Sanca De Volta na Briga

Osasco 1 x 3 São Caetano.

Ao contrário da primeira partida, a de hoje foi bem ruinzinha. Muitos erros, muita irregularidade no passe e altos e baixos "anímicos" das equipes.

Foi o jogo no qual a Fofão e as centrais Jucieli e Natália puderam se redimir da má atuação de segunda-feira. Jucieli, então, fez uma baita partida, principalmente no bloqueio. Aí eu pergunto: onde está aquela blogueira que a achava inútil no time do Sanca? Hein? Hein? Quero ver ela mostrar a cara agora... :oP

As atacantes do Sanca foram ajudadas pela bela atuação da Fofão, que as deixou, várias vezes, com bloqueios simples ou quebrados.


*****************

Ainda assim, não há muita razão para o time do Sanca soltar foguetes. Continua se abatendo muito facilmente quando surge algum problema. O Osasco, com seu apagão no terceiro set, é que ressuscitou o Sanca, porque pelas próprias forças estava difícil.

O maior problema do Osasco é quando a Natália não rende, pois não tem desafogo dos ataques com a Jaqueline e Sassá. E se não pode contar com as centrais, fica complicado.

****************

Obssss:

- Sassá está num ano "não" no passe, incrível...


- Ponto para os técnicos Luizomar e Mauro Grasso por terem tido a personalidade de tirar Thaisa e Mari de seus respectivos times.

Comentários

Anônimo disse…
A Mari ta economizando pra Superliga...espero eu...
Anônimo disse…
Tá td bem!!!
Mas que sobrecarregou a Natalia (q errou q foi uma blz)???
Até onde vi Jaqueline jogou bem o segundo set!!!
Sassá estava horrorosa é vdd!!!
No terceiro jaqueline teve tres bolas e não conseguiu vira - uma defesa, outra bloqueio e a ultima defesa!
O time do Osasco não jogou bem no conjunto, entregou o 3 set, e p/ mim foi ai q perdeu o jogo!
Anônimo disse…
O melhor do jogo, Mari bancar para a Dayse!!! hahahaha
Ariane disse…
Ainda vou assistir ao jogo, mesmo nao tendo graça por ja saber o resultado..
Vlw pelas atualizações LaCauda! =D
Anônimo disse…
Sinceramente, a culpa pela derrota não é apenas da jaqueline, nem da Sassá (apesar das duas terem jogado abaixo da média, a mutema principalmente). Nem de Natalia ficar sobregarregada, por causa do jogo das duas, Sheilla tb não fica, afinal dayse e Mariana tb não são expert no ataque!
Geralmente a oposto é atacante do desafogo! Sheilla do sanca, Natalia do Osasco, acontece q Natalia ainda nova, inexperinete e ireegular!!!


Do Osasco as unicas q jogaram bem, foi a Brait (e olhe lá, muito abaixo do q ela apresenta) e a Adenizia!
Anônimo disse…
Pois é, agora me pergunto se todos que acham que a Natália tem que jogar como oposta reserva da Sheilla na seleção ainda pensam assim. Lógico que ela tem o direito de ter um dia ruim (só quem não tem esse direito, segundo alguns, é a Sheilla) mas ontem vimos que a super, ultra, mega oposta do Osasco, quando treme nas bases é uma beleza. Se treme assim jogando contra o São Caetano, imagina jogando contra grandes seleções mundiais. E aí vem aquele coro de gente berrando aos ventos que a Natália pode, hoje, fazer sombra pra Sheilla na seleção. Mas ela ainda é inexperiente, coitadinha, dizem alguns. É sempre esse o argumento quando ela joga mal, mas esquecem rapidinho dele quando ela faz um jogo razoável e já querem colocá-la no pedestal de grande jogadora mundial que ela ainda não é. E pra quem estava com "saudades" da Sheilla, gostaram da grande volta? Ou continuam achando que os ares daquelas bandas não fazem bem a melhor oposta do mundo?
Anônimo disse…
Foi bom vê a Sheilla de volta a sua velha forma!!! Nada como jogar com Fofa - com um bom passe, distribuindo bem o jogo!!!
Anônimo disse…
Em relação a Sheilla, a critica deve ser para ela, como para qualquer outra! Ela não esta acima do bem e do mal!
Jogou mal, deve-se critica. Inclusive, acho q a mesma tem uma boa autocritica.
Jogou bem, elogia-se! Não nd demais nisso!!! é analise do jogo (mesmo q de leigos). Não concordo com a radicalidade de alguns q crucificam as jogadoras como se elas fossem deusas e não pudessem errar. Jogam-as no inferno com a mesma velocidade q as elevam ao ceu! Esquecem a história e a credibilidade q ELAS adquiriram por meritos próprios!
Essas pessoas, são mesmas q depois as colocam num petestal!

Não entendo o pq desse doi doí com algumas jogadoras, ninguém pode dizer: "fulana jogou mal", q vem alguém com esse papo besta de "ahhh meu bem...fulana é Diva" Que papo vazio, sem fundamento!!!
Anônimo disse…
são caetano zzzzzz
Mari tá acomodada.
LaCauda disse…
Não vou poder ver o úlltimo jogo da semifinal amanhã... :( Deixem os comentários de vcs aqui pra saber como foi!
Anônimo disse…
Sollys 3x1 Blausiegel.

Ok, definitivamente a Blausiegel tem um time competitivo para essa temporada, partindo da ideia que as centrais continuem jogando dessa forma. As duas melhoram e jogaram muito nesses dois últimos jogos.

Sheilla continua muito bem faça chuva ou faça sol. Fofão melhorou, mas, a meu ver, ainda faz umas escolhas equivocadas. Levantar bolas decisivas para Dayse? Nossa!

A Mari, como todos sabem, sofre de um problema gravíssimo para uma atleta de alto nível, ela só joga quando se vê em uma situação que lhe dê motivação. O que ela está totalmente errada. Ela é paga pra jogar sempre, e não vez ou outra. Saiu, de novo, logo no começo do jogo depois de errar alguns ataques.

Sempre analiso os jogos pela visão do time do ABC, não sei por quê, acho que é mais fácil. kkkkk

JP
eduardo disse…
Então, foi um 3x1 mais ou menos bem jogado pelos 2 times. A Mari saiu já no primeiro set e Deyse mais uma vez entrou bem no seu lugar. O motivo disseram ser mesmo a dificuldade com a bola (ela é uma das melhores jogadoras do Brasil, mas é cheia de frescura, não é?). Fofão com jogo muito concentrado nas meios, e elas correspondendo muito. O legal é que elas se equivalem em habilidade, altura, até em aparência, então o nível se mantem o jogo todo, e geralmente se mantem alto.
A Sheilla esteve sumida o jogo todo, resolveu aparecer no final do terceito set errando ataque e saque, mas aí viu que estava devendo algo ao time e em seguida virou uma bola de contra-ataque e fez um ponto de bloqueio fechando o set.
No quarto ela não manteve a boa atuação, errando ataques e muitos saques assim como quase toda equipe do Sanca com muitos pontos perdidos neste fundamento.
No final do jogo a Mari voltou no lugar da Paraíba, mas já era tarde. Eu acho que ela já devia ter voltado no final do segundo set.
Talvez o Mauro nao tenha pensado em usar a formação anterior do Sanca e mantido Mari e Deyse, os problemas de recepção não seriam tão graves quanto com as duas Mari´s em campo.
E é isso, foi um bom jogo, mas o Sanca só é páreo p Osasco jogando completo, ou seja, com Mari em quadra e com vontade de jogo, o que parece q ela não está agora. Mas a vaga de segunda ponteira vai ser bem disputada por Deyse e Paraíba, elas estão jogando em bom nível.
Ah, detalhe p a aula da Fofão para a Carol sobre bola de segunda. Carol com uma largada de segunda muito veloz, alguma das meios defende e Fofão larga no fundo da quadra, bola de quem é muito craque.
A Suellen jogou bem, mas nada de mais (o Zé diz que não é ela o problema do time, muito pelo contrário, apesar de que ele não a convocaria p seleção em nenhuma hipótese nas atuais condições fisicas dela).
No lado do Osasco estava tudo mais organizado, Carol com boa distribuição de jogo, sem concentrar tanto na Natália, que aparecia mais nos finais de set decidindo o jogo. Adenízia com aquela vontade imensa de jogo, realmente causando na rede, Thaiza firme nos bloqueios, mas as ponteiras estão com muita dificuldade de virar bola, a Jaque se salvou nas bolas de meio fundo q apareceram bem. E é incrível como no Osasco a Sassá rende pouco, a ponto de não participar da rede em fins de set, com Taís em seu lugar neste momento (no Rexona ela jogava como atacante de decisão, e decidia).
Ah, bacana ver a Ana Tieme tb entrando no fim do set no lugar da Carol p aumentar bloqueio e se garantindo no levantamento, eu mesmo nao achava que ela jogaria no mesmo nível da Carol, a briga vai ser boa aí...

Enfim, eu acho que esse ano o nível de disputa entre estes dois times será mais alto que o mostrado até agora, desde a temporada passada. O Osasco tende a melhorar pela melhor qualidade de jogodoras importantíssimas como Adenizia, Natália e Ana Tieme, mas precisa de um melhor padrão de ataque na entrada de rede.

O Sanca precisa da Mari jogando em alto nível para o esquema tático forçado com as meios funcionarem ainda melhor, do jeito que está vão começar a plantar o bloqueio na frente delas, senão elas viram mesmo. E podiam começar agora a castigar a Suellen deixando ela correr 1 hora a cada jogo que elas perdem, ela tem boa presença de quadra, mas só conseguirá chegar mesmo nas bolas se for mais leve no deslocamento.

É isso, vamos trocar as impressões sobre o jogo. Espero ter contribuído, Lacauda.
eduardo disse…
Então, JP, eu tb prefiro analisar com base no Sanca, nao sei pq...

Eu acho que a intenção da Fofão nesse início de temporada é dar mais bola mesmo p essas meninas mais novas e tentar dar moral p elas, mas com isso alguns erros não normais no nível da Fofa, como aquela condução numa china forçada com a Juciely.

E no momento em que ela se empolgou com a Deyse é pq ela tava virando mesmo, aparecendo bem, em velocidade em bolas pelo fundo e consistente na entrada (aliás, na entrada parecia que quanto pior o levantamento melhor era p ela, explorou muito bem o bloqueio). Me desculpem os fãs da Jaque, mas até a Deyse está se virando melhor que ela na rede...

Ah, algo que esqueci de comentar é que até com as inversões de rede o time poderá contar nessa temporada. A Ana Maria entra bem no saque e deve estar aproveitando ao máximo a oportunidade de jogar ao lado da Fofão p aprender ao máximo. A Ciça entrou bem agressiva, sabendo o nível que ela tem q manter quando substitui a Sheilla. No Osasco, por exemplo, acho difícil entrarem com inversão pq o nível cairia muito em relação à Natália, e ainda por ter o ataque de fundo como um dos melhores desta jogadora.
Anônimo disse…
Jaqueline tomou mais tocos que de costume. Na minha humilde conta foram uns sete. Jaque sempre fazendo jus as suas características. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Gente, quantas vezes serão necessárias ver a Mari jogando para vocês perceberem que ela joga vôlei por profissão, só. Sorte dela ter talento. Ela não tá nem aí pra nada. Se não fosse aquele episódio de Atenas, ela provavelmente seria aquela mesma menina dispersa de 2003. Talentosíssima, mas acomodada. Em Osasco rola uma história antiga que enquanto Paula treinava duas horas plenamente, Mari só treinava uma e mal. Repito, sorte dela ter talento. Uma pena ela não se esforçar como a Sassá, por exemplo, biotipo zero mas força de vontade enorme.
eduardo disse…
E pior é que o Zé disse que a Sheilla é das mais dedicadas, o grupo se senta e ela continua batendo bola até ele mandar parar mesmo.
E as duas morando juntas, pelo jeito devem ir e voltar tb juntas para o treino, aí o que ficaria a Mari fazendo? Cara feia?
Ela pelo jeito é sistemática mesmo, não joga se não estiver tudo resolvido, e claro, com 4 dias de treino nada estava resolvido perfeitamente p este jogo, mas jogaram. Nesse aspecto a Sheilla é sensacional, ela encara tudo com a mesma seriedade, mas não deve poder pentelhar a Mari nesse aspecto, senão a menina gelada deve virar o bicho.
Alguém disse um comentário sobre a dificuldade de levantar a principal bola da Mari, que é chutada na ponta, eu fui pensar e é mesmo, nao dá p olhar como se fosse uma simples levantada na ponta, é necessário que a bola esteja na trajetoria no meio do movimento de ataque pq a jogadora salta contando com a posição da bola para o ataque.
Parabéns p as levantadoras qdo conseguem esse feito, e sorte nossa qdo vemos um ataque desses que a bola sai redonda na mão da Mari. Tão bonitos como estes, talvez só as bolas de primeiro tempo com a Fabiana e Fofão, o que dificilmente ainda veremos!
Anônimo disse…
O Sanca jogou como nunca e perdeu como sempre!
Anônimo disse…
Vou dar uma de chato, de novo, mas não posso deixar de citar. Mari joga bem, é assunto, joga mal é assunto, não joga é assunto... Jesus! Recuso-me a falar da Mari a cada post, a cada assunto. Vôlei não resume-se a Mari, ainda que no Brasil, entre os mais aficionados, pareça isso. Não está jogando pelo clube, nunca jogou, parece que ela não tem 'tesão.' Ela que se resolva.

Eu analiso fatos, deixo as suposições para quem gosta, e o fato é que Osasco é favorito sempre por ter uma legião de selecionáveis, tradição... O São Caetano jogou dignamente. Já é um grande avanço. Espero que essa rivalidade saudável perdure e possamos ter ótimos jogos na Superliga.

