe, o chacoalhão que o Vôlei Futuro tanto necessita para crescer.

Comentários