Brasil 3x1 Holanda

21 pontos. Quase um set inteiro foi o que o Brasil marcou em bloqueio. E foi a nossa salvação, o que recuperou a desvantagem no quarto set.

33 pontos. Foi o total marcado pela Sheilla. E distribuídos entre ataque, bloqueio e saque.


1 ponto. O total marcado pela Paula em um set e alguns trocados que jogou. Fora as atrapalhações com a Mari na recepção. É, ela precisa de mais tempo...


A gente pega no pé da Jaqueline, mas ela está muito bem no GP. Inclusive no ataque. Tá recebendo bolas no sufoco e pontuando com habilidade. Hoje, ela foi importantíssima na defesa.

**********************

As trocas entre Dani Lins e Fabíola costumam ter um prazo de validade. Depois de um tempo, as duas cometem erros de distribuição e mandam bolas quadradas para as atacantes.

Poderia jurar que o Zé tiraria a Fabíola no momento de reação das holandesas, no quarto set. Mas parece que ele está tendo a mesma paciência que teve com a Dani ano passado. E está deixando a Fabíola se virar nos momentos complicados. Como vencemos, acho isso positivo e muito educativo até. Se tivéssemos perdido o set, provavelmente estaria reclamando.

*****************

Outras observações:

- Apesar do Brasil ter se ‘autocomplicado’ no quarto set, foi bom ver a reação e a virada da equipe. Não se desesperou e construiu a recuperação ponto a ponto.

- Vai soar como implicância, mas a Fabiana me parece muito displicente. Vê-se nos erros de saque e quando não acredita nas bolas do bloqueio e defesa. Está destoando do resto do time.

- A China perdeu pra República Dominicana. Por isso o GP é tão encantador, não tem nexo nenhum.

Comentários

Anônimo disse…
Sheilla, Mari e Thaísa, nessa ordem, jogaram muito contra a Holanda. Paula tá morta; Jaqueline desaprendeu a passar; Fabi não larga seus famosos golpes-de-vista; Fabiana morta à Paula.

China perdeu da Dominicana. Que loucura!
Anônimo disse…
Que bom que o blog voltou à ativa. Aqui é um dos poucos lugares que se pode falar de vôlei tranquilamente. Os donos de blog hoje em dia estão se vendendo por muito pouco. Um sorriso, uma materiazinha, uma foto... jogador(a) que não é simpático vira alvo.

Sobre a seleção. Sheilla continua ótima, espero que esteja 100% fisicamente até o Mundial. As pessoas que dizem que Natália deveria ser titular entendem de vôlei tanto quanto o Luiz Roberto, ou seja, só sabe fofoca.

Mari mostra a cada dia, apesar do seu carão eterno, que merece, e muito, a vaga de titular; Está passando e atacando bem. Precisa melhorar no block.

Thaísa evoluiu muito. Hoje é a melhor central da seleção; Bloqueando muito. Não ataca tanto porque as levantadoras não ajudam.

Jaqueline está fazendo uma boa dupla com a Mari, mas precisa voltar a passar e mostrar esse ataque todo contra uma seleção forte;

Fabizinha continua o de sempre: melhor do mundo na boca dos narradores, golpes de vista ridículos, muita defesa e passe "pro gasto".

Fabiana precisa jogar. Ninguém vive de nome. Eu colocaria Adenízia só para dar um sustinho.

Paula é um caso a parte. Peitos grandes, vôlei pequeno. Até deu um as hoje no primeiro set, mas não tem condições de ser titular. Será a idade? A ida para Rússia, a evolução de sua arqui Jaqueline...?

As levantadoras são isso mesmo. Imprecisão, altos e baixos. Temos que torcer para elas errarem o mínimo e nossas atacantes virarem. Não jogam com as meios mesmo com o passe na mão, não conseguem acertar uma bola na ponta, variação zero... não custa lembrar que Sheilla e companhia são ótimas, mas Rússia só existe uma. E tem Sokolova, Godina, Gamova, Goncharova...

Marcela.
Anônimo disse…
Jaqueline não passa tanto assim e não ataca com regularidade contra times mais fortes. Mesmo assim, hoje é titular
Carol Canossa disse…
O Brasil está em evolução, mas após a citada "autocomplicada" só não jogou mesmo o tie-break porque a Holanda conseguiu ser bem incompetente.

Quanto à Fabiana, para mim, ela não está sendo displicente: é que o ombro ainda não está legal e isso deve tirar um pouco da confiança na jogadora. Ainda assim, é melhor que a irregular Adenízia.

Abs e parabéns pelo blog.
Anônimo disse…
1 - Foi bom ver o bloqueio do Brasil voltando e fazendo a diferença.

2 - faltando sofisticação tática, sem variação de jogadas.

3- A impressão q da é q o Zé vai testar todas as levantadoras do Brasil até conseguir achar uma p/ se livrar da Lins.

4 - PP venerada pelo Marcos Freitas, com frases " MVP da primeiro ouro olímpico do Brasil" ou "um luxo no banco de reserva", mas q de fato, hoje, já da sinais q já esta com um pé fora da SFV.

5 - Sheilla com tornozelo machucado fazendo absurdos 33 pontos na partida, é a Sheilla fenômeno mesmo.
Anônimo disse…
Ps: Não confiem na China! Até pq já tem vaga garantida pra final.
Anônimo disse…
O bapho agora é a entrevista do Zé ao O Globo.

Bernardo, Venturini, relacionamentos, vaidade...

http://oglobo.globo.com/esportes/mat/2010/08/14/tecnico-da-selecao-feminina-de-volei-jose-roberto-guimaraes-fala-sobre-inimizade-com-bernardinho-917396882.asp
Anônimo disse…
O que é Paula, meu povo? 4 pontos em três sets, sendo duas bolas de cheque?! kkkkkkkkkkkkkkkkk

Coitada.

China péssima. Pelo jeito, na fase final, nossos adversários serão mesmo nosso calcanhar de aquiles, Itália, e a Polônia. Essa última, apesar de vir ganhando, tenho sérias dúvidas se é alguma coisa. Parece mais a Alemanha de uns dois anos atrás: jogam até direitinho, mas nunca ganham do Brasil.