Natália, de lua como é, jogou muito hoje. Virou bolas incríveis. Sassá e Jaqueline lamentáveis. Adenizia evoluindo a cada dia, se parar com aquela mania ridicula de querer ser cubana, pode evoluir ainda mais. Carol bem. Thaísa abaixo do que pode. Brait normal.

Fofão pragmática. Nati e Jucy decididas. Acho que não gostaram de levar culpa pela primeira derrota, rs. Mariana e Dayse irregulares. Sheilla brilhante em muitos momentos, nem tanto em outros, também pudera o time é Sheilla antes de qualquer coisa. Suellen boa no passe, mas lenta na defesa. Mari, por enquanto, estrela apagadíssima.

Mário, RJ.
Anônimo disse…
Acho que esse jogo, apesar da derrota, mostrou que o São Caetano tem time sim, pra chegar junto na superliga. Há de se levar em consideração o fato do que esse time completo só está treinando junto há mais ou menos uma semana. Quando estiver mais entrosadinho, o conjunto vai ser mais coeso e o nível tende a melhorar. Agora, o que pesa pra elas nos jogos contra o Osasco, é o psicológico. Pra quem acompanha os jogos do Osasco, sabe que elas são a versão brasileira das cubanas. São afrontosas, arrogantes, dão gritinhos por qualquer ponto, riem do adversário...isso irrita de tal maneira que os nervos vão pras cucuias. O sanca teve reais possibilidades de ganhar, os dois primeiros sets, tiveram grande folga no placar, só que aí, um erro aqui outro alí e pronto. Se não fosse o fator cabeça, elas teriam ganho o jogo. A Suellen, realmente está começando a irritar, não consegue correr atrás da bola, mal faz o que é de sua responsabilidade que é passar, na defesa é inoperante. As centrais estão mostrando que são boas mesmo, a Mari PB vai bem no ataque mas no saque, valha-me Deus...aliás nesse quesito a Juciely também tem que melhorar. A Sheilla é a raça do time, pode ter cometido alguns erros, mas além de ter fechado o terceiro set com dois pontos consecutivos, não se omite em momento algum, pede bola e manda ver. A Mari...segundo o Mauro Grasso, está com dificuldade em se adaptar as bolas da Fofão, porque estava acostumada com a Lins...não entendi. Na seleção ela sofreu bastante com as jacas da Dani e agora não consegue se acertar com a Fofão?? Enfim, vamos aguardar.
Anônimo disse…
Acho que o Mauro Grasso andou pegando algumas dicas com o ZRG: a Loira erra duas bolas seguidas e já tira ela do jogo...
Anônimo disse…
^^^^^^^

então acho q ele não entendeu direito!!!!
Anônimo disse…
Tanto Sanca, quanto Osasco não estão entrosadinho, não estão redondo! Por tanto se o Sanca melhorar (q vai), o Osasco tb vai evoluir!
Estão pau a pau!!!

Quanto aos afrontes,as duas equipes fazem isso!! Não acho as jogadoras do Osasco arrogantes (Adenizia q é a mais louca), elas apenas vibram mais!
Se for por isso a Sheilla não fez gesto para a torcida do Osasco, dizendo q agora teriam q aplaudir!!! Ela é arrogante tb por isso, coisas de jogo, de duas grandes equipes, de jogadoras q estão acustumadas a vencer e não querem perder!
Anônimo disse…
Não posso falar sobre o jogo, pois ainda não vi!
Mas parabéns Osasco!!! Amo vc!!! Parabéns a tds as meninas!!!

A Jaque jogou tão mal assim?? Se jogou mal, vou critica-la... Vou assistir para depois comentar, pois acho q costumam potencializar as más atuações da Jaqueline!
tem gente q se apresenta pifiamente em varios jogos, as pessoas nem comentam...
Anônimo disse…
Com a torcida é outra coisa, eles xingam a atleta de tudo o que é adjetivo, têm mais é que tirar uma onda com eles mesmo (e convenhamos, não acho que a Sheilla tenha feito nada demais pedindo pra ser aplaudida, foi sarcasmo e não arrogância).
Não mude o tom da conversa, o caso aqui é dentro da quadra e a regra não permite esse tipo de atitude não, afronte e grito na cara do adversário não fazem parte da boa conduta. E por favor, só não enxerga o quanto o time do Osasco é arrogante, quem é torcedor mesmo, tem que ser cego de pai e mãe pra não enxergar que quem sempre começa com a baixaria dos afrontes são elas. E você, aguentaria caladinho os gritos na sua cara ou responderia?
Anônimo disse…
Eu tenho pena dos pais e das mães dos torcedores do Osasco! Tadinhos educar os filhos para vir a vergonha que eles são.
Assistir a torcida do Osasco é momento vergonha alheia.
Mas faz parte, o Vôlei também tem seu submundo.