As Palavras do Comandante

O Mauro Grasso deu uma entrevista para o Voloch, no dia 22/01: http://blogdobrunovoloch.blog.uol.com.br/

A intenção aqui não é crucificar o Grasso, até porque nessa hora fica fácil chutar cachorro morto. São só algumas observações sobre a entrevista.

***************

Primeira, deve ser difícil mesmo para o Grasso se adaptar ao vôlei feminino e chegar ao nível de conhecimento que tinha no masculino. Mas para isso, ele deveria estar cercado de profissionais com mais experiência.

Outra (essa vai pro Voloch): o fracasso do Sanca ano passado não foi causado somente pelas más atuações das centrais. É querer simplificar demais. A equipe sofria dos mesmos problemas de hoje: apatia, recepção ruim, defesa lenta.


***************

E por último: não gosto quando um treinador justifica as derrotas por não contar com determinados jogadores. Sei que alguns atletas podem ser fundamentais, mas o Grasso sempre teve elencos fortes em suas mãos. E no masculino, é cada vez mais evidente que as individualidades não fazem tanta diferença. O que tem de equipe com uma garotada batendo os times favoritos não é pouca coisa.

Nesse sentido, o Grasso me lembra o Sérgio Negrão quando comandava o Leite Moça e, depois, o BCN. Tinha em mãos, mesmo sem as selecionáveis, elencos mais fortes ou em igualdade de disputa com os outros, mas justificava as derrotas na ausência das atletas da seleção.

Uma declaração como esta feita pelo Grasso joga contra ele. Fica parecendo discurso de perdedor. Além disso, conclui-se que o cara é um baita azarado porque na hora H perde sempre seus principais jogadores. Quem quer um treinador azarado e perdedor no comando do seu time?

Comentários

Debora disse…
Concordo plenamente com as opiniões publicas pelo Papo de Volêi acerca dessa entrevista do Grasso!
Acrescento,inclusive,q p mim a diretoria do Sanca é incompetente e IRRESPONSÁVEL!Teria sido até interessante eles terem apostado no Grasso,mas p isso eles teriam q ter dado suporte p ele com um CT mais experiente...eu n duvidaria q eles ganhariam a SL se ele fosse um pouco mais profissional no seu comando e,principalmente,nas suas declarações...Além de n ser coerente nas suas observações ele deixa claro q TÁ COMPLETAMENTE PERDIDO...Parece q ele tá querendo q elas funcionem como os meninos,e isso é IMPOSSÍVEL!Será q ele n reparou,por exemplo,q até na seleção elas levam mais tempo p se entrosar e por esse motivo a SFV se concentra no CT de Saquarema antes da SMV?Será q ele observou tb q as meninas precisam de um ambiente de trabalho menos oscilante p render bem?Será q ele observou q a Sheilla,por exemplo,tá psicologicamente abalada e isso tá afetando o desempenho dela em quadra?Q a Mari tá mais agressiva do q o normal e isso é preocupante?Q a Fofão tá levantando mais bolas erradas do q de costume pq tem q se preocupar mais em defender do q armar a jogada?O time é derrotado pq se sente derrotado...e ele parece ajudar esse sentimento a crescer!

..........................

Eu n me preocupo com o Sanca,por mim q se explodam...o q eu acho ridículo é o desgaste emocional q jogadoras do nível da Mari e da Sheilla passam!E n adianta falar q n tem nada haver,pq tem...eu nunca vi a Sheilla jogando tão triste e MAL na vida igual ela ta jogando no Sanca...nem nas épocas de Pesaro sem Mari,ou ZRG ou Angelo...nunca a vi a Mari tão agressiva assim,nem no Osasco,nem no Pinheiros,nem no Pesaro...ela se estressa td jogo,p quem n falava nada em quadra ela anda FALANDO E ATÉ DEMAIS!Com a defesa entaaaaaaaaaaao...vixi!
Anônimo disse…
Grasso já mostrou q veio sem não entender nada do vôlei feminino. Se ele foi o responsável pela contratação da Bell, e hj acha q ela é a 4opção, embora nunca a tenha testado em uma partida sequer, devería pelo menos testar, pq na pior das hipóteses, se a Bell estiver comprovadamente mal, a ponto de estar pior q a Deyse, ainda assim, ele é o pior de todos do São Caetano.
Anônimo disse…
Acho que chegamos à conclusão de que o time foi mal montado e por culpa de uma gerência incorreta. Isso fez com que o problema do passe continuasse e, assim, sendo o principal motivo do fracasso.
Ao mesmo tempo me preocupo com o que a Débora falou. Tem gente que diz que Mari e Sheilla não se importam com SL. Ora, claro que se preocupam. Elas estão visivelmente incomodadas. Mari agressiva como nunca foi, e Sheilla desanimada como nunca vimos. Isso não tá certo. Espero realmente que não afete em nada o desempenho na SFV. Temos um grande desafio esse ano, o mundial, e precisamos delas mais do que nunca!
Quanto a SL... que se exploda junto com as declarações do Grasso!
None disse…
Concordo totalmente com a Débora..nunca vi a Sheila tão cabisbaixa e o que falta de agressividade nela sobra na Mari.

Espero mesmo que elas encontrem a vibração perdida.

Admiro muito elas, como tb a sublime Fofão. Tenho um sonho particular de um dia ver a Mari voltar ao Osasco.

FC
Anônimo disse…
Eu não acredito q ele não tenha estudado as atletas, isso me cheira "armação" sei lá.

Parece discusso de perdedor, já está se desculpando antes mesmo do resultado final.

Gabriel de Jesus
Anônimo disse…
Sollys acaba de perder pro Sport.

Na Superliga passada foi o Banespa e nessa o Sport.
Anônimo disse…
E o Sollys perde pro Sport BMG!!!!!
uhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu
vivaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa